Autor Tópico: Como registrar uma Logo ou Imagem?  (Lida 17428 vezes)

Marcel MM

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.209
    • http://mmartinez.multiply.com
Online: 05 de Julho de 2007, 00:01:18
Algum dos amigos sabe como se faz para registrar uma Logo ou imagem?

Que órgão devo procurar?

Que documentos levar?

 
Marcel Martinez - Rio/RJ
br]http://mmartinez.multiply.com


rty

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 35
Resposta #1 Online: 05 de Julho de 2007, 00:27:20
INPI ou Biblioteca Nacional. Tem q fazer uma busca antes pra ver se é passível de registro.

Abraço, Ricardo


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.552
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #2 Online: 05 de Julho de 2007, 08:17:32
Prepara o bolso.... registro de marcas é uma pequena fortuna......

Se quiser "economizar" pegue o logo, faça um descritivo e registre em cartório....... Não é o mais indicado, mas você pelo menos tem como provar que aquela sua idéia é de tal data.
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : http://www.gutomarcondes.com.br/blog e conheçam mais sobre a profissão no dia a dia. Conheçam também http://www.fotografosocial.com.br e http://www.gutomarcondes.com.br
Não respondo MP com dúvida de equipamentos/fotografia. Abra um tópico pois isso é importante para o fórum !


hakkinen

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 333
  • Sexo: Masculino
    • http://www.tr2fotografia.com
Resposta #3 Online: 05 de Julho de 2007, 09:01:09
Estou com o mesmo problema.

Aqui em Fortaleza tem escritórios de advocacia que cuidam da papelada.
Consultei um deles e o orçamento completo sairia na casa dos 1400 reais...

Muito dinheiro :/
Rafael Ramos - tr² :: Fotografia


Marcel MM

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.209
    • http://mmartinez.multiply.com
Resposta #4 Online: 05 de Julho de 2007, 09:26:21
Valeu pessoal !

Entrei no site do INPI e lá tem os preços, realmente é um processo caro.

Se alguém precisar consultar o site do INPI é http://www.inpi.gov.br

Um abraço
« Última modificação: 05 de Julho de 2007, 09:26:59 por Marcel MM »
Marcel Martinez - Rio/RJ
br]http://mmartinez.multiply.com


Léo Guimarães

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 791
Resposta #5 Online: 05 de Julho de 2007, 09:57:42
Uma maneira simples e barata de você ter como provar que a marca
é sua: antes se apresenta-la ou começar a usa-la. Escreva uma carta
para você mesmo e coloque dentro a marca ou imagem impressa e
poste numa agência do correio. Quando a carta chegar para você não
abra, apenas guarde. O carimbo do Correio serve como prova da
autenticidade do documento e isso pode ser usado como prova num
eventual processo.

Pra quem tá sem grana é uma boa forma de se proteger. xD

[]s,
Léo Guimarães
Belo Horizonte - MG
leoguimaraes.com


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #6 Online: 05 de Julho de 2007, 11:16:49
Citar
Uma maneira simples e barata de você ter como provar que a marca
é sua: antes se apresenta-la ou começar a usa-la. Escreva uma carta
para você mesmo e coloque dentro a marca ou imagem impressa e
poste numa agência do correio. Quando a carta chegar para você não
abra, apenas guarde. O carimbo do Correio serve como prova da
autenticidade do documento e isso pode ser usado como prova num
eventual processo.

Pra quem tá sem grana é uma boa forma de se proteger. xD

[]s,
Não entendi...
De que maneira fazer isso prova que a marca é sua ?


maickel

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 26
Resposta #7 Online: 05 de Julho de 2007, 15:08:16
Acho que o Léo Guimarães quis dizer que com a carta dos correios é possível provar que você enviou uma carta em tal data contendo a marca/símbolo. Um registro da mesma marca após a data que está na carta poderia ser contestada por você.
Porém eu acho que não prova a autoria da marca (eu poderia pegar a marca e me mandar uma carta da mesma forma, caso ela ainda não fosse registrada), mas prova desde quando a marca existe e quem tinha posse dela, o que pode ajudar.

Abraços

 


Marcel MM

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.209
    • http://mmartinez.multiply.com
Resposta #8 Online: 05 de Julho de 2007, 18:09:15
Não sei se vocês lembram de uma Copa do Mundo, acho que foi a da Itália, que um esperto aqui no Brasil registrou a marca por aqui antes do pessoal que tinha comprado o direito de explorar o uso da imagem fizesse. Daí sempre que saia na mídia ou em algum produto tinham que pagar para o tal experto.
Nesse caso a autoria não foi importante.

Acho que tem diferença entre registro autoral e direto de uso no pais.
 
Marcel Martinez - Rio/RJ
br]http://mmartinez.multiply.com


Carlos Tavares

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 58
Resposta #9 Online: 11 de Julho de 2007, 22:39:30
Citar
Não sei se vocês lembram de uma Copa do Mundo, acho que foi a da Itália, que um esperto aqui no Brasil registrou a marca por aqui antes do pessoal que tinha comprado o direito de explorar o uso da imagem fizesse. Daí sempre que saia na mídia ou em algum produto tinham que pagar para o tal experto.
Nesse caso a autoria não foi importante.

Acho que tem diferença entre registro autoral e direto de uso no pais.
Isso acabou. Agora tem direito quem realmente faz uso da marca. Veja o caso do Açaí; da caipirinha; todos os registros mundiais foram cassados. Se você tem uma idéia, registre. Mas lembre-se que você deve realmente usar a logomarca e a marca no seu dia a dia. Isto é que prova a autenticidade para o registro.
Nikon D700
Nikon 50 1.8D
Nikon 55 AIS f1.2
Nikon 24-70 f2.8
Tokina 11-16 f2.8
SB-900


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 12 de Julho de 2007, 11:00:58
Citar
Uma maneira simples e barata de você ter como provar que a marca
é sua: antes se apresenta-la ou começar a usa-la. Escreva uma carta
para você mesmo e coloque dentro a marca ou imagem impressa e
poste numa agência do correio. Quando a carta chegar para você não
abra, apenas guarde. O carimbo do Correio serve como prova da
autenticidade do documento e isso pode ser usado como prova num
eventual processo.

Pra quem tá sem grana é uma boa forma de se proteger. xD

[]s,
Uma maneira simples, barata e duvidosa para mim.

Imagine: Você faz o logo, escreve a carta e começa a usar em sua cidade. Dois meses depois uma pessoa "cria esse" logo e registra ela em outra cidade e também começa a usar.

Agora pense no rolo, a pessoa vai dizer que nunca tinha visto a sua, criou a dele e registrou como manda a Lei. Ele terá um registo e você uma correspondência que você mesmo mandou. :denken:  
São Paulo - SP


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #11 Online: 12 de Julho de 2007, 11:15:42
Marcelo logo e nome tem que registrar no INPI mesmo.
Agora obras de cunho artísticos como fotos e quadros podem ser depositadas na biblioteca nacional, se bem que a lei não exige que o depósito seja feito, você resguardando algo que possibilite comprovar sua autoria é o suficiente para possíveis processos legais.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Elcio Del Prete

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 20
Resposta #12 Online: 19 de Julho de 2007, 21:48:30
Amigos,
tenho uma empresa de assessoria em marketing e ajudamos clientes no registro de marcas. Realmente a forma mais segura é o registro junto ao INPI, que demanda taxas que variam de R$600,00 a R$2.500,00 dependendo do tipo de registro(nominativa, figurativa ou mixta) e fora as anuidades e decênios. Antes do registro é necessário uma pesquisa profunda nas marcas e logos já registrados bem como nas classificações corretas que seu produto/serviço está incluso. Lembro-lhes ainda que o registro pode "demorar" até 03 anos, em média. Enquanto não sai o registro é expedido um protocolo, que tbém protege o depositante.
Abraços.
By Elcio
Canon A530


Sandro Amaral

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.076
  • Sexo: Masculino
  • Pedi e dar-se-vos-á...Mt 7:7
Resposta #13 Online: 19 de Julho de 2007, 22:01:38
Citar
Amigos,
...Realmente a forma mais segura é o registro junto ao INPI, que demanda taxas que variam de R$600,00 a R$2.500,00... dependendo do tipo de registro(nominativa, figurativa ou mixta) e fora as anuidades e decênios. Antes do registro é necessário uma pesquisa profunda nas marcas e logos já registrados bem como nas classificações corretas que seu produto/serviço está incluso. Lembro-lhes ainda que o registro pode "demorar" até 03 anos, em média. Enquanto não sai o registro é expedido um protocolo, que tbém protege o depositante.
:thmbup:  :thmbup:

Exatamente... Ja fiz registro de marcas é um processo demorado mas que vale a pena.

Abraço.
SANDRO AMARAL - Curitiba-PR

Srs. Não responderei perguntas enviadas por MP. Socialize sua dúvida abrindo um tópico. Ajuda você, outras pessoas e o fórum. Obrigado.



rafaelfrota

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 254
  • Sexo: Masculino
  • "Toda a arte é absolutamente inútil" (O. Wilde)
    • http://www.rafaelfrota.com
Resposta #14 Online: 23 de Julho de 2007, 15:41:41
Algumas observações importantes sobre registros.

1 - essa história da carta é uma furada sem tamanho. Até porque não tem como se provar que a data do carimbo é válida ou retroativa. Essa carta não vale como prova em um tribunal. Não se iludam mt com isso

2 - O registro de obras visuais (fotografias, logomarcas, gravuras, desenhos, etc) não é feito na biblioteca nacional, mas na Escola de Belas Artes da UFRJ. O registro na BN são pra obras que tenham texto em sua maior parte. O registro do INPI. O registro junto à EBA/UFRJ é para cobrir a autoria da CRIAÇÃO da marca. O registro do INPI visa o registro da UTILIZAÇÃO da marca associada ao nome da empresa.  Aí depende do que se quer.

3 - "Agora tem direito quem realmente faz uso da marca".  Isso não é bem assim. Se a marca for registrada, a causa é ganha. Principalmente se alem do registro vc tiver provas incontestaveis da autoria e da utilização.

4 - A lei de direitos autorais prevê que independente de registro, uma obra autoral deve ser representada a seu dono. mas na boa, não quer ter problemas? REGISTRE!

Abração a todos!