Autor Tópico: Carteira de imprensa  (Lida 34722 vezes)

Guto Ferreira

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 242
    • http://www.studioone.com.br
Online: 09 de Julho de 2005, 02:32:06
Alguém aqui trabalha com eventos. Como jogos de futebol voleis e etc.. onde se precisa carteira de imprensa.
Se sim, alguém sabe ajudar como conseguir uma carteira dessas? Obrigado
Gustavo A. Ferreira - Curitiba PR
--------------------
Canon EOS 40-D. Canon EOS 20-D. Canon Rebbel XT. Lentes: EF 28-135 f/3.5-5.6 IS USM e a 18 - 55. Flash:  02 Speedlite 580EX e 01 Speedlite 430EX
--------------------
Orkut


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #1 Online: 09 de Julho de 2005, 02:38:18
Olá!
Tudo jóia?
Vou ver se faço a minha amanhã... heheh
Aqui na minha cidade tem uma carteirinha do tipo "gerente de banco" que se faz na fotótica... acho que é cerca de R$ 8,00 coisa assim.... já vem com o cordão e tudo...
Agora eu não sei se é estas que vc está falando...
Abraços,


Renato
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Danilo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 858
  • Sexo: Masculino
    • Portfólio
Resposta #2 Online: 09 de Julho de 2005, 03:00:50
Quando eu trampava em TV e cobria eventos a gente ia com a carteira de lá mesmo. Mas quando a pessoa era "desconhecida", a gente fazia o seguinte. Ligava para o evento, dizia que a gente ia lá, dava o nome da produtora (ou qualquer outra coisa) e aparecia com o crachá, eles confirmavam na hora e beleza.

Acho que é isso que você estava falando né?

abraços


Guto Ferreira

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 242
    • http://www.studioone.com.br
Resposta #3 Online: 09 de Julho de 2005, 03:40:48
Obrigado Danilo e neo.
Bem é quase isso.
Eu conheci um sujeito aqui em Curitiba que trabalha pra RPC (Rede paranaense de Comunicação) da Globo.
Ele é Câmera man. Bem ele tinha 2 craxas. Um de imprensa pela Globo e outro Era uma carteira de imprensa. Sem dizer se ele trablhava pra tal lugar.
Obs. ELe n tinha diploma de jornalista.
Só que n tive a oportunidade de pedir a ele como conseguiu.
Gustavo A. Ferreira - Curitiba PR
--------------------
Canon EOS 40-D. Canon EOS 20-D. Canon Rebbel XT. Lentes: EF 28-135 f/3.5-5.6 IS USM e a 18 - 55. Flash:  02 Speedlite 580EX e 01 Speedlite 430EX
--------------------
Orkut


Danilo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 858
  • Sexo: Masculino
    • Portfólio
Resposta #4 Online: 09 de Julho de 2005, 11:53:09
Ah, ele deve ser registrado em alguma associação de imprensa então. Pode ser da cidade, estado ou país. Tem um monte.

abraços


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.750
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #5 Online: 09 de Julho de 2005, 11:54:49
Bom Guto vamos à resposta da sua pergunta.
Primeiro, existem apenas 2 Carteirinhas de imprensa no Brasil que valem alguma coisa para fotógrafo são ARFOC e FENAJ, eu gosto muito da ARFOC porque os custos de manutenção são bem mais baratos.
Qualquer outra forma simplesmente não é efetiva porque 90% dos eventos de grande magnitude exigem uma dessas duas carteirinhas para solicitar o credenciamento.

Para tirar ambas é necessário em primeiro lugar ir ao ministério do trabalho solicitar seu MTB de reporter fotográfico (PS não tire pela liminar, é mais fácil, mas se ela cair sua vida cai com ela), vá no ministério do trabalho, leve o material que eles solicitam (não lembro ao certo qual) e aguarde (em média 2 meses) para sair seu MTB, assim que vc tiver seu MTB vc deve entrar em contato com a ARFOC, enviar a documentação e o $$$ que vc receberá sua carteirinha de filiado com seu código ARFOC.

A carteirinha da ARFOC costuma dar passe livre nos estádios de futebol do campeonato brasileiro e facilita muito o acesso em muitos lugares, a última que fiz ficava em R$ 75,00 para ARCOC e R$ 150,00 para FENAJ.
« Última modificação: 09 de Julho de 2005, 11:55:40 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Guto Ferreira

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 242
    • http://www.studioone.com.br
Resposta #6 Online: 09 de Julho de 2005, 12:52:16
Léo. Mto Obrigado :) Melhor q essa resposta era só entregando a carteira na minha mão.
 
Gustavo A. Ferreira - Curitiba PR
--------------------
Canon EOS 40-D. Canon EOS 20-D. Canon Rebbel XT. Lentes: EF 28-135 f/3.5-5.6 IS USM e a 18 - 55. Flash:  02 Speedlite 580EX e 01 Speedlite 430EX
--------------------
Orkut


Fabiano

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 247
    • Fotografo Porto Alegre
Resposta #7 Online: 09 de Julho de 2005, 23:20:28
Lendo o que o Leo Terra escreveu, parece ser fácil ser sócio da ARFOC. Mas veja o que é necessário ter:

Todo repórter fotográfico ou cinematográfico residente no Rio pode se associar. Os documentos necessários são registro profissional, que deve ser solicitado no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio (www.jornalistas.org.br), e carteira profissional com cópias das páginas da foto, da qualificação civil, do registro profissional, do contrato de trabalho, de três reportagens fotográficas publicadas recentemente, de preferência nos últimos três meses, com crédito, além de cópias das três. E mais: cópias de três recibos de pagamento (RPA etc) e uma foto 5 x 7. A taxa de inscrição é de R$ 120, incluída a anuidade.

fonte: http://www.arfoc.org.br/

 

Basta se dedicar e mandar sempre fotos, pelo menos 1 vez por semana, com certeza você compra um corpo ZERO todo o ano!! Quer apostar?
Visite http://dicas-shutterstock.blogspot.com/
Dúvidas, mande MP!!


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #8 Online: 10 de Julho de 2005, 03:55:41
hunm... realmente complicado... pois eu não sou fotógrafo profissional... também não sou jornalista, etc...
Matéria publicada eu tenho uma capa de revista, mas não muito conhecida... fora isto que me lembre é só...

Por isto resolvi fazer a minha própria carteirinha... que custou a bagatela de R$ 9,00 (a carteirinha e o suporte), sendo que somente é necessário ter uma foto sua qualquer e escrever o que quiser (hehehe)...
Com ela, por incrível que pareça, pela menos aqui na minha cidade eu entro em quase todos os lugares (sem ela tb... hehehe)... só num clube aqui que é meio enjoado... de todo o caso tem que conversar um pouco antes....
Mas comigo não tem tanto problema porque geralmente é alguém do evento ou particular que me contrata.

Quem quiser ver minha carteirinha...



"nada muito profissional, mas já "impõe respeito" um pouco... hehehe" :lol:
Abraços,


Renato
« Última modificação: 10 de Julho de 2005, 03:58:43 por neocosmo »
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.750
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #9 Online: 10 de Julho de 2005, 11:31:04
Citar
Lendo o que o Leo Terra escreveu, parece ser fácil ser sócio da ARFOC. Mas veja o que é necessário ter:

Todo repórter fotográfico ou cinematográfico residente no Rio pode se associar. Os documentos necessários são registro profissional, que deve ser solicitado no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio (www.jornalistas.org.br), e carteira profissional com cópias das páginas da foto, da qualificação civil, do registro profissional, do contrato de trabalho, de três reportagens fotográficas publicadas recentemente, de preferência nos últimos três meses, com crédito, além de cópias das três. E mais: cópias de três recibos de pagamento (RPA etc) e uma foto 5 x 7. A taxa de inscrição é de R$ 120, incluída a anuidade.

fonte: http://www.arfoc.org.br/
Fabiano, tendo o MTB vc fica dispensado da apresentação desses documentos, mesmo porque a documentação do MTB é praticamente a mesma.
;)

É bem importante ter o MTB (que é o registro profissional).
Não é necessário ir ao sindicato para tirar o MTB, mesmo porque lá eles vão te cobrar por isso e quem emite o negócio é o ministério do trabalho e lá é gratis. ;)
Tirando no sindicato no Rio vc já tira direto a FENAJ que é a carteirinha deles, mas ainda sou mais ARFOC, tbm sugiro que tentem tirar pela ARFOC de SP porque é mais barata que a do Rio. ;)
« Última modificação: 10 de Julho de 2005, 11:34:00 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


albertgr

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.038
    • http://www.flickr.com/photos/alberto_gr
Resposta #10 Online: 08 de Agosto de 2005, 22:47:45
Léo, vc consegue me deizer qual é o material necessari opara tirar o MTB?

valeu,

abraço
"Film is not dead, it just smells funny."



wguerreiro

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 235
    • http://www.biofotografia.blogspot.com/
Resposta #11 Online: 08 de Agosto de 2005, 23:50:16
como o neocosmo, parti pra produção independente...

inclusive no verso da minha coloquei número de telefone e celular, aquele "em caso de emergência avise:" e meu tipo sanguíneo. custou 8 irreais sem o cordão de penduar no pescoço, q custa mais $ 2.

só falta inaugurar ela.

valeu pela dica neo!
Existem momentos em que o silêncio fala mais do que mil palavras, em outros uma única imagem muda quebra todo o silêncio.

Wagner Guerreiro
Biólogo / Fotógrafo

Salvador - Bahia
Minhas Fotos


lincoln_designer

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 132
Resposta #12 Online: 09 de Agosto de 2005, 10:02:10
Citar
como o neocosmo, parti pra produção independente...

inclusive no verso da minha coloquei número de telefone e celular, aquele "em caso de emergência avise:" e meu tipo sanguíneo. custou 8 irreais sem o cordão de penduar no pescoço, q custa mais $ 2.

só falta inaugurar ela.

valeu pela dica neo!
funciona esse tipo de coisa mesmo?

tipo, em cidade pequena, até acho que pode servir, mas e nas grandes cidades?





wguerreiro

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 235
    • http://www.biofotografia.blogspot.com/
Resposta #13 Online: 09 de Agosto de 2005, 10:11:41
Citar
Citar
como o neocosmo, parti pra produção independente...

inclusive no verso da minha coloquei número de telefone e celular, aquele "em caso de emergência avise:" e meu tipo sanguíneo. custou 8 irreais sem o cordão de penduar no pescoço, q custa mais $ 2.

só falta inaugurar ela.

valeu pela dica neo!
funciona esse tipo de coisa mesmo?

tipo, em cidade pequena, até acho que pode servir, mas e nas grandes cidades?



com certeza vão barrar a entrada em alguns locais, mas dependendo da lábia do sujeito acho q dá pra entrar sim...

se estiver com pinta de fotógrafo mesmo, deve passar.
Existem momentos em que o silêncio fala mais do que mil palavras, em outros uma única imagem muda quebra todo o silêncio.

Wagner Guerreiro
Biólogo / Fotógrafo

Salvador - Bahia
Minhas Fotos


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.750
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #14 Online: 09 de Agosto de 2005, 11:16:11
Olha eu não sei ao certo o material, cada época eles pedem uma coisa, mas ligue no ministério do trabalho e converse com eles.

A carteirinha da ARFOC é bastante aceita e a da FENAJ vale inclusive como RG. :)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.