Autor Tópico: De novo a questão do uso da imagem...  (Lida 2983 vezes)

Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Online: 04 de Abril de 2008, 08:29:07
Você está diante de um concurso fotográfico de projeção regional (que premiará pouco, mas certamente divulgará os vencedores e a foto na mídia), tem uma boa foto, que se encaixa perfeitamente no tema com a silhueta de algumas crianças (de difícil reconhecimento), mas não tem autorização de ninguém para usar a imagem delas.

Você inscreve ela no concurso e arrisca ou engaveta a foto?
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #1 Online: 04 de Abril de 2008, 09:00:01
Depende exclusivamente do grau de reconhecimento das crianças e se a foto se apoia na personalidade delas ou em um evento ou situação na qual sejam tão somente elementos dele.


Adaly Pinheiro

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 382
  • Sexo: Masculino
  • Fotografar é guardar um pedaço da vida para sempre
    • Flickr
Resposta #2 Online: 04 de Abril de 2008, 09:14:46
Não sei se ajuda nesse caso, mas sempre é bom saber o que diz a lei que rege sobre Direito Autoral e Direito de uso da Imagem.

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL/Leis/L9610.htm
"...a fotografia é subversiva não quando assusta, perturba ou até estigmatiza,
mas quando é pensativa." - Barthes.

Adaly Pinheiro - Sto. Amaro da Imperatriz/SC
http://www.flickr.com/photos/adaly_pinheiro/


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 04 de Abril de 2008, 09:17:45
Se não dá para reconhecer (que é seu caso), ou configura multidão, pode inscrever a vontade.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #4 Online: 04 de Abril de 2008, 09:32:41
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #5 Online: 04 de Abril de 2008, 09:39:22
É como o Leo disse, se não dá prá reconhecer a pessoa, não há necessidade de autorização.
Bela foto, por sinal !  :clap:


Davi Sato

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.036
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #6 Online: 04 de Abril de 2008, 10:05:47
Bonita foto mesmo!!!  :)
Canon D80 / Pentax K10d / Sigma 28-70 f/2.8 / Pentax 18-55 / Pentax 50-200.
São Gotardo – MG


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #7 Online: 04 de Abril de 2008, 10:17:03
Manda bala, não tem erro.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Adaly Pinheiro

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 382
  • Sexo: Masculino
  • Fotografar é guardar um pedaço da vida para sempre
    • Flickr
Resposta #8 Online: 04 de Abril de 2008, 10:23:52
Marcelo, ainda não tinha visto e achei muito bom o trabalho "O Caminho da Água"

Parabéns !!!  :clap: :clap:
"...a fotografia é subversiva não quando assusta, perturba ou até estigmatiza,
mas quando é pensativa." - Barthes.

Adaly Pinheiro - Sto. Amaro da Imperatriz/SC
http://www.flickr.com/photos/adaly_pinheiro/


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #9 Online: 04 de Abril de 2008, 10:31:46
Valeu geral pessoal!  :worship:

Não sei se ajuda nesse caso, mas sempre é bom saber o que diz a lei que rege sobre Direito Autoral e Direito de uso da Imagem.

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL/Leis/L9610.htm


É Adaly, mas a lei não é muito clara nessa questão da identificação. Isso é muito interpretativo e vai de quem estiver julgando. Valeu!

Marcelo, ainda não tinha visto e achei muito bom o trabalho "O Caminho da Água"

Parabéns !!!  :clap: :clap:

E obrigado! Era só um piloto, nem consegui montar o projeto para tentar um patrocínio e o Araquém lançou um trabalho parecido... Bem, mas I N F I N I T A M E N T E melhor, claro!!! E abrangente... Um dia eu chego lá. rs

Davisato, Leo, Guigui, Ivan...
Abraços e obrigado a todos!!
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Diogo Figueira

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 611
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo
    • 2Afora
Resposta #10 Online: 04 de Abril de 2008, 13:28:17
esse tipo de foto não poderia se enquadrar em um tipo de fotojornalismo ?
eu acho que se não tem como identificar as pessoas eu mandaria para o concurso
« Última modificação: 04 de Abril de 2008, 13:29:36 por coxao »


Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #11 Online: 04 de Abril de 2008, 22:32:36
A lei tinha que ser assim: Em lugar público qualquer um pode ser fotografado e não terá poderá reclamar direito a imagem, salvo situações que possam denegrir a pessoa.
Mas isso é esperar muito de um país onde nem o básico é feito.
« Última modificação: 04 de Abril de 2008, 22:36:53 por Lúzio »
Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #12 Online: 04 de Abril de 2008, 22:41:34
A lei tinha que ser assim: Em lugar público qualquer um pode ser fotografado e não terá poderá reclamar direito a imagem, salvo situações que possam denegrir a pessoa.
Mas isso é esperar muito de um país onde nem o básico é feito.

Luzio,
suponha que alguém faca uma foto sua, correndo em um parque, e essa foto vira embalagem de uma água que vende zilhões diariamente... vc não acha no mínimo justo que a pessoa 1) autorize o uso da imagem dela, e 2) ganhe algum com isso?

E, numa segunda situação, se esta foto fôr usada para fins jornalísticos, não há a necessidade de autorizacão.

()s

GuiGui   :)


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #13 Online: 04 de Abril de 2008, 23:00:14
A lei tinha que ser assim: Em lugar público qualquer um pode ser fotografado e não terá poderá reclamar direito a imagem, salvo situações que possam denegrir a pessoa.
Mas isso é esperar muito de um país onde nem o básico é feito.

Luzio,
suponha que alguém faca uma foto sua, correndo em um parque, e essa foto vira embalagem de uma água que vende zilhões diariamente... vc não acha no mínimo justo que a pessoa 1) autorize o uso da imagem dela, e 2) ganhe algum com isso?

E, numa segunda situação, se esta foto fôr usada para fins jornalísticos, não há a necessidade de autorizacão.

()s

GuiGui   :)


É exatemente isso: Para fins editoriais e jornalísticos, a pessoa em local público está admitindo que sua imagem estará sendo vista por um número incontrolável e imprevisível de pessoas. E para este fim a fotografia, que é o registro dessa imagem, pode ser usada livre de licença. Isso desde que a situação retratada ou o contexto não denigra ou exponha a imagem dessa pessoa ao ridículo, vexame ou seja a exposição injuriosa. E isso inclui a imagem de pessoas em eventos, casamentos e etc. , que ao aceitarem o convite estão cientes de que estarão sendo fotografadas.

Mas quando essa imagem, em si, confere lucro direto... Ou seja, o uso publicitário e promocional, onde esta imagem gera interesse comercial (e isto inclui o concurso, que promove o fotógrafo que vai obter lucro, e a organização do mesmo, que está sempre promovendo alguma marca e gerando negócios que não existiriam sem a determinada imagem de determinada pessoa), ai sim, é preciso uma autorização, uma licença que nunca é incondicional ou generalizada. Sempre específica para determinado fim.

Isso não é a lei textual, mas minha interpretação.

Abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #14 Online: 05 de Abril de 2008, 20:49:39
Sei exatamente de tudo isso, mas as vantagens são muito maiores do que os pequenos usos comerciais que porventura ocorressem.
Fez uma foto de uma pessoa na Rua e virou uma obra de arte se o artista quiser vender esta foto para um colecionador pode. Isso não limitaria mais a arte como hoje ocorre.
O uso comercial por uma empresa numa campanha de publicidade por exemplo seria quase nulo, pois é mais fácil conseguir o resultado adequado para uma campanha contratando modelos e fotógrafos do que depender do acaso.

Tá em lugar público não tem direito a imagem. Assim, sem fru-fru....

Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro