Autor Tópico: MAVICA FD95 x S5100  (Lida 4718 vezes)

zipper

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
Online: 30 de Abril de 2005, 12:47:34
Estou disposto a comprar uma S5100 pra começar e queria saber se é bem melhor comparando a uma MAVICA FD95. Vale a pena gastar R$ 500,00 a mais e pegar uma FZ15 da panasonic?
Zipper.[size=8]Konica Minolta 5D[/size]
Brasil


Matheus

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.384
  • Sexo: Masculino
    • http://www.mundofotografico.com.br
Resposta #1 Online: 30 de Abril de 2005, 13:42:33
Não sei quanto à Mavica .. mas só de ter ajustes manuais, eu iria de S5100 ...


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.741
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #2 Online: 30 de Abril de 2005, 13:58:10
A MAVICA nem é fabricada mais, é uma câmera totalmente defasada, já foi uma grande câmera em sua época mas hoje é totalmente fora...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


zipper

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
Resposta #3 Online: 30 de Abril de 2005, 18:58:20
Citar
A MAVICA nem é fabricada mais, é uma câmera totalmente defasada, já foi uma grande câmera em sua época mas hoje é totalmente fora...
Léo... já percebi que vc não gosta da fuji s5100, acontece o seguinte eu faço fotos com esta Sony Mavica de 2,1 M e percebo o seguinte, em situações com muita luz e aos olhos de um leigo as fotos são agradáveis, porém tem limitações técnicas principalmente para fotos noturnas. A Fuji S5100 é uma máquina mais avançada? Tem mais recursos? Tem boa nitidez? É uma máquina amigável?

Quando eu comecei tirar fotografias, comprei uma Russa baratinha toda mecânica, pesava uns 3 Kg e eu curtia pra cacete o fato de ter de analizar o fotômetro, regular a velocidade do obturador, o diafragma, fazer o foco manualmente e coisa e tal, sabia que não era uma excelente máquina, era limitada na velocidade do obturador, o sincronismo do flash era muito baixo 1/30. Mas pra mim já foi um avanço, pude controlar as fotos e coisa e tal...

A pergunta é...

Para um entusiasta da fotografia, a Fuji S5100 satisfaz?
Zipper.[size=8]Konica Minolta 5D[/size]
Brasil


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #4 Online: 30 de Abril de 2005, 20:18:30
Zipper

Você provavelmente teve uma Zenit. A Zenit é boa e ruim. A
lente Helios 44 que a equipa é uma ótima ótica, a Russia tem uma boa industria ótica derivada dos projetos alemães de letes do início do Século XX. A ótica russa era uma necessidade militar, de modo que ela desenvolveu-se assimetricamente nesse campo. O fato dela ser derivada dos projetos clássicos alemães não quer dizer nada, pois TODOS  os grandes fabricantes desenvolveram suas lentes a partir desses projetos, fazendo a mesma coisa que os russos, isto é, adaptações e aperfeiçoamentos tópicos. As Nikon rangefinders, que foram a primeira câmera de prestígio da Nikon e que deram origem às óticas Nikon eram exatamente cópias das Contas III, e suas lentes cópias das Zeiss Sonnar, Biogon, etc. Tecnologia ótica não surge do zero, e sim de adaptações de projetos comprovados.

O que não presta na Zenit é seu mecanismo de disparo, incrivelmente brusco impedindo a utilização de velocidades baixas (não é sem motivo que sua velocidade mais baixa é 1/30), mas a Helios 44 é uma excelente lente. Nas velocidades que permite é uma câmera capaz de fazer fotos tão boas quanto a maioria das outras, exceto, é claro as dotadas de óticas caríssimas.

Bem, agora a Fuji s5100. Eu tive durante um ano uma s5000, que em corpo, lentes e quase todas as funcionalidades é  exatamente igual a s5100. Uma câmera excelente pelo preço, e excelente mesmo se o preço fosse maior. Uma ótima experiência fotográfica, compatível com sua experiência com câmeras mecânicas. Um fotómetro realmente utilizável para medir em modo Manual, ao contrário de quase todas as outras que simplesmente você tem de avaliar no olho se está bom, sem referência de medição. Pelo que sei, isso só nas Fuji e Panasonic. As outras é na base do "como você está vendo". A s5100 tem um modo manual realmente Manual, com a única diferença que os sets são por botões, e não por anel na lente ou dial.

Além disso é a única câmera da categoria que exposta RAW, o chamado ás vezes "negativo digital", que permite você contornar todas as opções de software da câmera que comprometem a qualidade da imagem por processamento.

Os pontos negativos é que o JPEG é supercomprimido (driblavel em RAW), que em máximo wide faz pequena vinheta nos cantos superiores (removível em RAW e por tratamento, mas é claro que  seria muito melhor se não tivesse). Só no máximo wide isso aocntece. A lente é tão boa ou tão ruim quanto as das demais superzoom, exceto as Panasonics que são realmente melhores em termos de lente, mas custam bem mais caro.

É uma delícia de câmera. Propicia uma ótima experiência fotográfica.

Abraços,
Ivan
PS: também tive uma Zenit 12XS. Vendi minha s5000 no fim do ano passado e comprei uma... s7000. Dá para perceber que gostei, não é?
« Última modificação: 30 de Abril de 2005, 20:30:59 por Ivan de Almeida »


Zeiss

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 698
    • Melhor pra Deus
Resposta #5 Online: 30 de Abril de 2005, 20:58:18
B) Creio que o ideal é pegar uma FZ5 que foi lançada agora. Vai ter que ter paciência pq ainda não tem aqui mas acho que é questão de dias, passa um e-mail pro André:  http://www.fotohennemann.com.br/louco
Veja o teste dela: http://www.dpreview.com/reviews/panasonicfz5/
Eu penso em comprar uma se ela chegar por volta de 1.500, vamos ver.
Bye
João Bosco
Sony Alpha A100+18-70+F56AM
Sony NEX F3 Black+18-55
Panasonic Lumix TZ10
boscovieira@hotmail.com-Fortaleza-CE


dantonvb

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 399
    • http://
Resposta #6 Online: 30 de Abril de 2005, 21:18:34
Já usei diversas camaras, principalmente da Pentax e uma Zenit XP12, que comprei em 1988. A forma de uso das SLR modernas e da S5100 é muito diferente da Zenit ou de outras classicas como a Pentax K1000, Nikon FM e F, F2 e F3 pois as mesmas tinham seletor circular de velocidades e seleção de aberturas em um anel na própria objetiva. No meu enteder isso é a forma mais intuitiva de fazer fotografia, mas hoje são raras as digitais que tem essa interface, entre elas está a Leica Digilux 2.

Recomendo a S5100, por uma questão de qualidade, custo, recursos e manuseio. O jeito de usa-lá é o mesmo de uma SLR moderna. Os ajustes manuais são todos existentes, acionados por botões ou combinação deles. Apenas o foco manual é muito difícil de usar, pois não mostra a escala de distâncias. O visor não é comparável a uma SLR real, mas é bem completo em informações.

Tenho diversas Pentax de filme, desde a S3 de 1961 até a ZX-5 (MZ-5) de 1995. Hoje a camara que mais utilizo é a S5100, e faz fotos muito boas. Veja em http://www.geocities.com/dantonvb Todas forma feitas com a S5100.
« Última modificação: 30 de Abril de 2005, 21:20:03 por dantonvb »


zipper

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
Resposta #7 Online: 30 de Abril de 2005, 22:09:09
Ivan...

Foi uma Zenit mesmo, conheci esta máquina durante uma viagem para Angra dos Reis onde os alunos da faculdade puderam conhecer a usina nuclear. No trecho entre Angra e Paraty peguei uma Zenit nas mãos e comecei a fotografar os morros e ilhas. O dono da máquina disse que a máquina era enjoada e de vez enquando fazia fotos ótimas. Descobri que onde ele me explicou que era zoom era o anel do foco, regulei o fotômetro meio que intuitivamente até que o led verde acendeu e me apaixonei pela fotografia, na época não tinha a internet (pelo menos eu não tinha), comprei uma revista, Fotografe melhor que vinha com uma matéria interessante.... profundidade de campo. Comprei alguns livros, estudei a química da fotografia e comecei a tirar fotos, tirei fotos até de bosta de vaca. Adorava a empunhadura da Zenit, coisa que tenho procurado nesta máquina e acredito que a S5100 vai suprir.

uma coisa que achei estranho na foto da S5100 é o acionador do ZOOM, são dois botões diferentes, diferente da Mavica que dá um controle analógico, ou seja não dá pra controlar a velocidade do zoom?

Zipper.
Zipper.[size=8]Konica Minolta 5D[/size]
Brasil


zipper

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
Resposta #8 Online: 30 de Abril de 2005, 22:10:10
Citar
Já usei diversas camaras, principalmente da Pentax e uma Zenit XP12, que comprei em 1988. A forma de uso das SLR modernas e da S5100 é muito diferente da Zenit ou de outras classicas como a Pentax K1000, Nikon FM e F, F2 e F3 pois as mesmas tinham seletor circular de velocidades e seleção de aberturas em um anel na própria objetiva. No meu enteder isso é a forma mais intuitiva de fazer fotografia, mas hoje são raras as digitais que tem essa interface, entre elas está a Leica Digilux 2.

Recomendo a S5100, por uma questão de qualidade, custo, recursos e manuseio. O jeito de usa-lá é o mesmo de uma SLR moderna. Os ajustes manuais são todos existentes, acionados por botões ou combinação deles. Apenas o foco manual é muito difícil de usar, pois não mostra a escala de distâncias. O visor não é comparável a uma SLR real, mas é bem completo em informações.

Tenho diversas Pentax de filme, desde a S3 de 1961 até a ZX-5 (MZ-5) de 1995. Hoje a camara que mais utilizo é a S5100, e faz fotos muito boas. Veja em http://www.geocities.com/dantonvb Todas forma feitas com a S5100.
O que muda no uso das câmeras digitais?
Zipper.[size=8]Konica Minolta 5D[/size]
Brasil


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.741
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #9 Online: 30 de Abril de 2005, 22:12:29
Olha eu iria de Panasonic....
No último workshop tinhamos várias S5100 e uma FZ20, acredito que na opinião geral (principalmente dos donos de S5100) a Panasonic é bastante superior. Eu sempre disse isso, porque já tive contato com ambas, mas agora acredito que eu possa embasar pelo restante do pessoal que estava no workshop tbm, a maioria donos de S5100.
:)


 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Matheus

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.384
  • Sexo: Masculino
    • http://www.mundofotografico.com.br
Resposta #10 Online: 30 de Abril de 2005, 22:35:46
O unico incoveniente Leo, é q a panasonic custa o dobro do preço .. hehheheh ... seria justo comparar ela com a s5100 ?
« Última modificação: 01 de Maio de 2005, 00:59:55 por Matheus »


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #11 Online: 01 de Maio de 2005, 00:56:19
Leo:

Custando bem mais caro é fácil ser melhor

Preçoa das câmeras na BH hoje:
S5100 = 284,50 dólares (tem um rebate ficando por 234, mas é oferta ocasional)
FZ20 = 499,95

Quase dobro.

Só o fato de ser comparada com uma câmera que custa quase o dobro é um grande elogio para a s5100.

Ivan
« Última modificação: 01 de Maio de 2005, 10:47:24 por Ivan de Almeida »


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #12 Online: 01 de Maio de 2005, 01:20:17
Citar
O que muda no uso das câmeras digitais?

Bem, embora não tenha sido para mim, vou responder.

O que muda são duas coisas. A principal delas é a profunidade de campo. Como você sabe, a profundidade de campo é uma função de duas variáveis: distância focal e abertura do diafragma.

Nas câmeras digitais, pelo menos nas câmeras não DSLRs (e mesmo nessas um pouco, devido ao fator de corte), as distãncias focais para um ângulo de visada equivalente ao de uma 35mm é muito menor.

Numa DSLR, por exemplo, uma lente de 35mm que seria grande angular normalmente funciona como uma quase normal de 56mm, mas sua profundidade de campo é dada pela distância focal verdadeira de 35mm, e uma grande angular tem muito mais profundidade de campo que uma normal. Então você fotografará com um ângulo de visada de uma lente normal, mas a capacidade de desfoque será pequena, como numa grande angular modesta.

Mas nas prosumers, superzooms e compactas isso é ainda pior. Na s5100 o ângulo de visada de 370mm, o zoom máximo, é de 48mm reais, isto é, a capacidade de desfoque da lente no zoom máximo é aproximadamente a mesma de uma lente Normal num filme 35mm. Nas distãncias focais menores, a distânciav erdadeira é ínfima, e por conseguinte é difícil desfocar o funco num retrato, por exemplo, mesmo com a lente toda aberta.

Então primeira diferença: baixa capacidade de desfoque, ou, dizendo de forma positiva, produndíssima nitidez.

A segunda diferença é a latitude da fotografia digital que é menor que no filme. Grosso modo, uma digital não DSLR tem 5 ou 6 pontos de latitude, as DSLRs têm 8 pontos, e a S3 Fuji tem 10 pontos. O filme negativo tem 12. Isso significa ser muito fácil estourar os brancos e as altas-luzes, exige uma fotometria muito cuidadosa. Parece com fotografar com cromo. Baixa latitude.

No mais, os controles são os mesmos (velocidade, abertura, foco, zoom), e podem ser usados de forma direta no modo Manual (que é como uso exclusivamente). Contudo os controles são todos por botões.

Outra diferença subsidiária, que não distingue as câmeras digitais das reflex modernas de filme, é que são feitas para autofoco e não para foco manual como estávamos acostumados. Eu não gosto, mas é suportável -risos. A s5100 tem opção de foco manual, mas é realmente complicado usá-lo, embora sirva para paisagens e macros ou para forçar um desfoque até certo ponto (pequeno).

O zoom é comandado eletronicamente. Aliás são pouquíssimas as cãmeras digitais onde o zoom é mecanicamente acionado. Mesmo na s7000 que tenho agora há zoom no anel, mas ele não é mecânico, mas by-wire, isto é, um servo-mecanismo eletricamente comandado.

Em termos de usabilidade e ergonomia, a s5100 é provavelmente a melhor câmera disponível. No início do ano quando recebi a s7000, que é um modelo acima, digamos assim, da Fuji, demorei um mês para me acostumar, pois o corpo e botoeira da s5000 eram melhores. Olha que a s7000 é extrememente ergonômica também, mas a outra é incomparável.

 


zipper

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
Resposta #13 Online: 01 de Maio de 2005, 17:20:59
Valew Ivan...

Sorte ter um cara como vc neste fórum...

Uma coisa que eu não gostei na máquina é o botão de zoom, na mavica ele é igual ao de filmadora, dá pra controlar a velocidade de avanço e retrocesso.

Qual máquina que possui anel de foco manual e acionador do zoom tipo filmadora?

 
Zipper.[size=8]Konica Minolta 5D[/size]
Brasil


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #14 Online: 01 de Maio de 2005, 17:46:18
Zipper:

A velocidade do zoom não é importante, ou tão importante, numa câmera fotografica como é numa filmadora.

Não sei de câmeras com zoom de velocidade variável.

Na prática, para fotografia não acho fazer muita diferença, mas cada um tem seu jeito de fotografar, e o que não faz diferença para mim pode fazer para outra pessoa.