Autor Tópico: Qual a real diferença entre lentes caras e baratas?  (Lida 2879 vezes)

eduedmais

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 307
Online: 20 de Março de 2018, 14:32:52
Há lentes de diversos preços, e há uma tendência de que o preço aumenta nos extremos, para super grandes angulares ou super teleobjetivas.

Obviamente, algumas funções são obrigatórias para certos tipos de serviço, como alta nitidez ou super velocidade de foco, que fazer com que alguns precisem comprar os equipamentos mais robustos.
Excetos nesses casos, gostaria de saber a opinião de vocês quanto a seguinte questão: "Vale a pena pagar 5 vezes mais por uma lente que faz um trabalho um pouco melhor?"
Quando digo um pouco, não significa que não seja importante. O pouco aqui é relativo, relativo ao valor acrescentado.
Exemplos:
  • Posso comprar uma lente de 50mm f/1.8 Canon por 600 reais, ou outra Canon 50mm f/1.2 por 9 mil reais;
  • Posso comprar uma lente 70-200 por 2 mil reais, ou por 8 mil reais, para ter a letra L no nome.
Esse valor muito superior paga a melhoria na lente? Eu estava olhando comparativos entre as duas lentes 50mm citadas, e são mínimas pra fotografia, e a 50mm f/1.8 já é de muita qualidade para os níveis profissionais. Será que, por exemplo para um ensaio fotográfico, o investimento de um fotógrafo não poderia ser reduzido em 40%, de forma que seu trabalho possa custar uns 20% menos, e ainda assim seus clientes acharem um ótimo trabalho, já que esses por provavelmente não serem profissionais no ramo não perceberem essa qualidade a mais que custa tão caro?

Questionem apenas o seguinte:
  • Pagar 10 vezes mais caro por uma lente para ter um pouco de melhoria, pouco perceptível, não seria o mesmo que um amador de fotografia querer comprar uma câmera também 10 vezes mais cara, parruda, achando que as fotos vão ficar incrivelmente melhores por isso?
  • Se uma lente tão mais cara vale tanto a pena, então para isso pelo menos eu não deveria esperar que, ao colocar várias imagens semelhantes fotografadas usando duas lentes, uma barata e uma cara, outras pessoas deveriam acertar qual lente foi usada para cada foto sem saber previamente, devido à diferença na qualidade, pelo menos na maioria das vezes?
« Última modificação: 20 de Março de 2018, 14:40:00 por eduedmais »
Canon EOS Rebel SL2
Tamron 17-50mm 2.8 non-VC


nandoespinosa

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.084
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #1 Online: 20 de Março de 2018, 15:00:12
Claro que eu concordo contigo que a qualidade nem sempre é proporcional ao preço.. Isso é inegável.
Mas você comparou equipamentos distintos aí..
CANON EF 50 f/1.8 STM vs EF 50 f/1.2
CANON EF 70-200 f/4 vs CANON EF 70-200 f/2.8.

O resultado das imagens nem sempre é o único fator de decisão de compra.. Velocidade e acerto de AF, por exemplo. Maior luminosidade (menor abertura) também...
Tem que pensar também na tecnologia envolvida pra produção de uma e de outra.
Quanto de vidro vai pra fazer a 70-200 f/2.8? Olha o peso da desgranida! O dobro da f/4! E o IS dela?

Então amigo, pode ser que na QUALIDADE final, não se perceba tanta diferença que justifique o investimento. Mas na fabricação e tecnologia há.  :ok:


davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.009
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #2 Online: 20 de Março de 2018, 19:43:29
Também concordo que os preços não são necessariamente proporcionais aos ganhos imediatos em qualidade de imagem, e que os valores são realmente surreais às vezes.

Entretanto, acho que há dois fatores aqui, um racional (1) e um emocional (2):

1) Às vezes, há ganhos de desempenho e workflow, que te poupam trabalho e maximizam seu tempo. Por exemplo, uma lente com AF mais rápido e preciso significa menos fotos fora de foco, aumentando seu percentual de fotos utilizáveis. Outro exemplo são as lentes com maior abertura, que tornam possível utilizar ISOs menores, que às vezes podem ser a diferença entre uma foto "usável" ou não, principalmente nas câmeras mais antigas, onde 1 stop pode significar uma grande diferença de ruído. Estas lentes também podem ter uma melhor reprodução de contrastes, cores e bokeh, o que diminui o tempo gasto na pós-produção.

2) Ninguém fotografa apenas para os outros, mas também fotografa para si mesmo. Ainda que todos os fatores acima sejam pouco relevantes para os clientes, creio que quem gosta de fotografia também possui uma ambição interna pelo que há de melhor, uma competição sadia contra si mesmo e contra seus outros colegas fotógrafos. Então, independentemente se os clientes percebem essas diferenças ou não, o fato de o fotógrafo as perceber às vezes já é o suficiente para que exista uma inquietação e uma ambição por atingir um patamar melhor.

Então, realmente, se pensarmos friamente, muitas das lentes top existentes são um verdadeiro exagero para o que se propõem. Mas quem consegue pensar friamente sempre, não é mesmo?  :D


Rafa_Meira

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (2)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.239
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 20 de Março de 2018, 21:11:15
Um detalhe: Lente não é apenas nitidez.

As lentes mais caras podem oferecer várias vantagens (nem sempre suficientes pra justificar o preço, é verdade).

-Aberturas maiores (geralmente lentes mais cara, além da abertura maior, costumam entregar uma imagem melhor quando mto aberta, sendo que a diferença cai bastante em aberturas menores)
-Construção melhor (e isso pesa mto no preço da lente, pois faz ela ficar mais resistente/durável/vedada)
-Auto foco mais rápido e preciso

Tudo isso conta ponto. Mas é aquela história, quanto mais perto das top de linha se chega, maior a diferença de valor que se paga por qualquer melhoria, em qualquer segmento.


Vinicius Lima

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 420
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 20 de Março de 2018, 21:16:01

2) Ninguém fotografa apenas para os outros, mas também fotografa para si mesmo. Ainda que todos os fatores acima sejam pouco relevantes para os clientes, creio que quem gosta de fotografia também possui uma ambição interna pelo que há de melhor, uma competição sadia contra si mesmo e contra seus outros colegas fotógrafos. Então, independentemente se os clientes percebem essas diferenças ou não, o fato de o fotógrafo as perceber às vezes já é o suficiente para que exista uma inquietação e uma ambição por atingir um patamar melhor.


 :worship: Perfeito. Grande post.  :ok:

Exercito isso em praticamente tudo o que faço desde que me conheço por gente. E na fotografia, mesmo sendo um mero hobista, não faço diferente.


Rafa_Meira

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (2)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.239
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 20 de Março de 2018, 21:24:50
Só mais um detalhe pra resumir meu post anterior: alguns dos fatores que citei não aparecem na qualidade da imagem em si, mas são absurdamente essenciais para um profissional: confiabilidade. Ou seja, paga-se mais por equipamentos que são mais consistentes e que não apresentem defeito com facilidade. Equipamentos de entrada não costumam ser tão confiáveis assim e vc pode perder fotos importantes ou até mesmo ter problema com cliente pq o equipamento falhou.

Eu mesmo troquei minhas D610/D600 pela D750, mesma que a qualidade de imagem sejam semelhantes, pq a D750 é mto mais precisa em foco, e isso é importante pra mim


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.991
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #6 Online: 20 de Março de 2018, 21:27:55
A diferença de preços nunca é proporcional à melhoria da lente, em qualquer aspecto que seja. A diferença de preços tem mais a ver com o custo de produção e o marketing.

Mas lentes mais caras são quase sempre melhores em tudo. Muitas vezes o resultado final nem é tão perceptível a diferença, mas certamente uma lente melhor deixa mais fácil chegar no mesmo resultado.


eduedmais

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 307
Resposta #7 Online: 20 de Março de 2018, 23:18:57
Simplesmente perfeito. Vocês responderam as perguntas da melhor forma possível, e me convenceram. Muito obrigado.
Canon EOS Rebel SL2
Tamron 17-50mm 2.8 non-VC


gusss

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 228
    • flickr
Resposta #8 Online: 12 de Abril de 2018, 10:13:04
Diminishing returns.
Fujifilm X-E + 18-55, 10-24
Takumar 50mm 1:1.4, Macro 50mm 1:4 "Tessar", 85mm 1:1.9 "Sonnar", 135mm 1:2.5, 200mm 1:4; Zuiko 50mm 1:1.4 "1.1 Million", 50mm 1:1.8 "miJ", 200mm 1:4; Canon FD 50mm 1:1.2 L, 55mm 1:1.2, 50mm 1:1.4; Yashinon Tomioka Macro 60mm 1:2.8; Hexanon 50mm 1:1.7; Nikkor 28mm 1:2, 85mm 1:1.8 D, *ED 180mm 1:2.8, *ED 300mm 1:4.5; XR Rikenon 50mm 1:1.4


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.806
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 12 de Abril de 2018, 11:19:14
Sei que o pessoal sempre me diz que cor é uma questão apenas de software, mas eu noto uma diferença grande em cores quando comparo, por exemplo, minha 50mm 1.4 pela 50mm 1.2 L.


Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.296
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 12 de Abril de 2018, 11:24:39
Também concordo que os preços não são necessariamente proporcionais aos ganhos imediatos em qualidade de imagem, e que os valores são realmente surreais às vezes.

Entretanto, acho que há dois fatores aqui, um racional (1) e um emocional (2):

1) Às vezes, há ganhos de desempenho e workflow, que te poupam trabalho e maximizam seu tempo. Por exemplo, uma lente com AF mais rápido e preciso significa menos fotos fora de foco, aumentando seu percentual de fotos utilizáveis. Outro exemplo são as lentes com maior abertura, que tornam possível utilizar ISOs menores, que às vezes podem ser a diferença entre uma foto "usável" ou não, principalmente nas câmeras mais antigas, onde 1 stop pode significar uma grande diferença de ruído. Estas lentes também podem ter uma melhor reprodução de contrastes, cores e bokeh, o que diminui o tempo gasto na pós-produção.

2) Ninguém fotografa apenas para os outros, mas também fotografa para si mesmo. Ainda que todos os fatores acima sejam pouco relevantes para os clientes, creio que quem gosta de fotografia também possui uma ambição interna pelo que há de melhor, uma competição sadia contra si mesmo e contra seus outros colegas fotógrafos. Então, independentemente se os clientes percebem essas diferenças ou não, o fato de o fotógrafo as perceber às vezes já é o suficiente para que exista uma inquietação e uma ambição por atingir um patamar melhor.

Então, realmente, se pensarmos friamente, muitas das lentes top existentes são um verdadeiro exagero para o que se propõem. Mas quem consegue pensar friamente sempre, não é mesmo?  :D

Acho que é um otimo ponto de vista.

Um fato é que se vc quiser usar full frame por exemplo,  vc estara pisando em terreno do ideal. Onde uma 85 lhe entregara 100 por cento
E por mais que uma apsc lhe entregue 90 por cento, vc sabe que não é tudo. E na medida que se acustuma a usar lentes fixas, vc se torna mais restritivo. Neurotico. Existe uma certa intransigencia no terreno ideal. Podendo ser saudavel em determinada dose ou não.


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.806
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 12 de Abril de 2018, 11:24:54
Só mais um detalhe pra resumir meu post anterior: alguns dos fatores que citei não aparecem na qualidade da imagem em si, mas são absurdamente essenciais para um profissional: confiabilidade.

Tocou em um ponto muito importante. Em muitos casos, o custo de uma produção fotográfica ultrapassa em muitas vezes o valor da objetiva, é bom diminuir a chance de algo dar errado.


cfcsosa

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 10.307
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 14 de Abril de 2018, 22:57:38
Mas nem sempre uma lente clara será confiável, posso exemplificar duas:

85mm 1.2 e 50mm 0.95, ambas da Canon.


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.040
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #13 Online: 15 de Abril de 2018, 09:02:42
Mas nem sempre uma lente clara será confiável, posso exemplificar duas:

85mm 1.2 e 50mm 0.95, ambas da Canon.

Eita!!!

Por que a 85 F1.2 não é confiável?


cfcsosa

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 10.307
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 15 de Abril de 2018, 09:10:25
Eita!!!

Por que a 85 F1.2 não é confiável?
Lenta.