Autor Tópico: "Por que a nitidez é superestimada", por Eric Kim  (Lida 1812 vezes)

Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.304
« Última modificação: 06 de Abril de 2017, 10:27:23 por Helena Bsb »


andreluigo

  • Solidário
  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • *
  • Mensagens: 1.610
  • Sexo: Masculino
  • Só sei que nada sei!
    • André Gomes Fotografias
Resposta #1 Online: 06 de Abril de 2017, 10:34:45
Ainda não li pq tô no trabalho, mas ainda vivo nessa neura de foto perfeita é com nitidez absurda.. Não sei se por estar começando, mas fico com medo de críticas depreciando meu trabalho!
Por isso ando sempre descontente pq raramente consigo nitidez satisfatória!

Enviado de meu SM-A520F usando Tapatalk

Canon 80D || 5Dc
Tamron 17-50mm 2.8 || 85mm 1.8 USM || 50mm 1.8 STM || 55-250 STM || 10-18 STM
Godox TT685c || X1T-c (Tx+Rx) || YN600EX RT II || YN622c TX || YN622c (2x)
Tripé Digipod TR672AN || Tripés de Iluminação (2x)
Sombrinha Difusora/Rebaterora || Octabox Godox 80cm


ronaldom1

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.373
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 06 de Abril de 2017, 10:39:01
Helena obrigado por compartilhar, também gostei... alguns detalhes referentes a estética dos filmes não consigo absorver ou partilhar - talvez por não ter fotografado com filme...

Nos últimos anos tenho feito um exercício de adaptação e entendimento de que a fotografia em 100% no momento da edição - não é o produto final e muito menos o objetivo final da foto... que é apenas um meio de durante a edição aplicarmos ajustes, em especial de sharpening de forma mais localizada e observar o seu resultado...

Ao entender e aceitar este fato... hoje tenho mais liberdade e prazer em fotografar, maior preocupação com composição, com combinação de cores, luz, etc...
Talvez a maior prisão para a criatividade do fotógrafo moderno (em especial amadores e iniciantes como eu) seja a preocupação excessiva com ruído e nitidez em visualização 100% durante a edição....

Abraços
Observar os detalhes da vida: o céu, o sol, as expressões e olhares... fotografar é viver intensamente !

Flickr: https://www.flickr.com/photos/31091182@N04/


Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.304
Resposta #3 Online: 06 de Abril de 2017, 10:47:06
Helena obrigado por compartilhar, também gostei... alguns detalhes referentes a estética dos filmes não consigo absorver ou partilhar - talvez por não ter fotografado com filme...

Nos últimos anos tenho feito um exercício de adaptação e entendimento de que a fotografia em 100% no momento da edição - não é o produto final e muito menos o objetivo final da foto... que é apenas um meio de durante a edição aplicarmos ajustes, em especial de sharpening de forma mais localizada e observar o seu resultado...

Ao entender e aceitar este fato... hoje tenho mais liberdade e prazer em fotografar, maior preocupação com composição, com combinação de cores, luz, etc...
Talvez a maior prisão para a criatividade do fotógrafo moderno (em especial amadores e iniciantes como eu) seja a preocupação excessiva com ruído e nitidez em visualização 100% durante a edição....

Abraços

Eu sou da época do filme, mas nessa época havia apenas o prazer em clicar, e não de aprender. Só tive compactas automáticas. E por isso, eu A-DO-RO a estética da foto de filme. Tanto que adoro o Analog Efex do Nik Collection, e meu LIghtroom é recheado de presets de filmes, hehe.
Mas que algumas fotos podem se beneficiar de nitidez, isso bem podem. Porém, em uma imensa gama de fotografias, a nitidez pode ser dispensada, e como mostrado na matéria, até mesmo não desejada. 
« Última modificação: 06 de Abril de 2017, 10:47:51 por Helena Bsb »


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.035
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #4 Online: 06 de Abril de 2017, 11:08:28
A matéria tem pontos interessantes, mas nota-se que o autor tem uma queda inegável pela falta dela. Seja por estilo, retórica ou simplesmente gosto pessoal.


Nitidez tem seu lugar, assim como a falta dela. Por exemplo, uma macro tem que ser nítida, pelo menos no ponto focal. Já um retrato de uma pessoa, o excesso de nitidez pode atrapalhar, e muito. Por isso que eram usados filtros difusores e objetivas tipo soft focus. O problema maior é exagerar a mão na nitidez ou na falta dela, sem pensar bem no tipo de imagem em questão.

Quanto à estética filme x digital, isso é bem pessoal e as vezes um debate completamente inútil. Por exemplo, o cara fotografa com um ProImage mequetrefe, escaneia mal e senta a mão nas curvas e na saturação e o filme perde completamente as características originais. Agora pegue um Provia 100F ou 400X e veja em uma mesa de luz com uma lupa que você vai tomar um susto na definição.

Depende muito do estilo e do gosto de cada um. Eu, por exemplo, tenho verdadeiro horror da moda de tentar dar look vintage em fotografia digital, simplesmente porque a esmagadora maioria do que vejo é extremamente mal feita. O cara fotografa um casamento com uma D800 por exemplo, e depois mete um Analog Efex, baixa o contraste pra caramba, desatura tudo, desfoca e acha que está abafando com o "look vintage". Isso quando não usa ISO alto em uma luz completamente horrivel.

 :ok:
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


pschinda

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 06 de Abril de 2017, 11:10:18
Muito interessante o artigo. De certa forma combate certos "perfeccionistas" da fotografia - que encontram defeito em tudo. Mas esta é uma das belezas desta atividade - A FOTOGRAFIA. Pode-se discutir, aceitar, combater quase tudo. A fotografia, neste campo de discursos caminha lado a lado com a filosofia.
Porém temos que ter em mente algumas coisas: 1º - Pra quem estamos fotografando? Pra nós mesmos ou para um terceiro (trabalho remunerado ou não) Se for para nós, façamos o que quisermos. Estouremos branco, fotografemos com WB alterados, usemos os mais diversos e imprevisíveis assuntos, enfim, liberdade. Mas não esperemos agradar outras pessoas. Se a fotografia visa trabalhar para alguém devemos conhecer os seus gostos e preferências e atendê-las. Outro ponto a ser considerado são as questões técnicas básicas. Não me digam que foto tremida é bonita porque  NÃO É! ! Certa vez ouvi, num curso, de uma instrutora de renome (será???) que "se você fotografar um casamento e fizer algumas fotos tremidas, com erro de WB, sub ou super-exposição, venda isso para o seu cliente como arte". Pra tudo tem quem goste e quem não goste.
Enfim: Bom senso e caldo de galinha só fazem bem.
Instamatic, Tira-teima, Xereta, ..... Canon 80D


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 06 de Abril de 2017, 12:06:27
excelente !
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.176
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #7 Online: 06 de Abril de 2017, 12:30:38
Ah gente, eu vou ser massacrado, mas vamos lá. Que artigo engraçado.

1.Lentes embaçadas têm mais alma
Oi?? É tipo aquele lance de foto em PB é a alma e colorido é a roupa??

3. A pintura é nítida?
Que comparação pra lá de tosca.

4. Fotos embaçadas muitas vezes tem mais sentimento
E fotos nítidas também, ou fotos nítidas são sempre vazias?

5. Ninguém consegue de fato dizer a diferença na nitidez de sua lente em uma tela.
Acho que meu astigmatismo e miopia ta com efeito reverso, eu consigo ver claramente a diferença de nitidez entre lentes, seja em impressão ou na tela do computador.

9. Compre uma câmera com lente não intercambiável
Qual o problema de uma DSLR (e todas as outras que trocam lentes)?

Esse cara só pode estar de onda!!!

 :hysterical: :hysterical:
« Última modificação: 06 de Abril de 2017, 12:33:12 por Roberto Dellano »


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.828
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 06 de Abril de 2017, 12:42:22
Ah gente, eu vou ser massacrado, mas vamos lá. Que artigo engraçado.

1.Lentes embaçadas têm mais alma
Oi?? É tipo aquele lance de foto em PB é a alma e colorido é a roupa??

3. A pintura é nítida?
Que comparação pra lá de tosca.

4. Fotos embaçadas muitas vezes tem mais sentimento
E fotos nítidas também, ou fotos nítidas são sempre vazias?

5. Ninguém consegue de fato dizer a diferença na nitidez de sua lente em uma tela.
Acho que meu astigmatismo e miopia ta com efeito reverso, eu consigo ver claramente a diferença de nitidez entre lentes, seja em impressão ou na tela do computador.

9. Compre uma câmera com lente não intercambiável
Qual o problema de uma DSLR (e todas as outras que trocam lentes)?

Esse cara só pode estar de onda!!!

 :hysterical: :hysterical:


Nem tão ao céu e nem tanto a terra... Acho que ele quis dizer pra ligarmos menos pra essa coisa da nitidez e nos preocuparmos mais com a fotografia em si. Usou alguns exemplos pra expor seus pontos de vista. Só isso.


Mesmo pra vocês que vivem disso, uma foto pouco nítida desde que capte o momento certo é mais valiosa que uma foto toda certinha e com excelente nitidez.
« Última modificação: 06 de Abril de 2017, 12:43:05 por cfcsosa »
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Levinthal

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 841
Resposta #9 Online: 06 de Abril de 2017, 12:43:45
Bom artigo, mas é necessário filtro para absorver o melhor.

Acho que pecou por combater um extremismo (quem ama nitidez) com outro extremismo (ele só fala da falta de nitidez).

Como tudo na vida a ponderação parece o mais adequado (e não me parece que foi a técnica usada por ele.

Cumprimentos.
Canon EOS 5Dc + EF 28-135mm F/3.5-5.6 IS USM + EF 50mm f/1.8 STM.
Canon EOS M + EF-M 22mm f/2 STM.
DJI Spark white.

Flickr: https://www.flickr.com/photos/levinthal_joaov/


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.035
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #10 Online: 06 de Abril de 2017, 12:59:22
Não deixa de ser interessante para ler, mas é um blablabla que não traz novidade nenhuma já foi discutido à exaustão.
Bom para um iniciante, mas não convincente como um todo, como disse antes, fez para promover o próprio estilo, retórica ou simplesmente gosto pessoal.

Qualquer um com um minimo de conhecimento consegue dar N exemplos de onde fotos nítidas são ou não necessárias e dar um viés próprio à conclusão.

Já começou errado evocando Bresson como se fosse um Deus, como se fosse uma chancela pré aprovando o artigo.
« Última modificação: 06 de Abril de 2017, 13:01:09 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


LeandroR

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.006
    • Leandro Reichert
Resposta #11 Online: 06 de Abril de 2017, 13:06:40
Concordo com o AFshalders e com o Levinthal.

"Combateu extremismo com extremismo".

Eu concordo com o autor do artigo que a questão nitidez é superestimada atualmente, mas ela não deixa de ser um componente que tem papel importante na fotografia, seja pela presença ou pela falta de.
Indicações de livros, canais de YT, fotógrafos, artigos sobre fotografia e assuntos do cotidiano.
Postagens semanais! Acompanhe meu blog pelo link abaixo:
www.leandroreichert.com


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.799
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #12 Online: 06 de Abril de 2017, 14:07:24
as justificativas não só la tão boas pra validar o argumento

a nitidez é importante. Tem seu lugar como já falaram porém o problema é obsessão pela nitidez. Tudo tem que ser sempre sharp, o mais cristalino possível. "Se não, não presta!"

Isso é patológico já. Essa busca insana pela nitidez perfeita. Como se isso fosse SEMPRE se traduzir em melhor foto quando o cara acaba se esquecendo no meio do caminho que existem outras coisas importantes como compor bem, fotometrar bem, encontrar o "momento" mais apropriado, etc.


Enfim.
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


ronaldom1

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.373
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 06 de Abril de 2017, 14:13:13
as justificativas não só la tão boas pra validar o argumento

a nitidez é importante. Tem seu lugar como já falaram porém o problema é obsessão pela nitidez. Tudo tem que ser sempre sharp, o mais cristalino possível. "Se não, não presta!"

Isso é patológico já. Essa busca insana pela nitidez perfeita. Como se isso fosse SEMPRE se traduzir em melhor foto quando o cara acaba se esquecendo no meio do caminho que existem outras coisas importantes como compor bem, fotometrar bem, encontrar o "momento" mais apropriado, etc.


Enfim.

2x
 :clap:
Observar os detalhes da vida: o céu, o sol, as expressões e olhares... fotografar é viver intensamente !

Flickr: https://www.flickr.com/photos/31091182@N04/


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.868
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #14 Online: 06 de Abril de 2017, 14:48:10
Nem li o artigo e só pelos comentários prefiro me abster de gastar esse tempo.

Como já dito o caminho do meio, o bom senso, o saber quando e porque é a melhor saída.

Imagino que a ideia da Helena não era concordar com toda a teoria, apenas apresentar um ponto de vista.

O que não dá são pessoas algumas sempre querendo estabelecer o que é certo ou errado, quando isso na verdade, em se tratando de fotografia, simplesmente não existe, desde que a ideia ou a mensagem seja transmitida.