Autor Tópico: Light Ratio - Como entender?  (Lida 2079 vezes)

LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Online: 04 de Outubro de 2007, 16:56:54
 Estava lendo dois livros sobre luz de estudio e neles explicava que quando duas tochas estão com a mesma medição o Ratio é de 2:1.

 Sempre pensei que era 1:1 e 2:1 era quando a key light ficava com 1 ponto a mais que a fill light.

 Tinha uma tabela assim:
 
 0 stops de diferença entre a key e fill = 2:1
 1 stops de diferença entre a key e fill = 3:1
 2 stops de diferença entre a key e fill = 4:1
 3 stops de diferença entre a key e fill = 5:1

 Como é calculado isso?
 O Ratio pode varia de acordo com o posicionamento(ângulo) das tochas?
 Como entender melhor essa relação de potência?

« Última modificação: 04 de Outubro de 2007, 17:00:13 por LeandroFabricio »
São Paulo - SP


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 04 de Outubro de 2007, 22:22:59
Leandro existem as duas vertentes, existem aqueles que pregam o ratio tendo:
1:1 luz âmbiente = flash.
2:1 luz âmbiente 1 ponto acima do flash.
4:1 luz âmbiente 2 pontos acima do flash...
E por ai vai e existem as vertentes que descrevem:
2:1 luz âmbiente = flash.
3:1 1 ponto.
4:1 2 pontos
5:1 3 pontos e por ai vai...

Eu gosto mais da primeira vertente, porque obviamente ela é mais lógica para um padrão linear de saída de luz, mas tem gente que usa o conceito citado por você, que na verdade se refere a uma relação entre a luz total e o flash de enchimento sozinho. Ambas estão corretas, mas o importante é saber que tipo de relação que se está definindo, pois caso contrário pode não haver entendimento a respeito...
Ratio = Relação, é um conceito matemático que pode ser aplicado a diversas coisas, de diversas formas, por isso é importante definir exatamente a que você está se referindo... ;)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 05 de Outubro de 2007, 00:55:52
Então Leo,

No primeiro exemplo onde:
2:1 quando a luz principal tem o dobro de luz que a luz de enchimento.
4:1 quando a luz principal tem quatro vezes mais luz que a luz de enchimento.

Entendo perfeitamente essa relação. Mas como se chega a essas relações do segundo exemplo.
3:1 quando a luz principal é 1 ponto mais forte.
Fica 2+1:1 é isso? Onde o 2 representa uma fonte 1 stop mais forte que a luz principal daí soma-se mais 1 que seria a luz de enchimento?

Mas como fica o 5:1?? Seria 4 vezes mais luz que a principal?
1 stop = 2x mais luz?
2 stop = 4x mais luz?
3 stop = 8x mais luz?


 Não sei se estou falando besteira, mas me parece que o primeiro exemplo teria um uso melhor quando não há mistura das áreas iluminadas por cada tocha. Cada flash iluminando uma área isoladamente. Já a segunda opção parece funcionar melhor quando se usa o fill flash iluminando uma área onde a key ligth também é presente. Faz sentido?
São Paulo - SP


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 05 de Outubro de 2007, 01:01:37
Então leandro, o primeiro exemplo é realmente muuuuito mais prático, eu particularmente prefiro...
:)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 05 de Outubro de 2007, 12:10:22
Então leandro, o primeiro exemplo é realmente muuuuito mais prático, eu particularmente prefiro...
:)

Quando se trabalha em E-TTL wireless o flash esse esse, correto?

Então, também acho mais prático. Mas queria entender melhor essa segunda forma. Você sabe como calcula?

Será que esse segundo modo não funciona bem quando há mistura de luzes?
São Paulo - SP


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #5 Online: 05 de Outubro de 2007, 14:22:22
Pelo que eu entendo, um ratio de 1:1 acontece quando a luz incidente do key light e do fill light tem a mesma forca.

1:2 e o fill light esta 1 fstop abaixo da key (ou vice versa)...

Citar
Mas como fica o 5:1?? Seria 4 vezes mais luz que a principal?
1 stop = 2x mais luz?
2 stop = 4x mais luz?
3 stop = 8x mais luz?

1:5 sao 4 stops acima da fill light (extremo contraste!!!) A sua tabela acima esta correta.. sao 16x mais luz. Enquanto o fill esta em 2.8, o highlight esta em f/11.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 05 de Outubro de 2007, 15:07:07
Pelo que eu entendo, um ratio de 1:1 acontece quando a luz incidente do key light e do fill light tem a mesma forca.

1:2 e o fill light esta 1 fstop abaixo da key (ou vice versa)...

1:5 sao 4 stops acima da fill light (extremo contraste!!!) A sua tabela acima esta correta.. sao 16x mais luz. Enquanto o fill esta em 2.8, o highlight esta em f/11.

 Então Padu, esse modo que você disse é o primeiro exemplo, mas ví em dois livros sobre luz do estúdio em que 5:1 é a Key 3 pontos a mais que a Fill Light.
 Não consigo entender.

 0 stops de diferença entre a key e fill = 2:1. Isso seria do lado esquerdo 1 ponto da key +1 ponto da fill e do lado direito somente um ponto da fill.

 1 stops de diferença entre a key e fill = 3:1. Isso seria, do lado esquerdo 2 pontos da key +1 da fill e do direito somente o fill.

 Em 3 Stops fica confuso, pois nessa tabela seria 5:1, então 4 pontos da Key +1 de fill do lado esquerdo, completando os 5pontos e somente 1 ponto de fill do lado direito. 5:1. Mas 3 stops não são 4 vezes mais luz.

 
 Não entendi essa tabela, mas o Leo disse que existe e também ví em 2 livros de iluminação. Não pode estar errada. E diz claramente que 3 stops de diferença é 5:1.
 
São Paulo - SP


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #7 Online: 05 de Outubro de 2007, 15:20:33
Eu ja vi isso em algum lugar, mas realmente eh confuso.

Faz sentido em algumas situacoes. Por exemplo, a sua key esta aa esquerda do modelo e o fill esta aa frente do modelo, entao algumas areas vao receber a luz das duas fontes, enquanto que outras receberao luz apenas da fill... neste caso, 2:1 faz sentido (highligh esta recebendo 2x mais luz do que os shadows).

Mas se as luzes estao configuradas de modo que nao existam interseccoes, entao nao eh 1:1.


Alias, se as duas sao iguais... os termos key e fill ja ficam inconsistentes... mas ai eh semantica
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #8 Online: 05 de Outubro de 2007, 15:23:53
Da uma olhada neste artigo:

http://www.photoflexlightingschool.com/Lighting_Lessons/Basic_Lighting/Portrait_Indoor/Three_Light_Portrait__Too_Much_Power__Never_/index.html

"We started with a standard approach to lighting a basic portrait. The two images below (figures 1 & 2) show two lights, a main light and a fill light, positioned on each side of the camera at about 45 degrees to the model. Here, both lights were set to the same power setting, giving us f/8 @ 1/125 as an exposure on both sides of the model's face. This type of even lighting is typically referred to as a 1:1 lighting ratio."
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #9 Online: 05 de Outubro de 2007, 16:05:35
Pessoal a questão toda é que vcs estão levando em conta Ratio como se fosse uma nomenclatura específica de um único tipo de uso e na verdade ratio é relação matemática.
Toda vez que tivermos uma relação vamos usar o termo ratio, para definir contraste você pode faze linearmente (modo que eu inclusive prefiro), comparando duas luzes, comparando luz total com uma luz (como indicado pelo exemplo do leandro) e por ai vai, porém existem colocações que não atendem sequer a definição matemática de relação.
1:1 por exemplo, dizer que é a relação entre o flash e a luz âmbiente faz sentido, já dizer que 1:1 como relação da principal para a secundária (como no exemplo do Leandro e como muitos teimam em usar) é completamente impossível, porque 1:1 de âmbiente para flash não significaria ambas iguais e sim apenas uma fonte de luz secundária.

já 2:1 em relação log pode ser o mesmo que 4:1 em relação linear e por ai vai, é tudo uma questão de matemática e definições, se misturar as coisas ferra tudo...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 05 de Outubro de 2007, 17:10:30
Citar
1:1 por exemplo, dizer que é a relação entre o flash e a luz âmbiente faz sentido, já dizer que 1:1 como relação da principal para a secundária (como no exemplo do Leandro e como muitos teimam em usar) é completamente impossível, porque 1:1 de âmbiente para flash não significaria ambas iguais e sim apenas uma fonte de luz secundária.[/i]

 Não compreendi. As partes em negrito, muito menos a parte em itálico.

 Mas entendi a explicação sobre relação matemática.


 Pô, mas aí fica complicado aprender através de livros se cada um vai falar uma línguaguem completamente diferente.
Citar
2:1 em relação log pode ser o mesmo que 4:1 em relação linear
A partir dessa informação. O que eu faço quando ler sobre ratio nos livros? Não dá pra saber exatamente o que eles estão querendo dizer, por muitos, (pra não falar todos), não explicam a relação em si. O que pode atrapalhar muito na hora de correr atrás de um efeito em espefíco.

 Pergunta:
 Vale a pena esquentar a cabeça com isso ou uso esse método mais simples que funciona bem???


 Já lí tanto sobre isso e parece que estou andando em círculos.
São Paulo - SP


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #11 Online: 05 de Outubro de 2007, 18:15:33
Ups... Na primeira leia-se: 1:1 como relação da luz total para a secundária... Senão realmente não faz sentido rs...
Com relação ao conceito é simples, se 1:1 é a relação entre luz total com a luz de enchimento então matematicamente é OBRIGATÓRIO que a luz total seja IGUAL à luz de enchimento, portanto essa relação se refletiria em uma luz de enchimento que na verdade estaria atuando como única fonte de luz principal. ;)

Normalmente eles falam a que relação estão se referindo ao detalhar o conceito.. Mas é simples, essas relações são todas conversíveis e definidas matematicamente, se a relação não faz sentido em termos matemáticos no formato que você está acostumado é porque eles estão usando outro formato rs.....

Na verdade não precisa esquentar a cabeça com isso... Use a relação linear que é mais simples de entender e permite um uso mais intuitivo que o resultado será o mesmo... :)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #12 Online: 05 de Outubro de 2007, 18:21:25
Leandro,

Voce chegou ao ponto... o que eh mais importante? Saber qual eh a representacao ou saber como iluminar? Eu fico com a ultima.

Nessa area, eh preciso tomar cuidado com tecnicalismos bobos. Se a foto ficou como vc imaginou, ou se voce sabe iluminar (ou usar a luz disponivel) uma cena para obter um determinado resultado, basta.

Se vc esta lendo um livro e o cara usa uma determinada terminologia, na maioria dos casos, eh possivel pegar o significado por contexto, e se nao for, eh um forte indicativo que o autor eh prolixo demais ou nao sabe se expressar.


Eu estou escrevendo minha tese, e tenho que ler no minimo 5 artigos academicos por semana... eh muito facil notar que muitos autores somente se preocupam em mostrar que sabem do jargao da area, demonstrando extrema falta de respeito para com o leitor. pra mim eh problema de ego.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #13 Online: 05 de Outubro de 2007, 20:06:26
Gente, que birutice !
Não sei que livros são esses que vcs andam lendo, mas o light ratio é bem simples. É a relação de intensidade entre duas fontes de luz que incidem sobre o mesmo objeto, ou seja, main light e fill light ( principal e preenchimento) . Para facilitar :
1:1 = as duas luzes incidem com a mesma intensidade sobre o objeto. Em um rosto, por exemplo, vc vai ver uma imagem do tipo " Jornal Nacional" , o rosto igualmente iluminado dos dois lados.
2:1 = a luz principal aqui tem o dobro da intensidade da preenchimento, ou seja 1 ponto `a mais
3:1 = a luz principal tem o triplo da preenchimento, 1.5 ponto `a mais
4:1 = a luz principal tem quatro vezes mais que a de preenchimento, 2 pontos `a mais
e por aí vai.
Quanto maior o ratio, maior o contraste, e dependendo da posição das luzes, também maior textura em relação ao objeto fotografado. E `a não ser que a luz ambiente seja ou principal ou preenchimento, ela nada tem a ver com esse cálculo de ratio. Em foto de estúdio vc mede a intensidade do flash, a luz ambiente é irrelevante.

Essa parte técnica da iluminação pode ser essencial em várias situações. Cada fotógrafo acaba registrando da maneira que melhor lhe parece, mas todos precisamos saber técnicamente como funciona a teoria da luz e sua incidência na fotografia. Vamos dizer que você é chamado prá fazer um catálogo de objetos, 150 fotos, ganha a maior grana. No mês que vem, seu cliente diz que quer fazer 300 fotos mais, só que tem que ser a mesma absoluta iluminação que vc usou no primeiro catálogo. Se vc anotou o ratio, que luzes usou, e como fez as primeiras, tá resolvido.

()s

GuiGui


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #14 Online: 05 de Outubro de 2007, 20:15:40
GuiGui,

Eh exatamente isso o que estamos discutindo.

O que voce descreveu faz sentido, mas em alguns livros, nao eh assim que eles descrevem.

Pense bem:

Se voce tem duas fontes de luz, ambas posicionadas aa 45 do modelo e com a mesma potencia/distancia, vc tem 1:1
No exagero, se as duas estao posicionadas a 90 graus do modelo, um lado vai ter o dobro de luz, enquanto que o outro nao vai ter nada (desde que nao haja nada refletindo do outro lado)
Mas se voce tiver uma luz aa 90, e a outra em frente, entao uma area vai ter o dobro de luz da outra, mesmo com as duas fontes reguladas com a mesma potencia.

Acho que eh dai q vem a confusao.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California