Autor Tópico: Foco: matrix, regulador ou ponto?  (Lida 1529 vezes)

Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Online: 12 de Novembro de 2007, 22:15:13
Olá a todos!
Tenho uma dúvida sobre focagem e agradeço a todos aqueles que se dispuserem a responder.
Gosto muito de fazer retratos. O visualizador da minha câmera é igual ao da imagem abaixo e a medição dispõe do três possibilidades: matrix, regulador e ponto.
Sei que o matrix mede a moldura integral (o enquadramento todo suponho), o regulador atribui peso maior ao centro e o ponto mede exatamente a área de focagem selecionada.
As coisas que li sobre fotografia de retratos sugerem focar sempre nos olhos da pessoa, não é uma regra, mas é um exemplo pra expor a dúvida. Bem, mas vamos à dúvida.
Se eu não colocar os olhos da pessoa exatamente em um dos cinco pontos de focagem, como na imagem abaixo, qual o melhor sistema, dentre os três, para deixar o rosto bem focado como no exemplo abaixo, cujos olhos não estão nem centro nem no ponto esquerdo do foco?

Tentei ser o mais clara possível, mas não sei se consegui. Mesmo assim obrigada pelo esforço de compreensão de todos.




« Última modificação: 12 de Novembro de 2007, 22:23:11 por Kika Salem »


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 588
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #1 Online: 12 de Novembro de 2007, 23:32:12
Oi Kika,

você está confundindo duas coisas:

sistemas para medição de luz e sistema de autofoco.

Sua máquina, pelas informações que você passou, é uma Nikon. Para medir a luz, muitas Nikon oferecem três opções de medição:

- Matrix, na qual a imagem é dividida em áreas com pesos diferenciados.

- Center weighted, no qual o CÍRCULO no meio do quadro tem um peso de 60% e o resto da área 40%.

- Spot, onde a medição é feita no quadradinho bem no centro do visor.

Todos eses modos são usados na fotometragem, na medição da luz para a exposição, não têm influência nenhuma no foco.

Eu não sei exatamente qual o modelo da sua Nikon ou os seus modos de foco, mas o foco é feito nas áreas marcadas com quadradinhos, inclusive a do centro que é a mesma do modo spot - mas o sensor é outro...

Normalmente você deve ter a opção de selecionar o sensor de preferência ou deixar a máquina escolher automaticamente ou mesmo usar todos. Mas só sabendo o modelo é que dá para dar uma sugestão.

Mas releia o manual para desfazer a confusão modos de fotometragem x modos de AF.

Abraço,

José Azevedo


kiran

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
    • PROFISSIONAL
Resposta #2 Online: 12 de Novembro de 2007, 23:55:15
o José falou certo, mas vou tentar te ajudar mais um pouco (ou atrapalhar)

para fazer foco: você tem os 4 retángulos q aparecem na imagem q vc postou, quando vc mexe no dial de foco pode escolher cada um deles, certo? já consiguiu isso?
para usar a foto q vc postou, vc deveria escolher o retángulo q representa o ponto de foco que está a esquerda da imagem (obviamente) e posicionar ele encima do olho do modelo neste caso
no olho esquerdo que está mais evidente.
não identifiquei o modelo da sua camera, mas em geral todas tem um funcionamento parecido, elas tem também uma opção onde o foco é feito automaticamente no objeto mais proximo, esta opção
fica desabilitada quando vc escolhe o sistema de trocas de ponto.

se ainda tem dúvidas poste novamente, outros colegas tentarão ajudar mais.
abrazo


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #3 Online: 13 de Novembro de 2007, 07:36:04
Ai ai ai, confundi tudo, mas agora acho que entendi a natureza da confusão e acho que entendi também a instrução de um livro sobre o uso do autofoco e a referência aos retângulos. Minha câmera é a D50.
E eu há tempos encucada com essa dúvida. Mas é aquela velha história se eu posso complicar... :-\

MIL VEZES OBRIGADA JOSÉ E KIRAN.
« Última modificação: 13 de Novembro de 2007, 07:56:02 por Kika Salem »


Fransergio Paiva

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.522
  • Sexo: Masculino
    • http://www.fransergiopaiva.com.br/
Resposta #4 Online: 13 de Novembro de 2007, 08:54:32
Kika

A D50 é uma ótima máquina, principalmente para quem está iniciando... já tive as mesmas dúvidas que você (e tenho outras que você ainda nem está pronta a conhecer).  Lí o manual umas 3 vezes, sendo que somente na última eu li com a máquina junto.

O que me fez aprender muito foi participar dos passeios e brincar em casa. 

Os métodos de auto-foco (ou sistemas de auto-focus) da D50 são:
      Sigle Area (área única)                 - a câmera usa somente o sensor (o retângulo) que você escolheu para fazer o foco.  Você escolhe usando o controle de setas.  O retângulo escolhido é o que fica escuro.
      Dinamic Area (área dinamica)            - o foco é feito inicialmente sob o objeto em que está próximo ao sensor escolhido (como no Sigle Area), mas consegue detectar se o objeto está em movimento e trocar de sensor se necessário.
      Close Subject Priority (objeto proximo) - a câmera escolherá automaticamente o  sensor que indicar o objeto mais próximo.  O modo Auto usa este método de auto-focus.

   Basicamente eu uso muito o modo de Área Única.  O de Área Dinâmica eu ainda não domino.

 
Agora.. existem também os modos de auto-focus:
      Simple (AF-S)    -   o foco ocorre somente no momente em que o botão do obturador é pressionado (até a metade).  Se o objeto focado mover-se, o ponto focado fica no mesmo lugar.
      Contínuo (AF-C)  -    o foco ocorre inicialmente no momento em que o botão do obturador é pressionado (até a metade).  Se o objeto focado mover-se (mas estiver dentro do retângulo que indica o sensor do foco) a máquina refaz do ponto focal.  Muito útil para objetos em movimento contínuo.  O foco só é travado no momento em que você termina de pressionar o botão para fazer a captura da imagem.
      Auto  (AF-A)     -     é a mistura dos dois modos.  A máquina tenta descobrir que usará o AF-S ou ou AF-C.  Normalmente não uso este modo.

      o AF-S uso mais constantemente, pois permite que eu:
           1o -  inicie o foco no olho no do modelo
           2o -  monte a composição da foto (por exemplo, coloque o modelo mais a direita ou a esquerda do frame)
           3o -  efetue o disparo.

      no AF-C, isto seria impossível, pois no momento que for fazer a composição, o foco irá ser refeito.  Uso muito o AF-C para fotografar criancas em movimento.

Bem.. espero que tenha mais ajudado que atrapalhado.

Fransergio Paiva
Analista de Sistemas
Belo Horizonte - MG  - 
Nikon D7200
Nikon D300s
Nikon D50
Nikon 50mm 1.8 / Nikon 80-200mm 2.8 / Tamron 28-75mm 2.8
SB-600 / SB-900
Sekonic L-358 Flash Master Light

http://www.fransergiopaiva.com.br/


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #5 Online: 13 de Novembro de 2007, 10:08:35
Nossa, vocês estão me ajudando muito a entender essa questão e outras mais.
Li o manual quando comprei a câmera, mas vejo que uma vez não é suficiente, ainda mais se você não domina as ferramentas básicas, são muitos detalhes. O negócio é ler junto com a câmera e com dúvidas pré-formuladas, assim a leitura é mais vantajosa como você disse.
Vou fazer um curso também, só preciso concluir algumas tarefas de trabalho. Também não gosto de entrar em cursos sem saber absolutamente nada, é sempre bom ter uma noção mínima.

OBRIGADÍSSIMA JOÃO, KIRAN E FRANSERGIO.




helder84

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.187
Resposta #6 Online: 13 de Novembro de 2007, 14:34:21
Nessa distancia, pra tentar deixa o rosto em foco eu selecionaria uma abertura como F/4.0 ou F/5.6 e deixaria o ponto de foco no meio ou lado esquerdo (tanto faz).
Quanto maior a abertura, mais vc percebe onde está o foco. Quanto menor a abertura, menos vc percebe onde está o foco!
:D
Helder Viana

"É um que sabe mais que o outro."


Davi Sato

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.036
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #7 Online: 13 de Novembro de 2007, 15:40:01
Bom, eu tenho uma K10d... ela tem 11 pontos de foco pra se escolher. Mas em 99% das vezes eu só uso o do meio. Normalmente eu faço a fotometria primeiro, medindo no assunto que eu quero ou dependendo da situação em outra coisa... e depois, somente depois da fotometria feita, é que eu vou me preocupar com o foco. Geralemente no caso de retratos, uso o ponto de foco do meio mesmo, e depois movo a cam pra compor a cena...

Mas, nunca me preocupei em fazer o foco exatamente no olho da pessoa... Será que isso faz tanta diferença assim? Se for com dof curto acho que vá lá  ne? ...
Pentax K10d / Sigma 28-70 f/2.8 / Pentax 18-55 / Pentax 50-200
São Gotardo – MG


Fransergio Paiva

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.522
  • Sexo: Masculino
    • http://www.fransergiopaiva.com.br/
Resposta #8 Online: 13 de Novembro de 2007, 15:58:34
Davi

Para retratos basicamente são os olhos que mais chamam a atenção, por isto a importância deles estarem focados.

Pegue uma foco de retrato e use o sharpen local nos olhos e veja que o retrato com os olhos nítidos fica mais agradável.

 ;D
Fransergio Paiva
Analista de Sistemas
Belo Horizonte - MG  - 
Nikon D7200
Nikon D300s
Nikon D50
Nikon 50mm 1.8 / Nikon 80-200mm 2.8 / Tamron 28-75mm 2.8
SB-600 / SB-900
Sekonic L-358 Flash Master Light

http://www.fransergiopaiva.com.br/


leoduzzi

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 454
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/89441206@N00/
Resposta #9 Online: 13 de Novembro de 2007, 18:43:42
Eu também estava com esta dúvida de que se eu fizesse o foco através do ponto cental e depois refizesse a cena iria prejudicar o foco, mas pensando bem, somente se estiver com um DOF muito estreito irá prejudicar o foco com essa recomposição, pois o movimento que fazemos para refazer a cena após a focagem muda quase nada na distancia entre o "sensor" de foco e o objeto, a não ser que seja uma foto muito próxima, como numa macro, até mesmo porque refazer a cena geralmente só necessita de uma rotação pequena em torno do nosso corpo (menos 30°), e a distancia altera minimamente.

Neste caso tem outra vantagem, se utilizar fotometragem spot voce mata dois coelhos com uma paulada só (foco + fotometria), ainda mais se for fotografia de momento, se vc for fotometrar, depois fazer a cena e depois focar, já se foi o momento.

Abraços
Leo Duzzi
D50 + D7000 + Tamron 17-50 2.8 VC + Nikkor 18-135mm + Nikkor 50mm  1.8 + Nikkor 28-80mm + SB-600
http://www.flickr.com/photos/leoduzzi