Autor Tópico: Duas perguntas técnicas sobre luz para além dos números  (Lida 6994 vezes)

rahmati

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 239
  • Sexo: Masculino
    • Rodrigo Rahmati
Online: 07 de Novembro de 2019, 17:15:34
Pessoal, motivado pelos outros tópicos, fiquei matutando e quero ver com quem sabe mais se minhas conclusões estão certas.

1. Uma câmera de sensor maior — vamos comparar uma fullframe com uma APS-C — tem profundidade de campo menor, ou seja, "mais bokeh" (quando comparada usando-se a mesma distância focal equivalente e mesma abertura, digamos as duas em 50 mm equivalentes f/2.8), porque o f/alguma-coisa é uma conta de divisão — ou seja, o 2.8 do FF é fisicamente maior do que o 2.8 APS, passando mais luz e causando mais difração. É isso?

2. A diferença entre f-stop e T-stop. O f-stop, como disse acima, é relativo ao tamanho do sensor. Já o T-stop é uma medida fixa e padrão da quantidade de luz que chega ao sensor/filme, por isso uma lente para APS-C, por exemplo, pode ser f/1.4 mas, na verdade, ser T/2.0. É isso também?

Grato desde já  :ponder:
www.rahmati.com.br — Fotografando com compacta desde sempre.
• Fujifilm XF10 (28mm (equiv.) f/2.8)
• Sony NEX-F3 (Sigma 30mm f/2.8 + Soligor Tele-Auto 135mm f/2.8 + Sony OSS 18-55mm f/3.5-5.6)
• Samsung Galaxy A70 (26mm (equiv.) f/1.7 + 12mm (equiv.) f/2.2)
• Canon SureShot 105 (Canon 38-105mm f/3.8-9.9)


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.845
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #1 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:23:45
Vou falar da pergunta 1 que é o que eu entendo. A profundidade de campo é relacionada ao tamanho físico do diafragma. Se você dividir o comprimento focal da lente pelo número-f, você obtém o diâmetro do diafragma em milímetros. Quanto maior o diâmetro, menor a profundidade de campo. Se mantiver a mesma distância em relação ao assunto, mesmo enquadramento e mesmo número-f, o que vai variar entre uma FF e uma APS-C é justamente o comprimento focal da lente (50mm na FF x 32mm na APS-C). Daí o diâmetro do diafragma será menor na APS-C, portanto a profundidade de campo será maior.

Isso não tem a ver com bokeh. Bokeh é a qualidade do desfoque, algo subjetivo, e não a quantidade de desfoque.


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.930
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:31:55
Olha, por agora sobre o T-Stop:

Transmissão de luz não muda por causa do tamanho do sensor.

Uma lente 0.95 pode ter um t-stop de 1.4, será o mesmo pra qualquer formato.

Enviado de meu SM-N975F usando o Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.617
  • 1° Mecenas do Forum
Resposta #3 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:33:37
vi que já responderam acima, então apaguei a minha resposta para evitar discussão

 :ok:
« Última modificação: 07 de Novembro de 2019, 17:35:56 por Ernesto »
"You can fool all the people some of the time and some of the people all the time, but you cannot fool all the people all the time." - Abraham Lincoln


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.432
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #4 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:35:20
Nosso amigo, Humberto, já respondeu a pergunta 1 de maneira brilhante, vou responder a dois rsrsrs:

2. A diferença entre f-stop e T-stop. O f-stop, como disse acima, é relativo ao tamanho do sensor. Já o T-stop é uma medida fixa e padrão da quantidade de luz que chega ao sensor/filme, por isso uma lente para APS-C, por exemplo, pode ser f/1.4 mas, na verdade, ser T/2.0. É isso também?

Re: F-Stop é a abertura oficialmente declarada pela fabricante. Por exemplo, numa Canon EF 50MM 1.8 II , a abertura oficialmente declarada é 1.8. Porém, todavia, entretanto, o T-Stop é a abertura máxima efetiva de luz que chega até o sensor. Me lembro que nesse exemplo o T-Stop era 2.1, ou seja, efetivamente a lente embora declarada como 1.8, é na verdade abertura máxima de 2.1. Repare que você pode ter duas lentes 50MM 1.8, com o mesmo F-Stop, mas se você colocar na fotometria pode dar uma pequena diferença... uma por exemplo tem T-Stop de 1.9 e a outra de 2.1, evidentemente a de T-Stop 1.9 vai captar mais luz do que a que tem T-Stop 2.1. Note que ambas são 1.8 no F-Stop, mas a quantidade real de luz é o que importa na prática.

Outro fator que precisa ser levado em conta é que no caso de lentes projetadas para o sensor Fullframe (35MM ) , se você usar ela numa câmera com sensor APSC ou menor, precisará multiplicar a abertura máxima pelo fator de corte (número de redução do sensor). Assim , pegando um exemplo da lente 50MM , tanto o F-Stop, quanto o T-Stop precisam ser multiplicados pelo fator de corte. POr exemplo, no caso da Canon o fator de corte APSC é de 1.6x menor que o sensor Fullframe.

Assim, se pegarmos uma lente 1.8 , ao montar no sensor Fullframe a abertura máxima será 1.8*1.6 (fator de corte) o que daria  abertura máxima de 2.88 em F-Stop. A mesma conta precisa ser feita para o T-Stop. Note que isso ocorre porque sensores menores conseguem lidar com menos informações elétricas (luz) do que um sensor maior. Muitas pessoas falam apenas da distância focal em relação ao fator de corte do sensor, mas a abertura do diafragma também entra nesse conta porque o sensor lida com luz. Espero ter sido claro ! rsrsrs


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.432
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #5 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:38:43
Olha, por agora sobre o T-Stop:

Transmissão de luz não muda por causa do tamanho do sensor.

Uma lente 0.95 pode ter um t-stop de 1.4, será o mesmo pra qualquer formato.

Enviado de meu SM-N975F usando o Tapatalk


Muda sim, porque um sensor menor lida com menos luz do que um sensor maior. Assim a abertura máxima (tanto F-Stop quanto T-Stop) precisam ser multiplicados pelo fator de corte do sensor, para saber ambos. Pare pra pensar, um sensor menor nada mais que é um corte no sensor maior (Corte/Crop) . Por isso sensores menores sempre lidarão com menores quantidade de luz do que um sensor maior.


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.930
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:39:20
Nosso amigo, Humberto, já respondeu a pergunta 1 de maneira brilhante, vou responder a dois rsrsrs:

2. A diferença entre f-stop e T-stop. O f-stop, como disse acima, é relativo ao tamanho do sensor. Já o T-stop é uma medida fixa e padrão da quantidade de luz que chega ao sensor/filme, por isso uma lente para APS-C, por exemplo, pode ser f/1.4 mas, na verdade, ser T/2.0. É isso também?

Re: F-Stop é a abertura oficialmente declarada pela fabricante. Por exemplo, numa Canon EF 50MM 1.8 II , a abertura oficialmente declarada é 1.8. Porém, todavia, entretanto, o T-Stop é a abertura máxima efetiva de luz que chega até o sensor. Me lembro que nesse exemplo o T-Stop era 2.1, ou seja, efetivamente a lente embora declarada como 1.8, é na verdade abertura máxima de 2.1. Repare que você pode ter duas lentes 50MM 1.8, com o mesmo F-Stop, mas se você colocar na fotometria pode dar uma pequena diferença... uma por exemplo tem T-Stop de 1.9 e a outra de 2.1, evidentemente a de T-Stop 1.9 vai captar mais luz do que a que tem T-Stop 2.1. Note que ambas são 1.8 no F-Stop, mas a quantidade real de luz é o que importa na prática.

Outro fator que precisa ser levado em conta é que no caso de lentes projetadas para o sensor Fullframe (35MM ) , se você usar ela numa câmera com sensor APSC ou menor, precisará multiplicar a abertura máxima pelo fator de corte (número de redução do sensor). Assim , pegando um exemplo da lente 50MM , tanto o F-Stop, quanto o T-Stop precisam ser multiplicados pelo fator de corte. POr exemplo, no caso da Canon o fator de corte APSC é de 1.6x menor que o sensor Fullframe.

Assim, se pegarmos uma lente 1.8 , ao montar no sensor Fullframe a abertura máxima será 1.8*1.6 (fator de corte) o que daria  abertura máxima de 2.88 em F-Stop. A mesma conta precisa ser feita para o T-Stop. Note que isso ocorre porque sensores menores conseguem lidar com menos informações elétricas (luz) do que um sensor maior. Muitas pessoas falam apenas da distância focal em relação ao fator de corte do sensor, mas a abertura do diafragma também entra nesse conta porque o sensor lida com luz. Espero ter sido claro ! rsrsrs
Desculpe, mas seu entendimento sobre a transmissão de luz está incorreto.

Não entra menos luz devido ao tamanho do sensor, ele recebe a luz que precisa, isso não muda.



Enviado de meu SM-N975F usando o Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.930
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:40:14
Muda sim, porque um sensor menor lida com menos luz do que um sensor maior. Assim a abertura máxima (tanto F-Stop quanto T-Stop) precisam ser multiplicados pelo fator de corte do sensor, para saber ambos. Pare pra pensar, um sensor menor nada mais que é um corte no sensor maior (Corte/Crop) . Por isso sensores menores sempre lidarão com menores quantidade de luz do que um sensor maior.
Desculpe, está errado, coloque duas câmeras, uma crop e uma ff, com a mesma lente e me diga se a medição muda.

Enviado de meu SM-N975F usando o Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.845
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #8 Online: 07 de Novembro de 2019, 17:41:55
cheferson, está havendo uma confusão aqui. Abertura é característica da lente. Você multiplica o número-f pelo fator de corte apenas se estiver comparando a profundidade de campo, mas essa conta não se usa para a quantidade de luz.


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.268
  • Sexo: Masculino
    • Site
Resposta #9 Online: 07 de Novembro de 2019, 18:48:00
Perfeito :ok:

Não existe diferença entre f-stop / t-stop quando se coloca uma lente em sensores diferentes. Isso é uma característica unicamente da lente e indica a quantidade de luz que passa por ela (uma do fabricante e outra real).


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.617
  • 1° Mecenas do Forum
Resposta #10 Online: 07 de Novembro de 2019, 18:54:39
Putz, lá no começo, até apaguei minha resposta pq não queria ver discussão aqui...

Mas, ainda assim, gerou  :D

A era da DES-informacao é a assim:

Várias versões do fato porque não existem mais livros técnicos  :(
« Última modificação: 07 de Novembro de 2019, 19:07:58 por Ernesto »
"You can fool all the people some of the time and some of the people all the time, but you cannot fool all the people all the time." - Abraham Lincoln


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.845
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #11 Online: 07 de Novembro de 2019, 19:52:37
(uma do fabricante e outra real).

Mas também não é exatamente assim... O f-stop não é uma invenção do fabricante, é apenas uma outra medida, diferente do t-stop. A transmissão de luz, o t-stop, é afetado por muitas coisas da construção da lente, desde quantidade de elementos, revestimento, etc. Então por isso essa diferença, mas não quer dizer que o f-stop não seja real, só é outra medida.


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.432
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #12 Online: 07 de Novembro de 2019, 20:06:47
Putz, lá no começo, até apaguei minha resposta pq não queria ver discussão aqui...

Mas, ainda assim, gerou  :D

A era da DES-informacao é a assim:

Várias versões do fato porque não existem mais livros técnicos  :(

kkkkkkkkkk
Sugiro a leitura desses  artigos:

https://meiobit.com/357970/fstop-x-tstop-explicacao-rapida/

https://meiobit.com/299611/fstop-vs-tstop-veja-diferenca/

Infelizmente encontrar livros ou artigos técnicos que falem que um sensor menor capta menos luz do que um sensor maior é muito pequeno. Mas para comparação: uma lente projetada especificamente para sensor APSC se colocada numa câmera com sensor Fullframe irá gerar vinhetas; porque o sensor não consegue captar a luz das bordas... em termos de Física da Luz um sensor Fullframe capta muito mais luz do que um sensor APSC, mesmo que você use uma lente de Fullframe no sensor menor, APSC, justamente pelo fator de corte do sensor.

O problema de se fazer teste prático é que justamente sensores de tamanhos diferentes produzem enquadramentos diferentes, profundidade de campo diferentes e consequentemente fotometrias diferentes. Mas na teoria, um sensor APSC sempre irá captar menos luz do que um Fullframe e um Fullframe irá captar menos luz do que um sensor Médio Formato.


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.328
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 07 de Novembro de 2019, 20:56:12
Vixiii que loucura...

f-stop é uma coisa t-stop é outra... era bom o pessoal procurar as definições na internet.


Não entra menos luz devido ao tamanho do sensor, ele recebe a luz que precisa, isso não muda.


Carlos, entenda de uma vez por todas, um sensor maior que tem área maior recebe mais luz, ou seja recebe mai photos, em outras palavras recebe mais energia que será absorvida pelo sensor.

A quantidade de lua por mm2 é a mesma, porem como a área é maior, a quantidade total de luz (ou energia) disponível para o sensor grande é maior.
« Última modificação: 07 de Novembro de 2019, 20:57:18 por Lindsay »
Conhecimento importa mais que equipamento.


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.930
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 07 de Novembro de 2019, 20:58:27
Vixiii que loucura...

f-stop é uma coisa t-stop é outra... era bom o pessoal procurar as definições na internet.

Carlos, entenda de uma vez por tods, um sensor maior que tem area maior recebe mis luz, ou seja recebe mai photos, em outras palavras recebe mais energia que será absorvida pelo sensor.

A quantidade mor mm2 é a mesma, porem como a área é maior, a quantidade total de energia disponivel para o sensor grande é maior.
Se você faz um furo em uma caixa pequena ou grande, a quantidade de luz que passa é exatamente a mesma.

Não existe armazenamento de luz.

Desculpe, está errado.

Enviado de meu SM-N975F usando o Tapatalk

-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978