Autor Tópico: E se a OM Digital fizesse uma XA digital  (Lida 433 vezes)

marciok

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.763
  • Sexo: Masculino
Online: 09 de Abril de 2021, 10:49:39
Isso me veio na cabeça em um tópico hoje do mu43 em que alguém perguntava se alguém compraria uma Olympus full frame de lente fixa. Não precisaria ser full frame - um sensor m43 de próxima geração já poderia ser suficiente, ou mesmo o sensor atual da GH5s.

Eu tenho uma XA de filme e a câmera é adorável. Linda, extremamente compacta, a lente é ótima, e o mecanismo de clamshell é absolutamente brilhante - com ele fechado a lente fica protegida, abrindo ele a câmera liga automaticamente.

https://www.dxfoto.com.br/olympus-xa/

O que eu faria de mudança na versão digital:


- Um LCD na traseira, claro. Mecanismo flip como da Fujifilm X100V, LCD seguindo a linha traseira do corpo;
- O dial de controle traseiro até já existe na original - é o dial de avançar o filme. Faria ele pressionável, como nas Panasonic, para ganhar um controle custom sem ocupar espaço;
- À direita do que seria o EVF no centro, cabe um botão, poderia ser o AF-L / AE-L;
- Por motivos práticos, a parte deslizante que cobria o viewfinder não existiria, pois um eyecup pro EVF seria necessário. Então, à direita do EVF poderia haver mais um ou dois botões customizáveis;
- No top plate, no lugar do contador de filme, um dial de controle de exposição, em cima do dial traseiro;
- O botão de shutter poderia fica na mesma posição (não é desconfortável na câmera original), mas claro não poderia ser do tipo (incrível) hair trigger da original.
- Do lado esquerdo do top plate, onde na original existe o dial/alavanca para recolher o filme, poderia haver um segundo dial customizável. Iria na solução da Fujifilm X-S10: a função default seria mudar o film simulation, mas podendo customizar ele para outras funções, como valor do ISO.
- Botões atrás onde houvesse espaço livre, assim como um joystick. Precisaria ver como fazer isso ergonomicamente.


- Na frente, tentaria fazer uma lente como a original - o que não seria fácil. O design dela é maluco, os elementos TRASEIROS se mexem para focar, então ela não aumenta seu tamanho externo. Para filme a resolução dela é ótima (e com baldes de character), para digital nem tanto - mas com elementos e coatings mais modernos, poderia ficar. A original cobre full frame, então oticamente não seria impossível fazer uma versão m43 com abertura f2, por exemplo (a original é f/2.8). O desafio seria colocar os motores de AF em um espaço tão pequeno.
- Na frente, no lugar da chave deslizante que controla a abertura, colocaria dois jog-dials (como os que existem na traseira das Ricoh GR), um para a abertura e outro para controlar foco manualmente (funciona muito bem na Ricoh);
- Colocaria um flash interno no lugar onde existe o rangefinder na original (a pequena janelinha na frente do disparador);
- Led de auxílio de AF no lugar do led vermelho da original.

Para auxiliar no tamanho, a câmera não teria IBIS (ninguém reclama disso na X100V). O tamanho seria importante, para manter o charme da original, que é caber no bolso (e o mecanismo clamshell ajuda muito nisso, protegendo a lente) - ela poderia ser um pouco maior na altura  / largura, mas dentro do possível ser o mais fina que desse.

Acho que seria BEM interessante.
Câmeras: Fujifilm X-S10, Fujifilm X-T20, Panasonic Lumix LX100, Fujifilm S5Pro, Panasonic GH2, Olympus E-P1

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.144
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 10 de Abril de 2021, 00:31:24
Eu tive a XA, belezinha de camera, super compacta, leve, com lente de qualidade e clara, além do prático flash removivel lateral.. Atualmente custa uma "graninha" nos states, tenho visto por mais de 400 dolares, nada mal rs..

Mas a idéia de uma XA digital é ótima.. Por sinal, nao me lembro de nenhuma camera digital da Olympus com lente fixa; esta na hora de testarem no mercado alguma versao dessas, seja com sensor m4/3 ou FF, que seria mais atrativo ainda se nao fosse cara.

Posta nos foruns gringos, quem sabe alguém da área de novos produtos da OM Digital Solutions veja e goste da idéia..
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


cxpostal

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.159
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 10 de Abril de 2021, 07:24:47
Eu tive a XA, belezinha de camera, super compacta, leve, com lente de qualidade e clara, além do prático flash removivel lateral.. Atualmente custa uma "graninha" nos states, tenho visto por mais de 400 dolares, nada mal rs..

Mas a idéia de uma XA digital é ótima.. Por sinal, nao me lembro de nenhuma camera digital da Olympus com lente fixa; esta na hora de testarem no mercado alguma versao dessas, seja com sensor m4/3 ou FF, que seria mais atrativo ainda se nao fosse cara.

Posta nos foruns gringos, quem sabe alguém da área de novos produtos da OM Digital Solutions veja e goste da idéia..

Não sei ou outros, mas também gostei da ideia.

Este modelo clamshell Stylus/Mu nas versões f3.5 e f2.8 é ainda mais compacto e tem auto foco, flash e motor de avanço de filme no próprio corpo da câmera.






Carlos

"Mantenha suas palavras leves e doces, para o caso de ter que engoli-las depois."



AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.243
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #3 Online: 10 de Abril de 2021, 11:54:18
Tive a maioria dessas saboneteiras da Olympus. As que mais gostei foram a XA2 e a Mju-1 (a do Carlos). No final mostraram-se mais eficientes e práticas que as versões mais sofisticadas, como a XA e a Mju-II.

A XA era muito boa mas pecava em uma coisa, o telêmetro não tinha precisão suficiente para fotos a menos de 3m em F2.8, já a XA2, embora não tivesse o telêmetro e fosse por zonas, era bem mais prática e raríssimamente algo dava errado. A Mju-II embora tivesse uma objetiva F2.8 no final era pior que a Mju-I. A 2 tinha uma curva de programa estranha que favorecia demais aberturas grandes, então com um filme de ISO 100 ou 200 era muito comum ela usar 2.8 e 3.5 mesmo em condições com boa luz, aí ferrava tudo porque a lente não era tão boa assim como falam... A solução era usar filme de 400, aí ela era forçada a fechar a abertura para valores mais favoráveis.

Quanto à ideia de uma XA digital, seria bem interessante, algo para quebrar a hegemonia das Fuji X100 haha. Mas duvido que eles se aventurem em uma empreitada dessas, seria algo caro e muito de nicho.

A Olympus já teve idéias parecidas (em parte), por exemplo a Stylus Verve. Não pegou.

Eu ficaria realmente feliz seria com uma Oly 35RC digital, isso sim ! De preferencia com a mesma lente, que mata a pau. Mas obviamente isso não irá acontecer.
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


cxpostal

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.159
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 10 de Abril de 2021, 15:09:46
0
<...>
Eu ficaria realmente feliz seria com uma Oly 35RC digital, isso sim ! De preferencia com a mesma lente, que mata a pau.
<...>

Ai já é covardia...
 :D

Com as características/tamanho RC não me lembro de ter outros fabricantes concorrendo com ela. Yashica, Fuji,  Canon, Mamiya tinham semelhantes mas ou eram meio quadro ou não tinham controle manual de diafragma *E* obturador.

---
Comprei minha primeira Mju (f3.5), como a da foto, para meu filho, pequeno ainda, usar. Na época tinha uma slr que morria de ciúmes em deixar ele experimentar.  Mas o fato é que acabei usando a Oly muito mais que ele.  Sempre que íamos a algum passeio relâmpago fim de semana com a família era ela que colocava na pochete na bolsa.

Gostei tanto dela que comprei a f2.8, mas a preferida pelo tamanho/praticidade era a Mju1 mesmo.

Tenho as duas até hoje, uma delas sempre com filme, pronta para uso.

Carlos

"Mantenha suas palavras leves e doces, para o caso de ter que engoli-las depois."



cxpostal

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.159
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 10 de Abril de 2021, 15:21:25

<...>
A Mju-II embora tivesse uma objetiva F2.8 no final era pior que a Mju-I. A 2 tinha uma curva de programa estranha que favorecia demais aberturas grandes, então com um filme de ISO 100 ou 200 era muito comum ela usar 2.8 e 3.5 mesmo em condições com boa luz, aí ferrava tudo porque a lente não era tão boa assim como falam... A solução era usar filme de 400, aí ela era forçada a fechar a abertura para valores mais favoráveis.
<...>

P*ta dica.  :worship:

Não sabia disto. Até hoje tentava entender porque tendo as duas sempre preferi a 1.

Carlos

"Mantenha suas palavras leves e doces, para o caso de ter que engoli-las depois."



AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.243
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #6 Online: 10 de Abril de 2021, 15:47:28
P*ta dica.  :worship:

Não sabia disto. Até hoje tentava entender porque tendo as duas sempre preferi a 1.


Passei por isso haha... Gastei uma nota em uma mju-2 só para ficar frustrado.
A vantagem principal da 2 em relação à 1 é que a 2 tem velocidades lentas (vai a 4s) e a 1 não (1/15s), então para low-light a sério a 2 é bem superior. Essa curva de programa de exposição da 2 é muito semelhante a aquele modo esporte, favorece demais as velocidades altas, mas acho inútil nesse tipo de câmera, pelo menos se não tiver um seletor de modo.

Já o programa de exposição da 1 é o normal, com a velocidade mínima limitada a 1/15s , então a exposição máxima fica 1/15s @ F3.5

A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.763
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 10 de Abril de 2021, 15:51:29
Tive a maioria dessas saboneteiras da Olympus. As que mais gostei foram a XA2 e a Mju-1 (a do Carlos). No final mostraram-se mais eficientes e práticas que as versões mais sofisticadas, como a XA e a Mju-II.

A XA era muito boa mas pecava em uma coisa, o telêmetro não tinha precisão suficiente para fotos a menos de 3m em F2.8, já a XA2, embora não tivesse o telêmetro e fosse por zonas, era bem mais prática e raríssimamente algo dava errado. A Mju-II embora tivesse uma objetiva F2.8 no final era pior que a Mju-I. A 2 tinha uma curva de programa estranha que favorecia demais aberturas grandes, então com um filme de ISO 100 ou 200 era muito comum ela usar 2.8 e 3.5 mesmo em condições com boa luz, aí ferrava tudo porque a lente não era tão boa assim como falam... A solução era usar filme de 400, aí ela era forçada a fechar a abertura para valores mais favoráveis.

Sempre ouvi falar que a XA2 é mais consistente mesmo. Peguei a XA pois não sou bom em zone focusing, hehehehe - e ao menos a minha telemetra bem. Sempre que pego ela pra mexer eu fica fascinado, é uma jóia.

Também sempre quis uma Mju, mas o hype inflacionou os preços (a XA consegui por um preço bem bom, e com o flash funcional e estojo junto.

Quanto à ideia de uma XA digital, seria bem interessante, algo para quebrar a hegemonia das Fuji X100 haha. Mas duvido que eles se aventurem em uma empreitada dessas, seria algo caro e muito de nicho.

Sim, mas é um nicho que pessoal aceita pagar caro.
Tive uma X100S, e nunca me acertei com ela. Falavam muito do low light da Fuji, mas nas vezes que usei ela em low light junto com a LX100, a LX100 destroçou ela (e olha que a LX100 é o pipeline de imagem da GH4, que era bem pior em low light que as atuais). O problema de lente soft em F2 em distâncias próximas (só resolvido agora na X100V) também me incomodava muito. Demorei a vender pois 95% do tempo eu tirava fotos melhores com outras câmeras, mas as 5% restantes saíam abusurdamente boas...

(aliás, Shalders, aquele WCL-100 foi embora ontem, hehehehe)

A Olympus já teve idéias parecidas (em parte), por exemplo a Stylus Verve. Não pegou.

A Verve era no frenzy das P&S...mercado consumer, onde a primeira coisa que se via na época era quanto de zoom ótico tinha (já fui desses).

Eu ficaria realmente feliz seria com uma Oly 35RC digital, isso sim ! De preferencia com a mesma lente, que mata a pau. Mas obviamente isso não irá acontecer.

Sempre quis uma 35RC, mas quando notei ela já estava cara. Peguei uma Minolta HiMatic 7SII, lente Rokkor 40mm f/1.7, é espetacular também.
Câmeras: Fujifilm X-S10, Fujifilm X-T20, Panasonic Lumix LX100, Fujifilm S5Pro, Panasonic GH2, Olympus E-P1

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.243
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #8 Online: 10 de Abril de 2021, 16:13:00
Ih Marcio, eu esqueci completamente do conversor da X100 !!!  :doh:

A Mju-2 não acho que valha a pena. Quando custava $80 nova na B&H até valia. Hoje em dia nem pensar.

A XA2 é mais consistente porque o DOF na abertura máxima de 3.5 é mais generoso, principalmente se estivermos falando de ums objetiva de 35mm. Ela ajusta automaticamente a distância para "grupo" automaticamente ao abrir a lente, e já é hiperfocal em F8, ou seja, com filme de 400 zero chance de erro se tiver uma luz minimamente decente, e pela velocidade minima de 1/15s o blur é muito improvável.

Dessas compactas bacanas tenho a Oly 35RC, a Kodak Signet 35 e a Yashica Electro 35 CC  :wub:
« Última modificação: 10 de Abril de 2021, 16:14:24 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.243
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #9 Online: 10 de Abril de 2021, 16:16:53
A relação entre a XA/XA2, Mju1/Mju2 é bem semelhante entre a 35SP e 35RC, as mais simples acabam saindo-se melhores na questão de usabilidade. Eu xingava muito a 35SP por causa do fotômetro...
« Última modificação: 10 de Abril de 2021, 16:17:21 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


cxpostal

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.159
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 10 de Abril de 2021, 20:54:53

Ficou faltando uma nessa lista de mini joias: Rollei 35.

Carlos

"Mantenha suas palavras leves e doces, para o caso de ter que engoli-las depois."



AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.243
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #11 Online: 10 de Abril de 2021, 21:21:49
Ficou faltando uma nessa lista de mini joias: Rollei 35.

Ahh, verdade, mas eu não gosto delas. Tive  literalmente umas dez delas e por volta do mesmo número das Minox 35. São todas problemáticas.. A Rollei 35 tem um fotômetro pouquissimo confiável e um monte de engrenagens de plástico, fora que o sistema que comanda o obturador é um horror de engenharia...

A Minox 35 é uma coleção incrível de maus-contatos..

No meu blog tenho duas postagens sobre elas falando disso.  :doh:

Outras que eu tenho verdadeiro horror são as Retinas. Ótica maravilhosa aliada à pior mecânica do mundo. Parece uma Mercedes com mecânica Lada...

O curioso é que as três são projetos alemães do pós-guerra. Deveriam ter saído melhores.
« Última modificação: 10 de Abril de 2021, 21:22:28 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj