Autor Tópico: Dicas - FOtos de natureza (Pescarias)  (Lida 1770 vezes)

djalma2

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 19
Online: 25 de Abril de 2008, 01:09:38
Olá pessoal

Dia 1/05 eu e mais dois amigos iremos até a represa de Tres Marias/Mg pescar Tucunares e nessa ocasião um desses amigos vai fazer uma reportagem sobre pesca esportiva ( Pesque e Solte) para efeito de divulgação turistica do local.

Bom, vou levar minha D40 + 18-55 e 70-300mm e pretendo fotografar tudo, inclusive pensando em aproveitar algumas fotos para a reportagem mensionada. O problema é que ainda sou aprendiz e minhas fotos ainda não são aquelas coisas, portanto, queria pedir a vcs dicas para foto de natureza, pescarias e afins. Sabe, muitas de minhas fotos ao ar livre ficam com o ceu meio estourado e com cores pouco vivas. Será que existe algum ajuste alem da exposição e ISO que favorece fotos de natureza?
Ouvi dizer que para fotos de temas naturais o ideal é fixar a abertura entre 8 a 11 que seria o range ideal para conseguir boas fotos, será. Outros dizem que em dias bem iluminados, devemos usar a tecnica sunny 16, fixando a abertura em 16 e colocar a velocidade mais proxima do valor ISO ajustado na CAM, será que isso funciona mesmo?
Se puderem dar uma olhada nas minhas fotos e critica-las contrutivamente, ficaria muito grato, ok

http://www.flickr.com/photos/djalma2/

Sds

Djalma


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #1 Online: 25 de Abril de 2008, 10:37:12
A rigor, o mais correto seria você pegar um cartão cinza, fotometrar no cartão (pode escolher fotometria spot para ser mais precisa). Digamos que a f/8 o fotômetro indique 1/125s. Esta é, então, a exposição que aproximadamente dá a média dos tons da cena.

A seguir, o negócio é fotografar em RAW e com uma leve compensação de exposição para baixo (cerca de -0.5EV, mas o ideal é olhar no dpreview a latitude da sua câmera). Por exemplo, na minha Pentax, a latitude da minha câmera em ISO 400 é de -4.5EV a 3.4EV. Ou seja, se eu estiver fotografando um cartão cinza, eu posso subexpor até 4.5EV antes de a foto ficar totalmente preta ou posso superexpor 3.4EV até a foto ficar totalmente branca.

Como dá para perceber, é mais fácil estourar nas altas luzes do que nas baixas, então a dica aí é subexpor um pouco a foto para que o RAW conserve mais texturas. Se ainda assim o céu ficar muito ciano, você pode usar um filtro polarizador, que dá aquela realçada no azul do céu, mas não acho que seja necessário.

Resumindo, a primeira tentativa que eu faria é prioridade de abertura com compensação de exposição em -0.5EV com fotometria average weighted (média de luminosidade do quadro).  Se isso não desse certo, partiria para o cartão cinza e fotometria spot para pegar a fotometria média da cena. Na falta de um cartão cinza, vale fotometrar o chão ou qualquer objeto com iluminação uniforme que possa representar, aproximadamente, a média da cena.

Quanto a cores vivas, o melhor é fotografar em raw e "avivar" as cores depois, na edição. Mexer na regulagem de contraste e saturação da câmera sempre pode incorrer em perda de detalhes.


Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 25 de Abril de 2008, 13:15:45
Bicho,

Eu tô começando e venho de SLR de filme porém com pouca experiência...
Uso e abuso do fotômetro da máquina e tem tido bons resultados.

Eu gosto de fotografar em Av ( abertura prioritária ) pois pois posso controlar a profundidade de campo mais facilmente.
O modo P com exposição flexível tb é bacana...

Pra cenas com luz mais problemáticas uso a medição no centro, aponto para a área mais clara pra não estourar, travo o FE (botão * na minha cam) depois faço o foco e mando ver. Recupero as sompras no RAW/PS usando curves ou níveis se for necessário.

Se a cena for muuuito complicada pra fotometrar em faço duas medições pra ver a diferença de exposição... Se for mais que 6 pontos eu começo a pensar no que posso perder. Tem câmeras com maior latitude que outras... acho que a minha é próxima dos 6 pontos.

Pra ambientes que a luz já está bem equilibrada mando ver o JPEG mesmo com as configuraçõs todas no mínimo pra ajustar depois se for preciso.

Se vai fotografar pescaria recomendo fortemente um filtro PLC, nem que seja um baratinho pra começar. Não é tão caro e vc terá um controle muito melhor dos reflexos da água além de fotografar os peixes dentro d'água.

E de quebra terá um céu mais bonito no horários de sol mais à pino.

Abraços.
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #3 Online: 25 de Abril de 2008, 15:52:48
Boa, Rogério... nem lembrei do polarizador para tirar os reflexos da água. Na verdade eu estive em uma pescaria no último fim de semana, mas a água, de rio, era escura e não adiantava nada eliminar os reflexos da água, os peixes continuavam escondidos. Mas é uma boa levar um... tem dupla utilidade: azular o céu e eventualmente mostrar os peixes dentro d'água.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Arnaldo Tomazetti

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 138
    • http://www.fotto.com.br
Resposta #4 Online: 25 de Abril de 2008, 15:54:46
-Use a resolução máxima
-Filtro polarizador
-Fotos de pessoas ao ar livre, com chapéu etc...flash de preenchimento (e se possível de baixo pra cima)
-Sol, de preferência na diagonal dos ombros, antes das dez e depois das quinze
-Quanto à fotometria, o que vc escreveu está certo. Sunny 16!
« Última modificação: 25 de Abril de 2008, 16:02:10 por Arnaldão »


markes51

  • Trade Count: (12)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 569
Resposta #5 Online: 25 de Abril de 2008, 19:11:57
tudo acima...mais:

preste atençao a linha do horizonte ( quando houver..)..em barcos ela eh um problema....

sobre abertura...se lembre que se fechar o diafragma demais vai precisar de velocidades baixas..e isto em um barco se mexendo pode ser um problema....entao aumente um pouco iso...acho que da pra ir ate iso 400 na d 40 sem problema de noise...(detesto noise... :aua:)
na tua ga   1/100 esta de bom tamanho ja na tele 1/250..no minimo..

polarizador (em dia ensolarado ) eh artigo de primeira necessidade...  mas ai vc perde 2 pontos de luz..se lembre disto...( ai entra a relaçao abertura/velocidade que falei acima..ok)..

sente no meio do pessoal ( no banco do meio)..se for aquele tipo de barco para 4 pessoas..porque ai voce fotografa quem esta no fundo ou a frente de um angulo melhor ( pelo menos para o meu estilo de fotografia..)..

e nao tem jeito..ou voce pesca..ou fotografa....porque "aquela" foto so vai sair (..ou melhor...nao sair)...quando voce estiver com a vara(..de pescar.. :ok:) na mao...e o equipamento fotografico devidamente guardado e protegido  dentro da bolsa... :doh:, a qual voce so tera conseguido colocar em operaçao apos o "momento descisivo"ter passado... :aua:

abraço
marques
olhar atento e equipamento sempre pronto!
portfolio:  http://markes51-photo.photoshelter.com/


djalma2

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 19
Resposta #6 Online: 25 de Abril de 2008, 22:08:35
Olá pessoal

Muito obrigado pelas respostas, nota 10!!!

Mesmo sem saber usar, vou fotografar em Raw para melhorar o pós-processamento, vou tentar seguir as dicas de fotometria e conseguir um polarizador para a 18-55mm.

MAis uma vez obrigado

Djalma


Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #7 Online: 25 de Abril de 2008, 22:28:17
Não devemos esquecer que a qualidade da objetiva influência na questão de cores e contraste de forma notável.
Uma lente ruim vai gerar imagens sem contraste e com cores mortas....

**Esta obketiva do Kit das Canons é uma vergonha e pode ser isso a origem dos problemas já que a 40D tem cores bem bonitas...

Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro


Shinon

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 141
  • Sexo: Masculino
    • Shinon's Multiply
Resposta #8 Online: 25 de Abril de 2008, 22:59:36
djalma, só um pekeno lembrete, o tam dos filtros nao propocional ao tam da lente, mas sim ao diametro da msm, eu tenho um filtro q c encaixa tanto numa lente d 18-135mm qto numa d 70-300mm, lembre disso na hra d olhar q filtro adquirir/arrumar/pegar emprestado, etc...
Estou comentando isso pq ja vi uma pessoa q olharou simplesmente o tam da lente, acabo q nao era o msm modelo q ela tinha e comprou um filtro q nao era "compativel"
abraço
« Última modificação: 25 de Abril de 2008, 23:10:06 por Shinon »
Belo Horizonte/MG
Nikon D80 + Nikon 18-135mm f/3.5-5.6G ED-IF AF-S DX + Nikon 70-300mm f/4.5-5.6G ED-IF AF-S VR

http://www.flickr.com/photos/shinon_sze/
http://shinon.multiply.com