Autor Tópico: UNIMAGEM no RIO  (Lida 3956 vezes)

marib

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 517
    • http://www.flickr.com/photos/mari-b
Online: 24 de Junho de 2005, 16:28:04
Gente, nem sei se aqui é o espaço pra isso, mas eu preciso colocar pra fora. Preciso que todo mundo leia com atenção. - se quiser. =oP Tá enorme, desculpem pelo "livro",

Aqui no Centro do Rio de Janeiro, existe um laboratório chamado UNIMAGEM (não sei se alguém conhece), onde eu já revelo faz um bom tempo (há uns dois anos), compro materiais e tudo. Sempre fui bem atendida e até recomendei pra várias pessoas.

Fiz um trabalho de fotografia p/ o meu curso, que foi todo baseado em retratos em processo cruzado (pra quem não sabe, é quando revelamos o cromo em C-41 ou Negativo cor em processo de rev. de slide). Bati as fotos em cromo e mandei revelar (em outro laboratório - kronocroma) em processo C-41.

Com os contatos na mão e pouco dinheiro no bolso, resolvi economizar e fazer mais algumas ampliações no UNIMAGEM (todas seguindo as cores do contato original). Sendo que já havia feito 4 ampliações no Kronocroma (na Glória), e constatei que as fotos estavam super legais (recebi até elogios do laboratorista e do dono do local).

Enfim... Quando fui pegar as fotos hoje (3 dias depois), vi que estavam todas horrorosas. Juro, uma merda. Parecia que o laboratorista tinha derramado tinta em cima da foto ou sei lá o quê. Nenhuma nuance entre as cores claras e escuras, tudo meio pixelado (como assim, né? A câmera era de filme!)... Um HORROR. Fotos em que a luz estava propositalmente estourada, haviam "manchas" de tinta colorida para tentar escurecer o local e corrigir o "erro".

Descobri que a ampliação deles não era manual (que ninguém me avisou, e eu achei que fosse..).  Achei que por demorar TRÊS dias para devolverem as fotos, teria um trabalho bem feito e com qualidade, no mínimo.

Fui, na boa, dizer que não tava legal, reclamei e pedi pra fazerem tudo de novo, mas reduzi o número de fotos para que as cópias fossem feitas manualmente. A menina concordou, e uma senhora que estava lá (acho que era a dona) também não manifestou discordância. A menina, inclusive, disse com todas as letras "o laboratorista confere as fotos antes de entregar sim, mas ele não tem sensibilidade. Pra trabalhar com fotografia, precisa ter sensibilidade."

Fui dar uma volta no Centro e quando voltei, a menina que me atendeu já estava tentando me convencer que várias fotos estavam "aceitáveis". E estava até me convencendo a levar algumas do jeito que estavam. Gente, eu sou super calma, na boa...
Eu tava conversando na boa, mas tava dizendo que algumas eu não tinha como aceitar. Exemplo, o rosto de um homem completamente vermelho.
De repente, um sujeito que não sei o nome (acredito ser o gerente da loja) teve a infeliz idéia de se meter.
Só um parêntesis: eu tava concordando com algumas fotos, falando na boa com a moça, mas pelo visto o cara queria mesmo que eu levasse todas as fotos de volta e pagasse por aquele serviço!

O tal sujeito disse que digital era assim mesmo, perguntou se eu já tinha ampliado em outro lugar e eu disse que sim, que as fotos estavam lindas. - o cara não acreditou e ainda solicitou que eu levasse as ampliações lá! Mas ficou tentando insistentemente me convencer de que revelação digital era assim mesmo. Ainda ficou o tempo todo querendo insistir de que quando a foto é ampliada, ela perde resolução  (como seu eu não soubesse) e o problema era esse.
Até que eu disse: "Independente disso, vocês não tem que me entregar um trabalho bem feito?"

Foi quando, tentando insinuar que o problema era comigo, o infeliz teve a cara de pau de falar a seguinte frase:
"a gente tem que fazer um bom trabalho, mas não dá pra fazer milagre! Na minha concepção, o laboratorista fez um trabalho maravilhoso".

Foi quando eu estourei, deixei o sinal de 35,00 reais lá (perdi dinheiro), levei meus filmes e contatos embora e prometi nunca mais voltar.

O que mais me revoltou, foi o cara me desrespeitar e julgar pelo meu rosto de novinha, ou de criança (eu sei q tenho cara de novinha), achando que eu não sabia o que estava fazendo.
Fazendo insinuações e perguntas imbecis como:
"Você sabe o que é cromo?"
ou "você sabia que a foto ampliada, perde resolução?" ou
"você pediu pra seguir o contato, mas essa luz tá estourada, você quer a luz estourada?"
"é impossível fazer essas fotos ficarem do jeito que estão no contato, aqui é tudo pequenininho... Você olhou os contatos direito? Você já tinha feito ampliações dessas fotos?"
Me julgando, me desafiando a levar as minhas ampliações lá... Isso não é maneira de tratar um cliente!!!

A menina também (o nome dela é DORIS), começou a me tratar mal logo quando não me convenceu de que uma foto estava boa (o rosto do senhor na foto estava todo vermelho).

Eu disse "essa aqui tá ruim"
"Tá ruim? Tá ruim como?"
"Tá com muito vermelho"
"Ahh... Muito vermelho, agora sim!"

A menina já estava discretamente me ridicularizando, e mesmo assim eu mantive a paciência.

Depois de várias insinuações e tentativas sem noção de me convencer a todo custo, eu só pude me revoltar e responder:
"eu tenho cara de criança, mas não sou idiota. É muita cara de pau da sua parte, dizer que isso aqui tá maravilhoso".

O cara foi ficando verde, não pediu desculpas, e ficou todo mundo quieto me vendo ir embora com os negativos e contatos debaixo do braço.

Olha, só estando no meu lugar pra saber a revolta que eu senti, principalmente por ver que estava sendo julgada pela minha aparência, e sendo desrespeitada dessa forma.

Gente, sei lá... É um desabafo.
Não revelem nesse lugar horroroso! Paguem mais, mas tenham um trabalho bem feito. Eu paguei menos na teoria, mas o desgaste emocional saiu caro...
E ainda deixei 35,00 de presente pra eles e um monte de papel pra reciclar.

Tb quero agradecer ao pessoal do fórum. O conhecimento que eu ganhei aqui me ajudou muito a não ser enganada por esse tipo de gente.


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #1 Online: 24 de Junho de 2005, 16:48:16
Mari,

Voce tá completamente certa... Mas acho que voce não deveria deixar quieto.... Voltaria em casa, pegaria as reveladas com qualidade, voltaria lá, e armaria o maior barraco...

Mas a melhor forma de represalia é nunca mais voltar lá!

Abraço,
Fernando
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


marib

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 517
    • http://www.flickr.com/photos/mari-b
Resposta #2 Online: 24 de Junho de 2005, 17:16:20
Tem mais gente falando pra eu voltar lá com as fotos reveladas...
De repente é uma.
Na boa, sem ser grossa nem nada, né?
 


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #3 Online: 24 de Junho de 2005, 17:20:55
Marib:

Eu me solidarizo com você, e não apenas isso como a compreendo muito bem. Nada pior que um laboratorisa que resolve pensar quando lhe entregam um tipo de trabalho diferente, e quer exatamente pegar esse trabalho e "interpretar".

Há coisa de três meses mandei fazer aqui perto de casa, em um lab dotado de um Noritsu QSS32, último modelo da Noritsu, umas fotos formato panorâmico. Contudo, eram fotos muito diferentes, recortes de pannings de meio segundo de duração, imagem naturalmente borrada, tratados com cores falsas para dramatizar. Enfim, algo como o seu processo cruzado, isto é, nada que o laboratorista tivess qualquer referência para mexer. Valor total do serviço foi parecido com o seu, cerca de 70 reais, várias dessas tripas de 30cm de altura por 90 de largura.

Fui buscar. Estranehi a cor ao pegar, mas sem óculos não consegui ler as referências. Cehguei em casa e o cara tinha diminuido 2 pontos o vermelho. Fiqueoi p*. Copmo é que o cara resolve fazer isso se não hávia nenhuma cor "normal" na foto para ele se guiar. Voltei lá, rasguei as fotos, pedi novas cópias sem correção. Expliquei que as cópias devem ser exatamente como as peço, pois do contrário eu não tenho referência de previsão na tela, além do que pioraram.

Pois bem, hoje mandei copiar outro lote, serviço de 60 reais. As cópias de um filme escaneado vieram cheias de artifacts. Cheguei em casa estava lá: AS +1 (sharp +1). Liguei para lá e falei com o laboratorista, ele me disse: "mas o lab fica sempre em +1 para tudo... "

Mandei fazer novas cópias com o sharp em zero, e os artifacts praticamente desapareceram.

Eu não sei que coisa dá na cabeça dessas criaturas que resolvem "melhorar" o que fazemos. Não sei que diabo o cara resolve que meu dinheiro será gasto para ele "criar" em cima do que eu faço. É difícil entender, quando tão mais fácil é fazer igualzinho e se tiver problema me mostrar na tela e dizer:"olha, o problema é seu."

Ivan


riguetti

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 41
Resposta #4 Online: 24 de Junho de 2005, 17:39:54
Ivan, em geral os laboratórios estão setados para as fotos de amadores. O default ou mais aceitável para quem não tem conhecimento fotográfico é deixar a máquina (minilab) no automático e"com isso "melhorar" as fotos dos amadores.

Acho isso terrível tbm, mas um cuidado que tenho é pedir para o balconista escrever no envelope que não quero nenhuma correção.

Abraço
Guilherme Riguetti - Fotografia com estilo e atitude
Campinas - São Paulo
www.riguetti.com.br


marib

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 517
    • http://www.flickr.com/photos/mari-b
Resposta #5 Online: 24 de Junho de 2005, 17:46:43
Gente, tava escrito em todos os envelopes "seguir cores do contato", eu fiz a mocinha do balcão escrever em todos...  :P
Fora que, depois eu me lembrei. Eu perguntei se a revelação era manual, e ela me disse que era.
Ou foi a senhora, não lembro bem.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #6 Online: 24 de Junho de 2005, 18:08:02
Riguetti:

Eu compreendo perfeitamente isso, do set em +1 sharp, e acho até pouco para câmera saboneteira. O problema é que eu já havia conversado com o infeliz para que não fizesse correção nas minhas fotos.

No envelope do pedido estava escrito "sem correção", como sempre faço questão de frisar.

O que pega é a preguiça. Esse mesmo cara veio me dizer que demorava mais escanear em tiff. Pode? Há quem engula, mas é meramente uma escolha na hora de salvar, não faz diferença nenhuma. Aliás, o JPEG exige mais do scanner, pois tem de ler o bitmap e depois comprimi-lo, enquanto o tiff é o bitmap direto.

Sinceramente, é raro não me aborrecer quando mando copiar fotos. E só quero o mais simples, que é serem feitas igual está no CD.

 


Daschund Woof

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 12
    • http://www.andreschneider.com
Resposta #7 Online: 24 de Junho de 2005, 18:45:03
É, infelizmente os minilabs brasileiros deixam muito a desejar... Principalmente na parte do operador, que geralmente não sabe absolutamente nada de fotografia. E daí entra, como nesse caso, o pensamento do empresário (ou dono de micro-empresa) de que "levar prejuízo, nunca!". Nem que seja pra ganhar um cliente bom, como a Mari (que já era cliente da loja há tempo).

Um exemplo de experiência minha, em NY: Costumava mandar ampliar as minhas fotos na Adorama (que apesar de ser uma loja voltada ao público profissional, tem um lab com preço amador, mas que faz ampliações ótimas). Sempre ampliando de digital (CD) e sempre pedindo "sem correção". Um dia mandei ampliar umas fotos pro meu portfolio (umas 60 fotos 25X30), ia sair uns 500 dólares. Não sei se eu esqueci de pedir sem correção ou o cara que esqueceu de colocar no papel. Voltei lá dois dias depois pra pegar as fotos e todas elas estavam "corrigidas", os tons esverdeados, amarelados das fotos desapareceram, e as áreas escuras todas "recuperadas". Daí falei pro cara que não queria assim, expliquei que tinha pedido sem correção, e o cara na mesma hora falou "tudo bem, a gente refaz, o senhor pode passar no final do dia pra pegar elas?" Isso que a Adorama tem fama de não ser muito gentil no trato com o cliente...

Ainda tô tentando me acostumar com o Brasil nesse sentido...

Daschund