Autor Tópico: filme 35mm: duvida entre os produtos  (Lida 3096 vezes)

Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Online: 12 de Outubro de 2007, 14:38:57
olha mais um topico de duvida meu aí, geeente.
rsrsrs

é o seguinte.
entrei numa comunidade do orkut chamada "Fotografia 35mm"
e lá tem um tópico chamado "nunca usei Cromo" (alguém que nunca usou cromo, queria tirar duvidas...)

na verdade.
no inicio, como eu , eu não necessito disso. ACHO (me corrijam caso esteja errado)
estou aprendendo e relembrando um curso que fiz há pouco mais de um ano atrás.

então pra mim um rolo negativo e revelação tradicional 10X15 é o suficiente pra eu ver no que preciso melhorar em termos tecnicos (foco, profundidade de campo, enquadramento, luzes, etc)


eu ACHO que não é hora, pelo menos ainda (até eu ficar fluente na parte tecnica), de pegar esses filmes "positivos" (não sei o nome mas não sao negativos e nem P&B)

eu não sei qual é a diferença de Cromo pra Positivo pra Slide...
nem mesmo quais as marcas respectivas.

---
estou certo nessa ideia de fotografar com negativo até eu me sentir seguro do que estou fazendo, né?? ou não??
pq, eu li e realmente concordo, fotografar natureza é (aspas) "complicado".
o verde das arvores é uma cor ingrata. se vc não souber oq vc está fazendo ela pode ficar uma cor feia na foto.. cor sem vida.

por isso que eu acho que os experts usam filmes "positivos" (eu nao sei qual o nome deles...) pra fotografia de natureza ,em especial.
porque né.. é vida. tem cores muito berrantes, cores chamativas...
um tiê-sangue em negativo e um tiê-sangue em "positivo" deve ter bastante diferença.
tem até um lance de "latitude":
negativo +/-2 EV
positivo +/- 0.5 EV


agora.
além da duvida de "usar o quÊ?"

eu queria saber mais precisamente o que é um filme cromo? ou slide? ou positivo?
ou é tudo a mesma coisa?

eu ja tirei foto com slide.
era um .. sei la qual o nome. lembro do ISO .. era ISO 50.
isso foi numa saída fotográfica do curso que fiz. E a professora colocou num projetor pra analisar as fots na sala de aula.


é isso pessoal.
minha duvida é sobre os filmes que não são os negativos.
que se dividem em categorias, as quais eu não tenho conhecimento.

alguem se habilita?rsrs
ou tem alguma pagina na internet que conheçam? aí, é só postar o link!!! =)

fico muito agradecido mais uma vez.
abraços!!!

----
eu tentei entender alguma coisa lendo no wikipedia
mas não há nada demais. nada que ajude muito.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 12 de Outubro de 2007, 15:01:33
Olha cromos são filmes positivos, eles registram a cor exata e não a complementar (como o negativo)...
Os cromos são mais finos, apresentam melhor saturação, mas apresentam menor latitude...
Eu fotografo quase sempre com o Velvia 100, ele é meu filme favorito, é um Cromo bastante saturado, mas é uma questão de gosto... :)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #2 Online: 12 de Outubro de 2007, 15:03:00
Oi Pedro,

Acho que eu posso te ajudar um pouco. Apesar de ter comecado a fotografar ja faz um tempinho, eu so comecei a usar cromos ano passado.
Entao vamos la.



eu ACHO que não é hora, pelo menos ainda (até eu ficar fluente na parte tecnica), de pegar esses filmes "positivos" (não sei o nome mas não sao negativos e nem P&B)

Eu comecei jogar golf faz pouco tempo.. e todo mundo me falava que ainda nao era hora de usar o meu driver (o maior taco da bolsa, o gordao)...
Quem me falaram sao pessoas experientes, portanto eu dei ouvidos... ate uma certa hora que eu nao resisti e peguei o meu driver...
Realmente, eu fiz muito mais cagada com o driver do que qualquer outro taco, perdi pontos e bolinhas... mas foi em uma tacada eu pude experimentar o prazer absoluto, a bolinha voou por 300 metros, retinha... ainda nao consegui uma outra tacada como aquela, mas a lembranca daquele dia me agrada

moral da historia... nao se limite pelo que os outros falam. experimente. esse lance de "nao esta na hora" so serve para filme do karate kid.

Citar
eu não sei qual é a diferença de Cromo pra Positivo pra Slide...
nem mesmo quais as marcas respectivas.

basicamente, eh tudo a mesma coisa. eu nao gosto de chamar de slide porque nem todo cromo (ou positivo ou diapositivo) "slides". O nome slide vem por causa dos projetores de 35mm. Para projetar em 35mm, cada quadro do negativo eh recortado e colocado em uma armacao plastica. Essa armacao vai em um carretel e o projetor faz com que cada quadro "deslize" (em ingles deslizar = slide)... dai o nome.

Acontece que 35mm nao eh o unico formato disponivel para filmes diapositivos. (ou positivo, ou cromo, ou whatever), e ate hoje nao vi nenhum projetor de "slides" para 4x5 ou 8x10 por exemplo (mas ja pensei em fazer o meu).

principais marcas? fuji astia, provia e velvia... kodak ektachrome... esses sao os principais que eu uso. tem outros, mas nao sei se tao conhecidos.


Citar
estou certo nessa ideia de fotografar com negativo até eu me sentir seguro do que estou fazendo, né?? ou não??

depende... se eh isso o que vc quer.... mas so te falo uma coisa... quando voce ver o seu slide projetado na parede ou examinar com uma lupa em uma mesa de luz, voce pode ate ter um orgasmo.

Citar
pq, eu li e realmente concordo, fotografar natureza é (aspas) "complicado".
o verde das arvores é uma cor ingrata. se vc não souber oq vc está fazendo ela pode ficar uma cor feia na foto.. cor sem vida.

por isso que eu acho que os experts usam filmes "positivos" (eu nao sei qual o nome deles...) pra fotografia de natureza ,em especial.
porque né.. é vida. tem cores muito berrantes, cores chamativas...

realmente, alguns cromos sao bem saturados. o velvia por exemplo eh uma beleza para fotografar natureza, se cor berrante eh o que voce quer.

Citar
um tiê-sangue em negativo e um tiê-sangue em "positivo" deve ter bastante diferença.

afe... tie-sangue... isso eh uma cor?

Citar
tem até um lance de "latitude":
negativo +/-2 EV
positivo +/- 0.5 EV


Bom, eh verdade, a latitude do cromo eh menor (logico que depende de qual cromo). Mas tambem tem outra coisa.

Por exemplo, quando vc fotografa seu rolinho e manda imprimir no minilab, o carinha do minilab corrige a exposicao pra voce (eu sempre pedia para nao ajustar nada... assim eu podia ver meus erros). Se voce for projetar o seu slide, nao tem correcao. Eh direto do projetor pra parede...
eu ja tirei foto com slide.

Citar
era um .. sei la qual o nome. lembro do ISO .. era ISO 50.
isso foi numa saída fotográfica do curso que fiz. E a professora colocou num projetor pra analisar as fots na sala de aula.

velvia 50?

magnifico... o grao dele eh muito fino. tem o velvia novo, o 100F, que mesmo tendo o dobro da velocidade, consegue manter a mesma resolucao.

eu fui em um evento da fujifilm e eles me deram uns rolos de velvia 50. Tinha parado de fabricar se nao me engano, e agora esta voltando.




Bom, pra fechar... minha sugestao eh go ahead e tente. Se voce tiver acesso aa filme expirado, compre para diminuir custos. Se for mantido em geladeira, na maioria das vezes esta bom.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #3 Online: 12 de Outubro de 2007, 15:17:55
perfeito , ja saquei: Padu e Leo =)

Citar
um tiê-sangue em negativo e um tiê-sangue em "positivo" deve ter bastante diferença.
afe... tie-sangue... isso eh uma cor?

é esse bixo muito feio aqui
http://www.flickr.com/photo_zoom.gne?id=528764397&size=o


---
só não entendi uma coisa.
por que um filme ter menos latitude não é bom?

ou.
pq em termos de latitude o neg. é melhor q o cromo? quanto maior a latitude é melhor?


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #4 Online: 12 de Outubro de 2007, 15:49:59

é esse bixo muito feio aqui
http://www.flickr.com/photo_zoom.gne?id=528764397&size=o


---
só não entendi uma coisa.
por que um filme ter menos latitude não é bom?

ou.
pq em termos de latitude o neg. é melhor q o cromo? quanto maior a latitude é melhor?


Caraca, que bonito!

Latitude: quanto maior melhor.

Por exemplo, em um dia ensolarado, voce vai ter partes do cenario iluminadas diretamente pelo sol. Provavelmente um f/16 em 1/100s. Na mesma cena, se voce expor para as sombras, vc pode ter um f/4 ou ate f/2.8 dependendo das condicoes. Essa eh a latitude da cena, entre 4 e 5 stops. (lembre-se que aa cada stop, a quantidade de luz dobra ou se reduz aa metade, dependendo da direcao que voce esta indo).

Cada midia tem uma certa latitude quanto aa sensibilidade da luz. Se voce quiser capturar detalhes tanto nas luzes quanto nas sombras (sem recorrer ao uso de refletores ou flash), a sua midia tem que ter latitude suficiente para cobrir essa faixa (4 ou 5 stops nesse exemplo), se nao tiver, voce vai perder detalhes nas sombras ou nas luzes, dependendo da referencia que voce esta usando para a exposicao.

Eh ruim nao ter latitude? Depende do que voce esta fazendo (uma foto do por do sol com uma pessoa em silhueta por exemplo), mas na maioria das vezes voce quer uma boa latitude.
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #5 Online: 12 de Outubro de 2007, 18:24:57
ahhhhm sim saquei...
podia ter algum filme com latitude do olho humano ^^

entendi perfeito perfeito..

valeu aê por explicar =)  ;)

cya


padu

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
  • Sexo: Masculino
  • I have ten fingers
    • Padu Casual Photography
Resposta #6 Online: 12 de Outubro de 2007, 19:12:39
ahhhhm sim saquei...
podia ter algum filme com latitude do olho humano ^^

entendi perfeito perfeito..

valeu aê por explicar =)  ;)

cya

dizem as mas linguas que esse ai aguenta por volta de 11 f-stops
http://www.flickr.com/photos/padu_merloti/ http://padu.merlotti.com <br />Sony Alpha 100, Minolta Maxxum 7, Toyo4x5  View Camera, Calumet 4x5 View Camera, 1942 US Navy 4x5 Combat Camera, Voighlander Bessa R, Canon Powershot SD800, Minolta Maxxum 7000 (aposentada), Zenit 12XP (aposentada)<br />San Diego, California


Eduikeda

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.116
Resposta #7 Online: 13 de Outubro de 2007, 08:22:23
Concordo plenamente, experimenta um Velvia e depois de revelado vc não vai querer saber mais de negativo....


Oi Pedro,

Acho que eu posso te ajudar um pouco. Apesar de ter comecado a fotografar ja faz um tempinho, eu so comecei a usar cromos ano passado.
Entao vamos la.



eu ACHO que não é hora, pelo menos ainda (até eu ficar fluente na parte tecnica), de pegar esses filmes "positivos" (não sei o nome mas não sao negativos e nem P&B)

Eu comecei jogar golf faz pouco tempo.. e todo mundo me falava que ainda nao era hora de usar o meu driver (o maior taco da bolsa, o gordao)...
Quem me falaram sao pessoas experientes, portanto eu dei ouvidos... ate uma certa hora que eu nao resisti e peguei o meu driver...
Realmente, eu fiz muito mais cagada com o driver do que qualquer outro taco, perdi pontos e bolinhas... mas foi em uma tacada eu pude experimentar o prazer absoluto, a bolinha voou por 300 metros, retinha... ainda nao consegui uma outra tacada como aquela, mas a lembranca daquele dia me agrada

moral da historia... nao se limite pelo que os outros falam. experimente. esse lance de "nao esta na hora" so serve para filme do karate kid.

Citar
eu não sei qual é a diferença de Cromo pra Positivo pra Slide...
nem mesmo quais as marcas respectivas.

basicamente, eh tudo a mesma coisa. eu nao gosto de chamar de slide porque nem todo cromo (ou positivo ou diapositivo) "slides". O nome slide vem por causa dos projetores de 35mm. Para projetar em 35mm, cada quadro do negativo eh recortado e colocado em uma armacao plastica. Essa armacao vai em um carretel e o projetor faz com que cada quadro "deslize" (em ingles deslizar = slide)... dai o nome.

Acontece que 35mm nao eh o unico formato disponivel para filmes diapositivos. (ou positivo, ou cromo, ou whatever), e ate hoje nao vi nenhum projetor de "slides" para 4x5 ou 8x10 por exemplo (mas ja pensei em fazer o meu).

principais marcas? fuji astia, provia e velvia... kodak ektachrome... esses sao os principais que eu uso. tem outros, mas nao sei se tao conhecidos.


Citar
estou certo nessa ideia de fotografar com negativo até eu me sentir seguro do que estou fazendo, né?? ou não??

depende... se eh isso o que vc quer.... mas so te falo uma coisa... quando voce ver o seu slide projetado na parede ou examinar com uma lupa em uma mesa de luz, voce pode ate ter um orgasmo.

Citar
pq, eu li e realmente concordo, fotografar natureza é (aspas) "complicado".
o verde das arvores é uma cor ingrata. se vc não souber oq vc está fazendo ela pode ficar uma cor feia na foto.. cor sem vida.

por isso que eu acho que os experts usam filmes "positivos" (eu nao sei qual o nome deles...) pra fotografia de natureza ,em especial.
porque né.. é vida. tem cores muito berrantes, cores chamativas...

realmente, alguns cromos sao bem saturados. o velvia por exemplo eh uma beleza para fotografar natureza, se cor berrante eh o que voce quer.

Citar
um tiê-sangue em negativo e um tiê-sangue em "positivo" deve ter bastante diferença.

afe... tie-sangue... isso eh uma cor?

Citar
tem até um lance de "latitude":
negativo +/-2 EV
positivo +/- 0.5 EV


Bom, eh verdade, a latitude do cromo eh menor (logico que depende de qual cromo). Mas tambem tem outra coisa.

Por exemplo, quando vc fotografa seu rolinho e manda imprimir no minilab, o carinha do minilab corrige a exposicao pra voce (eu sempre pedia para nao ajustar nada... assim eu podia ver meus erros). Se voce for projetar o seu slide, nao tem correcao. Eh direto do projetor pra parede...
eu ja tirei foto com slide.

Citar
era um .. sei la qual o nome. lembro do ISO .. era ISO 50.
isso foi numa saída fotográfica do curso que fiz. E a professora colocou num projetor pra analisar as fots na sala de aula.

velvia 50?

magnifico... o grao dele eh muito fino. tem o velvia novo, o 100F, que mesmo tendo o dobro da velocidade, consegue manter a mesma resolucao.

eu fui em um evento da fujifilm e eles me deram uns rolos de velvia 50. Tinha parado de fabricar se nao me engano, e agora esta voltando.




Bom, pra fechar... minha sugestao eh go ahead e tente. Se voce tiver acesso aa filme expirado, compre para diminuir custos. Se for mantido em geladeira, na maioria das vezes esta bom.
Edu Ikeda

Nicão D 80

visite minhas fotos e comente:
www.flickr.com/photos/eduikeda


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 595
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #8 Online: 13 de Outubro de 2007, 21:59:10
...pra mim um rolo negativo e revelação tradicional 10X15 é o suficiente pra eu ver no que preciso melhorar em termos tecnicos (foco, profundidade de campo, enquadramento, luzes, etc)

Pedro, a grande vantagem do cromo sobre o negativo é o famoso "WYSIWYG" - What You See Is What You Get - O que você vê é o que você leva, que traduzido para a fotografia fica como "O que você fotografa é o que sai".
Fotografando com cromo não existe a etapa ampliação, onde são corrigidas, seja pela máquina, seja pelo laboratorista, as grandes bobagens que a gente faz quando está aprendendo. Então, a gente faz um monte de coisas errados (expõe mais, expõe menos, foca errado, etc.), a máquina corrige e a gente acha que está arrebentando.
No cromo, o filme só é revelado. O que você errou está ali para você estudar, assim como os acertos. A minha recomendação é que você use cromo e vá aprendendo com seus erros. Não varie muito a marca do filme inicialmente para você sentir mais intimidade com um determinado filme, que servirá de base para comparação com outros.
Eu uso fuji Provia (100 e 400 ASA) pois gosto muito das suas cores, definição, qualidade dos grãos. Para manter os custos compro rebobinado na Consigo, no Centro.

Citar
pq, eu li e realmente concordo, fotografar natureza é (aspas) "complicado".
o verde das arvores é uma cor ingrata. se vc não souber oq vc está fazendo ela pode ficar uma cor feia na foto.. cor sem vida.
por isso que eu acho que os experts usam filmes "positivos" (eu nao sei qual o nome deles...) pra fotografia de natureza ,em especial.
porque né.. é vida. tem cores muito berrantes, cores chamativas...
um tiê-sangue em negativo e um tiê-sangue em "positivo" deve ter bastante diferença.
tem até um lance de "latitude":
negativo +/-2 EV
positivo +/- 0.5 EV

De tanto usar cromo aprendi o seguinte:

- a latitude é BEM menor que a de filmes negativos, portanto sua fotometragem tem que ser mais precisa

- para cores mais saturadas e mais contraste subexponha o filem de 1/2 a 1 ponto

- para testar o comportamento de um filme vá variando a exposição de menos 2 a mais 2 pontos, por exemplo, numa interna com luz natural de uma janela, numa externa sob Sol e numa externa na sombra.

- tenha uma boa lupa (10x pelo menos) para analisar os resultados com relação a foco, nitidez e granulação

- preste muita atenção ao comportamento das cores com relação às variações de exposição

- leve num bom laboratório para revelar - eu uso o Labtec e o Tangran. São muito cuidadosos e profissionais, nunca tive problemas com eles. Os cromos são mais suscetíveis a variações de temperatura dos químicos.

- eu sempre deixo meus filmes no congelador, mesmo depois de fazer fotos, até levá-los para revelação. Claro que eles sempre ficam nas caixinhas pretas, fechadinhos para evitar a entrada de umidade. Eu os retiro de lá pelo menos uma hora antes de usar - sem retirar da caixinha para que não haja condensação no filme. É excesso de zêlo, mas as cores ficam muito boas...

Use cromo, aprenda com seus erros e acertos. Não tenha medo de errar, é assim que se aprende. Faça experiências depois que conhecer bem um determinado filme - exponha a mais, a menos, use cross-processing com filtros, pire e aprenda com isso. Você não vai se arrepender.

Abraço,

José Azevedo


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #9 Online: 14 de Outubro de 2007, 10:51:35
perfeitamente.

aqui no rio ,no centro, devem ter casas que os vendam rebubinados.


hehe. o problema (ou solução!) é me viciar no cromo . heheheh!!! caro pra dedel!


agora. só conheço 1(um), e somente um, lab que é serio e faz o trabalho com amor. Que é o famoso, conhecido por todos: o Kronocroma.

queria saber se alguem conhece outro, tão bom quanto (ou até melhor^^) .


agora. tem um pequeno problema.
bom,
lá no Kronocroma tem a tal da mesa de luz e a lupa.
e quando eu gostar da fotografia, daí eu peço pra ampliar, certo?

e há também como digitalizar o cromo, certo?
até mesmo pra postar aqui no forum. acho isso bacana.

 ;) :D


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #10 Online: 14 de Outubro de 2007, 14:19:11
Pedro;

Uma opinião.

Faça as coisas de forma simples primeiro. Quem faz o simples pode fazer o não simples.

O rolo de filme negativo custa 6 reais (ProImage 100). Tem lindas cores, adouradadas. Revela-se isso com escaneamento por mais 14 reais.

O rolo de cromo (Provia) rebobinado custa 17 reais, paga-se mais 10 de reelação e mais 14 de escaneamento.

Ou seja, comparamos 20 reais com 43 reais, mais que o dobro.

Penso que o importante na fotografia é fotografar. A forma mais barata é a melhor, pois fazemos mais.

O cromo é bonito, sem dúvida, de um tipo de beleza diferente daquela do filme negativo, mais contrastado, mais saturado. Não é nenhum bicho do outro planeta, só algo que precisa de mais cuidado com as luzes altas, pois estoura com facilidade.

Vez por outra compro um rolo de cromo e uso. Mas não é o sal da terra, é só uma brincadeira diferente. Particularmente, prefiro o filme negativo devido à maior latitude.


BACAMARTE

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 430
Resposta #11 Online: 14 de Outubro de 2007, 17:59:17
Pedro,

As dicas do Ivan foram boas, para variar. Mas exatamente sobre o que você falou, eu também gosto de fotografar com Velvia e Provia, e revelo no Kronocroma, o único que conheço, e sinto firmeza no trabalho dos caras, são sérios. Quanto a digitalizar, dá sim, normal. Como tenho escaner, pago 20 pratas pela revelação, mais 18 pelo filme rebobinado e imprimo as cópias que mais gosto. Só que cada impressão custa mais de 2 reais na Qualidart. Logo, como o Ivan bem disse, o custo acaba saindo elevado. Então, se você for fazer um filme de 36 poses, revelando e copiando, vai gastar quase 100 reais. Muita grana!  :o

Por isso, eu uso cromo, mas só de vez em quando, um rolinho aqui, outro acolá. Em geral, uso só filme negativo mesmo, pelo custo ser bem menor.


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 595
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #12 Online: 14 de Outubro de 2007, 23:01:21
agora. tem um pequeno problema.
bom,
lá no Kronocroma tem a tal da mesa de luz e a lupa.
e quando eu gostar da fotografia, daí eu peço pra ampliar, certo?

e há também como digitalizar o cromo, certo?
até mesmo pra postar aqui no forum. acho isso bacana.

 ;) :D

Pedro, você não precisa escanear o filme todo. E qualquer laboratório 1 hora que trabalhe com o Frontier da Fuji escaneia e amplia na hora. Por isso, eu vejo o custo de se usar cromo basicamente com o filme e a revelação.
Eu tenho escaner de filme por isso escaneio as imagens que mais gosto e trato em casa mesmo. Hoje em dia, aliás, mesmo filme negativo, eu apenas revelo, então escaneio e amplio somente o que eu realmente gosto, o que dá uma boa economia.
Se você quer ver o que está realmente fotografando, o cromo é a melhor solução. Realmente não é a mais econômica, mas é a única sem interferência de terceiros no processo.

Abraços,

José Azevedo


Pedro Vilas Boas

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 598
Resposta #13 Online: 14 de Outubro de 2007, 23:18:52
obrigado por todas as dicas pessoal
mesmo!

 :)