Autor Tópico: problema com studio box. listras nas fotos  (Lida 1063 vezes)

Rodrigo Alves

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
  • Sexo: Masculino
Online: 09 de Dezembro de 2017, 10:12:31
Ola a todos. Sou novato por aqui e tbm nao sou fotografo porem estou com um grande problema e gostaria de saber se alguem poderia por favor me ajudar. Fiz um studio box caseiro que por sinal ficou muito bom com luzes embutidas nas laterais, utilizei papel manteiga para quebra da luz e coloquei papel aluminio na parte de dentro como um refletor para a luz. Explicando melhor fiz com duas caixas a primeira recortei os tres buracos e colei o papel manteiga depois peguei uma caixa maior forrei com papel aluminio para refeltir mais a luz adaptei uma lampada de cada lado e coloquei ao redor da outra caixa. Porem ao bater as fotos fica passando umas listras verticais na tela do celular e as mesmas tbm saem nas fotos. Ouvi falar que pode ser o obturador porem baixei alguns app e nao obtive sucesso. Alguem poderia me ajudar?


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.494
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #1 Online: 09 de Dezembro de 2017, 10:15:28
Lampada florecente? O celular está registrando o "flicker" dela.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


tarcisioal

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 401
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #2 Online: 11 de Dezembro de 2017, 02:10:47
Normal acontecer isso se as tuas lampadas são de LED ou fluorescentes. Para resumir a explicação, a energia elétrica que temos em casa é chamada de corrente alternada, o que quer dizer que os eletrons ficam indo e voltando nos cabos (alternando o sentido, por isso do nome). No exato momento que ocorre a inversão no sentido da corrente elétrica, a potência de tudo que consome a energia fica em zero, pois os eletrons param por um instante para começar a voltar no sentido oposto. Nesses momentos a luz apaga.
No Brasil a frequencia da corrente é de 60 Hertz, o que quer dizer que essa inversão no sentido da corrente acontece 60 vezes por segundo. Por isso as luzes piscam nessa mesma frequencia...
Ja o sensor das cameras trabalha com varredura dos pixels.. basicamente ele começa gravando a imagem de cima para baixo, em linhas horizontais... o que significa que a parte de cima da imagem é gravada em um momento ligeiramente diferente da parte de baixo, esse é o tempo que o sensor da camera leva para varrer toda a imagem. (de fato pode ser de cima para baixo, ou da esqueda para direita.. depende da câmera creio eu)
Isso tudo é muito rápido e imperceptível em condições normais, mas quando tu lida com uma luz também piscando muito rápido as coisas começam a se sincronizar e dar errado.
As listras acontecem porque no momento que tu está tirando a fotografia, enquanto o sensor da camera está fazendo a varredura da imagem pra salvar a foto, a tua luz pisca. Isso causa uma faixa preta na tua imagem, pois enquanto o sensor estava salvando a imagem naquelas linhas da faixa preta, a luz estava apagada.

A solução mais adequada para isso é trocar as lampadas. Lampadas feitas para fotografia normalmente funcionam em corrente continua, não alternada.. nessas lampadas, apesar de tu ligar a lampada na tomada, há um circuito que transforma o fluxo de elétrons de alternado para continuo, e isso faz as lampadas não piscarem mais. Lampadas antigas, incandescentes, não tinham esse problema também, pois o que gerava a luz era o calor do filamento... e nesse vai em vem dos eletrons não há tempo suficiente para a lampada esfriar e apagar, o que fazia a luz ser continua apesar do fluxo de eletrons ser alternado. Mas com fluorescentes e LED, se for um circuito que use a corrente alternada de fato, isso acontece. Por isso precisas de lampadas feitas para esse fim, ou pelos menos que trabalhem em corrente continua. Um bom indicativo pra esse tipo de lampada é quando elas trabalham com uma fonte externa daquelas que baixa a tensão para 12 ou 20 volts em corrente continuar, ou quando a luminária te permite usar pilhas (pilhas sempre geram corrente continua)... isso indica que no final das contas a lampada trabalha em corrente continua e por isso normalmente ela não pisca.

Outra solução mais paliativa é tu tentar sincronizar o tempo da foto com o pisca pisca das lampadas. Se tu usar velocidades altas no obturador da camera que sejam multiplas do pisca pisca da lampada, as faixas acontecem com menos frequencia... por isso tente fotografar em 1/120.. 1/180.. 1/300.. 1/600.. 1/1200 e veja se melhora. Nesse casos tu provavelmente vai fotografar entre as piscadas, dimiuindo muito a chance de elas aparecerem na foto, ou então vai pegar a piscada inteira e a foto vai ficar toda escura. Há países que a frequência da energia é 50Hz, e isso muda toda a lógica das velocidades para multiplos de 50 (1/100.. 1/200.. 1/500...).

Talvez eu tenha errado alguma explicação técnica aí, mas acho que de forma mais lúdica deve ter dado para entender...
Sony ILCE-6000 e NEX 3N
SELP1650 + SEL55210 + SEL35F18 + SEL50F18 + SEL16F28 + VCL-ECF1 (Fisheye) + VCL-ECU1 (Grande Angular)

flickr/tarcisioal