Autor Tópico: Fungos: prevenção e limpeza  (Lida 5158 vezes)

David L.

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
Online: 03 de Agosto de 2020, 12:42:42
Fala, pessoal

a) O que vocês tem feito para evitar fungos e conservar os equipamentos?

b) O que vocês já fizeram para eliminar?


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #1 Online: 03 de Agosto de 2020, 17:46:17


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.126
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #2 Online: 15 de Agosto de 2020, 14:39:33
a) Ar codicionado

b) Máquina de esterilização UV de dentista
Como vc usa essa máquina de esterilização, isso mata os fungos?
 
Desde já agradeço a resposta ;)


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #3 Online: 16 de Agosto de 2020, 00:21:30
Dica...

NÃO usem lâmpada UV.

Danifica as borrachas e o UV no comprimento de onda dessas lâmpadas não passa mais do que um ou dois elementos de vidro (as vezes não passa nem o primeiro) , ao contrário do que diz a lenda urbana. VIDRO É OPACO AO UV-C, essas lâmpadas são feitas de sílica fundida e não vidro.

https://www.tnuvir.com/why-does-ultraviolet-light-can-pass-through-the-glass-tube-wall-of-the-lamp-tube

"Long wave ultraviolet (UVA;) with wavelength 400~320nm

Ultraviolet radiation of medium Wave with wavelength of 320~275nm is abbreviated to UVB;

Short wave ultraviolet (UVC,) with wavelength 200~275nm is also called shortwave sterilized ultraviolet (UV). It has the weakest penetration ability [on glass] and can not penetrate most transparent glass and plastics. The shortwave ultraviolet (UV) contained in sunlight is almost completely absorbed by the ozone layer.

Wavelength 100~200nm UV abbreviated as UVD, also known as vacuum ultraviolet."



O que reduz a proliferação do fungo quando se expõe uma objetiva ao sol é talvez 90% causado pelo CALOR e não o UV.

Para esterelizar com UV direito tem que desmontar a lente toda e expor todos os elementos, nas duas faces ao UV. E isso se nenhum deles formar um grupo colado com resina do tipo bálsamo do Canada.

Raio-X passa por tudo mas a dose para esterelizar teria que ser maciça ao ponto de reduzir muito a vida útil da ampola.

« Última modificação: 16 de Agosto de 2020, 00:37:41 por AFShalders »


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #4 Online: 16 de Agosto de 2020, 00:39:49
Sério, não sei quem começou com essa estória. É aquilo do plausível que vira realidade, mas sem o menor fundamento.
« Última modificação: 16 de Agosto de 2020, 00:40:49 por AFShalders »


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.126
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #5 Online: 16 de Agosto de 2020, 01:27:58
Sério, não sei quem começou com essa estória. É aquilo do plausível que vira realidade, mas sem o menor fundamento.

Ernesto, obrigado pela explicação :)

AFShalders, saberia me informar por favor onde tem tutorial para abrir lentes mecânicas antigas, nunca abri uma rsrsrs, quero tirar fungos de uma manualmente pra aprender



Checheel

  • Trade Count: (12)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.045
Resposta #6 Online: 16 de Agosto de 2020, 11:48:13
Pote hermético com umidade controlada (silica).

Não precisa de nada além disso.


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #7 Online: 16 de Agosto de 2020, 12:04:04
AFShalders, saberia me informar por favor onde tem tutorial para abrir lentes mecânicas antigas, nunca abri uma rsrsrs, quero tirar fungos de uma manualmente pra aprender

Aí sim !  :clap:

Antes de mais nada, providencie as ferramentas corretas. Nada de improvisar porque a chance de dar errado é imensa na hora de soltar os elementos e então escapolir e riscar uma lente.

Vai precisar de:

- Um "SPANNER" de boa qualidade
- Vários troncos de cone de borracha
- Pinça de bico rete e de bico curvo
- Jogo de chave de fenda para relojoeiros, de boa qualidade
- Jogo de chaves Phillips para relojoeiros, de boa qualidade
- Folha de feltro ou de EVA de alguma cor contrastante (verde limão, laranja, amarela) para trabalhar em cima
- Panos de microfibra, cotonetes, algodão para diferentes fases da limpeza
- Alcool isoproílico PURO, Benzina (na falta serve fluido Zippo) e Vidrex dliluido para diferentes fases da limpeza
- Bomba fuc-fuc
- Forminha para gelo para guardar as peças separadamente e em sequencia
- Graxa de rolamentos (azul), graxa de silicone e vaselina para diferentes propósitos.
- MUITA PACIENCIA e metodologia. Sem isso nem comece....





Tem ALGUNS tutoriais bons no Youtube, mas os bons estão espalhados pela internet. As vezes acaba tendo que comprar o manual de serviço da lente. Qual a que você tem ?


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #8 Online: 16 de Agosto de 2020, 15:50:23
Testei absorção de UV com o elemento frontal de pelo menos dez lentes diferentes, com um espectrofotometro de UV nos tempos estava na UFRJ. Nenhum dos vidros deixou passar NADA de UV-C. Vidro bloqueia essa parte do espectro, assim como a imensa maioria dos plásticos e resinas. Somente materiais sintéticos específicos deixam essa banda espectral passar, assim como quartzo por exemplo.

Não existe UV-C na superfície da Terra. Ele é totalmente absorvido pela atmosfera superior. Graças  a isso é que estamos vivos.
UV-C aqui em baixo só com lâmpadas (que são feitas em silica fundida, senao nao funcionariam se fossem de vidro)

Mesmo o UV-B é fortemente absorvido, e o UV-B tem pouca propriedade esterelizante. Algum UV-A passa, mas estes são inócuos.

A única maneira de matar fungo por UV em uma superficie de vidro é expor diretamente a face contaminada. Há uma possibilidade remota de se o vidro for muito fino, tipo 1mm ou menos de alguma coisa passar de uma face para a outra, mas mesmo assim grande parte será absorvida.

Se não acredita, consiga um sensor UV-C e meça você mesmo.
« Última modificação: 16 de Agosto de 2020, 15:53:13 por AFShalders »


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #9 Online: 16 de Agosto de 2020, 16:00:49
Complementando:

O único jeito viável de evitar ou diminuir a proliferação de fungos em lentes é manter a humidade e/ou a temperatura fora da faixa nas quais as espécies específicas de fungos tem seu desenvolvimento inibido.

Não é correto que temperatura acima de 35 graus mate qualquer fungo. Senão não existiriam fungos na Amazônia.

O mesmo para temperaturas menores que 10 graus, senão as caves de vinhos e de queijos na Europa seriam estéreis nem haveriam cogumelos na maioria das florestas temperadas.

A regra basica é manter a humidade baixa na faixa de 30-40% já faz um bom serviço, a temperatura só tem influencia se for muito alta, acima de 50 graus para matar uma variedade grande de fungos, pois existem fungos que proliferam em todas as temperaturas abaixo disso.

Pote hermético + silica-gel = ok
Dry Cabinet = ok
Dessecador por condensação = ok

UV = NAO do jeito que vocês falaram
FRIO / CALOR = depende da espécie.
« Última modificação: 16 de Agosto de 2020, 16:03:17 por AFShalders »


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #10 Online: 16 de Agosto de 2020, 20:46:59
Aqui nunca ressecou.

TALVEZ se ficar por meses e meses abaixo de 25%.
Borracha não contém água.

O problema da borracha é mais a oxidação, solventes, UV e os radicais livres. Nada que uma pelicula bem fina de vaselina não resolva.

« Última modificação: 16 de Agosto de 2020, 20:52:14 por AFShalders »


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #11 Online: 16 de Agosto de 2020, 23:13:37
Legal !

Muito obrigado AFShalders  :ok:


E aqueles anti-mofo "Secar" (Clorato de Cálcio) ? Afetam borrachas ?


Não afetam MAS.... Tem que ter um cuidado danado para não entornar. Senão já era.
Pode usar tanto silica-gel quanto o Secar. O importante é manter a atenção na humidade para nao suber de 40%.
Dificilmente esses produtos secam abaixo de 25%.

A dica para preservar borrachas a longo prazo foi dada.


AFShalders

  • Trade Count: (28)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.623
  • Sexo: Masculino
  • слава україна !!!
    • Old Good Light
Resposta #12 Online: 17 de Agosto de 2020, 02:23:37


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.146
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 13 de Setembro de 2020, 23:01:20
AFShalders,

Como é que se usa o Vidrex, o fluido Zippo, a Benzina ?
O isopropílico usa pra remover marcas de gordura e graxa velha do corpo da objetiva, não é?
Canon Rebel T5
EF-S 18-55 + EF-S 75-300
Valdai Helios 44M-4 + KMZ Tair-3S + Industar61 LZ
Canon T50 Lente 50 mm f1.8 1983 restauro


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.146
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 13 de Setembro de 2020, 23:04:12
Quero reparar uma Canon FD 50mm f1.8 cheinha de fungos. Falando nisso coloquei as pilhas na T-50 e ela funcionou depois de 27 anos parada, desde 1993.
Canon Rebel T5
EF-S 18-55 + EF-S 75-300
Valdai Helios 44M-4 + KMZ Tair-3S + Industar61 LZ
Canon T50 Lente 50 mm f1.8 1983 restauro