Autor Tópico: revelação PB e Sépia  (Lida 1500 vezes)

talesp

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.659
  • Sexo: Masculino
    • http://www.talesp.inf.br
Online: 25 de Abril de 2005, 14:30:55
Gostaria de saber qual a qualidade de uma revelação de uma foto digital em PB e Sépia. Sei que uma foto PB não tem a mesma qualidade de uma foto analogica, mas ela é muito inferior, ao ponto de realmente não valer a pena? E em sépia? Nunca ouvi nada sobre revelação de fotos em sépia. A qualidade é boa ou ruim?
Tales Pinheiro de Andrade
São Bernardo do Campo/SP/Brasil
I think computer viruses should count as life. I think it says something about human nature that the only form of life we have created so far is purely destructive. We've created life in our own image.
Stephen Hawking


arguejo

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 509
Resposta #1 Online: 25 de Abril de 2005, 14:36:41
Acredito que seja a mesma coisa...

Acho que falar que a revelação digital em P&B digital é tão ruim a ponto de não ser utilizável é exagero... apenas é necessário ter uma boa percepção e fazer uma conversão boa... com bons contrastes... acredito que utilizar um filtro colorido na frente da lente pode ajudar na hora da conversão!!!

 


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #2 Online: 25 de Abril de 2005, 16:54:54
A impressão em PB num lab digital não é em PB, mas sim em cores que apenas têm misturas geradoras de preto, branco ou cinza. Para quem tem alguma experiência em cópias PB verdadeiras, não dá para comparar. A fotografia PB em papel PB é um outro tipo de objeto, mormente se o papel for fosco. A prata brilha em certos ângulos, enfim, é difícil até dizer o como é diferente.

Não é ruim porque a fonte seja digital. Se você pega um negativo colorido e mandar copiar num lab em PB ficará ruim também. Por outro lado, se os labs tivessem a opção de usarem papel PB de verdade, ficaria boa, independentemente da origem do arquivo.

O que é definitivamente diferente é o papel, pois a foto, como bem diz o Arquijo, pode ser finamente tratada e ficar muito boa.

Ao se usar papel colorido -como é o caso- para fazer PB além da aparência ser diferente acontecem fenômenos de metamerismo, isto é, das cores variarem conforme a luz e mesmo o ângulo da luz. Às vezes vemos laivos de cor onde não deveria haver mais que preto, branco e cinza.

Para minimizar esses probelmas, acho que é preciso imprimir sempre em papel fosco (a melhor copia que fiz em PB a partir de digital foi assim), e adicionar um pouco de tonalidade, um leve séipia, um marrom escuro, de modo que isso disfarce a tendência da foto de não ficar puramente PB.

A melhor cópia que vi foi feita assim.


talesp

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.659
  • Sexo: Masculino
    • http://www.talesp.inf.br
Resposta #3 Online: 25 de Abril de 2005, 17:09:59
Então é melhor converter para sepia ao inves de pb se quiser impressão, mas um sepia bem puxado para PB, certo?
Tales Pinheiro de Andrade
São Bernardo do Campo/SP/Brasil
I think computer viruses should count as life. I think it says something about human nature that the only form of life we have created so far is purely destructive. We've created life in our own image.
Stephen Hawking


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #4 Online: 25 de Abril de 2005, 17:37:33
Se você quer um PB de certa dramaticidade, como costuma ser o PB, eu acho que é por aí mesmo, embora minha estratégia não seja a conversão para sépia, mas uma tonalização à sentimento.

Eu fiz poucas fotos em PB. Uma está razoável, embora sem graça (o preto não é profundo), outra está uma porcaria. Um camarada me mandou uma foto que ele fez usando sépia e estava ótima, talvez porque no sépia você não exija o preto profundo.

Ivan