Autor Tópico: Nikon D800 - Foco | D800 - Fuji X-T2  (Lida 2046 vezes)

Paulo Ricardo

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
Online: 13 de Janeiro de 2020, 10:57:30
Olá amigos!

Atualmente tenho a D800 + 50mm 1.8G e a Nikon 80-200mm f2.8 Push Pull. Tenho o conjunto há menos de um mês e fotografei pouco até o momento (uso fotografia como hobby). Porém notei algumas inconsistências no foco, nas duas lentes. Hora acerta, hora só foca parte do assunto, hora o assunto fica todo fora de foco.

Nesta foto abaixo feita com a 80-200, dá para ver que a grama antes dos dog está focada, o focinho do dog da esquerda está sem foco e o foco volta novamente no peito. Fiz outra foto com a 50MM com um dos dog sozinho e o focinho ficou levemente desfocado, sendo o foco confirmado na região dos olhos e um pouco antes dele, no chão (parecido com o que aconteceu com a 80-200)

https://ibb.co/28MFgS8

Nessa outra o assunto ficou em foco, porém da para ver que a região traseira do cabelo está sem foco.

https://ibb.co/dmYZT54

Será um problema de ajuste fino de foco? Algumas fotos o foco ficou ok, outras ficaram levemente desfocadas, outras o assunto ficou desfocado e algum objeto um pouco atrás ou um pouco a frente focado. Tive a D7200 há uns 2 anos atrás e dificilmente errava o foco com ela, ela só apresentou problema de foco com a sigma 18-35, porém errava menos.

Ainda não tive tempo de tentar fazer ajuste fino e nem tenho o material. Comprei um mini tripé com ballhead para facilitar e depois vou procurar o método mais fácil para fazer em casa mesmo. Do contrário compro um cartão para isso, igual o Tales mostra no vídeo dele. Tem Softwares como o Reikan Focal Pro que faz essa tarefa mais fácil e provavelmente mais acertada. Porém acho inviável comprar a licença dele somente para esse ajuste em específico.

Me surgiu a oportunidade de fazer uma escolha, tenho um amigo vindo dos EUA ao qual se disponibilizou de trazer um equipamento fotográfico de minha escolha (eu vou pagar, ele só vai trazer na mala).

Estou com algumas dúvidas de qual escolha fazer.

1 - Gosto de fotos de paisagens e astrofotografia, as mentes atuais minhas por serem de range mais longo, diminui o quadro captado. Então pensei em trazer a 24-70 2.8G (seria minha lente tudo em 1, provavelmente me desfazendo da 50mm) ou pegar a Nikon 16 -35 F4 e permanecer com a 50mm 1.8G, o dilema aqui é, a 16-35 é uma lente mais aberta, vai me proporcionar um quadro maior, porém a 24-70 é bem versátil, eu poderia sair facilmente só com ela e a câmera na mochila, sem precisar levar mais nada. Estou no meio do muro quanto as duas e com uma remota possibilidade da tokina 16-28.

2- Todo mundo que muda para fuji elogia bastante. Já vi gente sair da D850 e não se arrepender. Então, no lugar das lentes, eu posso trazer um corpo de uma XT-2 usada, me propus gastar até 700 dólares, então nesse preço só consigo o corpo. E depois de comprada só vou poder comprar alguma lente depois de 3 ou 4 meses quando o orçamento da uma aliviada. Então vou comprar para ficar guardada até eu adquirir a lente. Eu olho bastante grupo no facebook internacional da fuji onde a galera posta as fotos do equipamento. Porém de alguma maneira eu não acho as fotos da fuji em sua grande maioria, chamativas. Eu olho e falo ok, não tem aquela magia de quando eu vejo uma foto linda de uma DSLR.

Deixa-me exemplificar melhor, eu abro o Flickr e pesquiso D750, 70% das fotos que aparecem eu acho lindas, de abrir e admirar a qualidade. Aí vou e pesquiso Fuji e uns 20% das fotos realmente chamam minha atenção. Até porque os usuários fuji gostam bastante de foto preto e branco, e eu não sou muito fã. Sabe aquela foto que aparece no feed do Facebook feita com Smartphone e você olha, vê que a foto está bem enquadrada, bonita, porém nada parece chamar atenção ali, olha e fala ok e passa direto. É essa sensação que tenho vendo a grande maioria das fotos feitas com a fuji. Por outro lado, tem fotos também que eu acho lindas, porém na maioria das vezes usando lentes top e bem caras como a 56mm 1.2, 35 1.4, etc. Quando que nas DSLR usando uma 50mm baratinha dá para fazer milagre. Sei que as lentes de entradas fuji são excelentes, porém as fotos que me chamam mais a atenção, coincidentemente são as que usam as lentes mais top fuji, é claro que tem fotos com lente de kit, lente fixa barata excelentes também.

A dúvida aqui é, tenho vontade de testar a fuji e ver como as fotos vão ficar para meu uso, e também para comprar um monte de lente vintage com abertura boa e que tem qualidade, para usar de forma manual. Como a câmera tem assistente de foco no visor, fica mais fácil focar com essas lentes. Porém tenho medo de gastar a grana e não gostar, me fazendo perder dinheiro tempo e expectativa.

A intenção é manter a D800 por enquanto e ir aprendendo a usar e adaptar com a fuji e se der certo, vender a D800 posteriormente. Ou desistir da X-T2 e pegar uma das lentes (24-70 ou 16-35) e ficar com a D800, e talvez daqui uns 6 a 8 meses trocar a D800 pela D750 ou Z6, sendo esta última depois de dá uma queda de preço e manter a possível lente 24-70 2.8G para usar nelas (D750 ou Z6), me desfazendo da D800 + 80-200.


Sei que o assunto foi um pouco longo e talvez um pouco confuso. Porém estou realmente em cima do muro na escolha das lentes ou optar pela X-T2. Se eu optar pelas lentes vai ficar a dúvida de como seria usar a X-T2 (me adaptaria?), se eu optar pela X-T2 e não me adaptar, vai ficar a frustração de que poderia ter pego as lentes. Porém vou ter que escolher um dos dois, e conto com ajuda de quem já teve esses equipamentos e possa dá uma direção melhor, com base na experiência que tem.
Nikon D750 - Nikon 50mm 1.8G - Nikon 85mm 1.8G - Nikon 24-70 2.8G - Nikon 80-200 2.8ED - Yn568EX - Godox TT685n


cfcsosa

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.756
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 13 de Janeiro de 2020, 11:10:11
Pra mim você não está em cima do muro.

Você gosta da Nikon d800, reafirmou isso em todo seu texto.

Compre as lentes Nikon e pronto. Recomendo a 24-70 2.8, será mais versátil.

Ao fotografar, utilize o viewfinder e um tripé. Paisagens em DSLR se fotografam melhor assim.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk



Paulo Ricardo

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 13 de Janeiro de 2020, 11:42:45
Pra mim você não está em cima do muro.

Você gosta da Nikon d800, reafirmou isso em todo seu texto.

Compre as lentes Nikon e pronto. Recomendo a 24-70 2.8, será mais versátil.

Ao fotografar, utilize o viewfinder e um tripé. Paisagens em DSLR se fotografam melhor assim.

Sent from my SM-N975F using Tapatalk


Não exatamente Carlos. Falei bastante da D800 porque é a câmera que tenho e posso testar nas mãos.

Como disse anteriormente, tenho muita vontade de testar a Fuji, pois é uma das Mirroless atualmente que tem boa reputação com a galera e também tem preço bem atraente no mercado de usados. Meu medo é somente não adaptar. A qualidade de suas fotos com a fuji são muito boas, no estilo que eu gosto. Desde a época que tinha a D7200 e tu me aconselhou aqui no fórum a X-t2 como boa opção eu realmente tenho desejo de testar ela. Como moro no interior, não há ninguém próximo para que eu possa pega a câmera e fazer um teste básico. único jeito é comprando mesmo. Outro motivo por considerar a X-T2 é o peso. A D800 com as lentes somam um peso e volume extra na mochila. A X-T2 seria o ideial para passeios ou viagem que não da para levar muita bagagem, cabendo em qualquer cantinho da mochila sem pesar muito.

Quando falo das fotos fuji, eu não quis dizer que elas não tem qualidade, pelo contrário, tem bastante. Porém a maioria não me prendem tanto a atenção como as fotos das DSLR.

Suas fotos mesmo, são com fuji e são excelentes e no estilo que eu gosto. Eu abro seu Flickr e gosto pelo menos de 95% de suas fotos, eu abro o flickr geral fuji e não gosto tanto. Talvez seja a sua maneira de transmitir através da fotografia que está mais ou menos na mesma linha que eu procuro fotografar, logo eu me identifico mais com suas fotos.

E também pretendo ter uma coleção de lentes analógicas (olympus, pentax, helios, etc), pois vejo excelentes resultados dessas lentes equipado nas fuji, seja para macros, seja para paisagens ou até mesmo buscar um bokher único e creio ser bem mais divertido usa-las na fuji com o assistente de foco, do que tentar fazer com o visor ótico da D800 e quando for abrir no pc está tudo fora de foco.
Nikon D750 - Nikon 50mm 1.8G - Nikon 85mm 1.8G - Nikon 24-70 2.8G - Nikon 80-200 2.8ED - Yn568EX - Godox TT685n


LeandroR

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.456
    • Dilone Fotografia
Resposta #3 Online: 13 de Janeiro de 2020, 12:29:08
Paulo,

Câmeras e lentes são ferramentas. Quando precisamos escolher qual ferramenta melhor se adequa para o nosso uso dentro da fotografia precisamos primeiro entender da melhor maneira possível as nossas próprias necessidades e gostos pessoais e partir disso buscar a ferramenta que melhor atende estas necessidades.


Comparar as fotografias feitas por outras pessoas com essas duas câmeras mas julgá-las a partir de um prisma estético / visual (quando você fala que não gosta do "estilo" das fotografias que a maioria do pessoal que usa a XT-2, não da qualidade técnica em si do arquivo que a câmera entrega) me parece um pouco sem sentido, pois você está julgando a visão artística do fotógrafo, algo que é único dele e não necessariamente tem relação com a câmera utilizada.







felipemendes

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.215
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #4 Online: 13 de Janeiro de 2020, 13:28:31
A D800 é uma câmera fenomenal, e faz de tudo muito bem, sabendo usá-la, e sabendo que ela tem limitações.

Me parece (corrija-me se eu estiver errado) que você está tendo um problema com o foco. Será que vc consegue resolver o problema selecionando manualmente o ponto de foco? Por vezes deixar a câmera escolher sozinha não é boa ideia. Diminur a abertura também pode ser uma boa, pra que mais coisas fiquem em foco. Nos seus exemplos, vc usou a abertura máxima da lente (f/2.8 em 200mm e f/1.8 em 50mm). Não é fácil cravar o foco em 100% das fotos com abertura e DF tão grandes.

Tanto sua D800 quanto qualquer outra câmera vai permitir selecionar o foco, e confirmar que aquele ponto estará em foco - a exceção seria justamente a que vc citou, se o foco estiver descalibrado. Sugiro vc praticar em consições bem controladas antes de gastar dinheiro com câmeras novas.

O diferencial que as ML (e também as DSLR em modo live view) podem dar é o foco por detecção de contraste, que vai dar bom resultado em qualquer abertura, diferente do foco somente por fase, que pode ficar um pouco hipersensível em grandes aberturas. Por isso fica um pouco mais difícil acertar o foco nestas condições (grande abertura+DSLR), mas nem de longe é impossível. De novo, sugiro investigar o motivo de você não conseguir cravar o foco antes de testar uma nova câmera.

Dito isso, uma coisa que atrai muitos fotógrafos ao ML é a possibilidade de se "construir" a foto antes de ela ser feita, usando a previsão de foco (como vc disse), mas também a previsão de abertura e velocidade. É bem verdade que com uma DSLR, basta vc fazer uma foto, olhar e corrigir o que deu errado, mas a maneira de se fazer no ML parece ser mais prazeirosa.

Finalmente, fora as diferenças técnicas (resolução, DOF reduzido), tanto a D800 quanto a X-T2 podem dar resultados bem parecidos, dependedo de como vc editar. Eu não diria que isso é motivo pra trocar de câmera.

EDIT: Se vc comprar a X-T2 mesmo, lembre de pedir ao seu amigo um adaptador Nikon-Fuji também, pra já começar usando as lentes que vc tem.
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2020, 13:35:50 por felipemendes »


Leonardo Tonin

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.525
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 13 de Janeiro de 2020, 14:26:01
Amigo, procure por uma tecnica de calibracao chamada dot tune. 

Nikon d90, d7100,  35 1.8g dx, 50 1.8g, 85 1.8g


Paulo Ricardo

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 13 de Janeiro de 2020, 14:49:04
Paulo,

Câmeras e lentes são ferramentas. Quando precisamos escolher qual ferramenta melhor se adequa para o nosso uso dentro da fotografia precisamos primeiro entender da melhor maneira possível as nossas próprias necessidades e gostos pessoais e partir disso buscar a ferramenta que melhor atende estas necessidades.


Comparar as fotografias feitas por outras pessoas com essas duas câmeras mas julgá-las a partir de um prisma estético / visual (quando você fala que não gosta do "estilo" das fotografias que a maioria do pessoal que usa a XT-2, não da qualidade técnica em si do arquivo que a câmera entrega) me parece um pouco sem sentido, pois você está julgando a visão artística do fotógrafo, algo que é único dele e não necessariamente tem relação com a câmera utilizada.

Correto Leandro, acredito que me expressei de forma incorreta dando a impressão que estou criticando o trabalho do pessoal que usa os equipamentos fuji. Não é isso, se a foto foi feita, ela expressa a visão do fotografo. Mas a foto fuji é diferente, justamente o que faz muita gente optar pela marca. Talvez não seja tão saturada como as dslr, as cores puxadas mais para o pastel/dark.

Eu tenho a mania de quando me interesso num equipamento, eu ir atrás de fotos de referência daquele equipamento. Aí analiso as cores, foco, ruído, nitidez, etc. É como querer conhecer o fotógrafo para meu evento, olhando as fotos de referência do site dele. Só que no lugar do fotógrafo, coloque a câmera utilizada. Sei que tem muitos detalhes técnicos em volta disso.

Mas resumindo, é como se fosse dois murais, com 100 fotos de um lado e outro com 100 fotos. Eu tenho que olhar de modo geral, e o que tiver mais fotos que prendem minha atenção, eu coloco como prioridade. Aquele que me agrada mais, parece ser melhor na minha visão. Como se eu fosse comprar um carro, dentre duas opções eu escolho um, porque o design do outro não me interessou. Então não estou desmerecendo a visão artística do designer do carro, eu olhei a coisa em si. Sem nem saber quem foi o autor do projeto, mas sei qual equipamento/marca é.
Nikon D750 - Nikon 50mm 1.8G - Nikon 85mm 1.8G - Nikon 24-70 2.8G - Nikon 80-200 2.8ED - Yn568EX - Godox TT685n


Paulo Ricardo

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 13 de Janeiro de 2020, 15:11:06
A D800 é uma câmera fenomenal, e faz de tudo muito bem, sabendo usá-la, e sabendo que ela tem limitações.

Me parece (corrija-me se eu estiver errado) que você está tendo um problema com o foco. Será que vc consegue resolver o problema selecionando manualmente o ponto de foco? Por vezes deixar a câmera escolher sozinha não é boa ideia. Diminur a abertura também pode ser uma boa, pra que mais coisas fiquem em foco. Nos seus exemplos, vc usou a abertura máxima da lente (f/2.8 em 200mm e f/1.8 em 50mm). Não é fácil cravar o foco em 100% das fotos com abertura e DF tão grandes.

Tanto sua D800 quanto qualquer outra câmera vai permitir selecionar o foco, e confirmar que aquele ponto estará em foco - a exceção seria justamente a que vc citou, se o foco estiver descalibrado. Sugiro vc praticar em consições bem controladas antes de gastar dinheiro com câmeras novas.

O diferencial que as ML (e também as DSLR em modo live view) podem dar é o foco por detecção de contraste, que vai dar bom resultado em qualquer abertura, diferente do foco somente por fase, que pode ficar um pouco hipersensível em grandes aberturas. Por isso fica um pouco mais difícil acertar o foco nestas condições (grande abertura+DSLR), mas nem de longe é impossível. De novo, sugiro investigar o motivo de você não conseguir cravar o foco antes de testar uma nova câmera.

Dito isso, uma coisa que atrai muitos fotógrafos ao ML é a possibilidade de se "construir" a foto antes de ela ser feita, usando a previsão de foco (como vc disse), mas também a previsão de abertura e velocidade. É bem verdade que com uma DSLR, basta vc fazer uma foto, olhar e corrigir o que deu errado, mas a maneira de se fazer no ML parece ser mais prazeirosa.

Finalmente, fora as diferenças técnicas (resolução, DOF reduzido), tanto a D800 quanto a X-T2 podem dar resultados bem parecidos, dependedo de como vc editar. Eu não diria que isso é motivo pra trocar de câmera.

EDIT: Se vc comprar a X-T2 mesmo, lembre de pedir ao seu amigo um adaptador Nikon-Fuji também, pra já começar usando as lentes que vc tem.

Felipe, eu testei todos os modos de foco (AF-S, AF-C, 3D) e todos parecem ter uma falha no foco automático. Geralmente uso com o ponto central o foco, ou o movimento de acordo com o assunto. Mesmo eu usando o ponto central, e colocando esse ponto bem no meio do nariz da pessoa, as vezes o rosto da pessoa sai desfocado, ou só parte do rosto. Já me disseram que a D800 tem dificuldade de focar em grandes aberturas mesmo. Porém tem fotos que queremos uma profundidade de campo maior, aí a grande abertura se faz necessário. Com a D7200 antiga eu não tinha tanto esse problema, onde eu colocava o ponto com o foco, o foco ficava lá. Então creio ser ajuste fino, pois a câmera é nova (menos de 3 mil cliques).

Quanto a ter uma segunda câmera, eu considerei por dois motivos, o primeiro é que teria algo diferente para usar/conhecer/adaptar. O segundo é que se eu me adaptar e gostar posso ter uma câmera leve, com lentes menores e consequentemente bem mais fácil de transportar por aí em passeios a pé ou de bike. Então eu trocaria até meu drone (tenho um P4 ADV) por um mavic e caberia tudo em uma mochila, me dando assim mais versalidade sem carregar vários Kg de equipamento. Então chave da questão é. Eu quero aproveitar meu amigo para trazer alguma coisa e economizar em relação ao valor nacional. Então a 24-70 seria uma lente tudo em um com a d800, porém o peso vai dobrar. A X-T2 me traria um sistema diferente, para eu testar e ver se me atende. Se atender, posso vender a D800 e ficar com um sistema mais compacto e mais fácil de transportar. Se não atender eu vou ficar com o pesar de não ter trago a 24-70 e ter que vender a X-T2 e ainda ter que inteirar para pegar a lente aqui no Brasil.

Meus tipos de fotografia preferidos são: Retratos, paisagens, astrofotografia. São os principais, não os únicos. Sempre é interessante fazer de tudo um pouco.
Nikon D750 - Nikon 50mm 1.8G - Nikon 85mm 1.8G - Nikon 24-70 2.8G - Nikon 80-200 2.8ED - Yn568EX - Godox TT685n


LeandroR

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.456
    • Dilone Fotografia
Resposta #8 Online: 13 de Janeiro de 2020, 15:33:44
Correto Leandro, acredito que me expressei de forma incorreta dando a impressão que estou criticando o trabalho do pessoal que usa os equipamentos fuji. Não é isso, se a foto foi feita, ela expressa a visão do fotografo. Mas a foto fuji é diferente, justamente o que faz muita gente optar pela marca. Talvez não seja tão saturada como as dslr, as cores puxadas mais para o pastel/dark.

Eu tenho a mania de quando me interesso num equipamento, eu ir atrás de fotos de referência daquele equipamento. Aí analiso as cores, foco, ruído, nitidez, etc. É como querer conhecer o fotógrafo para meu evento, olhando as fotos de referência do site dele. Só que no lugar do fotógrafo, coloque a câmera utilizada. Sei que tem muitos detalhes técnicos em volta disso.

Mas resumindo, é como se fosse dois murais, com 100 fotos de um lado e outro com 100 fotos. Eu tenho que olhar de modo geral, e o que tiver mais fotos que prendem minha atenção, eu coloco como prioridade. Aquele que me agrada mais, parece ser melhor na minha visão. Como se eu fosse comprar um carro, dentre duas opções eu escolho um, porque o design do outro não me interessou. Então não estou desmerecendo a visão artística do designer do carro, eu olhei a coisa em si. Sem nem saber quem foi o autor do projeto, mas sei qual equipamento/marca é.

Então, não me refiro a criticar fotografias de uma pessoa, acho que cada um tem o total direito de não gostar do trabalho de outros, inclusive de criticar, desde que não de maneira depreciativa, claro.
Meu ponto é que talvez esta não seja a melhor maneira de comparar duas câmeras.


felipemendes

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.215
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #9 Online: 13 de Janeiro de 2020, 15:55:35
Felipe, eu testei todos os modos de foco (AF-S, AF-C, 3D) e todos parecem ter uma falha no foco automático. Geralmente uso com o ponto central o foco, ou o movimento de acordo com o assunto. Mesmo eu usando o ponto central, e colocando esse ponto bem no meio do nariz da pessoa, as vezes o rosto da pessoa sai desfocado, ou só parte do rosto. Já me disseram que a D800 tem dificuldade de focar em grandes aberturas mesmo. Porém tem fotos que queremos uma profundidade de campo maior, aí a grande abertura se faz necessário. Com a D7200 antiga eu não tinha tanto esse problema, onde eu colocava o ponto com o foco, o foco ficava lá. Então creio ser ajuste fino, pois a câmera é nova (menos de 3 mil cliques).

Estranho mesmo. Na dúvida, pode valer a pena checar o sistema de foco. Como eu tinha dito, câmeras ML em geral funcionam em sistema fechado, ou seja, o mesmo sensor que ajusta o foco vai registrar a imagem. Funciona mais ou menos como o foco manual, onde o olho vê se o lugar de interessa apresenta o melhor contraste. Por isso o foco vai um pouco pra lá e pra cá antes de travar o foco. Você não teria este tipo de problema.

Citar
Meus tipos de fotografia preferidos são: Retratos, paisagens, astrofotografia. São os principais, não os únicos. Sempre é interessante fazer de tudo um pouco.

Mais ou menos as mesmas coisas que me levaram a comprar a X-H1, que usa o mesmo sensor que a X-T2, mas com alguns refinamentos. Minha evolução em astrofotografia com esta câmera pode ser vista aqui:
https://forum.mundofotografico.com.br/index.php/topic,136162

Posso dizer que a X-H1 tem características muito desejáveis pra astrofotografia. A X-T2 deve estar bem perto.


Paulo Ricardo

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 106
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 13 de Janeiro de 2020, 16:32:48
Estranho mesmo. Na dúvida, pode valer a pena checar o sistema de foco. Como eu tinha dito, câmeras ML em geral funcionam em sistema fechado, ou seja, o mesmo sensor que ajusta o foco vai registrar a imagem. Funciona mais ou menos como o foco manual, onde o olho vê se o lugar de interessa apresenta o melhor contraste. Por isso o foco vai um pouco pra lá e pra cá antes de travar o foco. Você não teria este tipo de problema.

Mais ou menos as mesmas coisas que me levaram a comprar a X-H1, que usa o mesmo sensor que a X-T2, mas com alguns refinamentos. Minha evolução em astrofotografia com esta câmera pode ser vista aqui:
https://forum.mundofotografico.com.br/index.php/topic,136162

Posso dizer que a X-H1 tem características muito desejáveis pra astrofotografia. A X-T2 deve estar bem perto.

A X-H1 foge um pouco de valor que estou disposto a pagar (700 - 800 dólares) Já achei várias X-T2 dentro desse preço usadas, porém nenhuma com lente. Ou também tenho a opção de esticar mais um pouco e pegar uma Z50 nova (850 dólares), porém aí fico sem usar lentes pois não vem o adaptador. Minha preferencia não é exatamente a X-T2, eu procuro uma boa Mirrorless dentro desse preço, e até 700 dólares usada, a X-T2 é a que mais se destaca. Tem a X-T30, porém olhando vários grupos internacionais de usuários Fuji no facebook, a galera acaba sempre indicando a X-T2 sobre a X-T30, por ter um corpo mais PRO.
Nikon D750 - Nikon 50mm 1.8G - Nikon 85mm 1.8G - Nikon 24-70 2.8G - Nikon 80-200 2.8ED - Yn568EX - Godox TT685n


felipemendes

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.215
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #11 Online: 13 de Janeiro de 2020, 16:46:32
A X-H1 foge um pouco de valor que estou disposto a pagar (700 - 800 dólares) Já achei várias X-T2 dentro desse preço usadas, porém nenhuma com lente. Ou também tenho a opção de esticar mais um pouco e pegar uma Z50 nova (850 dólares), porém aí fico sem usar lentes pois não vem o adaptador. Minha preferencia não é exatamente a X-T2, eu procuro uma boa Mirrorless dentro desse preço, e até 700 dólares usada, a X-T2 é a que mais se destaca. Tem a X-T30, porém olhando vários grupos internacionais de usuários Fuji no facebook, a galera acaba sempre indicando a X-T2 sobre a X-T30, por ter um corpo mais PRO.

Também tive dúvida sobre qual câmera Fuji comprar pouco tempo atrás. https://forum.mundofotografico.com.br/index.php/topic,135844

No final das contas, pra mim, o que me fez escolher a X-H1 foram o IBIS e o EVF grande. Abri mão de um sensor mais moderno, menor tamanho, USB-C. Mas entre a X-T30 e a X-T2, a única vantagem da X-T2 (pra mim) seria o EVF maior. Tem que ver se isso é muito importante pra você.


Marcio WH

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.612
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 13 de Janeiro de 2020, 19:42:35
Pelas fotos, acho que e somente a abertura mesmo, tente pegar o assunto meio na diagonal, talvez melhore a profundidade de campo, mesmo em abertura maxima…

Quanto a compra, iria de 24-70.

Boa sorte na decisao.


Gabriel Büll

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.531
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 13 de Janeiro de 2020, 21:21:25
Não adianta procurar fotos para escolher o melhor equipamento, eu já fiz muito isso kkk não adianta pois muitos não sabem tirar 100% do equipamento ou não sabem editar as fotos e acabam estragando ela, já vi muita foto com D850 é D5 com ruído absurdo mesmo em ISO 400.
Sobre o foco infelizmente é uma coisa chata mesmo, toda vez que pego uma lente nova ou outra câmera tenho que perder várias horas para calibrar o conjunto, e algumas combinações nunca vão ficar perfeitas 100% das vezes.
Eu sugiro alugar uma Sony A7R III para experimentar, ela tem menos ruído em ISO alto mesmo tendo mais Mpx que a D800. E o foco em condições de luz normais pelo que vejo é muito utilizável e resolve essa questão de ter que calibrar. Eu estou vendendo minha D750 para ir na D810, mas depois acredito que vou para Sony, só tenho medo da durabilidade delas, gostei muito
nitidez da 200-600 em comparação com a Sigma 150-600 Sports, isso que me fez pensar em mudar para Sony juntamente o desempenho em ISO alto.


Checheel

  • Trade Count: (12)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.036
Resposta #14 Online: 14 de Janeiro de 2020, 02:29:13
A D800 não é nenhuma maravilha no foco mesmo. Talvez para o seu uso seja mais interessante uma mirrorless pelas funcionalidades (estabilização, filmagem em 4k, timelapses usando o shutter eletrônico) e menor tamanho/peso. A D800 tem um sensor incrível, mas ela como câmera parece um dinossauro, grande lento pesado. Se mudar para a D750 você vai se sentir fazendo um belo upgrade de corpo. Aliás, pra tirar tudo da sua D800 você podia considerar a Sigma 50mm 1.4 ART, e em vez da Tokina 16-28, uma Tamron 15-30mm VC que é muito mais lente e custa só um pouco mais acredito (seminova).