Autor Tópico: Primeiros Trabalhos profissional  (Lida 1456 vezes)

Rodrigo Gil

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 134
Online: 24 de Abril de 2007, 13:14:30
Pessoas,
Começo nesse mês meus trabalhos como fotógrafo profi. Possuo cartões de 1gb, D50, SB800 e SB600 , lente do kit (por enquanto). Já faço fotos para amigos, não cobro muito, é claro, normalmente faço as fotos e entrego-as em um CD simples, sem mais detalhes, em baixa resoluçao, com todas as fotos. Entrego também fotos impressas, o nº depende do pedido, mas normalmente são entre 90 ou 100 fotos. Detalhe, não trabalho nenhuma no PS, não sei utilizá-lo, mas em breve farei um curso. Como agora o negócio ficou sério, pensei em modificar os orçamentos e entregas. Em minha região, alguns profissionais cobram por fotos e outros por trabalho. Os que cobram por foto cobram em média R$6,00 por foto, e a entrega é em CD com baixa resolução, album para as fotos impressas que não passam de 90 fotos, (coisa simples) e não editam no PS. Já os que cobram por trabalho, fazem por R$400,00, quantos fotos o cliente quizer (impressas ou não e mais CD), sendo mais um DVD com as fotos com fundos musicais. Não quero ''picaretear'' o mercado com valores muito baixo por estar iniciando, mas também não quero empatar os trabalhos, também tem os custos de impressões, albuns e desgaste nos equipamentos, o que penso em fazer é o seguinte:

1 - Fotos impressas no máximo 100 (13x18);
2 - Album simples;
3 - DVD com as fotos que o cliente escolher para impressão com fundos musicais;
4 - CD com todas as fotos em baixa resolução;
Detalhe, não faço edições no PS.
Valor R$300,00 por tudo.
Seria realmente necessário editar as fotos no PS ?
Li aqui no fórum que com a D50, as fotos já saem um pouco prontas para impressão... :denken:


O que vcs acham deste modelo de orçamento, sei que cada um tem seu preço, mas gostaria de sujestões. Será que seria necessário entregar tudo isso ? ou somente as fotos impressas e mais um CD com todas as fotos ?

Ah, já tenho cartão de visitas  :laughing:
Obrigado.  :thmbup:
 
Rodrigo Gil
Sapucaia do Sul/RS
Nikon D50
Lentes 18-55 e 18-135
Flash SB800 e SB600
Olympus X775
http://www.flickr.com/photos/rodrigogil


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #1 Online: 24 de Abril de 2007, 15:02:31
Oi Rodrigo,

pelo que você está nos contando acho que esse tipo de trabalho seja quantitativo. Quando me casei - já fazem 17 anos! - escolhemos um dos mais reconhecidos, aquela coisa. Bom, ele meteu a faca, óbvio, e nos entregou um álbum grande com cerca de 25 fotos, todas excelentes. Depois, nos entregou, também, um menor com, no máximo, 50 fotos - as do álbum grande e outras boas. Mesmo no pequeno não estavam ali todas as fotos feitas. Houve uma edição, uma seleção do material e apenas as excelentes ou boas foram passadas ao cliente.

Acho o número de fotos muito grande. Acho que vale mais a pena um número menor de fotos melhores - mas essa opinião é bem minha, eu sei... A maioria prefere baldes de fotos medianas.

Em nome do seu nome, sugiro que você faça esse tipo de edição, mesmo tendo que selecionar 100 imagens de 300. Os outros, provavelmente, vão aos eventos, fazem 100 fotos, descarregam e um abraço. Fazendo uma edição - que não precisa ser a mais das criteriosas pelo volume de imagens - você estará fornecendo uma média de imagens melhores, o que já é um diferencial.

Quanto a seu preço, você tem que ver qual o seu custo. Acho que ele deve ser, pelo menos, o dobro do custo.

Quanto a edição em Photoshop, sinceramente acho que quem quer 100 fotos de um evento não está muito preocupado com isso. Se uma não estiver 100%, outra estará.

Bom, a conclusão que eu tiro desse tipo de trabalho é:

- é quantitativo
- é como se a pessoa chamasse aquele "amigo que fotografa bem" e desse 20 rolos de filme para ele gastar no evento. Vai haver uma cobrança, mas nada muito sério, como no caso do amigo, até porque o custo é baixo.
- vale a pena para levantar uma grana e aprender MUITO como lidar com clientes
- seja honesto, faça uma seleção mínima das melhores fotos e ganhe seu dinheiro
- aprenda com seus erros
- pelo tipo de trabalho que é, não queime seus neurônios tentando inventar novidades mirabolantes, jogos de luz, usar 4 flashes por foto... Só vai te dar dor de cabeça e, por esse preço, não compensa.
- NÃO ABRA AS PERNAS fazendo"favores" do tipo "ah, já que você está aqui, será que dá para fazer o book do meu cachorrinho..." Aprenda a dizer NÃO numa boa.

Boa sorte, seja correto, aprenda nessa escola e, acima de tudo, divirta-se. Suas fotos ficarão ainda melhores.

Abraço,

José Azevedo


Braga.SP

  • Trade Count: (14)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.858
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 24 de Abril de 2007, 19:33:16
Quem tem duas, na verdade tem somente uma. Quem tem uma não tem nenhuma.

Pense seriamente em ter uma câmera como segundo corpo (entenda: reserva, estepe, ou algo parecido). Uma pane no meio de um trabalho pode ser algo nada agradável. E de consequências inimagináveis.

Aliás, back-up é igualmente importante em outros itens, como: cartão de memória, baterias, flash(esse vc já tem), e tudo mais que vc julgar conveniente.

Abraço,
-22.352971,-48.775582


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #3 Online: 24 de Abril de 2007, 21:31:45
Bem lembrado, Braga!

Backup é fundamental. Uma vez, num workshop com o Duran, minha T90 me deixou na mão... Obturador... Se não fosse um outro fotógrafo gente boa, que me emprestou a máquina - Nikon mecânica, por sinal, boa discussão para os Canon x Nikon de plantão hehehehe... - teria ficado sem a prática com a modelo.

Abraços,

José Azevedo


Pacheco

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 489
Resposta #4 Online: 24 de Abril de 2007, 23:48:30
Rodrigo, fiquei quase 5 anos longe da fotografia, e quando voltei, com uma nikon d70s e um flash sb 800 + fuji s7000 e vivitar 285 como backup, diga-se de passagem que tive que suar muito para aprender a usar, inclusive tratando levemente no PS, me propus a não fazer nada muito barato, primeiro porque quando vc. cobra pouco, profissionalmente vc. é desvalorizado(e isto aprendi com o pessoal daqui do fórum) e segundo porque o valor investido em equipamentos, horas de trabalho de pós-produção e a responsabilidade em apresentar um trabalho de qualidade :thmbup:  não é pouco. Moro em Itu, interior de SP(onde se cobra de R$5,00 à R12,00 em média por foto 20 x 25 de casamentos, por ex.) e trabalho em São Paulo. Mes passado fiz um casamento por R$1.200,00 onde estava incluso 50 fotos 24 x 30 em álbum encadernado + CD com todas as fotos em alta resolução + DVD com as fotos escolhidas pelo casal para compor o álbum em formato para ser visto em aparelho de DVD. Foi um sucesso, já estão aparecendo outros trabalhos e não saio de casa para ganhar menos de R$500,00 por evento, seja book, casamento ou o que for. Pense que vc. não vai ter trabalho todo dia e leve em consideração o valor investido com equipamento e os riscos de quebra, assalto, etc. Desculpe se me alonguei mas acho que vale a pena.
Abraços
Pacheco
Canon eos 60D + 18-135mm + 50mm 1.8 + 2YN 560 + YN568EX + Vivitar 285 + Sony nex F3 + um monte de tranqueiras relacionadas à fotografia.



Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #5 Online: 25 de Abril de 2007, 01:58:23
Rodrigo, se eu entendi bem este seu orçamento vc ao final vai ficar com merreca e merreca não é dinheiro. Dinheiro é Dólar, Real, libra.....
Brincadeira a parte, acho que tá tudo muito barato demais da conta.

Outra, considero obrigatório o uso de PS caso se deseje entregar um trabalho de qualidade.

Outra: Compre outra máquina, pois já quebrei a minha num batizado e a minha sorte é que já tinha feito as principais fotos e que por sinal,  após um polimento no PS, ficaram ótimas.
Por pouco não quebro a cara. Depois desta comprei a D50 para fazer par com a minha maravilhosa D70.
Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.543
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #6 Online: 25 de Abril de 2007, 07:49:07
Por R$300 com 100 fotos, CD, álbum e DVD eu acho q vc tá cobrando muito barato. R$300 é o mínimo que eu cobro pra sair de casa, sem álbum, DVD e fotos impressas.  Lembre-se dos custos...... De nada adianta ter uma margem que não cubra seus custos. Pense no valor de :

Desgaste da máquina/Manutenção/Troca do obturador/limpeza de sensor
Desgaste do flash/troca do capacitor/troca da lâmpada
Seguro
Transporte/locomoção
Cursos/Palestras/workshops
Depreciação do equipamento
Pilhas, cartões, bolsa
Cartões, panfletos, propaganda
E o mais importante: O VALOR DE SUA MÃO DE OBRA/HORA.
 
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : http://www.gutomarcondes.com.br/blog e conheçam mais sobre a profissão no dia a dia. Conheçam também http://www.fotografosocial.com.br e http://www.gutomarcondes.com.br
Não respondo MP com dúvida de equipamentos/fotografia. Abra um tópico pois isso é importante para o fórum !


Rodrigo Gil

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 134
Resposta #7 Online: 25 de Abril de 2007, 12:51:03
Obrigado pelas considerações, pessoal, foram de grande valia. Vou rever a possibilidade de comprar um backup e rever os valores. Como falei, não quero picaretear o merado com valores baixos. Aprendi aqui no fórum que este tipo de trablalho tem que ser valorizado mesmo. Os valores cobrados na minha região são baixos mesmo, comparando com SP...
Obrigado mais uma vez... :clap:
Abraços.  :laughing:  
Rodrigo Gil
Sapucaia do Sul/RS
Nikon D50
Lentes 18-55 e 18-135
Flash SB800 e SB600
Olympus X775
http://www.flickr.com/photos/rodrigogil


Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #8 Online: 26 de Abril de 2007, 00:38:33
Citar
Obrigado pelas considerações, pessoal, foram de grande valia. Vou rever a possibilidade de comprar um backup e rever os valores. Como falei, não quero picaretear o merado com valores baixos. Aprendi aqui no fórum que este tipo de trablalho tem que ser valorizado mesmo. Os valores cobrados na minha região são baixos mesmo, comparando com SP...
Obrigado mais uma vez... :clap:
Abraços.  :laughing:
Rodrigo, não é nem questão de "piracaretear" o mercado.
Acontece simplesmente que vc não vai ganhar praticamente nada no fim das contas.
Se vc levar em consideração o que o Guto falou vc vai ver que vai trabalhar de graça cobrando este valor.
Quando vc tiver de consertar sua máquina vc vai ver que o pouco (pouco mesmo) que vc pensou que ganhou nem vai dar para pagar o conserto.  
Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro


Rodrigo Gil

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 134
Resposta #9 Online: 26 de Abril de 2007, 12:55:35
Vc tem razão, Lúzio, com estes valores vai ser difícil manter os custos e manutenções. Como bakup, possuo uma canon EOS3000, só falta um flash pra ela...Quanto aos valores, acho que vou cobrar por foto mesmo, e entregar as fotos em CD e DVD...
Obrigado pessoal. :thmbup:  
Rodrigo Gil
Sapucaia do Sul/RS
Nikon D50
Lentes 18-55 e 18-135
Flash SB800 e SB600
Olympus X775
http://www.flickr.com/photos/rodrigogil


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #10 Online: 03 de Maio de 2007, 01:14:07
Olá!@
Td jóia?
É o seguinte... preço x qualidade - infelizmente o povo faz uma relação incrível.

Se vc cobra barato, vc é taxado com ruim ou iniciante, mesmo que suas fotos fiquem melhores para aquele determinado fim/para aquela determinada população.

E se não pensarem assim, que é difícil, vc acabará fazendo fotos, se dedicando, ralando, etc... e trabalhará igual "bobo" (desculpe a expressão, mas é isso que ocorre).

No fim das contas, o que vale é a sua organização.
Veja quantos álbuns vc faz por tanto, a situação do mercado local - VEJA O PUBLICO ALVO, ISTO É IMPORTANTÍSSIMO! E faça seu preço, por aquilo que vc acha que é justo. SÓ VC PODERÁ DAR VALOR A SI MESMO.

Pense assim: "com a técnica que eu tenho, com o equipamento que eu tenho, com a experiência que eu tenho.... o tempo que vou levar para determinado serviço... E A SATISFAÇÃO que fulano vai ter, QUANTO EU PAGARIA PARA MIM MESMO?

Pense nisto.

Grande abraço e sucesso!!!

Renato
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Rodrigo Gil

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 134
Resposta #11 Online: 07 de Maio de 2007, 12:54:23
Obrigado mesmo a todos, as dicas forma importantes. Estava pensando que cobrar barato por estar iniciando seria justo. Mas como o guto falou, tenho que somar os custos de tudo, manutenção, cursos, equipamentos...vou avaliar melhor e postar minha decisão com os valores. Também irei avaliar o público alvo que vou trabalhar...obrigado mais uma vez... :thmbup:
Abraço. :clap:  
Rodrigo Gil
Sapucaia do Sul/RS
Nikon D50
Lentes 18-55 e 18-135
Flash SB800 e SB600
Olympus X775
http://www.flickr.com/photos/rodrigogil