Autor Tópico: LENTES : Sony Carl Zeiss versus Canon serie "L"  (Lida 10283 vezes)

Fernando Lopes

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
Online: 19 de Maio de 2008, 14:02:27

    Hoje com as várias SLRs Sony no mercado se tem mais uma opção de compra a se pensar.

    No que diz respeito a LENTES, hoje, quem tem Lentes de maior Qualidade e Nitidez Sony série Carl Zeiss ou Canon série "L" ???


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 19 de Maio de 2008, 15:00:24
Depende Fernando.
a 24-70 da CZ é a melhor da categoria, já a 16-80 é uma tremenda lente, mas já não são dos níveis da L.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Fernando Lopes

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
Resposta #2 Online: 19 de Maio de 2008, 17:39:25


  Isto quer dizer que a 24-70 Sony Carl Zeiss é superior ou inferior as Canon série "L" ???


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 19 de Maio de 2008, 21:40:09
A 24-70 CZ é bem superior.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


padovaz

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 143
  • Na busca da luz perfeita
Resposta #4 Online: 20 de Maio de 2008, 08:07:49
Acho muito delicado esse assunto, quando chegamos nos extremos da qualidade :D. Quando uma lente é ruim, é fácil falar que ela é ruim, mas briga de CZ com L, o buraco é mais embaixo!!
Já li bastante sobre o assunto, e no que diz respeito ao desenvolvimento de lentes, os fabricantes convivem com uma dúvida cruel: desenvolver lentes mais nítidas ou com maior contraste? Essas duas características são interpretadas por nós usuários como "qualidade óptica", mas são características concorrentes, ou seja, se eu aumento a nitidez, eu perco o contraste e vice-versa,e não há nada que pode ser feito à respeito disso, pois é a natureza quem manda...
Segundo um artigo que explica os gráficos MTF (http://www.luminous-landscape.com/tutorials/understanding-series/understanding-mtf.shtml) a CZ segue a filosofia de projeto que otimiza a nitidez, já a Leica otimiza o contraste. Isso quer dizer que as CZ são melhores que as Leica? De forma alguma! Ela será mais adequada para mim se eu priorizar a nitidez sobre o contraste.
Infelizmente no que diz respeito a filosofia de projeto não sei onde se encaixa a canon e suas "L", mas via de regra são excelentes lentes, mas antes de fazer uma comparação direta, que fique bem claro que antes de mais nada devem ser definidos os critérios de comparação. Claro que existem casos, como o citado pelo Léo que a lente é realmente superior em todos os aspectos, mas vão existir alguns casos onde isso não será verdade.
Canon 350D + Tamron 17-50mm + EF 70-300mm IS
-> Visite minha galeria <-


LuizNdo

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.407
  • Sexo: Masculino
  • Tente, invente.
Resposta #5 Online: 20 de Maio de 2008, 09:11:25
Opa! Esse artigo sobre gráfico MTF é interessante!
Valeu Padovaz! :worship:

Fernando, vale lembrar que algumas vezes a diferença de uma lente pra outra é ínfima. Você só constata nos gráficos MTF e dificilmente sente na prática.
« Última modificação: 20 de Maio de 2008, 09:14:02 por LuizNdo »
>> Belo Horizonte <<
Fotógrafo Entusiasta.
Sony P100
Canon 7D e XT + 18-55 mm + 75-300 mm USM III + Canon 50mm f1.8 + Sigma 10-20mm + Canon 100-400mm L IS + Adaptador de Telescópio!
Meu Flickr


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #6 Online: 20 de Maio de 2008, 09:24:50
Então eu costumo dizer que MTF acima de média 4 já é mais do que suficiente para quase qualquer aplicação, mesmo porque acima disso fica pouco perceptível a olho em uma ampliação (só dá para perceber diferenças em visualização de 100%).
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ivan Lee

  • Trade Count: (11)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 861
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 20 de Maio de 2008, 13:42:05
A Minolta série G já era parea pra Canon L, e agora alem da serie G, a Sony tem a Carl Zeiss...

Agora qual é a melhor? depende do modelo...



Sony Alpha A77 e Alpha A550 - Tamron 17-50 f/2.8 - Minolta 35 f/2 - Sony 50 f/1.4 - Minolta 28-70 f/2.8G - Sony 70-300 f/4.5-5.6 G SSM - Carl Zeiss 135 f/1.8


Fernando Lopes

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
Resposta #8 Online: 21 de Maio de 2008, 09:08:34


 Pode-se adaptar lentes Carl Zeiss em camêras Canon(5D ou 1Ds mark III) ???

 Se pode ser feito esse tipo de adaptação haveria algum tipo de perda em velocidade ou eficiência do auto focus ???


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #9 Online: 21 de Maio de 2008, 09:12:16
Fernando você perderia o AF. Ou seja, a perda de eficiência seria de 100% rs.
Mas não sei se justifica pensar dessa forma, se você tem Canon vá de L, não tem nem que ficar pensando em tentar montar lentes de outros sistemas. As Nikon também costumam ser melhores que as L, se você entrar nessa nóia então troque de sistema e parta para um que tenha as lentes que você quer.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Pictus

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.109
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/10986424@N02/sets/
Resposta #10 Online: 21 de Maio de 2008, 11:50:44
Se quer usar Zeiss autofócus em FF, espera um pouco que a A900 ta saindo do forno...  :ponder:


padovaz

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 143
  • Na busca da luz perfeita
Resposta #11 Online: 21 de Maio de 2008, 11:51:57
Ah, a conversa está entrando num rumo esquisito... cada sistema tem suas lentes, que vão de horríveis até excelentes. O tanto que a top de um sistema é melhor do que a top de outro não diz respeito somente à lente, e sim ao sistema inteiro, e digo mais, envolve até o pós processamento. Se vc não está disposto a trocar o corpo da sua câmera, nem considere a hipótese de usar lentes de outros sistemas, certamente suas perdas serão maiores do que os ganhos. Como eu já postei antes, a questão da qualidade da lente, no mundo das top é bem relativo. Daí entra o pós processamento, compensando contrastes, otimizando a nitidez, etc... até arrisco a dizer que uma foto usando uma lente bem boa (tipo uma 70-200L) e BEM pós processada fica melhor do que uma originada de uma lente top or the world mega blaster com um péssimo pp, ou mesmo sem ele.
« Última modificação: 21 de Maio de 2008, 11:53:14 por padovaz »
Canon 350D + Tamron 17-50mm + EF 70-300mm IS
-> Visite minha galeria <-


acolla

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 167
Resposta #12 Online: 23 de Maio de 2008, 17:15:23
Já li bastante sobre o assunto, e no que diz respeito ao desenvolvimento de lentes, os fabricantes convivem com uma dúvida cruel: desenvolver lentes mais nítidas ou com maior contraste? Essas duas características são interpretadas por nós usuários como "qualidade óptica", mas são características concorrentes, ou seja, se eu aumento a nitidez, eu perco o contraste e vice-versa,e não há nada que pode ser feito à respeito disso, pois é a natureza quem manda...
Segundo um artigo que explica os gráficos MTF (http://www.luminous-landscape.com/tutorials/understanding-series/understanding-mtf.shtml) a CZ segue a filosofia de projeto que otimiza a nitidez, já a Leica otimiza o contraste. 

Nitidez não é igual a resolução... Nitidez e resolução dependem muito de nossa percepção.
O artigo fala em Resolução X Contraste, e não em Nitidez X Contraste.

Tem um artiguinho muito legal sobre Sharpness (nitidez) aqui:
http://www.luminous-landscape.com/tutorials/sharp.shtml

[]s
« Última modificação: 23 de Maio de 2008, 17:25:23 por acolla »


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.759
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #13 Online: 23 de Maio de 2008, 19:03:04
Pado é como o Acolla disse nitidez e contraste não são excludentes, muito pelo contrário, nitidez e contraste estão intimamente ligados, quanto maior o contraste (maior a acutância) maior a nitidez obtida, na verdade este é o princípio básico de funcionamento do próprio MTF, ele vai identificar os cliclos de contrastes para conseguir mensurar resolução e nitidez.
Tanto Leica como Zeiss priorizam o aumento da nitidez e por conseqüência do contraste entre os elementos (acutância) e da resolução, sendo que não existe conflito algum nisso, muito pelo contrário, normalmente quando se aumenta um deles o outro vai junto.
O artigo que você referenciou também tem algumas coisas equivocadas, resolução não é RELATIVO à nossa percepção, como é dito no artigo, resolução é quantificável e perfeitamente mensurável, 50 l/mm é simplesmente 50 l/mm, que é mais do que 30 l/mm. O que é relativo é nossa percepção da nitidez. Um ser humano MÉDIO consegue distinguir aproximadamente 5 l/mm a uma distância de 25cm, se temos 50 l/mm temos então uma considerável sobra para uma visualização a 25cm em 1:1, mas se partimos para ampliações então temos uma nova distribuição espacial destas linhas. No caso se tivessemos uma visualização a 25cm de uma ampliação de 6X a partir de uma resolução de 50 l/mm e de uma resolução de 30 l/mm, ambas estariam ainda dentro da acuidade visual do humano médio, portanto a escolha entre estas duas resoluções seria indiferente para nossa percepção. Agora para uma ampliação de 10x, vista nas mesmas condições, teríamos então uma percepção de degradação na imagem feita a partir da imagem feita com 30 l/mm, enquanto a imagem feita a partir da resolução de 50 l/mm ainda estaria dentro da acuidade visual humana. Com isso você percebe que quanto menor a mídia mais importante é a resolução e os contrastes da lente para colaborar com nossa impressão de nitidez.
Agora o importante é perceber que as 3 coisas estão ligadas, a nitidez é a clareza com a qual uma determinada lente registra uma imagem, para ela conseguir clareza ela precisa de um contraste agudo (para conseguir delimitar exatamente os elementos) e precisa de resolução para produzir esta clareza. Tanto a falta de uma quanto a falta de outra produzem perda de nitidez.
Em termos óticos não existe nenhum conflito com relação ao contraste (acutância) e a resolução, muito pelo contrário, quanto melhor a lente mais ela tende a ser contrastada e ter maior resolução. Na verdade é muito mais difícil conseguir desenvolver uma lente que tenha pouco contraste e muita resolução, ou muita resolução e pouco contraste do que conseguir uma lente que tenha os dois itens juntos.

Sem dúvida o pós-processo pode ajudar, mas temos sempre que lembrar que a lente é o coração da câmera, se a lente não permitiu que a informação chegasse ao sensor não há processamento que salve a informação, se a informação chegou e o sensor não capturou direito também não há processamento que salve a informação, já se o processamento é ruim você tem a opção de usar RAW e cuidar disso você mesmo, então o processamento é sim importante no processo, mas dos itens envolvidos é o mais flexível, mesmo porque em RAW você pode tratar a mesma imagem com diversas alternativas de processamento em tempos diferentes (mesmo em JPG existem melhorias de firmware), já uma foto capturada por um sensor deficiente ou por uma lente deficiente não tem volta, se você precisar de maior nitidez você simplesmente não irá conseguir. Por isso que as discussões em torno de lentes são sim muito mais relevantes do que sobre tratamento, assim como as discussões sobre sensores, principalmente quando falamos sobre limites de qualidade de imagem.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


padovaz

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 143
  • Na busca da luz perfeita
Resposta #14 Online: 23 de Maio de 2008, 22:27:50
Ah, gente, me desculpem mas esse ponto onde chegamos é exatamente o que eu quis dizer com "a conversa está entrando num rumo esquisito", no meu tópico anterior.
Sempre antes de dar um reply num tópico, eu procuro ver a mensagem original, e pondero o que é relevante para o esse post original. Não era minha intenção entrar à fundo no assunto, e Léo, não entenda esses meus comentários como qualquer forma de diminuir a importância de sua participação, do seu conhecimento do assunto.
Você tem razão em muitos aspectos, mas não todos, assim como também não acho que o texto linkado esteja equivocado. Se os detalhes do projeto de lentes e suas limitações fossem um assunto trivial teríamos muitas opções baratas de lentes excelentes no mercado, não é mesmo? Eu estou longe de ser um expert no assunto, mas entendo bem do assunto na prática, pelo menos bem o suficiente pra saber que esse assunto dá o que falar, e normalmente entra num nível de detalhamento onde as divergências não trazem nenhuma diferençca prática para o mundo real.
Voltando para o post original, as dúvidas eram sobre canons Ls e sonys CZs. Eu quis ser simples e prático dizendo que cada uma é boa (ou melhor que isso, excelente) em vários aspectos, mas que existem divergências no nível de filosofia de projeto que as vezes levam os fabricantes a caminhos diferentes na definição do que é qualidade óptica, ou seja, não é uma corrida em uma única direção. A maior prova disso é que existem excelentes fabricantes que simplesmente não divulgam seus gráficos MTF para evitar uma equivocada comparação direta de desempenho. Se a questão de qualidade fosse mensurável dessa forma pura e simples, bastaria se colocar um gráfico do lado do outro e comparar para saber qual lente é melhor. E sabemos que não é assim que a coisa funciona.
Eu aproveitei e li o artigo linkado pelo acolla e de lá trago aqui uma frase que diz tudo, e clareia mentes escurecidas pela busca cega por "qualidade":
"Most Lenses are Better Than Most Photographers", ou seja, "A maioria das lentes é melhor do que a maioria dos fotógrafos"
No contexto do post original, podem ter certeza que uma Canon L é boa o suficiente para qquer mortal. O dia que vc chegar e falar assim: "Putz, essa 400L está estragando minhas fotos, preciso de uma lente melhor" é porque vc é muito bom mesmo :worship:
Eu na minha humilde carreira de fotógrafo entusiasta, prefito ter "lentes melhores do que eu", e o motivo é simples, sei que sempre que meus resultados forem uma droga, a culpa é minha, e nunca das lentes
 :D :D :D
E minhas lentes nem "L" são!!  :hysterical:
« Última modificação: 23 de Maio de 2008, 22:28:54 por padovaz »
Canon 350D + Tamron 17-50mm + EF 70-300mm IS
-> Visite minha galeria <-