Autor Tópico: Como funciona o ISO-Auto da Olympus E-M10 II?  (Lida 724 vezes)

saulosouto

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 158
  • Sexo: Masculino
Online: 16 de Maio de 2017, 21:28:20
Boa noite, pessoal.

Alguém saberia explicar o que seria o valor Default do ISO-Auto?


adrianof14

  • Trade Count: (7)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 815
  • Sexo: Masculino
  • A Fotografia é um ato de resistência.
Resposta #1 Online: 17 de Maio de 2017, 01:51:32
se nao me engano, a câmera te dá a possibilidade de escolher um valor mínimo e máximo para o auto iso.

por exemplo: se vc escolher o valor mínimo de isso 800 e o máximo 3200, a câmera vai escolher qual o melhor iso entre os valores selecionados...

só usei essa função uma vez, mas é uma mão na roda, principalmente para fotografia de eventos...
Adriano Ferreira
https://www.flickr.com/photos/adrianof14/

"Resistir ao ruído, à palavra, ao rumor pelo silêncio da foto - resistir ao movimento, ao fluxo e à aceleração pela imobilidade da fot


saulosouto

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 158
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 17 de Maio de 2017, 10:14:08
Testei um pouco mais o ISO-Auto e acho que entendi o comportamento. O ISO máximo, é bem óbvio, nem precisa explicar. Já o ISO Default não é exatamente ISO mínimo. Observei o seguinte comportamento no aperture priority: a câmera utilizará o valor mínimo, até atingir a velocidade máxima do shutter, a partir daí o valor do ISO vai ser baixado até o valor necessário para a correta exposição.

Agora, minha dúvida é: Em que situação esse comportamento pode ser útil?


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.393
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 19 de Maio de 2017, 16:00:46
Testei um pouco mais o ISO-Auto e acho que entendi o comportamento. O ISO máximo, é bem óbvio, nem precisa explicar. Já o ISO Default não é exatamente ISO mínimo. Observei o seguinte comportamento no aperture priority: a câmera utilizará o valor mínimo, até atingir a velocidade máxima do shutter, a partir daí o valor do ISO vai ser baixado até o valor necessário para a correta exposição.

Agora, minha dúvida é: Em que situação esse comportamento pode ser útil?

Uso muito em fotos de show, mas usando shutter priority.

Shows geralmente são escuros, precisam de high ISO, e a luz varia intensamente. A abertura, você sempre utiliza na abertura máxima; a velocidade de shutter, precisa ser no mínimo na faixa de 1/250 - 1/320, para diminuir o motion blur das pessoas sobre o palco (se puder ser mais rápido, melhor). Muita gente tira fotos nessas condições em full manual, mas se o show em questão tiver spots de luz que ficam acendendo / apagando, um ajuste manual só vai expor corretamente quando o mesmo set de luz estiver ativado, o que exige um senhor timing - ou até pode não ser repetível.

Então, eu coloco a câmera em shutter priority, 1/320 de shutter, spot metering e auto-ISO. Nessas condições, a câmera vai tentar a seguinte sequência para acertar a exposição:

- ISO mínimo, se ainda assim estiver claro, a abertura é fechada (caso meio raro em shows);
- Se na condição acima, ela medir que está escuro, a abertura vai ao máximo; se seguir escura a exposição, o ISO é aumentado automaticamente para o nível necessário.

Com o uso vi que o sistema de medição é rápido o suficiente para acertar a exposição antes da imagem ser tirada - cerca de 80% das minhas fotos saem corretas. E esse é o (ao meu ver) o maior uso do autoISO - em condições que a luminosidade varia muito rápido.

Claro que se o ISO bater nos limites mínimo e máximo, a exposição não ficará correta. Em aperture priority, a câmera vai ir até o iso mínimo após ter tentado jogar o shutter para o máximo, e se mesmo assim não for suficiente, a foto vai sair clar demais. Em shutter priority, o inverso - a câmera vai para o ISO máximo após ter aberto a lente ao máximo, e se não for suficiente a foto sai escura.

ISO default, recomendo sempre usar o ISO nativo do sensor (na maioria das m4/3, é 200).
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Panasonic Lumix GX85, Fujifilm S5Pro

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.283
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #4 Online: 24 de Maio de 2017, 00:25:54
Uso muito em fotos de show, mas usando shutter priority.

Shows geralmente são escuros, precisam de high ISO, e a luz varia intensamente. A abertura, você sempre utiliza na abertura máxima; a velocidade de shutter, precisa ser no mínimo na faixa de 1/250 - 1/320, para diminuir o motion blur das pessoas sobre o palco (se puder ser mais rápido, melhor). Muita gente tira fotos nessas condições em full manual, mas se o show em questão tiver spots de luz que ficam acendendo / apagando, um ajuste manual só vai expor corretamente quando o mesmo set de luz estiver ativado, o que exige um senhor timing - ou até pode não ser repetível.

Então, eu coloco a câmera em shutter priority, 1/320 de shutter, spot metering e auto-ISO. Nessas condições, a câmera vai tentar a seguinte sequência para acertar a exposição:

- ISO mínimo, se ainda assim estiver claro, a abertura é fechada (caso meio raro em shows);
- Se na condição acima, ela medir que está escuro, a abertura vai ao máximo; se seguir escura a exposição, o ISO é aumentado automaticamente para o nível necessário.

Com o uso vi que o sistema de medição é rápido o suficiente para acertar a exposição antes da imagem ser tirada - cerca de 80% das minhas fotos saem corretas. E esse é o (ao meu ver) o maior uso do autoISO - em condições que a luminosidade varia muito rápido.

Claro que se o ISO bater nos limites mínimo e máximo, a exposição não ficará correta. Em aperture priority, a câmera vai ir até o iso mínimo após ter tentado jogar o shutter para o máximo, e se mesmo assim não for suficiente, a foto vai sair clar demais. Em shutter priority, o inverso - a câmera vai para o ISO máximo após ter aberto a lente ao máximo, e se não for suficiente a foto sai escura.

ISO default, recomendo sempre usar o ISO nativo do sensor (na maioria das m4/3, é 200).
Marcio bem interessante sua linha de raciocínio.

Enviado de meu Lenovo A7010a48 usando Tapatalk

D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


saulosouto

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 158
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 07 de Junho de 2017, 13:28:51
Pesquisando um pouco mais, descobri um recurso que não está no manual, aparentemente.
Em Aperture Priority e Program, a o valor da opção Flash Slow Limit é utilizado como velocidade mínima, mesmo quando o flash está desativado.
Recurso interessante, mas muito estranha a localização.