Autor Tópico: [TUTORIAL]: Como Fazer a Fotometria Correta com filtro de Café!  (Lida 1837 vezes)

cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Olá amigos da rede Fotobobo  :D

Gostaria de compartilhar uma dica que aprendi sobre fotometria.

INTRODUÇÃO : FOTOMETRIA
Sempre achei que a fotometria é um assunto vasto e muitas vezes os livros de fotografia e vídeos dificultam as coisas.

Temos, por exemplo, o clássico sistema de zonas de preto, branco e cinza do Ansel Adams que eu acho genial, porém, ele é para casos onde  você possa pensar a foto antes de registrá-la num filme fotográfico ou cartão de memória digital.

Antes de falar sobre a fotometria, quero deixar claro que há uma diferença em como os fotômetros de mão (como esse abaixo da marca Sekonic, por exemplo, atuam):
Fotómetro by DRKMN, no Flickr

A fotometria - ou medição da luz - é feita sempre em escalas de preto e branco e seus tons intermediários. No fotõmetro de mão (como esse acima) ele lê a luz ambiente, ou seja, a luz natural ou de alguma fonte artificial.

Já as câmeras (desde as compactas digitais, celulares e câmeras DSLR-Mirrorless) possuem um fotômetro interno que lê a luz REFLETIDA nos objetos e no cenário para calcular a fotometria.

Isso significa que a medição da luz refletida é feita pela luz que se reflete nos objetos do cenário, entra pela lente , e o fotômetro faz essa conta através de 3 parâmetros: ISO, velocidade do obturador e abertura do diafragma.

Também importante frisar que todos os fotômetros, sejam internos da câmera ou os externos , são regulados para fazer a fotometria no cinza médio 18% (embora alguns fotômetros tenham diferenças pequenas na intensidade do "cinza médio" variando entre 13% a 23%).

Pra mim, uma boa fotometria não é deixar o fotômetro da câmera no zero (ou no meio) , mas sim saber se deixar esse fotõmetro no zero é realmente a solução. Conforme a imagem abaixo, temos ou podemos ter vários tons claros, médios e escuros numa fotografia:
download by Chefferson Amaro, no Flickr

Como o objetivo aqui é apenas explicar como fazer a fotometria correta com um filtro de café, vamos direto ao assunto - já que a introdução foi apenas para relembrar alguns conceitos de fotometria básicos!

COMO FOTOMETRAR SEM UM FOTÔMETRO OU FLASH MATER

O fotômetro de mão, por ler a luz ambiente, faz um registro com muita fidelidade da luz ambiente. Quando fazemos a fotometria com o fotômetro de mão os resultados são garantidos que teremos uma foto com uma excelente exposição, sem precisar mexer nessa informação na pós-produção.

Mas os fotômetros da câmera estão sujeitos a erros principalmente em objetos que refletem muita luz (claros) ou que absorvem muita luz (escuros). Por isso, uma boa fotometria é sempre aquela que o fotógrafo quer para sua foto.

Por exemplo, as vezes o fotógrafo quer tirar uma foto no contra-luz. Nessas situações ele sabe que terá que sub-expor o fotômetro em -1, -2, para ter uma imagem sub-exposta. Neste tutorial não visa a esse tipo de situação . Mas vamos aos "finalmentes".

Para realizar a fotometria correta (onde todos os detalhes são capturados corretamente) é necessário:

Qualquer câmera DSLR ou Mirrorless;

Um Filtro de Café da Marca Melita (aqui em 2021 paguei menos de 10 reais numa caixa com 30 unidades do filtro );

INSTRUÇÕES PARA REALIZAR A FOTOMETRIA CORRETA SEM UM FLASH METER

Coloque a câmera no modo Manual;

Coloque todo o filtro de café na frente da lente e aponte para o lugar que você quer fazer a foto (**** ATENÇÃO: NÃO DOBRE O FILTRO , POIS ISSO VAI INTERFERIR NA MEDIÇÃO).

Ao fazer isso, deixe o filtro na frente da lente e vá ajustando o ISO, abertura e velocidade até que o fotômetro da câmera fique no meio ou no zero.
fotometro_meio by Chefferson Amaro, no Flickr

Feito isso pode fazer sua foto!!!!!

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

- Há várias marcas de filtros de papel ; mas o Melita foi o único que apresentou resultados consistentes;

- A fotometria foi incrivelmente precisa em mais de 90% dos meus testes;

- Recomenda-se usar a fotometria matricial;

- Em fotografias de retratos em ambiente externo, recomenda-se realizar a fotometria do ambiente e usar o flash para iluminar o sujeito. Isso trará resultados muito melhores para seus retratos e não vai estourar as altas luzes do fundo (câmeras não conseguem fazer uma fotometria perfeita entre ambiente muito iluminado no fundo e o rosto dos modelos, mas isso é assunto para outro tutorial rsrsrs );

- Essa "gambiarra" realmente funciona e faz o mesmo papel do "Expodisc" ;

- Além da exposição correta , essa técnica do filtro de café também permite fazer o balanço de Branco personalizado correto para sua fotografia.

- Observem que essa técnica faz praticamente a mesma função de um "fotômetro de mão" , por isso é IRRELEVANTE  o que irá aparecer no fotômetro da sua câmera. Por exemplo se sua medição der +1 , ignore o fotõmetro da câmera e registre suas fotos.

- Ao contrário do fotômetro de mão, que é inútil em longas distâncias (por exemplo em lentes tele) , uma técnica dessa ou o uso do Expodisc irá melhorar consideravelmente sua fotometria de lugares mais afastados, o que é muito bom pra quem faz fotos a distância (esportes, pássaros, etc).

- Não testei essa técnica com fotografia macro, mas penso que o resultado seja idêntico.

- Quem quiser, pode pesquisar no Ebay um Expodisc, ele faz a mesma coisa rs .

- Essa técnica pode ser usada com qualquer câmera e qualquer lente .

ALGUNS EXEMPLOS PRÁTICOS

Essas fotos foram tiradas em RAW, porém, o único "tratamento" foi a aplicação de um preset no Lightroom para fotos em preto e branco que simula filme fotográfico Preto e branco da Fujifilm.

Já as coloridas tiveram tratamento simples com o software grátis XnConverter, onde o JPG da câmera foi lido e gerado um novo arquivo JPG, apenas com o tratamento "Auto Contraste" e "Tons automáticos", onde há uma leve melhora nas cores e contraste.

As fotos abaixo foram feitas com a Sony Nex F3 e a lente do kit 18-55 , um kit que custa no máximo 800 reais no mercado de usados . Todas as fotos foram feitas a fotometria no matricial e o balanço de branco com essa técnica do "Café Melita".

Para melhor visualização dos detalhes da fotometria, recomenda-se ver as fotos no Flickr.

1) Teatro Municipal de São Paulo:
Chefferson Amaro. Instagram @cafefocofoto. by Chefferson Amaro, no Flickr

2) Salada (notem que a fotometria correta faz aparecer todos os detalhes, foto tirada apenas com a luz do ambiente, se colocar um flash e um rebatimento com isopor, a fotografia ficaria ainda melhor):
Chefferson Amaro. Instagram @cafefocofoto. by Chefferson Amaro, no Flickr

3) Imagem de Cristo (detalhe da arquitetura de uma igreja Católica):
Chefferson Amaro. Instagram @cafefocofoto. by Chefferson Amaro, no Flickr

4) Catedral da Sé (São Paulo):
Chefferson Amaro. Instagram @cafefocofoto. by Chefferson Amaro, no Flickr
« Última modificação: 19 de Janeiro de 2021, 20:06:59 por cheferson »


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #1 Online: 19 de Janeiro de 2021, 19:55:15
COMPLEMENTO

DESVANTAGENS DESSA TÉCNICA "MELITA":

-> Você sempre precisa levar pelo menos 2 filtros desse em sua mochila;

-> Em situações de altíssimo contraste, um filtro polarizador é necessário;

-> Para fotometria de modelos apenas com luz natural, ainda não fiz os testes, mas devido a diferença de contraste é bem possível que seja necessário um flash para que o modelo fique bem iluminado e o fundo com uma boa exposição;

-> A fotometria não é 100% como um Expodisc de verdade, mas é pelo menos 90% precisa;


-> Ela não serve para todas as situções . Por exemplo, situações onde é necessário super-expor a imagem ou sub-expor para fazer algum efeito (ex: contra-luz, fotos noturnas de longa exposição, etc).

VANTAGENS

-> Não precisa de um fotômetro-flash mater;

-> Fotometria incrivelmente precisa com mais de 90% de precisão;

-> Pode ser feito com qualquer câmera ou lente. Notem que usei o mais básico dos equipamentos.

-> Geralmente para obter grande nitidez, uso em lentes "escuras" como a lente do kit aberturas entre F8 a F11 e, em lentes com maior abertura como 2.8, 1.8, etc, uso aberturas entre F4 a F8.

-> Durante o dia, as vezes se você for mudar de posição é necessário realizar uma nova medição com o "Expodisc Melita" pois durante o dia, várias coisas podem interferir na iluminação natural como as nuvens, horário e posição do Sol no momento da foto.

É isso, kkkk  :hysterical:
« Última modificação: 19 de Janeiro de 2021, 20:02:02 por cheferson »


Ernesto

  • Mecenas
  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 10.925
  • Ernesto Leite
Resposta #2 Online: 19 de Janeiro de 2021, 23:47:36
Que legal ! Gosto de ideias criativas e inusitadas !

 :clap:
#DeFérias #Curtindo a R6


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #3 Online: 20 de Janeiro de 2021, 00:15:06
Que legal ! Gosto de ideias criativas e inusitadas !

 :clap:

Fala camara, obrigado!

E isso dai tomara que seja um incentivo pra pessoas pararem com a mania de "alcance dinâmico de X é melhor" ou algo do estilo. Na verdade, eu produziria resultados parecidos com a lente do kit ou se tivesse uma 24-70 2.8 , ou seja, saber fotometrar e iluminar bem uma cena é mais importante do que o equipamento que se usa, em 80% das situações.

Claro que situações específicas podem exigir equipamentos melhores e mais caros, porém vejo gente ter FF de 20.000 e fazer fotos medíocres.


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #4 Online: 20 de Janeiro de 2021, 10:31:44
Mais um teste feito com a 5D e a 40mm ; jpeg direto da câmera com o estilo "Neutral" configurado; fotometria e balanço de branco feito com filtro de café Melita; fotometria matricial. Usei apenas um LED para iluminar em 45 graus. Fotometria: ISO 400; Abertura F4.0; Velocidade 1-40.

Isso dai tem ZERO EDIÇÃO. Notem que a fotometria funciona perfeitamente! É espantoso como uma técnica tão simples e barata pode melhorar suas fotos :)

IMG_0084 by Chefferson Amaro, no Flickr


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.320
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 21 de Janeiro de 2021, 15:51:49
Genial!

Como fez com o filtro? Coloca ele como um "cone" aberto na lente, abre ele no meio e coloca só um lado, ou é fechado, ficando a folha "dupla" na lente?
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2021, 15:52:53 por Mike Castro »


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #6 Online: 21 de Janeiro de 2021, 19:44:10
Genial!

Como fez com o filtro? Coloca ele como um "cone" aberto na lente, abre ele no meio e coloca só um lado, ou é fechado, ficando a folha "dupla" na lente?

Oi Mike, beleza, quem vê o artigo até pensa que trabalho na Melita kkkkk .

É que testei 5 marcas e a Melita foi a mais precisa, as outras não funcionaram.

Sobre sua dúvida, aponte direto para onde você quer tirar sua foto e coloque o filtro todo na frente como se fosse uma folha de papel A4 cobrindo toda a lente . Nunca dobre o filtro ou tente fazer "cone". Se quiser eu faço uma foto de exemplo com o filtro.


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #7 Online: 21 de Janeiro de 2021, 20:15:35
É bem simples, só não pode dobrar o filtro e quando vocÊ ver pelo visor ótico ou eletrônico da sua cãmera, toda a área precisa ser a área do filtro, você enxergará um fundo cinza ou branco e uns pontinhos que são os micro-furos do filtro de café. Não tem muito segredo, é só colocar o filtro na frente da lente ;) como nas fotos abaixo:

DSC06486 by Chefferson Amaro, no Flickr

DSC06483 by Chefferson Amaro, no Flickr

DSC06482 by Chefferson Amaro, no Flickr


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #8 Online: 21 de Janeiro de 2021, 20:21:38
Genial!

Como fez com o filtro? Coloca ele como um "cone" aberto na lente, abre ele no meio e coloca só um lado, ou é fechado, ficando a folha "dupla" na lente?

Respondendo é a f"folha dupla" toda na frente da lente kkkk .

Mike o balanço de branco personalizado também pode ser feito com o filtro. Na verdade, esse filtro faz a mesma coisa que o Expodisc . Um dia compro um Expodisc, nunca pensei que um acessório desse fosse tão útil, até lá o filtro Melita quebra o galho muito bem kkkk


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #9 Online: 21 de Janeiro de 2021, 20:55:40
Mais um teste rápido com os carrinhos do meu filho . JPG direto da câmera, perfil "standard", sem edição. Nota: é preciso saber configurar o perfil da câmera também. Tinha esquecido que na Sony o perfil "Vivid" é melhor pra mostrar detalhes de produtos, gastronomia, etc.

DSC07193 by Chefferson Amaro, no Flickr

DSC07194 by Chefferson Amaro, no Flickr

DSC07195 by Chefferson Amaro, no Flickr

PS: essas fotos poderiam ter uma iluminação melhor, como mais um LED ou flash, mas foi apenas um teste rápido, o foco também não ficou 100% ok ;)
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2021, 21:01:47 por cheferson »


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #10 Online: 21 de Janeiro de 2021, 21:23:53
Dessa vez com o flash + LED e foco melhorado. JPG direto da câmera com perfil "Vivid" alterado para melhor constraste. Sem edição, direto da cãmera com a gambiarra "filtro Meiltra Expodisc"

DSC07203 by Chefferson Amaro, no Flickr

DSC07207 by Chefferson Amaro, no Flickr


RenatoBR

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 25
Resposta #11 Online: 21 de Janeiro de 2021, 23:04:22
Olá,

Absolutamente genial... vou testar e depois aviso.

Eu tenho pavor de fotografar no modo "M" e esse post, foi o empurrão para mudar isso...  :D

Renato


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #12 Online: 21 de Janeiro de 2021, 23:31:16
Olá,

Absolutamente genial... vou testar e depois aviso.

Eu tenho pavor de fotografar no modo "M" e esse post, foi o empurrão para mudar isso...  :D

Renato

Renato se vocÊ tiver um Expodisc ou fotômetro de mão (aquele que é Flash Mater ) você conseguirá o mesmo resultado. A diferença é que o filtro de café Melita é o mais próximo de um Expodisc .  A idéia é não gastar tempo em pós-produção, e nem gastar dinheiro com fotômetro de mão.

Atente-se a configurar um padrão legal de JPG para sua câmera . Por exemplo, na 5D o perfil "Neutral" já fica muito bom. Já na Sony Nex o "Vivid" foi o melhor perfil que encontrei para gerar um arquivo pronto da câmera, mas tive que adicionar +2 de nitidez, +1 de contraste e +1 de saturação. O resultado é bem legal, isso economiza tempo em ficar sentado na frente do computador arrumando fotos.
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2021, 23:32:07 por cheferson »


cheferson

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.197
  • Sexo: Masculino
  • Uma Fotografia é o Registro Exato da História!
    • Curso Completo de Fotografias para Retratos, Viagens e Paisagens
Resposta #13 Online: 26 de Janeiro de 2021, 13:40:00
*** PESSOAL APENAS UMA PEQUENA CORREÇÃO IMPORTANTE :

Ao fazer a fotometria com o filtro de café Melita, ele não é tão perfeito quanto o Expodisc ou um fotômetro de mão.

Fiz os testes aqui e descobri o seguinte, ao fazer a fotometria colocando o filtro de café Melita na frente da lente:

Se for ambiente externo (nublado ou com Sol): fazer a fotometria em Modo manual até o Fotômetro ficar em -1. Feito isso pode bater a foto com a fotometria registrada.

Se for ambiente de sombra ou interno: Fazer a fotometria em Modo Manual, deixando o fotômetro no zero. Feito isso pode bater a foto com a fotometria registrada.

Se for ambientes escuros: Fazer a Fotometria em Modo Manual, deixando o fotômetro da câmera em +1.

O restante é isso.
NÃO ESTÁ INCLUSO AQUI NESSA FOTOMETRIA A LUZ DE FLASH, APENAS A FOTOMETRIA DE LUZ CONTÍNUA!


Seguem alguns exemplos da sacada do meu apartamento (JPG direto da câmera, sem edição alguma):

IMG_0121 by Chefferson Amaro, no Flickr

IMG_0123 by Chefferson Amaro, no Flickr

IMG_0128 by Chefferson Amaro, no Flickr
« Última modificação: 26 de Janeiro de 2021, 13:53:29 por cheferson »


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.151
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #14 Online: 26 de Janeiro de 2021, 19:06:41
Legal a técnica, não conhecia. Vale a pena prender o filtro de café em um anel de filtro roscado de câmera? Entendo que dê um pouco de trabalho roscar e desenroscar, mas amassa menos.