Autor Tópico: Como classificar clientes - relato atual  (Lida 1068 vezes)

Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Online: 22 de Setembro de 2017, 17:00:16
Lidar com o público deve ser uma arte, se for, estou no rabisco, procuro ser prático e objetivo, mas nem todo mundo é assim.
Caminho a passos lentos na fotografia, tão lentos, que se dependesse dela para por comida na mesa, estaria morto por inanição, vai ver é por que meu trabalho ainda seja lixo, mesmo assim, tento fazer arte com ele.
Certo dia, um amigo, qual fiz umas fotos me ligou e disse que outro amigo dele gostou do trabalho e do estilo, agradeci e entrei em contato com o interessado.
Este solicitou uma visita, e lá fui eu, conversamos, mostrei o portifólio e o que poderia fazer, o possível cliente se demonstrou interessado, falamos sobre valores e marcamos uma data.
Contrato assinado, um dia antes da data, nos falamos por whatsapp, entrei em contato e vi se estava tudo ok, ele visualizou e não respondeu, liguei, e ninguem atendeu.

No dia seguinte, tento novamente ligar, para confirmar, nada, pensei, algo aconteceu, tomara que esteja tudo ok.
Fui até o local marcado, ele estava lá, de boa, mas disse que estava enrolado e não pioderia ser aquele dia.
Meio puto, fui embora, mas entendo que coisas acontecem, mas porra, ao menos poderia ter me dado um retorno, não preciasaria me deslocar até lá, perder tempo e energia.
Duas semanas depois ele entra em contato, solicita outra conversa, tudo bem, mudanças de plano, acontecem, vamos lá.

Conversamos, era praticamente tudo igual, levei o equipamento, mas ele disse que naquele dia não seria possível, certo, pensei, outro dia será. Marcamos uma nova data, comentei a ele que se tivesse um contratempo ou algo, que me avisasse, e qual seria a melhor amneira de nos comunicarmos, já que as vezes ele não respondia ao whatsapp, ele disse apenas, me ligue ou venha até aqui...

No dia marcado, mando novamente mensagem, ele vê, e não responde, quase em cima da hora ligo e ele diz tranquilamente que está enrolado e não poderá fazer aquele dia, disse que tudo bem, mas que se ele quisesse o trabalho, que entrasse em contato novamente.
O que percebi foi um certo descaso, e se ouvesse uma terceira vez, devolveria o sinal, exceto minhas despesas de deslocamento.

Dois meses depois ele entra em contato, quando eue stava fazendo um outro trabalho, e exigiu que fosse lá aquele dia, assim, em cima da hora, comentei que infelizmente, naquela semana estaria fazendo um trabalho para outra pessoa.
Ele começou a xingar ao telefone, calmamente disse:

–Olha, vou reembolsar seu valor, exceto minhas despesas de locomoção, e deixamos isso para lá, pois toda vez que o senhor não pode, eu entendi, agora, eu não posso estar a sua disposição.
Me xingou, gritou e me disse para devolver tudo, devolvi, não queria dor de cabeça, tantas vinganças acabam cansando, e o montante não era significativo.

Não satisfeito, esse filho da pota começou a me denegrir, muitos conhecidos começaram a me informar o que ele estava fazendo, como muitos sabem como sou, não acharam justo a atitude dele.

Então pergunto a vocês, como se classifica um ser desse?

Gostaria muito de esquecer e ponto, mas vou elaborar algo, depois volto e conto.
« Última modificação: 22 de Setembro de 2017, 17:01:54 por Macrolook »
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 22 de Setembro de 2017, 17:08:37
Sinceramente? ele está apaixonado por você e não sabe como agir.

Simples.

As coisas do coração são assim complicadas, mas tenha paciência. tudo se resolve.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Resposta #2 Online: 22 de Setembro de 2017, 17:13:47
Sinceramente? ele está apaixonado por você e não sabe como agir.

Simples.

As coisas do coração são assim complicadas, mas tenha paciência. tudo se resolve.
KKKKKKKKKKKKKKKKK que amor mais bandido! Poxa, com tantas maneiras de demonstrar isso ele fica judiando de mim rs.
"Sadomaso" não é minha praia, nem os meninos!
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 22 de Setembro de 2017, 17:16:29
Pois é mas neste sentido quantos e quantos fotógrafos não passaram este tipo de situação. já ouvi vários causos, independente de sexo, não vamos colocar isto em pauta para evitar mimimi... mas o fotógrafo vai faz a foto da pessoa... a trata com educação e a pessoa interpreta mal ou por estar carente ou vai saber... e começa um tipo de perseguição... poltz... tem cada história aqui na minha região...

ahhh o amor....  :wub: :wub: :wub:
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Macrolook

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 472
Resposta #4 Online: 22 de Setembro de 2017, 17:21:30
Pois é mas neste sentido quantos e quantos fotógrafos não passaram este tipo de situação. já ouvi vários causos, independente de sexo, não vamos colocar isto em pauta para evitar mimimi... mas o fotógrafo vai faz a foto da pessoa... a trata com educação e a pessoa interpreta mal ou por estar carente ou vai saber... e começa um tipo de perseguição... poltz... tem cada história aqui na minha região...

ahhh o amor....  :wub: :wub: :wub:
Conte para nós man! Sou todo olhos (não estou apaixonado, ainda rs).
“Fotografia é poder de observação, não de aplicação da tecnologia.” Ken Rockwell.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 22 de Setembro de 2017, 17:28:44
Conte para nós man! Sou todo olhos (não estou apaixonado, ainda rs).

São conversas de terceiros... kkkk melhor não comentar vai que alguém lê... mas é o que disse... fotógrafo vai trata a pessoa com educação e o cliente interpreta de outra forma... já ouvi causos até da noiva ter terminado o casamento por causa do fotógrafo do casamento... até que ponto isso foi realmente verdade não sei dizer... mas sabe quando há fumaça há fogo kkkkkk
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.349
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #6 Online: 22 de Setembro de 2017, 19:25:58
É por isso que só trabalho com 100% adiantado, fechou comigo, paga tudo no ato do fechamento, isso afasta os clientes "ruins" (folgados, etc).

Esses dias uma moça entrou em contato e pediu um orçamento de ensaio para o filho de um ano, mandei o orçamento e nele está bem especificado (Em letras maiúsculas) sobre a forma de pagamento, ela disse que não pagaria dessa forma, e apenas pagaria no dia, educadamente eu respondi que não poderia atende-la, ela ficou P da vida, disse que era um absurdo pagar antecipado se nem me conhecia, eu educadamente disse que realmente não teria como atende-la.
Passado dois dias ele me chamou outra vez, disse que não queria outro profissional e queria vir até meu escritório para conversar, eu respondi com toda polidez do mundo que: "Preciso ter uma conexão com o cliente para poder fazer um bom trabalho, e essa conexão tinha sido quebrada, e que infelizmente não poderia antede-la de forma alguma, e o assunto morreu ai, eu até poderia recebe-la, mas é o tipo de cliente que vai dar dor de cabeça, e esse eu dispenso.


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 22 de Setembro de 2017, 19:40:44
É por isso que só trabalho com 100% adiantado, fechou comigo, paga tudo no ato do fechamento, isso afasta os clientes "ruins" (folgados, etc).

Esses dias uma moça entrou em contato e pediu um orçamento de ensaio para o filho de um ano, mandei o orçamento e nele está bem especificado (Em letras maiúsculas) sobre a forma de pagamento, ela disse que não pagaria dessa forma, e apenas pagaria no dia, educadamente eu respondi que não poderia atende-la, ela ficou P da vida, disse que era um absurdo pagar antecipado se nem me conhecia, eu educadamente disse que realmente não teria como atende-la.
Passado dois dias ele me chamou outra vez, disse que não queria outro profissional e queria vir até meu escritório para conversar, eu respondi com toda polidez do mundo que: "Preciso ter uma conexão com o cliente para poder fazer um bom trabalho, e essa conexão tinha sido quebrada, e que infelizmente não poderia antede-la de forma alguma, e o assunto morreu ai, eu até poderia recebe-la, mas é o tipo de cliente que vai dar dor de cabeça, e esse eu dispenso.

Dellano concordo 100% contigo.

Mas aí nesse caso não daria brecha pra uma ação judicial. Ela poderia alegar que vc tem algum tipo de preconceito com ela. Sabe como é né. Brasil tem muito oportunista.
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 22 de Setembro de 2017, 19:49:25
Eu acho que relação interpessoal é tipo segurança no trânsito: pra acontecer um acidente, você precisa de duas pessoas. Um bom motorista dirige defensivamente, antecipa possíveis eventos à frente, e tenta prever o que outros motoristas vão fazer. Mesmo no transito piscopata do Brasil, onde ninguém tem bom senso, eu nunca me envolvi em um acidente dirigindo diariamente por mais de 10 anos. Só tive dois casos em que motoristas bateram na minha traseira quando eu estava parado no sinal, e isso não é algo sob o meu controle.

Da mesma forma, acho que deve existir um pouco de proatividade por parte dos profissionais ao se relacionarem com clientes. Conforme o Dellano faz, você tem que prever no futuro o que certos clientes vão possivelmente fazer, e tomar medidas para evitar essas situações.

Também é preciso saber ser assertivo, de se posicionar firmemente sem ofender os outros. Tenho certeza que muita raiva gerada em clientes é por conta da forma ou do tom de voz que a outra parte usa em certas ocasiões, sem se dar conta.

Sempre que leio relatos unilaterais de alguém explicando um desentendimento, a pessoa narrando sempre diz que fez tudo 100% corretamente, e o outro lado é que se comportou de forma 100% irracional. Óbvio que em raros casos um dos lados pode ser completamente irracional, mas na maioria das vezes problemas acontecem quando os dois lados erram.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.349
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #9 Online: 22 de Setembro de 2017, 19:49:26
Dellano concordo 100% contigo.

Mas aí nesse caso não daria brecha pra uma ação judicial. Ela poderia alegar que vc tem algum tipo de preconceito com ela. Sabe como é né. Brasil tem muito oportunista.

Eu fiquei com esse medo sim, até fiz um post desse fato aqui no forum, mas depois falei com um advogado amigo meu, e ele disse que não teria problema.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.349
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #10 Online: 22 de Setembro de 2017, 20:05:52
Da mesma forma, acho que deve existir um pouco de proatividade por parte dos profissionais ao se relacionarem com clientes.

Também é preciso saber ser assertivo, de se posicionar firmemente sem ofender os outros

Outra coisa muito importante é nunca dizer meias palavras, ser sempre direto e claro, e jamais prometer o que não pode cumprir.

Vou contar outra  :assobi:

Outro dia recebi uma noiva, ela tinha visto meu portfólio e tudo mais, no meio da conversa ela saca o celular, me mostra uma foto do "fulano de tal", e me diz: Eu quero isso! Eu gentilmente, respondi: Se você quer isso no seu casamento, precisa contratar o "fulano de tal", e somente ele poderá te entregar um resultado parecido, ela arregalou os olhos pra mim e eu continuei: "Se você já tem a certeza do que quer, não adianta contratar qualquer outro fotógrafo, vá nele, e o contrate, do contrário terá frustração quando ver o resultado".

Não fechei com ela no dia, disse pra ela estudar com calma o que ela queria, dois dias depois ela me ligou para fecharmos,deixei claro mais uma vez que o que eu entregaria era a minha fotografia e nada alem daquilo, e fechamos.
« Última modificação: 22 de Setembro de 2017, 20:09:07 por Roberto Dellano »


fabianob

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 22 de Setembro de 2017, 23:50:00
Outra coisa muito importante é nunca dizer meias palavras, ser sempre direto e claro, e jamais prometer o que não pode cumprir.

Vou contar outra  :assobi:

Outro dia recebi uma noiva, ela tinha visto meu portfólio e tudo mais, no meio da conversa ela saca o celular, me mostra uma foto do "fulano de tal", e me diz: Eu quero isso! Eu gentilmente, respondi: Se você quer isso no seu casamento, precisa contratar o "fulano de tal", e somente ele poderá te entregar um resultado parecido, ela arregalou os olhos pra mim e eu continuei: "Se você já tem a certeza do que quer, não adianta contratar qualquer outro fotógrafo, vá nele, e o contrate, do contrário terá frustração quando ver o resultado".

Não fechei com ela no dia, disse pra ela estudar com calma o que ela queria, dois dias depois ela me ligou para fecharmos,deixei claro mais uma vez que o que eu entregaria era a minha fotografia e nada alem daquilo, e fechamos.

Poltz aí é f***

Já tive casos onde a pessoa me manda modelos de fotos que viu em um site e que gostaria de fazer... Assim até acho legal pois me tira da zona de conforto, mas chegar e mostrar foto do concorrente e querer igual é pedir pra levar uma dura kkkkk
Df, D750, D5300, YN565EX x2, YN622N, Alguns Kg de Vidro, e muitas histórias.