Autor Tópico: Sobre regras e curadoria de fotos  (Lida 749 vezes)

C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.524
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Online: 26 de Novembro de 2020, 17:14:02
John Berge fez uma analise de uma pintura de Seker Ahmet chamada Woodcutter in the forest. A pintura eh de um homem andando em uma floresta. Aparentemente nada de muito especial. No entanto, ele observou que a proporcao do homem na floresta nao combinava com as arvores, e ate mesmo a proporcao de um lado do quadro estava diferente da do outro lado.

Se fosse qualquer outra pessoa desinteressada em arte, ou que julga arte por supostas regras, diria que a pintura foi feita errada e deixaria de dar mais atencao. Mas nao John Berge. Ele ficou observado a desproporcao dos elementos do quadro e apos uma longa analise ele percebeu o que a pintura estava transmitindo. A pintura transmite a experiencia que temos quando estamos andando em uma floresta e atento as nossas impressoes. Quando andamos e olhamos para um ponto, percebemos que o mundo em nossa volta se movendo de acordo com os nossos passos. O que a pintura expressa nao nao eh apenas um cara andando na floresta e uma obras que "transgride" regras, mas sim o fato de a floresta eh que que esta em movimento. E isso fica mais claro para quem tem costume de caminhar em florestas.

Vou relatar outra analise de arte.

Siri Hustvedt relata que uma vez entrou em uma galeria para ver as obras de Georgio Morandi. Na entrada ela ouviu uma mulher falando alto para uma pessoa que a acompanhava: "Mais garrafas. Todos os quadros sao so garrafas".
Siri relata isso nao para criticar ou ridicularizar a mulher, mas para demonstrar o que as pessoas deixam de ver pq elas se apegam as primeiras impressoes visuais. Ela faz uma analise detalhada das obras de Morandi explicando as cores, arranjamento e tudo na obras. Nao pq a obra segue alguma regra. As pinturas de Morandi na verdade nao segue nenhuma regras, e ninguem liga para a "transgressividade" dele tambem, pq tambem nao ha.
O que torna as obras de Morandi interessante eh que as garrafas nao sao meramente garrafas mas sim combinacoes de cores e formas que representam a paisagem da cidade natal dele, na italia.

Seker Ahmet e Morandi nao explicam essas coisas sobre as obras deles e muito provavelmente ele nunca planejaram tais mensagens como objetivo conceitual. O que eles fazem eh expressar o que sentem e nessa expressao eles observam uma harmonia que nao tem nada a ver com regras. As pessoas que param para observar e entender a obra buscam comparar com outras obras, epoca e mentalidade do artista para descobrir o que possivelmente foi a expressao dele. Tudo isso para tentar entender pq as obras tem tais harmonias (ao qual nao tem nada a ver com regras). E tais harmonias nao se sente quando a pessoa fica medindo as obras no parametro de regras, pq nao se esta vendo a obra em si mas sim moldes de pre-aceitacao e pre-rejeicao.

Vivemos em uma epoca em que as pessoas nao sabem quem elas sao, e estando vazias delas mesmas elas buscam incorporar identidades pre moldadas socialmente para se sentirem inceridas, mas no fundo continuam vazias de si mesmas. E isso eh uma industria. Eh nos vendido que quando temos problemas sociais nao eh a sociedade que tem que mudar mas sim nos, como se os nossos problemas fossem por falharmos de nos encaixar a identidade predominante social (associada ao sucesso), e assim as pessoas consomem cursos, livros, gurus e estilos de vida para buscar outras versoes de si. As pessoas estao tao desconectadas de tudo que elas ja nao se preenchem mais.

As suppostas regras sao apenas exercicios de aprendizagem. Elas servem para reproduzir e na reproducao praticar nossas habilidades motoras, memoria e visao. Elas nao servem para dizer como a sua foto tem que ser feita (a nao ser para reproduzir ideias pre determinadas e atingir a espectativa de um publico que quer ver tais pre determinacoes). Se assim for usada a foto fica vazia, sem expressao propria, sem identidade.

Nao somos nos que temos que nos adequar (nos alterar) a regras para fazer fotografia/arte. Eh a nossa foto que deve se adequar a nos. A quem nos somos e sentimos em relacao as experiencias e vivencias. Nao eh nas regras que temos que prestar atencao mas sim em nos. E assim podemos descobrir quem realmente somos por tras da adequacao social.

O interessante da arte eh essa descoberta sobre nos mesmos, quem somos, o que sentivos, como experienciamos, nao as regras.

Eu li uma vez, em algum lugar, que Sebastiao Salgado so descobriu que tinha a fama de ser o "O fotografo da Contra Luz" quando ele foi na exibicao de suas fotos e viu uma classe de estudantes, com a professora explicando as fotos de Salgado. O que sugere que Salgado tambem nao fotografou pensando em seguir estilo, quebrar regras, conceitualizar. Ele foi fazer o trabalho dele focado na armonia e ritico da experiencia dele no que ele documentava. E eh por isso que as fotos dele sao atraentes e nao vazias. Nao sao fotos feitas focadas em seguir contra regras de Luz.

Para finalizar, quando eu fui mostrar meu trabalho com garrafas e plantas na galeria Oisin em Dublin, o dono da galeria ficou maravilhado e impressionado, dizendo para mim "sao pessoas", "aqui eh um casal", etc. Obviamente eu vi na hora o que ele estava relatando mas quando eu fiz as fotos eu nao pensei em nada disso. As fotos foram feitas para expressar sobre o corpo limitando a expressao da alma. E tal expressao nao foi inventada para criar arte mas pq era um conflito psicologico que eu sentia na epoca e queria expressar. Indiretamente e sem pensar, a minha expressao do corpo limitando a alma (os sentimentos) era a representacao de pessoas que o dono da galeria viu de cara. Mas as pessoas em geral nunca viram pessoas, alma, corpo nem nada, so garrafas e flores.

Mais tarde eu volto para mostrar a foto que mencionei no paragrafo acima.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.524
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #1 Online: 26 de Novembro de 2020, 17:35:46
Essa eh uma das fotos que relatei no final.




lasg

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 684
Resposta #2 Online: 26 de Novembro de 2020, 18:04:33
Obrigado pelo ótimo texto e por compartilhar sua foto (também ótima).
Já mencionei que sempre acompanho suas postagens e aprendo com elas.
 :clap:
LASG
Nikon D5300 & Nikon D90 & Sony ILCE-3000


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.111
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #3 Online: 26 de Novembro de 2020, 19:24:39
As fotos não carregaram aqui.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


André Sena

  • SysOp
  • Trade Count: (25)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.337
  • Sexo: Masculino
  • café & fotografia
Resposta #4 Online: 26 de Novembro de 2020, 19:43:15
As fotos não carregaram aqui.
Por algum motivo Google Chrome não está exibindo as fotos do Márcio.
André Sena
@sena_andre


lasg

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 684
Resposta #5 Online: 26 de Novembro de 2020, 23:23:34
Uso Firefox e visualizei uma foto.

Tem mais de uma na postagem?
LASG
Nikon D5300 & Nikon D90 & Sony ILCE-3000


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.524
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #6 Online: 27 de Novembro de 2020, 05:06:35
As fotos não carregaram aqui.

Desculpa, eu ainda nao consegui resolver esse probleba.
Volto mais trade com o link...


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.524
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #7 Online: 27 de Novembro de 2020, 05:07:05
Obrigado pelo ótimo texto e por compartilhar sua foto (também ótima).
Já mencionei que sempre acompanho suas postagens e aprendo com elas.
 :clap:

MUito obrigado.  :)


André Sena

  • SysOp
  • Trade Count: (25)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.337
  • Sexo: Masculino
  • café & fotografia
Resposta #8 Online: 27 de Novembro de 2020, 10:49:39
Obrigado pelo ótimo texto e por compartilhar sua foto (também ótima).
Já mencionei que sempre acompanho suas postagens e aprendo com elas.
 :clap:

x2
:clap:
André Sena
@sena_andre


Arnaldo Santos

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 15
Resposta #9 Online: 27 de Novembro de 2020, 11:03:34
Muito interessante as histórias contadas. Concordo integralmente com a frase: "O interessante da arte eh essa descoberta sobre nos mesmos, quem somos, o que sentimos, como experimentamos, nao as regras."