Autor Tópico: Tabela de Preços p/ Fotojornalismo (2007)  (Lida 5366 vezes)

Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Online: 11 de Dezembro de 2007, 20:46:38
Pessoal peguei aqui a tabela da ARFOC para o Rio de Janeiro, postei aqui para ajudar quem tem dúvida quanto a preços e pisos salariais. Isso pode variar de estado para estado e do nível de legalidade na qual o veículo trabalha rs...

Fotojornalismo com equipamento do fotógrafo
Tempo de Reportagem
Valor
Saída (Até 3 Horas)
R$ 307,00
Jornada (Até 5 Horas)
R$ 464,00
Saída Mista (Cor e PB) (Até 3 Horas)
R$ 693,00
Diária Viagem
R$ 783,00
Plantão (Até 7 Horas)
R$ 783,00


Os preços não incluem tratamento e são válidos para digital ou filme.

Piso Salarial para jornada de trabalho de 5 horas R$ 3.497,00
Piso Salarial para jornada de trabalho de 7 horas R$ 5.594,00

Valor de tratamento R$ 14,42 por imagem.
Valor por transmissão de imagem R$ 14,42 por imagem.

Trabalhos publicados sem crédito serão multados em 50% do valor conforme a lei nº 9610 de 19/02/98.

Espero que ajude...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #1 Online: 12 de Dezembro de 2007, 22:03:55
Muito boa a tabela heheeh

E tem FOTÓGRAFO aqui de Ribeirão Preto que faz casamento por R$100,00 "contos" e ainda entrega foto.... :P

Qual tabela ele será que pegou por base?
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #2 Online: 12 de Dezembro de 2007, 23:16:00
Então essa é a base da categoria de fotojornalistas para o Rio...
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #3 Online: 13 de Dezembro de 2007, 01:39:04
Então essa é a base da categoria de fotojornalistas para o Rio...

Pois é Léo... apenas mencionei que tem gente tirando foto BEM FORA DA TABELA (mesmo não sabendo a tabela daqui de Rib. Preto... e ainda mais de casamento que deve ser maior ainda o valor por foto).

E sem querer entrar no assunto, mas já entrando, é aquele negócio... tem tabela, mas no "fritar dos ovos" o camarada põe o preço que ele acha...

E o pior é que: o pessoal acha que o mercado é que faz o preço, num é?
Ledo engano... o profissional é que molda o mercado...

Eu só náo cobro R$5.000,00 num casamento porque eu acho que não vale (por enquanto hehehe)... mas cobrar R$100,00 contos? ((e se ainda fosse um ou outro né "para amigos" - "pagando o combustível tá bom"... não... são todos!!))

Na área do fotojornalismo então... nem se fala... tem gente que é capaz de até pagar a foto para sair no jornal!!!

"Olha lá... minha foto saiu no jornal tal..."....

((no começo da profissão ou sempre num jornal específico eu acho válida a troca de favores, mas em qualquer jornal, e publicar a foto somente por publicar?)) Qual a vantagem?

E cobrar baratinho sempre tb não é vantagem nenhuma:

1. porque todos vão querer que vc faça aquele preço
2. se é barato, tem aquele preconceito de que é ruim

Gr. abraço,

Renato
« Última modificação: 13 de Dezembro de 2007, 01:43:07 por neocosmo »
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Petrucio Moraes

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 48
    • http://www.flickr.com/photos/petruciomoraes/
Resposta #4 Online: 13 de Dezembro de 2007, 09:34:05
Pessoal,

Aproveitando o tópico...
Alguém tem tabelas de preços para fotos realizadas em estúdio? Gostaria de saber como está o mercado de books e fotografia publicitária (still e foto com modelos).


Obrigado.
Elton Petrúcio Moraes
Nikon D70s / Nikkor 18-70mm
www.flickr.com/photos/petruciomoraes


Beto Eterovick

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.390
  • Sexo: Masculino
  • NOVO SITE: www.betoeterovick.fot.br
Resposta #5 Online: 13 de Dezembro de 2007, 10:12:39
O profissional é que faz o seu preço. É claro qe existem tabelas de referências...porém...conheço fotógrafos de casamentos que cobram 8.000. No início de carreira os fotógrafos tendem a cobrar mais barato, tanto pelo fato de não terem uma vasta experiência como também estão começando e precisam criar sua carta de clientes. Mas agora existe uma grande diferença entre cobrar um preço mais baixo porque está entrendo no mercado e depreciar o próprio serviço. Prefiro 1000 vezes cobrar um preço que acho justo e que condiz com o nível do meu trabalho, fazendo uma menor quantidade de trabalhos do que cobrar baratinho, fazer muitos trabalhos e ficar conhecido como "barateiro". O mercado seleciona, com certeza. Mas que atrapalha, isso atrapalha.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #6 Online: 13 de Dezembro de 2007, 10:48:40
PEssoal vamos lá, existem profissões que não são regulamentadas, inclusive profissões como fotógrafo de casamento, publicitários e etc, estes não têm piso, apenas valores sugeridos por suas associações, porém nem sempre dá para seguir porque cada região aceita preços diferentes.
Essa tabela é o piso definido para a categoria de fotojornalistas profissionais, se é para seguir? Quem não seguir esse piso pode perder o registro da ARFOC, assim como quem paga fora dela pode ser multado, se todo mundo segue? Não, como tudo nesse país não seguem absolutamente nada de lei, principalmente as que atacam os bolsos do patrão. :(
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #7 Online: 13 de Dezembro de 2007, 11:04:22
Um pitaco :
aqui nos EUA é PROIBIDO fixar preço para fotografia , desde que o fotógrafo não seja empregado de uma companhia e receba salário fixo. A grande maioria dos fotojornalistas são empregados, e acho que 100% usa equipamento do empregador. Fotografia de moda, publicidade, editorial, esportes, casamentos, retratos, o que fôr, quem dá o preço é o fotógrafo e é considerado CRIME fixar preços. Existem guias, referencias, catalogos de exemplos praticados pelo mercado, mas jamais uma tabela. Interessante.... Calcular o preço de um serviço fotográfico não é nada fácil, tem " X " variáveis como região , tipo de fotografia, experiência do fotógrafo, despesas, riscos físicos, e por aí vai.
()s
GuiGui  8)


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #8 Online: 13 de Dezembro de 2007, 11:46:48
Então Guigui, aqui também é crime fixar preço em grupo (cartel), mas não é crime estabelecer piso salarial (engraçado não), normalmente o piso salarial é estabelecido em um acordo entre o sindicato/associação com o sindicato dos empregadores, nesse caso existe um acordo entre ambos estabelecendo o piso mínimo e o não cumprimento deste significa a quebra deste contrato.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #9 Online: 13 de Dezembro de 2007, 14:15:12
Então Guigui, aqui também é crime fixar preço em grupo (cartel), mas não é crime estabelecer piso salarial (engraçado não), normalmente o piso salarial é estabelecido em um acordo entre o sindicato/associação com o sindicato dos empregadores, nesse caso existe um acordo entre ambos estabelecendo o piso mínimo e o não cumprimento deste significa a quebra deste contrato.

Então é quase igual a aqui mesmo, os salarios sim são regulamentados, mas só os que tem sindicato, como dos jornalistas. Aqui, se você trabalha para alguém , normalmente tb te fazem assinar um contrato que passa automaticamente os direitos de tudo o que vc fotografar para o seu patrão.... vc não pode usar suas próprias fotos nem para seu portfolio... é revoltante mesmo. Também pelo caso oposto, vamos dizer que vc é assistente freela de um fotógrafo poderoso, ele arma as luzes, traz modelo, maquiada, vestida, com fundo, props, o set completo, aí ele fala prá você clicar um teste na Hassel H39 nova dele, imagina o que ? Esta foto é SUA. Você clicou, é de sua propriedade intelectual e física. Claro que vale o bom senso, mas se o assistente nessa situação resolver encrencar, ele tem a lei a seu lado. Vai entender. :-\


ClaudioH

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 142
Resposta #10 Online: 13 de Dezembro de 2007, 15:22:31
(...)

Piso Salarial para jornada de trabalho de 5 horas R$ 3.497,00
Piso Salarial para jornada de trabalho de 7 horas R$ 5.594,00


Pô, o salário mínimo profisisonal do Engenheiro para uma jornada diária de 8 horas é de 8,5 salários-mínimos, o que dá atualmente R$ 3.230,00. Vou largar a engenharia... :'( :'(


rafanubi

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.874
  • Sexo: Masculino
    • Lentedorafa
Resposta #11 Online: 13 de Dezembro de 2007, 20:16:01
(...)

Piso Salarial para jornada de trabalho de 5 horas R$ 3.497,00
Piso Salarial para jornada de trabalho de 7 horas R$ 5.594,00


Pô, o salário mínimo profisisonal do Engenheiro para uma jornada diária de 8 horas é de 8,5 salários-mínimos, o que dá atualmente R$ 3.230,00. Vou largar a engenharia... :'( :'(

Acho que somos 2.... haha

e-mail: r.a.s.santos@globo.com
skype: rafanubi
Rio de Janeiro/RJ


Petrucio Moraes

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 48
    • http://www.flickr.com/photos/petruciomoraes/
Resposta #12 Online: 14 de Dezembro de 2007, 00:31:15
Alguém tem alguma tabela que sirva de referência para trabalhos em estúdio?
Elton Petrúcio Moraes
Nikon D70s / Nikkor 18-70mm
www.flickr.com/photos/petruciomoraes


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #13 Online: 14 de Dezembro de 2007, 00:43:00
Petrucio estúdio tem algumas referências mas não dá para seguir, porque depende de N fatores, cidade onde você trabalha, seu renome, tipo de foto, o trabalho de estúdio é muito variado e depende muito de localidade e reconhecimento.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Petrucio Moraes

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 48
    • http://www.flickr.com/photos/petruciomoraes/
Resposta #14 Online: 14 de Dezembro de 2007, 00:53:50
Léo,
Justamente. Baixei uma tabela de custos no site da ABRAFOTO, bastante completa e abrange todos os custos de uma produção fotográfica. Muitos desses custos da pra deduzir e orçar com terceiros, porém a coisa se complica quando envolve o trabalho do próprio fotógrafo.
Estou preocupado com o assunto pois estou iniciando nessa área e é necessário cuidado ao orçar. O mercado aqui em Salvador é carente de bons fotógrafos publicitários, pois existem poucos que concentram toda a produção local em suas mãos. O desafio é saber o preço praticado, fazer um preço abaixo pra entrar na briga e tentar lucrar sem levar a alcunha de barateiro (o que pode soar pejorativo em relação à qualidade de suas fotos).

Elton Petrúcio Moraes
Nikon D70s / Nikkor 18-70mm
www.flickr.com/photos/petruciomoraes