Autor Tópico: Problemas com fotos de pôr do sol e afins ...  (Lida 1202 vezes)

rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Online: 04 de Agosto de 2008, 10:26:58
Pessoal,

Estou com dificuldades com a latitude da velha D30 em fotos de por do sol etc.
Não sei se estou fazendo algo errado ou se é um limite do sensor CMOS da D30.

Fiz essa foto no caminho de um passeio pois vi os raios de sol brilhando bem na continuação das linhas do cais e achei que seria uma boa composição. Mas não gosto do resultado pois tive que levantar muito as sombras e veio muito ruído junto.  :no:

Essa foto é um bom exemplo de um problema que tenho enfrentado.
Queria perguntar se tem alguma técnica que ajude a aproveitar melhor esse tipo de cena.

Tenho deixado o sol estourar um pouco em fotos de pôr do sol para não perder as luzes médias mas ainda assim não acho que fica aceitável.

Fiz alguns poucos testes em RAW em outras situações e não melhora muito.

Não sei se tenho que deixar estourar mais ainda, ou salvar em RAW e fazer algum processamento específico além de levels ou curves...

O que mais me intriga é que vejo algumas fotos de por do sol feitas com compacta, mesmo compactas antigas da época da D30, que saem mais bonitas em termos de luz que essa.  :ponder:

Qualquer ajuda é bem vinda.  :ok:

Abraços!



Exif:
Canon D30 com lente 18-55mm (kit da XT)
ISO 200
f5.6 1/1500
Distância focal 46mm
JPG/small/fine

Tratamento: Gimp. crop leve das bordas, curves e sharp.

Local e condições: Búzios. Fim de tarde (umas 16:30) com céu nublado.
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 04 de Agosto de 2008, 11:00:45
Rogério, com o sol na foto o primeiro plano fica como silhueta, não tem jeito, só com HDR. Ou então usando flash de preenchimento.
Além disto ocorre uma falta de contraste e de cor na foto.
Espere o sol baixar mais, pela altura do sol a foto deve ter sido tirada lá pelas 15:30-16:00h. O sol parecia estar bloquado por uma nuvem, mas se ele estivesse mais baixo a diferença de luminosidade não seria tão grande.
Use um filtro graduado ou então uma técnica de múltiplas exposições com digital blending ou até HDR.
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


Ricardo Foto

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 102
  • Sexo: Masculino
    • Ricardo de Sá
Resposta #2 Online: 04 de Agosto de 2008, 11:10:44
Citar
JPG/small/fine

 Experimente fotografar em RAW e verá a diferença no tratamento da imagem em exposições como esta.
« Última modificação: 04 de Agosto de 2008, 11:11:34 por Ricardo Foto »


Pictus

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.119
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/10986424@N02/sets/
Resposta #3 Online: 04 de Agosto de 2008, 11:40:00
A tecnica de PS é http://www.radiantvista.com/tutorials/a-photoshop-reference-combining-two-exposures
Nesta foto não ia ficar muito bom, melhor seria um filtro ND graduado no esquema tipo cokin http://www.cokin.co.uk/pages/main.htm



rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 04 de Agosto de 2008, 11:45:52
Citar
JPG/small/fine

Experimente fotografar em RAW e verá a diferença no tratamento da imagem em exposições como esta.

Com eu disse, eu fiz umas poucas experiências em RAW. Melhorou mas não muito mas vou insistir mais.
Vou comprar um cartão maior pra migrar em definitivo para o RAW.

Citar
Enviado por: Paulo Machado 

Rogério, com o sol na foto o primeiro plano fica como silhueta, não tem jeito, só com HDR. Ou então usando flash de preenchimento.
Além disto ocorre uma falta de contraste e de cor na foto.
Espere o sol baixar mais, pela altura do sol a foto deve ter sido tirada lá pelas 15:30-16:00h. O sol parecia estar bloquado por uma nuvem, mas se ele estivesse mais baixo a diferença de luminosidade não seria tão grande.
Use um filtro graduado ou então uma técnica de múltiplas exposições com digital blending ou até HDR

Paulo, o que mais me intriga é relmente as compactas apresentarem melhor resultado algumas vezes.

Fico pensando se não estou fotometrando errado...  :ponder:
Já pensando em RAW, qual seria a técnica correta para fotometrar uma cena dessas e aproveitar o melhor do sensor num único clique sem HDR?

Abraço e obrigado a todos pelo pronto atendimento rsrs.
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 04 de Agosto de 2008, 12:08:42
A tecnica de PS é http://www.radiantvista.com/tutorials/a-photoshop-reference-combining-two-exposures
Nesta foto não ia ficar muito bom, melhor seria um filtro ND graduado no esquema tipo cokin http://www.cokin.co.uk/pages/main.htm

Olá Pictus. Obrigado pelo link. Fazer um "Blend" seletivo é uma idéia bacana...

Eu ainda pretendo começar a fazer HDR e similares mas por enquanto tô querendo pegar o jeito da fotometria em um único clique pra depois evoluir na técnica.

Eu achei que era mais facil mas tô vendo que realmente ainda não sei fotometrar pôr do sol.
Tenho que fazer umas 3 fotos pra sair algo rasoável e não gosto da idéia de não saber o que estou fazendo.

Na teoria imagindo que uma técnica boa seria: Fotometrar as sombras, fotometrar o céu, observar a "distância" entre as duas exposições e ver se cabe na latitude da cam. Se não couber, daí a decisão pelo que deve estourar ou aparecer.

Porém, além de não saber a latitude da D30 (não achei na Internet de modo algum), ela tb não tem modo spot o que não ajuda. Tb não tenho conseguido fazer isso pois requer muito tempo e concentração e acabo perdendo o momento.

Tenho conseguido resultados menos ruins fotometrando com o dedo na frente do sol pra enganar a cam. Daí estoura um pouco o sol (o que é inevitável) mas as luzem médias saem boas.
« Última modificação: 04 de Agosto de 2008, 12:10:33 por rogerio_prazeres »
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Lúzio

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.601
Resposta #6 Online: 04 de Agosto de 2008, 12:33:33
Larga de ficar encucado achando que vc não sabe fotometrar. Este tipo de cena não tem jeito. É como o pessoal já falou: HDR, multipla exposição e blending no PS, filtro graduado, fill flash......
Fotometria jamais vai dar jeito nesta cena ainda mais com a pouca latitude de sua máquina...
Nova Nikon D300 + Nikon D70. Lentes 18-70 DX  e Tamron 18-50 f/2.8 XRDI.
Flash SB 600, tipés, filtros, mochilas, moto...

Rio de Janeiro


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 04 de Agosto de 2008, 12:36:51
Rogério, faz a fotometria em +2 e em "Partial" apontando para o sol e depois levanta as sombras no PS.
Vai aparecer o ruido mas pelo menos não terá um estouro no sol.
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 767
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #8 Online: 04 de Agosto de 2008, 22:10:52
Pegando carona no tópico, eu tenho um problema diferente na minha D70s quando enquadro o sol: Ele, dependendo da altura, assume a forma hexagonal ou heptagonal, com qualquer objetiva. Isso seria característica do sensor?





abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.000
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 04 de Agosto de 2008, 23:17:08
Você usou f/13 e f/11, pode ser o diafragma que deixou o sol assim, não?


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 767
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #10 Online: 05 de Agosto de 2008, 08:16:32
Você usou f/13 e f/11, pode ser o diafragma que deixou o sol assim, não?

Será? Pode ser isso? Vou fazer experiências. Mas você pode notar um caso clássico de meu esquecimento de ajuste no ISO  :hysterical: 400!!!!!  :aua: :aua:
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 05 de Agosto de 2008, 22:06:02
Belas fotos Marcelo!!!  :clap:

Acho que o que acontece aí é um efeito ótico aliado à latitude do sensor da câmera.

Quando se fecha a objetiva as luzes mais intensas e pontuais formam esse padrão estrelado. Acontece com luzes noturnas distantes tb quando de fecha o diafragma em longas exposições.

É um efeito de interfência de luz causado pela difração das ondas nas bordas do diafragma (alguém por favor me corrija se eu estiver errado). O número de raios depende do número de lâminas e da forma geométrica do obturador.

Se a latitude fosse altíssima o sol apareceria redondo com esses raios em volta.
Como a latitude é limitada parte dessas luzes estouraram fazendo a impressão da figura geométrica.

Acho que vc pode ver bem o efeito fotografando diretamente o sol em f11 ou f22 e outra com a mesma exposição colocando uma chapa de raio X na frente como se faz pra ver eclipses. Se o sol voltar a ficar redondo com alguns poucos ou nenhum raio matou-se a charada.

Abraços.
« Última modificação: 05 de Agosto de 2008, 22:08:00 por rogerio_prazeres »
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Pictus

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.119
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/10986424@N02/sets/
Resposta #12 Online: 06 de Agosto de 2008, 02:23:52
O formato geométrico provém das laminas do diafragma, quanto mais
lâminas melhor,mais arredondado fica, no caso da D70s por usar um sensor
com shutter eletrônico tb pode ocorrer blooming(como na foto postada) em
velocidades acima de 1/250(não sei o valor correto).


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 767
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #13 Online: 06 de Agosto de 2008, 08:31:32
Valeu, Pictus e Rogéiro :worship:

Acho que pode ser sim uma questão de diafragma. Vou fazer os testes!
Quanto ao shutter eletrônico, não estou certo da velocidade, imaginei que fosse algo acima de 1/500s. Vou verificar também!

Abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech