Autor Tópico: Acessibilidade do acervo fotografico pessoal  (Lida 819 vezes)

Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.986
  • Sexo: Masculino
Online: 21 de Agosto de 2021, 11:12:23
Cada vez mais difícil encontrar as fotos que já fiz, lembro delas, estão na minha memória, mas não sei onde elas estão.

Consegui juntar todos os HDs em uma prateleira, mas são 7 HDs externos, tem de 1TB, de 2TB, de 4TB... todos eles precisando organizar. Nos primeiros anos de produção em massa eu até que deixava meio organizadinho, porem já fazem 10 anos que estou de saco cheio de ficar organizando fotos. No meio disso tudo tem muita coisa sem bkp, e muita coisa repetida em mais de 3 lugares.

Tem tbm que não consigo organizar 100% separando por assunto de maneira eficiente.

Uso diariamente o computador, mas as mídias estão mudando, os HDs estão ficando para trás, tem que conectar o cabo USB para acessar, ou seja é demorado e cansativo ficar procurando as coisas.

Já pensou??? Poderia ter alguma maneira de eu indexar tudo pra facilitar a busca, mas tecnicamente, como fazer isso???

A possibilidade de reeditar algum trabalho no futuro é interessante, mas guardar os RAWs tem sido um dilema. Guardar ou não guardar??? O que guardar, e como guardar???


Não sei se pra todos, as acredito que esse tipo de problema é comum para muitos.

Como é que vcs estão lidando com isso???
« Última modificação: 21 de Agosto de 2021, 11:13:57 por Lindsay »
Conhecimento importa mais que equipamento.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.553
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #1 Online: 21 de Agosto de 2021, 11:21:07
Precisa centralizar tudo em um storage na rede ou NAS ou qualquer outro nome de marketing que usam para isso hoje.

Catalogar é um saco, mas é o problema ideal para IA resolver.
Antes do google photos limitar tudo, eu usava ele para buscar as fotos.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


nandoespinosa

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.120
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #2 Online: 21 de Agosto de 2021, 11:22:16
Oi amigo.
Eu sempre fui muito metódico e organizado com minhas coisas.
Tenho 2 cópias de todos os arquivos originais (RAW) e 1 cópia na nuvem das fotos editadas entregues aos clientes (JPG em 2 versões). Vendo isso como parte do meu trabalho - caso a pessoa perca os arquivos, eu tenho pra repor.
Guardo somente os arquivos selecionados ou vendidos. O restante eu deleto 6 meses após o trabalho.
Organizo tudo por data (Ex. 21_08_01 - Evento / Cliente).
E como são muitos arquivos e trabalhos, tenho uma planilha no Excel que diz onde estão os arquivos e backup.
No início dá um pouco de trabalho pra fazer, mas depois é só adicionar os novos trabalhos e alterar quando faço a limpeza / organização final.
« Última modificação: 21 de Agosto de 2021, 11:24:12 por nandoespinosa »


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.986
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 21 de Agosto de 2021, 11:24:51
Precisa centralizar tudo em um storage na rede ou NAS ou qualquer outro nome de marketing que usam para isso hoje.

Catalogar é um saco, mas é o problema ideal para IA resolver.
Antes do google photos limitar tudo, eu usava ele para buscar as fotos.
então, comprar o equipamento é a parte mais fácil...

O problema é fazer funcionar, ajuda ai, qd tiver um tempo conta com mais detalhes, imagine que tenha 4 terabites de fotos arquivadas, foto pessoal, foto de trabalhos dos mais variados, como é que vc organizaria as fotos??? Existe algum sftw para indexar??? Qual o conhecimento necessario para fazer esse indexação???
Conhecimento importa mais que equipamento.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.553
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #4 Online: 21 de Agosto de 2021, 15:01:12
então, comprar o equipamento é a parte mais fácil...

O problema é fazer funcionar, ajuda ai, qd tiver um tempo conta com mais detalhes, imagine que tenha 4 terabites de fotos arquivadas, foto pessoal, foto de trabalhos dos mais variados, como é que vc organizaria as fotos??? Existe algum sftw para indexar??? Qual o conhecimento necessario para fazer esse indexação???


Vou contar o que eu fiz no começo desse ano.
Subi todos os JPG das minhas fotos de paisagem para o google photos.
Assim quando eu queria buscar uma foto bastava pesquisar de forma intuitiva: cachoeira, por do sol, verde, floresta, montanha e por aí vai.
O resultado era muito bom.

Estou na procura de um software que faça isso sem subir para a nuvem.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.986
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 21 de Agosto de 2021, 15:13:06
Vou contar o que eu fiz no começo desse ano.
Subi todos os JPG das minhas fotos de paisagem para o google photos.
Assim quando eu queria buscar uma foto bastava pesquisar de forma intuitiva: cachoeira, por do sol, verde, floresta, montanha e por aí vai.
O resultado era muito bom.

Estou na procura de um software que faça isso sem subir para a nuvem.
Acho que entendi, não era vc quem colocava os tags, mas a IA do google que fazia o reconhecimento das fotos, é isso???

Será que existe algum programa desktop que consiga fazer isso tbm???
Conhecimento importa mais que equipamento.


Lindsay

  • Trade Count: (19)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.986
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 21 de Agosto de 2021, 15:17:40
Definitivamente eu tenho pouco domínio sobre as imagens que já produzi, meu arquivo é um buraco negro. Convido e agradeço os colegas que quiserem trocar experiências sobre o assunto, afinal com tantas fotos digitais circulando, fico imaginando daqui há 10 anos, como será e onde estarão acomodadas todas essas imagens.
Conhecimento importa mais que equipamento.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.553
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #7 Online: 21 de Agosto de 2021, 15:39:30
Acho que entendi, não era vc quem colocava os tags, mas a IA do google que fazia o reconhecimento das fotos, é isso???

Exatamente.

Ainda não encontrei nenhum software que faça isso, só reconhecimento de rosto.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.309
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #8 Online: 22 de Agosto de 2021, 10:50:53
Facílimo mas dá trabalho.
Use um programa especifico para isso. Eu uso o Photo Supreme, conheço o desenvolvedor e o programa é bárbaro.
Basta criar um catálogo (ou vários) onde o diretório-base está associado ao HD em questão.
Tenho 170 mil imagens organizadas assim, acho o que quiser em pouquissimo tempo.
Qualquer coisa manda uma MP ou Zap

A IA do Google é péssima para essas coisas. Eu até tive API para isso e desisti.
« Última modificação: 22 de Agosto de 2021, 11:04:31 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 829
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 22 de Agosto de 2021, 10:52:11
Definitivamente eu tenho pouco domínio sobre as imagens que já produzi, meu arquivo é um buraco negro. Convido e agradeço os colegas que quiserem trocar experiências sobre o assunto, afinal com tantas fotos digitais circulando, fico imaginando daqui há 10 anos, como será e onde estarão acomodadas todas essas imagens.

Não fotografo muito, então dá pra fazer de um jeito bem manual... Tenho uma pasta para os RAWs. Dentro dessa pasta, pastas com ano e, dentro de cada ano, a ocasião ou tema (aniversário fulano, viagem para tal lugar, família etc). Eu edito as fotos e só gero jpegs das que valem a pena. Tenho outra pasta desses jpegs com a mesma estrutura (ano, evento).


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 829
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 22 de Agosto de 2021, 10:54:28
Facílimo mas dá trabalho.
Use um programa especifico para isso. Eu uso o Photo Supreme, conheço o desenvolvedor e o programa é bárbaro.
Basta criar um catálogo (ou vários) onde o diretório-base está associado ao HD em questão.
Tenho 170 mil imagens organizadas assim, acho o que quiser em pouquissimo tempo.
Qualquer coisa manda uma MP ou Zap

Parece muito bom. Mas a dureza deve ser criar um catálogo do zero quando você já tem milhares e milhares de fotos, né?


André Sena

  • SysOp
  • Trade Count: (25)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.128
  • Sexo: Masculino
  • café & fotografia
Resposta #11 Online: 22 de Agosto de 2021, 11:02:16
Eu não uso NAS p/ meu armazenamento principal. Eu uso um DAS.

NAS: Network Attached Storage
DAS: Directed Attached Storage

Meu DAS é um OWC Thunderbay6 conectado ao meu Mac via Thunderbolt 3. Montei esse sistema em 2018.

Um dos motivos de ter comprado este storage foi para implementar RAID-5, e isso pode ser feito em qualquer unidade de armazenamento a partir de 4 baias para HD.

Vantagem do RAID-5 oferece desempenho e redundância para o dano em 1 HD.

Das 6 baias disponíveis estou usando 4. São 4 HD's de 8 TB (Seagate Ironwolf). Isso me dá 24 TB de armazenamento. Se 1 HD pifar continuo acessando o armazenamento normalmente até trocar o mesmo. O próprio sistema do RAID irá reconstruir a informação no HD novo.

Esse armazenamento me proporciona velocidades de escrita na faixa de 350-400 MB/s e leitura na faixa de 520 MB/s, razoavelmente similar a um SSD SATA.

Como disse anteriormente, uso 4 HD's sendo que posso colocar 6. Cada HD adicional irá me acrescentar em torno de 150 MB/s. Projeto final devo ter um armazenamento com velocidades de escrita na faixa de 700MB/s e leitura na faixa de 800 MB/s em RAID 5. Esse é o motivo porque escolhi um sistema DAS com Thunderbolt 3. Mas hoje é possível velocidades similares com USB 3.2 gen 1x2 (10 Gbit/s).

Lembrando que USB 3.2 gen 1x2 é a mesma coisa que USB 3.1 gen 2, mas USB 3.2 gen 1x2 é a nomenclatura atual.

Só não coloquei ainda os outros 2 HD's por conta do custo. Mas pretendo finalizar isso até o final desse ano.

Optei por DAS porque não queria ficar lidando com estrutura de rede e ter velocidades baixas por ponta do gigabit ethernet. E,hoje, 10 gigabit ethernet continua muito caro.

Com relação a organização física dos arquivos uso a seguinte estrutura de pastas e nome de arquivos:

PASTAS:
FOTOS -> ANO (AAAA) -> DATA AAAA-MM-DD_nome_personalizado
VÍDEOS -> ANO (AAAA) -> DATA AAAA-MM-DD_nome_personalizado


ARQUIVOS:
AAAAMMDD_NOME_PERSONALIZADO_0001.XYZ

AAAA: ano com 4 digitos
MM: mês
DD: dia

por exemplo, seu fosse fotografar qualquer coisa hoje a estrutura de pastas seria assim:
Dentro da pasta fotos, tem uma sub-pasta 2021 e dentro dela uma sub-pasta 2021-08-22_nome_personalizado

O "nome_personalizado" vai ser algo para indicar em termos geral o que tem naquela pasta/nome dos arquivos.

FOTOS -> 2021 -> 2021-08-22_nome_personalizado

E o nome dos arquivos será: 20210822_nome_personalizado_0001.XYZ
Como eu nunca fotografo mais de 9999 fotos por dia não preciso da numeração automática dos arquivos ter mais de 4 dígitos.

Não uso acentos ou espaço em nenhum nome de pasta ou arquivo.

Essa estrutura de pastas é interessante porque é fácil de ver o conteúdo de forma cronológica.

Eu uso, hoje, o Adobe Lightroom Classic para gerenciar minha base de imagens. Toda a estrutura de criar pastas/sub-pastas e nome dos arquivos é feita de forma automática pelo mesmo.

Para a organização dos arquivos de forma "lógica" ou por "conteúdo" eu uso palavras-chaves (keywords). Coloco pelo menos 3 palavras chaves por foto.

Uso essa estrutura desde 2006 quando a primeira versão do Adobe Lightroom foi lançada. E continuo usando o Lightroom até hoje.


Outra coisa, o LrC permite aninhar palavras-chaves o que facilita muito ao adicionar as mesmas visto que ao colocar a palavra-chave de nível inferior ele já acrescenta automaticamente todas as outras de nível superior.

Uso muito o recurso de Coleções e Coleções Inteligentes do LrC para organizar diversos tipos de conteúdo.

Quando preciso buscar alguma coisa no catalogo do LrC uso a ferramenta de pesquisa do mesmo onde tenho diversos recursos p/ filtrar a pesquisa: palavras-chaves, classificação por estrelas, etc.

Tenho que salientar que tenho no LrC:
- Um, único, catálogo principal para fotos;
- Um, único, catálogo principal para vídeos.

Como eu sempre estou pesquisando nas fotos antigas, preciso acessar isso de forma rápida. Por isso optei por um catálogo apenas. Não faço absolutamente nada que depois que finalizei o trabalho, provavelmente, nunca vou precisar mais acessar essas fotos. Realidade diferente para quem faz fotografia social.

Atualmente, investindo em banco de imagens para vender fotos, essa organização está sendo muito eficiente.

Sobre o desempenho do computador com um catálogo apenas? Não me atrapalha em nada, visto que meu armazenamento principal é rápido o suficiente para isso.

O backup é todo automatizado usando o Goodsync em HD's externos individuais. Automatizado no sentido que já tenho todas as tarefas de backup configuradas e preciso apenas mandar rodas as tarefas.

Ano passado resolvi tirar todos os vídeos do meu catálogo principal do LrC e criar um outro somente com vídeos indexados.
O LrC não é a melhor ferramenta para gerenciar vídeos. Resolvi separar para melhorar meu fluxo de trabalho.

Como minha produção de vídeos é bem menor que a de fotos, por enquanto está OK. Mas sei que preciso ter algo melhor para gerenciar os vídeos.


Bom, de forma resumida é isso. :ok:
« Última modificação: 22 de Agosto de 2021, 11:09:24 por André Sena »


André Sena

  • SysOp
  • Trade Count: (25)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.128
  • Sexo: Masculino
  • café & fotografia
Resposta #12 Online: 22 de Agosto de 2021, 11:03:06
Parece muito bom. Mas a dureza deve ser criar um catálogo do zero quando você já tem milhares e milhares de fotos, né?

Nada que dedicar tempo acompanhado de uma boa garrafa de vinho não resolva.
 :assobi:

 :ok:


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.309
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #13 Online: 22 de Agosto de 2021, 11:08:38
Parece muito bom. Mas a dureza deve ser criar um catálogo do zero quando você já tem milhares e milhares de fotos, né?

Sim e não. Depende de como as imagens estão organizadas nos HDs, Nas, Etc.
Se os nomes e estruturas das pastas fizerem sentido e estiverem organizados de uma forma lógica já ajuda muito.
Depois vem os TAGs que devem ser do tipo hierárquico. Quem usa sistema de TAG plano é doido ou não sabe que existe o hierárquico.
Aqui é tudo hiper organizado.




« Última modificação: 22 de Agosto de 2021, 11:21:57 por AFShalders »
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.309
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #14 Online: 22 de Agosto de 2021, 11:22:45
Nada que dedicar tempo acompanhado de uma boa garrafa de vinho não resolva.
 :assobi:

 :ok:


Ainda mais em tempos pandemicos...
A maioria das câmeras e lentes são melhores que a maioria dos fotógrafos.

www.oldgoodlight.blogspot.com / www.flickr.com/groorj