Autor Tópico: Filantropia  (Lida 906 vezes)

Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Online: 01 de Abril de 2017, 00:14:48
Abrindo mais um tópico, desta vez, recebi um convite para fazer fotos (retratos) para uma entidade sem fins lucrativos.
Mais uma vez a mesma conversa, gostaram das fotos (isso era para ser positivo...) e queriam saber se poderia ser voluntário e contribuir fazendo as imagens gratuitamente.
Já calejado de tantos pedidos, antes de responder perguntei quantas pessoas seriam, para ter uma ideia de quanto tempo isso iria consumir, e ver se poderia ajudar.
Um dia depois a coordenadora veio com a resposta, 50 pessoas, dividido em 3 dias, sinceramente achei muito, sem querer parecer desconfiado, algo intuitivo me fez perguntar o seguinte: Essas imagens serão impressas? A resposta foi positiva, e fiquei sabendo em seguida que seriam emolduradas e presenteadas as pessoas ligadas a família das 50 fotografadas, pensei, impressa e emolduradas, nossa, bacana, quero conhecer essas empresas samaritanas, quem sabe em um futuro possa trabalhar com eles, pois visam filantropia, e isso hoje é bem raro.
Perguntei a coordenadora quais eram as empresas que estariam doando as molduras e impressão, pois tinha interesse em entrar em contato para saber mais, e ser cliente ou parceiro de negócios.
Para minha surpresa confesso que a intuição funcionou, já esperava essa hipótese, ela comentou que essas empresas seriam pagas, nenhuma estaria colaborando, fiquei desapontado, sério, me senti um pouco mal, um pouco mesquinho talvez, mas senti que havia algo de errado, pois, por que todos são pagos, menos o fotógrafo?
Estou em um dilema, mas, penso muito em recusar, pois achei desrespeito, por um lado, gostaria de ajudar, mas por outro me sentirei um idiota se aceitar.
Já fizeram isso antes? Compartilhem sua experiência, estou me sentindo confuso, egoísta por um lado, mas por outro idiota.
Duas vezes em uma semana... acho que vou mudar meu avatar para Bruce Wayne.

Grato. :shock:
« Última modificação: 01 de Abril de 2017, 00:30:07 por Macrolook »
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.147
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 01 de Abril de 2017, 00:56:22
Abrindo mais um tópico, desta vez, recebi um convite para fazer fotos (retratos) para uma entidade sem fins lucrativos.
Mais uma vez a mesma conversa, gostaram das fotos (isso era para ser positivo...) e queriam saber se poderia ser voluntário e contribuir fazendo as imagens gratuitamente.
Já calejado de tantos pedidos, antes de responder perguntei quantas pessoas seriam, para ter uma ideia de quanto tempo isso iria consumir, e ver se poderia ajudar.
Um dia depois a coordenadora veio com a resposta, 50 pessoas, dividido em 3 dias, sinceramente achei muito, sem querer parecer desconfiado, algo intuitivo me fez perguntar o seguinte: Essas imagens serão impressas? A resposta foi positiva, e fiquei sabendo em seguida que seriam emolduradas e presenteadas as pessoas ligadas a família das 50 fotografadas, pensei, impressa e emolduradas, nossa, bacana, quero conhecer essas empresas samaritanas, quem sabe em um futuro possa trabalhar com eles, pois visam filantropia, e isso hoje é bem raro.
Perguntei a coordenadora quais eram as empresas que estariam doando as molduras e impressão, pois tinha interesse em entrar em contato para saber mais, e ser cliente ou parceiro de negócios.
Para minha surpresa confesso que a intuição funcionou, já esperava essa hipótese, ela comentou que essas empresas seriam pagas, nenhuma estaria colaborando, fiquei desapontado, sério, me senti um pouco mal, um pouco mesquinho talvez, mas senti que havia algo de errado, pois, por que todos são pagos, menos o fotógrafo?
Estou em um dilema, mas, penso muito em recusar, pois achei desrespeito, por um lado, gostaria de ajudar, mas por outro me sentirei um idiota se aceitar.
Já fizeram isso antes? Compartilhem sua experiência, estou me sentindo confuso, egoísta por um lado, mas por outro idiota.
Duas vezes em uma semana... acho que vou mudar meu avatar para Bruce Wayne.

Grato. :shock:


Fiz recentemente, pra ajudar um amigo, não era filantropia, também não direi o trabalho feito, mas me rendeu um fim de semana de ralação pra tratar as fotos, no meu caso foi proposital, queria me permitir isso, mas entreguei os JPEGs tratados e fim.


Sinceramente se eu fosse você eu não faria.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Resposta #2 Online: 01 de Abril de 2017, 02:06:57

Fiz recentemente, pra ajudar um amigo, não era filantropia, também não direi o trabalho feito, mas me rendeu um fim de semana de ralação pra tratar as fotos, no meu caso foi proposital, queria me permitir isso, mas entreguei os JPEGs tratados e fim.


Sinceramente se eu fosse você eu não faria.
Sabe, estou optando mais pelo sentir que pela lógica, as vezes queremos ajudar, mas creio que devemos fazer isso com plena satisfação, sem nenhuma dúvida, sinto que quando algumas pessoas elogiam meu trabalho, na verdade estão querendo alimentar meu ego, e ultimamente venho tentando me livrar dele, e de certa forma isso acaba me fazendo mal, essas  bajulações o alimentam, não quero que ele cresça, creio que se alguém realmente aprecia meu trabalho, deve recompensar-me pelo tempo da minha vida que dediquei em cultivar e aprimorar habilidades para poder realizar as fotografias, dinheiro se recupera, tempo não.
Obrigado por suas considerações.

« Última modificação: 01 de Abril de 2017, 02:09:21 por Macrolook »
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


marcohov

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 101
  • Sexo: Masculino
    • Minhas andanças
Resposta #3 Online: 01 de Abril de 2017, 02:31:28
já trabalhei em algumas ong e as vezes tinhamos eventos. Já fazia o trabalho voluntário antes mesmo de fotografar qualquer coisa. Acho gratificante ajudar principalmente com a habilidade que temos. Custa um pouco de tempo mas vale para angariar fundos por exemplo e ajudar muita gente. Foco e ajuda sempre são bem vindos.
Caminante no hay camino hace camino al andar


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.147
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 01 de Abril de 2017, 09:51:46
já trabalhei em algumas ong e as vezes tinhamos eventos. Já fazia o trabalho voluntário antes mesmo de fotografar qualquer coisa. Acho gratificante ajudar principalmente com a habilidade que temos. Custa um pouco de tempo mas vale para angariar fundos por exemplo e ajudar muita gente. Foco e ajuda sempre são bem vindos.

Acho que quando o motivo é sincero isso é válido, mas nesse caso, achei complicado pelo fato de que ONGs recebem dinheiro e gerem esse dinheiro para fazer trabalhos sociais ou algum outro tipo de trabalho. No seu caso me parece que ficou claro que o único elo que não seria pago seria o seu, eu não acho isso bacana, você tem outras formas de ajudar também.

Muita gente acha (e acha mesmo) que fotografar é tirar fotos e que poderia ser feito com um celular, outro dia fui elogiado por alguns amigos e comentei algo similar:

- Dou à vocês qualquer uma das fotos que julgarem interessantes (eles as viram impressas nos moldes de Fine Art) mas deixei claro que a impressão e moldura seria custeada por eles.

Até hoje nenhuma foto foi impressa.


*fiz essa foto agora com o celular
« Última modificação: 01 de Abril de 2017, 09:55:33 por cfcsosa »
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


nandoespinosa

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.938
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #5 Online: 01 de Abril de 2017, 14:49:23
Brother.. Se eles vão imprimir e emoldurar as fotos existe um orçamento pra isso. Então por que não destinam parte desse orçamento pro fotógrafo??? Por que o serviço não vale o mesmo que o produto.
Sugiro que pergunte qual o orçamento deles pra fazer e ofereça fazer TUDO. Fotos + impressão + emoldurações...  ;)
Se não for assim, sugiro que pule fora. Ou faça pelas pessoas, se isso for de alguma forma beneficiar alguém que precisa.
Agora se for só pra fazer propaganda pra ENTIDADE, não dá pra fazer de graça.


Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Resposta #6 Online: 01 de Abril de 2017, 15:31:33
Brother.. Se eles vão imprimir e emoldurar as fotos existe um orçamento pra isso. Então por que não destinam parte desse orçamento pro fotógrafo??? Por que o serviço não vale o mesmo que o produto.
Sugiro que pergunte qual o orçamento deles pra fazer e ofereça fazer TUDO. Fotos + impressão + emoldurações...  ;)
Se não for assim, sugiro que pule fora. Ou faça pelas pessoas, se isso for de alguma forma beneficiar alguém que precisa.
Agora se for só pra fazer propaganda pra ENTIDADE, não dá pra fazer de graça.
Boa ideia man, valeu, levarei isso em conta nas próximas propostas desse tipo.
Essas coisas vão martelando na cabeça, enquanto não resolver isso não terei paz.
Mas pensei aqui comigo, por que a mim, se tem tantos outros muito melhores? Esse papo de adorei seu trabalho não cola mais. Até pensei no início em fazer pelas pessoas que seriam beneficiadas, mas descobrir depois que existe um orçamento a coisa mudou, me senti desvalorizado demais, o mais foda é que essa entidade tem apoio de muita empresa com recurso, seria fácil para eles angariarem fundos com eventos e pagarem os profissionais para a sessão de fotos.
E de certa forma estaria entrando em contradição com o que penso a respeito de trabalhar gratuitamente, seria filantropia se TODOS estivessem contribuindo gratuitamente, mas não sinto isso.
Vou dizer que não vai rolar e curtir meu fim de semana sem ter que pensar mais nisso.

“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


amador47sc

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (16)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.171
  • Sexo: Masculino
  • Aperfeiçoando o olhar em busca da melhor imagem
Resposta #7 Online: 01 de Abril de 2017, 16:01:50

seria filantropia se TODOS estivessem contribuindo gratuitamente, mas não sinto isso.


 :ok:


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.959
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #8 Online: 01 de Abril de 2017, 19:45:42
[...]
Mas pensei aqui comigo, por que a mim, se tem tantos outros muito melhores?
[...]

Talvez pelo fato dos demais fotógrafos terem se recusado a fazer tal "caridade".
Para a maior parte da população, fotógrafo é o cara que aperta o botão da câmera "grandona". Já o cara que vai montar o quadro e a gráfica vão gastar madeira e tinta, respectivamente (no pensamento deles).





Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Resposta #9 Online: 01 de Abril de 2017, 21:56:42
Talvez pelo fato dos demais fotógrafos terem se recusado a fazer tal "caridade".
Para a maior parte da população, fotógrafo é o cara que aperta o botão da câmera "grandona". Já o cara que vai montar o quadro e a gráfica vão gastar madeira e tinta, respectivamente (no pensamento deles).
Foda que é bem assim mesmo, será que este tipo de pensamento é por ignorância ou por ser conveniente ao bolso?
Hoje as molduras valem mais que a fotografia... estranho que o segundo acontece sem o primeiro...
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


erickdlm

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 2.082
  • Sexo: Masculino
  • Não é a câmera, é o fotógrafo...
Resposta #10 Online: 02 de Abril de 2017, 08:45:24
Estou em um dilema, mas, penso muito em recusar, pois achei desrespeito, por um lado, gostaria de ajudar, mas por outro me sentirei um idiota se aceitar.
Grato. :shock:
Eu até gosto de ajudar quem precisa, mas nesse caso não... como você disse é desrespeito, porque não perguntaram as empresas que farão a impressão e a moldura se fariam de graça? Sempre sobra para o fotógrafo a parte do "de graça"   >:( .


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.959
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #11 Online: 02 de Abril de 2017, 13:19:48
Até 2015, era muito difícil de eu recusar favores para amigos e parentes: tirava fotos de graça quando era alguém que eu tinha afinidade, mas duas coisas fizeram com que eu mudasse meu pensamento:

1) Parece que para serviços grátis, as pessoas não dão valor. Eu tirava as fotos, dava uma tratada bem leve no Lightroom, entregava os arquivos e deixava a parte da impressão e montagem do álbum por conta deles. Acho que só em um caso, eles chegaram a imprimir as fotos.

2) Esta foi a gota d'água: no aniversário de uma colega da empresa, ela pediu para eu tirar algumas fotos (grátis) da festa. Como já tinha feito isso no ano anterior, aceitei pela amizade. Quando cheguei, já tinha um fotógrafo (primo dela) cobrindo o evento também, e ele foi remunerado. Ou seja, me senti um trouxa.  :aua:
E modéstia à parte, as pessoas da empresa gostaram mais das minhas fotos do que as do outro fotógrafo.

Hoje só faço favores em casos extremos (só para os pais e irmãos).


nandoespinosa

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.938
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #12 Online: 03 de Abril de 2017, 12:16:18
Quando cheguei, já tinha um fotógrafo (primo dela) cobrindo o evento também, e ele foi remunerado. Ou seja, me senti um trouxa.  :aua:
Tá doido Rick.. Fosse eu tinha ensacado a câmera e curtido a festa!!!


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.959
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #13 Online: 03 de Abril de 2017, 14:13:47
Tá doido Rick.. Fosse eu tinha ensacado a câmera e curtido a festa!!!

Eu fiquei sabendo sobre o pagamento do outro fotógrafo no final da festa, quando a irmã da organizadora da festa perguntou para ele se precisava também pagar pela filmagem (parece que só combinaram de tirar fotos). Ai ele respondeu que não...a filmagem seria cortesia.

Mas se eu soubesse antes, teria mesmo guardado a câmera... :hysterical:
Por isso só tratei algumas fotos no Lightroom e entreguei assim. Sem muito capricho.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.926
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #14 Online: 03 de Abril de 2017, 14:43:47
Abrindo mais um tópico, desta vez, recebi um convite para fazer fotos (retratos) para uma entidade sem fins lucrativos.
Mais uma vez a mesma conversa, gostaram das fotos (isso era para ser positivo...) e queriam saber se poderia ser voluntário e contribuir fazendo as imagens gratuitamente.
Já calejado de tantos pedidos, antes de responder perguntei quantas pessoas seriam, para ter uma ideia de quanto tempo isso iria consumir, e ver se poderia ajudar.
Um dia depois a coordenadora veio com a resposta, 50 pessoas, dividido em 3 dias, sinceramente achei muito, sem querer parecer desconfiado, algo intuitivo me fez perguntar o seguinte: Essas imagens serão impressas? A resposta foi positiva, e fiquei sabendo em seguida que seriam emolduradas e presenteadas as pessoas ligadas a família das 50 fotografadas, pensei, impressa e emolduradas, nossa, bacana, quero conhecer essas empresas samaritanas, quem sabe em um futuro possa trabalhar com eles, pois visam filantropia, e isso hoje é bem raro.
Perguntei a coordenadora quais eram as empresas que estariam doando as molduras e impressão, pois tinha interesse em entrar em contato para saber mais, e ser cliente ou parceiro de negócios.
Para minha surpresa confesso que a intuição funcionou, já esperava essa hipótese, ela comentou que essas empresas seriam pagas, nenhuma estaria colaborando, fiquei desapontado, sério, me senti um pouco mal, um pouco mesquinho talvez, mas senti que havia algo de errado, pois, por que todos são pagos, menos o fotógrafo?
Estou em um dilema, mas, penso muito em recusar, pois achei desrespeito, por um lado, gostaria de ajudar, mas por outro me sentirei um idiota se aceitar.
Já fizeram isso antes? Compartilhem sua experiência, estou me sentindo confuso, egoísta por um lado, mas por outro idiota.
Duas vezes em uma semana... acho que vou mudar meu avatar para Bruce Wayne.

Grato. :shock:
Eu nao costumo ajudar intituicoes de caridades pq a vasta maioria do trabalho e dinheiro que elas recebem sao para fins burocraticos, contas internas, funionarios, publicidade, etc. Uma pequena parte de fato vai para ajudar diretamente as causas que elas dizem brigar.

Mas tinha uma epoca que eu fazia fotos em festas de amigos e eu curtia. Tudo que eu tinha para experimentar e praticar eu fazia em festinhas de amigos e eu tenho certeza que isso me ajudou muito mais tarde a ter seguranca e saber o que eu estava fazendo quando covri meus primeiros eventos e tambem quando trabalhei em casamentos.

Chegou uma hora que ja me enxeu de fotografar festinhas de amigos, e eu ja nao tinha muito o que praticar e testar, e a partir de entao passei a ir as festas sem camera. A galera no comeco sentil falta mas depois se acostumaram.

Quanto vc ajudar ou nao, se o trabalho te fazer se sentir util e que esta ajudando em algo. Ou se vc ve como oportunidade de praticar e experimentar tecnicas e equipamentos novos. Ou se vc gosta do trabalho a ponto de nao se importar em ser pago ou nao ou se esta ajudando ou nao, faca e seja feliz. Caso o contrario nao faca.
« Última modificação: 03 de Abril de 2017, 14:52:11 por C R O I X »