Autor Tópico: Flash rebatido para trás  (Lida 11061 vezes)

MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Online: 13 de Abril de 2008, 12:00:44
Para a galera que quer fazer fotos na noite, tenho feito alguns testes com o flash virado para tras e as vezes rebatendo no teto, e tenho obtido este resultado.
Valoriza um pouco a decoração e iluminação da casa e da um efeito único nas pessoas.
O que acham?
Exposição 6s
Iso 400

1

2

3
« Última modificação: 16 de Agosto de 2008, 20:53:28 por Kika Salem »
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 13 de Abril de 2008, 12:15:47
Mateus você pode simplesmente optar por velocidades mais baixas, que vão gerar o mesmo efeito, na verdade até um pouc melhor, porque vai evitar que a imagem seja invadida de forma tão evidente, além de manter o sentido padrão da luz, vinda de cima para baixo (que deixa as pessoas mais bonitas).
« Última modificação: 13 de Abril de 2008, 12:17:33 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


rafanubi

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.874
  • Sexo: Masculino
    • Lentedorafa
Resposta #2 Online: 13 de Abril de 2008, 12:48:08
Na do meio eu acho que vc exagerou um pouco na potência do flash.

Flash rebatido é mt bacana. O que eu faço para imaginar o resultado é pensar não em um flash rebatido, mas sim em uma fonte de luz onde o flash está sendo rebatido. Por exemplo se eu rebato o flash no teto, ele vai chegar lá e iluminar uma porção do teto tão grande quanto menor for o zoom do flash. Imagine que o flash iluminou uma forma aproximada de um círculo de 1m de diâmetro, podemos imaginar que, em vez do flash, havia ali uma softbox deste tamanho.
Daí é só ajustar a abertura de acordo com o flash e compensar na velocidade para trazer a tona o quanto se desejar da luz ambiente.

Vale lembrar que para expor o flash só adianta mexer no ISO e na abertura.
Para expor a luz ambiente (contínua) podemos mexer em ISO, abertura e Velocidade.
Ou seja, vc pode expor completamente diferente flash e luz ambiente...


AH! Ao rebater o flash nas paredes eu gosto de usar um rebatedor de plástico/acrílico no próprio flash preso à parte de trás, assim esse rebatedor ilumina o rosto das pessoas um pouco melhor, pq se o teto for mt alto vc vai ter que puxar mt na potência do flash. E se o teto for colorido a luz do flash tb vai ficar colorida.

e-mail: r.a.s.santos@globo.com
skype: rafanubi
Rio de Janeiro/RJ


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #3 Online: 13 de Abril de 2008, 15:00:55
Entendi as duas colocações, mas em foto de balada não se tem este tempo para avaliar e acertar tudo isso.
É muito RÁPIDO, espontâneo e casual.
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


rafanubi

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.874
  • Sexo: Masculino
    • Lentedorafa
Resposta #4 Online: 13 de Abril de 2008, 15:36:55
Entendi as duas colocações, mas em foto de balada não se tem este tempo para avaliar e acertar tudo isso.
É muito RÁPIDO, espontâneo e casual.


O ideal é chegar mais cedo e ver qual a melhor forma de se fazer dadas as condições. Mas trabalhando em ttl, por exemplo, fica bem fácil pq vc sabe que o flash vai ser "certo", daí é só ajustar a velocidade para "colocar" ou "tirar" a luz ambiente.

e-mail: r.a.s.santos@globo.com
skype: rafanubi
Rio de Janeiro/RJ


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #5 Online: 13 de Abril de 2008, 15:42:39
Vc nunca deve ter fotografado em balada.
Não tem este de chegar mais cedo ow.
Luz de boate muda toda hora!
Estes foram só alguns testes, tiro em média umas 300 fotos neste local.
Outras são normais!
Mas tudo bem, o teste ta aí, valeu.
« Última modificação: 13 de Abril de 2008, 15:44:23 por MateusZF »
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


rafanubi

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.874
  • Sexo: Masculino
    • Lentedorafa
Resposta #6 Online: 13 de Abril de 2008, 16:10:04
Vc nunca deve ter fotografado em balada.
Não tem este de chegar mais cedo ow.
Luz de boate muda toda hora!
Estes foram só alguns testes, tiro em média umas 300 fotos neste local.
Outras são normais!
Mas tudo bem, o teste ta aí, valeu.


Cara, me desculpe se pareci querendo "dar aula" ou coisa assim. Longe mim, sou apenas iniciante e qria dividir o que já aprendi. Se pareceu de outra forma, me perdoe.

Eu nunca fotografei balada a "sério" mas já fiz alguns shows e tal e acredito que a luz deva ser mais ou menos parecida. Qd vc acha que tá legal, vem um strobe doidarasso pra te sacanear. Se não rolar chegar antes (eu já fotografei Bodas de prata sem chegar antes!! hehe Sei que é um inferno...) tem que ir testando "on the fly" mesmo, mas depois que entra no sangue fica mais tranquilo.

As fotos que vc colocou pra gente olhar estão bem legais, só a segunda que eu achei mt branca mesmo. Como vc colocou aí achei que a gente podia rolar uma discussão legal sobre as técnicas que a galera usa, daí quis expor as minhas...

e-mail: r.a.s.santos@globo.com
skype: rafanubi
Rio de Janeiro/RJ


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #7 Online: 13 de Abril de 2008, 16:32:21
Para rafa! >:( rssss
Boate é um inferno mesmo.
Mas vc não chega antes e nem depois, vc chega durante, ou começa durante a coisa bombando.
Ninguém quer um fotógrafo chato se intrometendo no meio do início da azaração. rs entende.
Eu normalmente começo no meio da noite, ou quando a galera já bebeu um pouco a mais e está bem descontraída.
Vc tem que se misturar a multidão, não pode ser um fotógrafo no meio de gente dançando e sim mais um cliente da casa, a camera na mão é mero detalhe.
Gosto de foto espontânea, no momento que a pessoa conversa, dança ou interage, esta é a minha proposta.
A maioria de minhas "clientes", eu conheço, já sabe onde achar a foto e sabem que não vou compromete-las de alguma maneira. Quando não se conhece, a gente chega se apresenta e mostra a foto.
Este negócio de foto em boate é complicado e fácil ao memso tempo. Uma compacta faz um escelente trabalho, mas as profissionais, o pós resultado é melhor e mais interessante.
Fotos sem flash, só muito rápido e com lente clara. mas algo somente para mostrar a iluminação e fazer algusn efeitos com a luz.
Este exemplo bem na hora que o DJ movimentava sua mão numa mixagem, ele fazia movimentos rápidos e então com a foto eu quis dar este efeito, que vc faz ajustando o zoon rapidamente para frente para uma exposição longa de 0,6 segundos e ainda ficou fora de foco. O Dj pediu e acabei mandando.





Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


bira

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 54
  • Sexo: Masculino
    • Preto e Branco
Resposta #8 Online: 13 de Abril de 2008, 17:03:25
Sinceramentee não gostei não !
Não vejo esse efeito único que vc diz ! pode explicar qual é ?
Vc diz que valoriza as decoração do local, mas em nenhuma das fotos vi vc explorando isso
Essa ultima do DJ, chamo de foto com defeito e não com efeito, nesta ultima que vc optou por não usar o flash em que ISO estava ?

Claro essa é minha opinião, até pq nunca fotografei em boate ou baladas em geral

Abraço


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #9 Online: 13 de Abril de 2008, 17:48:36
Sinceramentee não gostei não !
Não vejo esse efeito único que vc diz ! pode explicar qual é ?
Vc diz que valoriza as decoração do local, mas em nenhuma das fotos vi vc explorando isso
Essa ultima do DJ, chamo de foto com defeito e não com efeito, nesta ultima que vc optou por não usar o flash em que ISO estava ?

Claro essa é minha opinião, até pq nunca fotografei em boate ou baladas em geral

Abraço
Eu não to aqui para defender esta ou aquela foto, se vc não conseguiu perceber o que eu tentei passar, paciência.
Não explorei nada, generalizei dizendo que este tipo de foto também pode valorizar a decoração e a iluminação. Não precisa estar lá a decoração e a iluminação, (neon vermelho no teto).
Defeito ou efeito, é uma questão pessoal.
Boate show etc, vc encontra condições semelhantes para fazer este efeito, ou como vc prefere dizer, defeito.  :hysterical:
Dica, tem um espelho atras das meninas. Tire suas conclusões sobre o flash.
Não adianta analisar a imagem sem olhar as entranhas da foto. Passará superficialmente, e fará um comentário sem fundamento.

 :ok: :ok:

grande abraço
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.183
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Resposta #10 Online: 13 de Abril de 2008, 21:08:49
Gente eu acho que a foto é o registro da sensibilidade do fotógrafo no momento da captura e ele pode fazer o que bem entender contando que consiga passar como ele viu aquele momento. Erros técnicos podem acontecer naquele dado momento em que se deu o click e no entanto ao repetir a foto com todo o apuro pode não conseguir passar a emoção desejada. A autocrítica vale muito nessas ocasiões embora que os comentários dos colegas também sejam importantes. Acho que o Mateus conseguiu o que queria nas suas fotos e teve a gentileza de passar pra gente suas experiências.


rafanubi

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.874
  • Sexo: Masculino
    • Lentedorafa
Resposta #11 Online: 14 de Abril de 2008, 08:27:27

Vc perdeu o foco no DJ, mas focou na mão dele! hehe Aposto que o cara tá usando essa foto pelo menos no orkut! hehe

Eu sou fanzasso desse efeito! Eu gosto também de dar uma torcida na cam. Sempre que a iluminação deixa eu uso ele, mesmo em fotos pessoais como essa:




e-mail: r.a.s.santos@globo.com
skype: rafanubi
Rio de Janeiro/RJ


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #12 Online: 14 de Abril de 2008, 10:47:02
Olá Matheus,

Uma das coisas que mais gosto é trabalhar com a diversidade de luz numa balada. A grande realidade é que fotografar esse tipo de evento é muito mais feeling e conhecer o equipamento pra fotometrar, escolher o tipo de efeito e clicar no momento certo que propriamente técnica. A luz é tão diferente a cada momento, que é que nem desviar de um acidente em alta velocidade: é puro golpe de vista. Eu estou sempre tentando evoluir nas fotos de festa, e cada vez descubro algo novo, um jeito novo de fazer. Mas o que funciona em um, não funciona em outro evento. A luz é sempre diferente. Aí é dar a sorte de estar no lugar certo e na hora certa pra fazer a foto.

Apenas precisa-se atentar para algumas coisas: Efeitos são bons, e nós fotógrafo adoramos os efeitos de escrever com a luz, mas o que as pessoas gostam mesmo é de ver seu rosto nítido e identificar as pessoas na foto. A foto do DJ, como o amigo acima disse, no máximo pro Orkut. Está desfocada e se o objetivo era pegar o movimento da mão do DJ, houve algum problema de objetivo, pois só ela saiu focada e o resto não. Agora a foto da mocinha ficou ótima. Esse tem que ser o objetivo sempre!

Parabéns pelo esforço e boa sorte em suas experiências em fotos de balada!

Abraço,
Fernando
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #13 Online: 14 de Abril de 2008, 10:52:05
Tem uma fotógrafa de casamentos que saiu na FM que aponta o flash para trás enquanto um assistente segura uma sombrinha para rebater.

Eu tenho usado um difusor stofen com o flash a 135º mais ou menos, enquanto diminuo a velocidade para captar a luz ambiente. O segredo aí é acertar a mão entre ISO/velocidade/potência do flash. Isso é que vai determinar se o primeiro plano vai ficar estourado, se o fundo vai ficar escuro ou se vai ter tremedeira.

Com a K100, eu tenho colocado em iso 800, prioridade de abertura com subexposição de 0.5EV e flash automático (metz 54MZ3) em 135º subexposto em 1 ponto. Isso geralmente me dá o melhor custo x benefício entre tremidos e captação da luz ambiente. Se tremer demais, é só subexpor o ambiente (aumentando a velocidade) e aumentar a potência do flash.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


bira

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 54
  • Sexo: Masculino
    • Preto e Branco
Resposta #14 Online: 14 de Abril de 2008, 20:47:58
Mateus,

Obrigado por compartilhar com a gente (me esqueci de lhe agradecer ) o wdantas acabou me lembrando disso.
Realmente continuo a não gostar do efeito, mas entendi seu objetivo
Deve ser mesmo uma M* fotografar baladas, não quero me arriscar nem a tentar, achoque só o som "ambiente" do local ja ia me matar

Grande abraço

Bira