Autor Tópico: Fuji diz que FulFrame não faz sentido... APS-C e MF são as melhores opções  (Lida 7872 vezes)

Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.319
  • Ernesto Leite
Uau !!! Após tanto tempo uma reportagem que concorda 100% comigo e com o que venho dizendo há anos...


APS-C para velocidade e MF para estúdio


A reportagem é do FujiRumors


https://www.fujirumors.com/fujifilm-says-full-frame-does-not-make-sense-for-them-now-and-compares-size-weight-price-of-aps-c-with-full-frame/

 :snack:



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
#DeFérias


Fábio Kruschewsky Lemos

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 491
Resposta #1 Online: 16 de Setembro de 2018, 10:15:05
Apesar de ser "off topic", vai na linha do que o Ernesto propôs discutir aqui:

"...Samsung will Supply APS-C Sensors to Fujifilm, Report says..."

Fontes:

Fuji Rumors:    https://www.fujirumors.com/samsung-will-supply-aps-c-sensors-to-fujifilm-report-says/#disqus_thread


Mirrorlessrumors:   https://www.mirrorlessrumors.com/korean-forums-going-nuts-on-rumors-samsung-partnership-with-fuji-and-ricoh-pentax/


"...Quick translation of the first post:  (7 February 2018)

Samsung are currently negotiating with a Japanese company for the supply of a Samsung sensor. It's the sensor that was supposed to be used by the successor to NX2 until Samsung stopped the NX line.

It's an APS-C sensor with a 1.5 crop ratio. Specifications include 4K video 10bit 120fps, H.264 and H.265 codecs.

It can be coupled with a custom image signal processor based on Exynos 9810..."




"...Quick translation of the second post:  (12 September 2018)

'Fuji will get the APS-C sensor that was developed for the Samsung NX2, which never came out due to the merger of divisions.

Fuji has received working samples. The technology developed in cooperation with Fuji is included in this sensor. (It seems that Fuji and Samsung recently collaborated on the development of the Isocell Plus technology for smartphone sensors.)

The number of effective pixels of this APS-C sensor is 28.2 million. You
can shoot up to 6K videos. It supports 10bit 120 frames. H.265 codec is
supported.

In the case of Pentax, the package includes the image signal processor. Fuji will only get the sensor.

It is said that the planned delivery price will be 70% of that of the equivalent Sony sensor.'

The part about the Fujifilm - Samsung collaboration on the development of Isocell Plus is genuine, see for instance https://news.samsung.com/gl... ..."



Se os rumores acima forem confirmados, a Fujifilm terá garantida a fatia de mercado das ML APS-C e, sim, também garantirá a permanência deste formato no mercado por muitos anos ainda.  Lembrando que a extinta Samsung NX1 apresentava recursos e performance que ainda não foram superados pelas câmeras APS-C lançadas posteriormente (Fujifilm incluída ai).  A NX1 foi a única APS-C BSI com 28MP do mercado (até agora :ponder:).  Isto em 2014, uma época em que a concorrência utilizava sensores APS-C FSI de 16MP e 24MP.

Lamento bastante a saida da Samsung do mercado fotográfico :no:  Se tivesse permanecido, como é que seriam a câmeras digitais hoje? :ponder:   

Com o retorno da empresa, ao menos como fornecedora de sensores, termos tempos bem interessantes pela frente :snack:  Na minha humilde opinião, atualmente é a única fabricante de sensores que pode oferecer real concorrência à Sony :D

Pessoalmente, gostaria que a Fuji tivesse outros fornecedores de sensores além da Sony.  Depender de um único fornecedor nunca me pareceu ser uma boa estratégia de negócios :aua:

Falando rapidamente de médio formato, a Samsung chegou a apresentar alguns mock-ups antes de decidir deixar o mercado:



  Se chegou a desenvolver sensores para médio-formato, eu não sei, mas imagino que a Fujifilm e a Ricoh-Pentax saibam de algo, hehehehe
« Última modificação: 16 de Setembro de 2018, 10:22:39 por Fábio Kruschewsky Lemos »


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.834
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 16 de Setembro de 2018, 10:24:43
Só li o titulo, ainda não li a reportagem nem o texto do Ernesto, mas faz sentido, a diferença entre os dois formatos posiciona a Fuji com um diferencial melhor no mercado.
Conhecimento importa mais que equipamento.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.110
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #3 Online: 16 de Setembro de 2018, 13:38:02
A Samsung realmente tinha um sensor a frente do seu tempo.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.319
  • Ernesto Leite
Resposta #4 Online: 16 de Setembro de 2018, 13:58:07
Apesar de ser "off topic", vai na linha do que o Ernesto propôs discutir aqui:

"...Samsung will Supply APS-C Sensors to Fujifilm, Report says..."

Fontes:

Fuji Rumors:    https://www.fujirumors.com/samsung-will-supply-aps-c-sensors-to-fujifilm-report-says/#disqus_thread


Mirrorlessrumors:   https://www.mirrorlessrumors.com/korean-forums-going-nuts-on-rumors-samsung-partnership-with-fuji-and-ricoh-pentax/


"...Quick translation of the first post:  (7 February 2018)

Samsung are currently negotiating with a Japanese company for the supply of a Samsung sensor. It's the sensor that was supposed to be used by the successor to NX2 until Samsung stopped the NX line.

It's an APS-C sensor with a 1.5 crop ratio. Specifications include 4K video 10bit 120fps, H.264 and H.265 codecs.

It can be coupled with a custom image signal processor based on Exynos 9810..."




"...Quick translation of the second post:  (12 September 2018)

'Fuji will get the APS-C sensor that was developed for the Samsung NX2, which never came out due to the merger of divisions.

Fuji has received working samples. The technology developed in cooperation with Fuji is included in this sensor. (It seems that Fuji and Samsung recently collaborated on the development of the Isocell Plus technology for smartphone sensors.)

The number of effective pixels of this APS-C sensor is 28.2 million. You
can shoot up to 6K videos. It supports 10bit 120 frames. H.265 codec is
supported.

In the case of Pentax, the package includes the image signal processor. Fuji will only get the sensor.

It is said that the planned delivery price will be 70% of that of the equivalent Sony sensor.'

The part about the Fujifilm - Samsung collaboration on the development of Isocell Plus is genuine, see for instance https://news.samsung.com/gl... ..."



Se os rumores acima forem confirmados, a Fujifilm terá garantida a fatia de mercado das ML APS-C e, sim, também garantirá a permanência deste formato no mercado por muitos anos ainda.  Lembrando que a extinta Samsung NX1 apresentava recursos e performance que ainda não foram superados pelas câmeras APS-C lançadas posteriormente (Fujifilm incluída ai).  A NX1 foi a única APS-C BSI com 28MP do mercado (até agora :ponder:).  Isto em 2014, uma época em que a concorrência utilizava sensores APS-C FSI de 16MP e 24MP.

Lamento bastante a saida da Samsung do mercado fotográfico :no:  Se tivesse permanecido, como é que seriam a câmeras digitais hoje? :ponder:   

Com o retorno da empresa, ao menos como fornecedora de sensores, termos tempos bem interessantes pela frente :snack:  Na minha humilde opinião, atualmente é a única fabricante de sensores que pode oferecer real concorrência à Sony :D

Pessoalmente, gostaria que a Fuji tivesse outros fornecedores de sensores além da Sony.  Depender de um único fornecedor nunca me pareceu ser uma boa estratégia de negócios :aua:

Falando rapidamente de médio formato, a Samsung chegou a apresentar alguns mock-ups antes de decidir deixar o mercado:



  Se chegou a desenvolver sensores para médio-formato, eu não sei, mas imagino que a Fujifilm e a Ricoh-Pentax saibam de algo, hehehehe

É bom que a Samsung desenvolva sensores...

O monopólio não é bom.

Com a concorrência, temos evolução e menor cusro...



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
#DeFérias


davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.009
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #5 Online: 16 de Setembro de 2018, 14:11:38
Me parece que a nova câmera FF da Panasonic já terá um sensor Samsung também. A Sony que se cuide, pois a era de monopólio acabou!

Enviado de meu SM-G930F



guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.625
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #6 Online: 16 de Setembro de 2018, 18:53:05
Só faltou citar o "FOR THEM NOW"  8-)
https://saycheese.fot.br

Fujifilm: X-T2 | X-T1 | X-E2 | XF 16mm F/2.8 R WR | XF 23mm f/2 R WR | XF 56mm f/1.2 R | Meike 35mm F/1.7
 DJI: Osmo Pocket


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.319
  • Ernesto Leite
Resposta #7 Online: 16 de Setembro de 2018, 19:21:07
Me parece que a nova câmera FF da Panasonic já terá um sensor Samsung também. A Sony que se cuide, pois a era de monopólio acabou!

Enviado de meu SM-G930F

Essa nova corrida ao FULLFRAME é interessante...

Se as marcas (Panasonic, Sony, Canon, Nikon e Sigma) concentrarem suas tecnologias de ponta apenas no FF, as Olympus e Fuji vão ficar "desalinhadas"

Vamos aguardar os próximos anos...

A tendência dos últimos DEZ anos me pareceu favorecer uma saída do FF

E a tendência doa próximos DEZ parece ser se concentrar nele...



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 16 de Setembro de 2018, 19:22:46 por Ernesto »
#DeFérias


davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.009
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #8 Online: 16 de Setembro de 2018, 19:45:24
Essa nova corrida ao FULLFRAME é interessante...

Se as marcas (Panasonic, Sony, Canon, Nikon e Sigma) concentrarem suas tecnologias de ponta apenas no FF, as Olympus e Fuji vão ficar "desalinhadas"

Vamos aguardar os próximos anos...

A tendência dos últimos DEZ anos me pareceu favorecer uma saída do FF

E a tendência doa próximos DEZ parece ser se concentrar nele...



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
Eu acho que a maioria da indústria vai se concentrar nos produtos que ela pode vender mais caro, para um maior volume de compradores.

O aps-c não gera tanta grana, e o MF tem poucos consumidores. Por isso acho que o FF continua. Não pq é necessário, mas pq a indústria quer.

Enviado de meu SM-G930F



davi_ssilva

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.009
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #9 Online: 16 de Setembro de 2018, 19:56:21
E não acho que a Fuji vai ficar desalinhada. Ela vai dominar (não necessariamente em vendas, mas em qualidade) o mercado APSC, além de brigar com muita força no MF, que tem uma concorrência menos acirrada.

Enviado de meu SM-G930F
« Última modificação: 16 de Setembro de 2018, 20:06:16 por davi_ssilva »


Fábio Kruschewsky Lemos

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 491
Resposta #10 Online: 16 de Setembro de 2018, 22:27:09
E não acho que a Fuji vai ficar desalinhada. Ela vai dominar (não necessariamente em vendas, mas em qualidade) o mercado APSC, além de brigar com muita força no MF, que tem uma concorrência menos acirrada.


É “por ai” :ok:

A Fuji  já firmou o nome no mercado APS-C com a sua linha “X”.  Ela continuará a lançar câmeras e lentes para este formato.  Lembrando que a maior parcela do mercado APS-C está na faixa inferior a $1.000,00 (USD/EUR), onde ela tem opções de excelente qualidade, tanto em câmeras quanto em lentes. Nesta faixa (até $1.000,00) ninguém a supera em qualidade e oferta de câmeras / lentes.

Entretanto, na faixa entre $1.500,00-2.000,00 ela sentirá a concorrência das FF, tanto DSLR quanto ML, cujos modelos mais “básicos” já estão dentro desta faixa... :snack:

Já no médio formato, a Fuji  quer voltar a ser uma big player, como era no passado não muito distante.  Ao mesmo tempo, ela fará a sua parte para tornar o médio formato mais “acessível” (aumentando a base de usuários) e o “primeiro passo” para isto será dado em 25 de setembro próximo com o lançamento da GFX-50R.  Também deverá fazer frente a Phase One e a Hasselblad ao anunciar, também em 25/09, o desenvolvimento da GFX-100S (100MP - sensor Sony IMX461, BSI CMOS).


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.110
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #11 Online: 16 de Setembro de 2018, 22:40:48

Sent from my Hasselblad using Tapatalk

olha esse avatar

EF-M Walking Dead  :hysterical: :hysterical: :hysterical: :hysterical:
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.319
  • Ernesto Leite
Resposta #12 Online: 17 de Setembro de 2018, 14:36:47
olha esse avatar

EF-M Walking Dead  :hysterical: :hysterical: :hysterical: :hysterical:



 :hysterical: :hysterical: :hysterical: :D :ok:


ia dominaaaaaaaaaa  :hysterical:  :doh:  :aua:






Sent from my Hasselblad using Tapatalk
« Última modificação: 17 de Setembro de 2018, 14:37:28 por Ernesto »
#DeFérias


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.382
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #13 Online: 17 de Setembro de 2018, 15:57:44
Entretanto, na faixa entre $1.500,00-2.000,00 ela sentirá a concorrência das FF, tanto DSLR quanto ML, cujos modelos mais “básicos” já estão dentro desta faixa... :snack:

O raciocínio está mais ou menos correto, mas tem um fator que vc não citou: a base instalada. Tem um monte de gente que começa em fotografia com as lentes básicas 18-XX do kit APS-C. Daí, quanto antes assumir que vai levar o hobby a sério, mais plausível vai ser a migração de todo o sistema pra FF, uma vez que CaNikon estão queimando as pontes entre iniciantes e profissionais. A Nikon ainda tinha uma certa compatibilidade, ainda que capenga: vc podia usar suas lentes APS-C nos corpos FF, mas com alguma perda de funcionalidade. A Canon, nem isso.

Mas a Fuji seguiu outro caminho: todas estas lentes vão funcionar tanto nas câmeras básicas quanto nos modelos mais avançados. Ou seja, uma transição bem suave. Pode ser que o cara olhe aquele monte de lentes que ele já tem e conhece, e olhe entre uma FF de 2000 dólares, pra qual ele ainda vai precisar comprar lentes (e vender as que ele tem, com algum prejuízo), e olhe pro kit dele e prefira gastar 1500 dólares em uma câmera de sensor menor, mas com a mesma qualidade percebida.

Quando eu penso na felicidade com que paguei $380 na minha X-E2, nova, na caixa, fica difícil me imaginar pagando $2000 em qualquer FF que exista.


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.319
  • Ernesto Leite
Resposta #14 Online: 17 de Setembro de 2018, 16:44:07
O raciocínio está mais ou menos correto, mas tem um fator que vc não citou: a base instalada. Tem um monte de gente que começa em fotografia com as lentes básicas 18-XX do kit APS-C. Daí, quanto antes assumir que vai levar o hobby a sério, mais plausível vai ser a migração de todo o sistema pra FF, uma vez que CaNikon estão queimando as pontes entre iniciantes e profissionais. A Nikon ainda tinha uma certa compatibilidade, ainda que capenga: vc podia usar suas lentes APS-C nos corpos FF, mas com alguma perda de funcionalidade. A Canon, nem isso.

Mas a Fuji seguiu outro caminho: todas estas lentes vão funcionar tanto nas câmeras básicas quanto nos modelos mais avançados. Ou seja, uma transição bem suave. Pode ser que o cara olhe aquele monte de lentes que ele já tem e conhece, e olhe entre uma FF de 2000 dólares, pra qual ele ainda vai precisar comprar lentes (e vender as que ele tem, com algum prejuízo), e olhe pro kit dele e prefira gastar 1500 dólares em uma câmera de sensor menor, mas com a mesma qualidade percebida.

Quando eu penso na felicidade com que paguei $380 na minha X-E2, nova, na caixa, fica difícil me imaginar pagando $2000 em qualquer FF que exista.

Há uns anos, quando eu falava essas coisas, me escrachavam  :D



Sent from my Hasselblad using Tapatalk
#DeFérias