Autor Tópico: (des)crédito de fotos em jornal!  (Lida 8074 vezes)

lgleme

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
  • Sexo: Masculino
  • gustavo leme. fotojornalista.
    • portfolio. incursões fotográficas e jornalísticas aleatórias.
Online: 13 de Fevereiro de 2008, 11:53:09
quem daqui é novato levante a mão!

pois bem. apesar de trabalhar com fotojornalismo há seis anos e ter me formado só agora em dezembro, passo poucas e boas em relação a freelas e colaboração. a que me emputece nessa manhã foi a primeira como jornalista formado.

trabalho na unesp de marília, mas não desempenho a função de assessor de imprensa (mesmo porque aqui não tem esse setor). sou de uma seção que apoia o ensino, a pesquisa e a extensão universitária, ajudando em eventos acadêmicos, entre outras coisas. me colocaram como fotógrafo de tudo o que acontecia em relação a seção. hoje, depois de dois anos, sou o "fotógrafo" oficial da unidade, apesar disso não fazer parte da minha função.

ontem, no dia do trote solidário da faculdade, como de praxe, fotografei a movimentação. um jornal daqui me ligou no fim da tarde perguntando se eu tinha fotos e pediu que eu cedesse algumas, pois quando o fotógrafo deles chegou aqui, já não tinha mais nada acontecendo. cedi numa boa, não como um membro da assessoria, mas como alguém que tinha fotos boas sobre algo, como um fotógrafo que estava lá cobrindo. pedi o crédito.

eis que uma das fotos foi capa do jornal (vá lá que não é "a" foto) e no crédito saiu DIVULGAÇÃO. foi minha primeira foto como jornalista, ou fotojornalista, graduado, diplomado e o escambau, e não posso comprovar tal colaboração (tenho todas as páginas de todos os jornais que minhas fotos foram publicadas, incluindo um lance! do ano passado e uma folha de sp de 2003).

alguém já passou por isso? alguém sabe o que fazer? alguma sugestão?

--

aí vão as duas fotos utilizadas.



foto da capa


foto do miolo
gustavoleme
| portfolio |




“Os fotógrafos (...) são testemunhas; muitas vezes, as únicas testemunhas no local. Esses dramas, queiramos ou não, são o espelho da sociedade, e os fotógrafos levam esse espelho a todos” (Sebastião Salgado, 2001)


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 13 de Fevereiro de 2008, 12:22:38
Gustavo processo neles, por lei não existe a figura do crédito de divulgação, a citação da autoria é obrigatória e o direito autoral é intransferíval segundo a legislação brasileira, isso dá processo por danos morais.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


lgleme

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
  • Sexo: Masculino
  • gustavo leme. fotojornalista.
    • portfolio. incursões fotográficas e jornalísticas aleatórias.
Resposta #2 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 11:21:06
bom, o que tento, por acordo, é algum documento expedido pelo jornal comprovando o possível erro deles e creditando a foto para mim. mesmo assim, gostaria de saber onde encontro tal legislação que você disse. mas um lugar simples.

muito agradecido, leo!
gustavoleme
| portfolio |




“Os fotógrafos (...) são testemunhas; muitas vezes, as únicas testemunhas no local. Esses dramas, queiramos ou não, são o espelho da sociedade, e os fotógrafos levam esse espelho a todos” (Sebastião Salgado, 2001)


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.552
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #3 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 11:46:11
Primeira lição:
-Não ceda fotos. Os jornais estão dispostos a pagar. Você tinha tudo para conseguir vender a foto. Até sabia que não havia outra disponível.... Os jornais são vendidos, não cedidos. são objetos comerciais. Portanto, uso comercial demanda PAGAMENTO. Você já está desempenhando dupla função de graça.... agora está com uma terceira função ( fotojornalista freela ) também não remunerado.

Segunda lição:
-Apesar de a foto ser cedida, não existe o fotógrafo "divulgação". seu crédito tem  sim que constar. Você vai reclamar e eles vão colocar uma nota minúscula em um canto qualquer do jornal.... no Brasil isso rola direto. Até porque o ritmo de fechamento de um jornal implica em "tempo é dinheiro".

Terceira lição:
Não sei como você enviou o arquivo, mas quando eu vendo fotos para publicação modifico o nome. Ao invés de enviar a foto DSC12345.JPG, envio a foto TROTE_CALOUROS_FOTO_ POR_GUTO_MARCONDES.jpg . Porque às vezes o arquivo passa de um computador para outro sem ir o e-mail do remetente, e o crédito se perde no caminho.

Mídias em geral são uma dor de cabeça mesmo. Mas normalmente uma boa conversa resolve.
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : http://www.gutomarcondes.com.br/blog e conheçam mais sobre a profissão no dia a dia. Conheçam também http://www.fotografosocial.com.br e http://www.gutomarcondes.com.br
Não respondo MP com dúvida de equipamentos/fotografia. Abra um tópico pois isso é importante para o fórum !


lgleme

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
  • Sexo: Masculino
  • gustavo leme. fotojornalista.
    • portfolio. incursões fotográficas e jornalísticas aleatórias.
Resposta #4 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 11:55:09
creio que nessa uma boa conversa resolva.

só cedi a foto por camaradagem com meu amigo de faculdade, coisa que ele também já fez comigo em várias pautas quentes pro rádio. coisas do jornalismo.

e vou adotar essa sua sugestão de "renomear as fotos". gostei da idéia.

tks!
gustavoleme
| portfolio |




“Os fotógrafos (...) são testemunhas; muitas vezes, as únicas testemunhas no local. Esses dramas, queiramos ou não, são o espelho da sociedade, e os fotógrafos levam esse espelho a todos” (Sebastião Salgado, 2001)


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #5 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 13:30:09
Procure no Google, Lei de direitos autorais, etc..
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #6 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 14:03:35


lgleme

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
  • Sexo: Masculino
  • gustavo leme. fotojornalista.
    • portfolio. incursões fotográficas e jornalísticas aleatórias.
Resposta #7 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 14:07:43
muito obrigado, pessoal!
gustavoleme
| portfolio |




“Os fotógrafos (...) são testemunhas; muitas vezes, as únicas testemunhas no local. Esses dramas, queiramos ou não, são o espelho da sociedade, e os fotógrafos levam esse espelho a todos” (Sebastião Salgado, 2001)


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #8 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 14:16:39
Para com isso, esquece processo, foi erro somente.
Vc que ta começando esquece isso, passa batido, importante é que saiba que são suas fotos, ganhando ou não pelo serviço, vc pode exigir deles, na boa, uma retartação na próxima edição.
Esquece este negócio de processo, isso é último caso dos mais absurdos.
Não fecha suas portas, no meio de fotojornalismo já trabalhei muito aqui em RP, sei como é.

abraços
Mateus

boas fotos! :clap: :clap:
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #9 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 14:18:25
Boas dicas!!!
Primeira lição:
-Não ceda fotos. Os jornais estão dispostos a pagar. Você tinha tudo para conseguir vender a foto. Até sabia que não havia outra disponível.... Os jornais são vendidos, não cedidos. são objetos comerciais. Portanto, uso comercial demanda PAGAMENTO. Você já está desempenhando dupla função de graça.... agora está com uma terceira função ( fotojornalista freela ) também não remunerado.

Segunda lição:
-Apesar de a foto ser cedida, não existe o fotógrafo "divulgação". seu crédito tem  sim que constar. Você vai reclamar e eles vão colocar uma nota minúscula em um canto qualquer do jornal.... no Brasil isso rola direto. Até porque o ritmo de fechamento de um jornal implica em "tempo é dinheiro".


Terceira lição:
Não sei como você enviou o arquivo, mas quando eu vendo fotos para publicação modifico o nome. Ao invés de enviar a foto DSC12345.JPG, envio a foto TROTE_CALOUROS_FOTO_ POR_GUTO_MARCONDES.jpg . Porque às vezes o arquivo passa de um computador para outro sem ir o e-mail do remetente, e o crédito se perde no caminho.
REGRA BÁSICA

Mídias em geral são uma dor de cabeça mesmo. Mas normalmente uma boa conversa resolve.
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


lgleme

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
  • Sexo: Masculino
  • gustavo leme. fotojornalista.
    • portfolio. incursões fotográficas e jornalísticas aleatórias.
Resposta #10 Online: 14 de Fevereiro de 2008, 14:32:33
não é agora que vou querer arrumar rolo e fechar portas.
quando a folha pediu que eu cedesse uma foto (bom, eu tinha 17 anos e fui pressionado também pela minha editora-chefe) eu não levei nada, só os méritos e possível colaboração no jornal quando algo na minha região fosse de interesse deles. bom, me mudei de lá e eles disseram que aqui já tinham outros colaboradores. e muito obrigado.

sobre o que postei ontem, agradeço as dicas e conselhos. acabei de falar com o editor do jornal daqui e ele assinou um documento comprovando minha autoria e vai soltar uma nota amanhã. estamos todos felizes. e ainda o alertei sobre a questão do direito autoral e ele "prometeu" se atentar a isso. veremos!

um abraço a todos.
qualquer coisa, estou por aí!
gustavoleme
| portfolio |




“Os fotógrafos (...) são testemunhas; muitas vezes, as únicas testemunhas no local. Esses dramas, queiramos ou não, são o espelho da sociedade, e os fotógrafos levam esse espelho a todos” (Sebastião Salgado, 2001)