Autor Tópico: Distribuição da profundidade de campo na fotografia  (Lida 818 vezes)

mascarenhasbh

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 168
    • http://
Online: 13 de Agosto de 2008, 17:12:05
revendo alguns conceitos teóricos sobre profundidade de campo li numa revista q a profundidade de campo se distribui a partir do ponto de foco em um terço na direção da câmera e em dois terços na direção do infinito. isso ta certo mesmo?


e em outro site (mto bom por sinal)
http://www.cambridgeincolour.com/tutoriais/profundidade-de-campo.htm
 
em q há uma tabela mostrando em % a distribuiçao, mas achei engraçado q eles nao sitaram a abertura usada.....

 :ponder:
« Última modificação: 16 de Agosto de 2008, 23:13:13 por Kika Salem »


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.740
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 13 de Agosto de 2008, 17:37:44
Mascarenhas a distribuição não é linear como apontado, segue uma relação exponencial (maldita mania que esse ponvo tem de linearizar tudo, ai só falam besteiras). haverão momentos onde a DOF será muito próxima, haverão momentos onde será extremamente discrepante.
Para você ter uma idéia:
Para uma visualização a 25cm de 24x16cm a partir de uma câmera APS-C com uma lente de 100mm, f/2.8 com objetivo focado a 1m você teria nitidez aceitável entre 99,51cm e 100,5cm, ou seja 0,5cm em direção ao infinito e 0,49cm em direção à câmera, o que daria uma relação de apenas 1,02 e não de 1,5 como eles pregaram.
Em contra partida para a mesma lente com o foco a 50m teríamos nitidez aceitável entre 39,23 e 68,93m, ou seja, 10,7m em direção à câmera e 18,93m em direção ao infinito, o que daria uma relação de 1,77, o que já é mais do que o 1,5 proposto.
Quando a lente ultrapassa a hiperfocal você percebe que a lente vai chegar em uma relação infinita, pois infinito dividido por qualquer número é infinito. Como você pode perceber a DOF aumenta significativamente mais em direção ao infinito do que em direção à câmera, por isso é impossível tecer tais tipos de afirmação.
Se quiser brincar um pouco com DOF visite: http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=23976.0
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


kiran

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
    • PROFISSIONAL
Resposta #2 Online: 16 de Agosto de 2008, 02:52:57
leo, não fica nervoso  ;) algumas pessoas precisam de dicas mais simples para poder evoluir, mas você arrasou com a aula, e eu tou aprendendo bastante do site postado
pelo/a mascarenha.
 :ok:


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 26 de Agosto de 2008, 09:11:05
revendo alguns conceitos teóricos sobre profundidade de campo li numa revista q a profundidade de campo se distribui a partir do ponto de foco em um terço na direção da câmera e em dois terços na direção do infinito. isso ta certo mesmo?

e em outro site (mto bom por sinal)
http://www.cambridgeincolour.com/tutoriais/profundidade-de-campo.htm
 
em q há uma tabela mostrando em % a distribuiçao, mas achei engraçado q eles nao sitaram a abertura usada.....

 :ponder:

Esse negócio dos terços realmente não é correto. A profundidade de campo depende das aberturas, do comprimento focal e do tamanho da mídia utilizada.

O site www.cambridgeincolour.com é muito bom, e inclusive tem uma calculadora de profundidade de campo também ( a do Léo aqui do site é mais completa ). O que eles disseram dos % é um exemplo específico.

Nas câmeras mais antigas quando o visor era bem grande até que o botão de profundidade de campo ajudava bastante, mas nas DSLR com visor pequeno é difícil ver.

E eu diria mais, DOF é algo tão difícil ajustar com números de forma aceitável que na prática se torna mais útil conhecer um pouco as suas lentes para ajustar a abertura nas diversas situações pois dificilmente terá como calcular isso na hora da foto (exceto em ensaios).

Por exemplo:
Se vc tem uma pessoa numa paisagem e sua lente X em Ymm é mais nítida em f/8 é melhor saber em que ponto ela fica hiperfocal pra focar tudo que focar na pessoa ou na paisagem.

Tem gente que fecha pra f/11 ou f/22 e foca no infinito ou na pessoa, mas acho que não é como se atinge o máximo da nitidez. Me corrijam se estiver errado.  :ok:

Abraços.
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br