Autor Tópico: Estudio Movel  (Lida 9010 vezes)

Alci Trindade

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Online: 29 de Agosto de 2008, 13:07:36
Orientação para Estudio móvel,
Apaixonado por fotografia ,  acabei de comprar minha NIKON  D80 e um Flash SB 800 (ainda  estou babando).  Pretendo montar um estúdio móvel para fotografar  modelos (entende-se por modelos pessoas comuns), tenho em mente  a seguinte configuração inicial (para chegar a esta configuração tive que levar em conta principalmente meu baixo orçamento, ou melhor nenhum, pois pretendo comprar tudo parcelado): 01 fundo branco 2,00x3,00mts, 01 luz de fundo, e uma luz para modelar o cabelo, alem de tripés(  para o fundo e o  flash )  e rebatedores(sobrinhas).
A  minha principal dúvida é: o que é mais conveniente,  flash de estúdio (02 atek  digital 140plus) ou os compactos ( 02 SB 600).Aguardo muitas opiniões e orientações.  Não devemos esquecer que devo transportar tudo.
 OBS.:  Sei que o fundo tem de ser de um material não que não reflete luz,  como TNT, quais são os outros materiais,  será que vou achar no mercado convencional?
 :ponder:


miltoncarvalho

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 117
  • Sexo: Masculino
  • A luz no fim do túnel é outro trem que vem.
Resposta #1 Online: 29 de Agosto de 2008, 13:46:58
Salve Alci,

Não sou a pessoa mais gabaritada para responder porque nem tenho muita pratica ainda, mas como voce deixa aberto para muitas respostas e opcoes, e como tambem é um sonho meu ter um estudio facil de transportar, vamos lá, um breve apanhado do que fui lendo aqui e ali, mais algumas experiencias:

TNT NÃO !   Amassa que é uma beleza e depois de amassado já era.   Também nem é um material muito legal, sei lá, é gosto, e eu desgosto.  Prefira lycra, ou outros materiais que o pessoal certamente vai sugerir.  Tem tambem agora um fundo da Mako que é dobravel, e eu sou fa de carteirinha de rebatedores dobraveis pela comodidade.

Quanto à luz, estava lendo agora mesmo em outro forum e confirma uma impressao minha: estamos mal servidos no Brasil.  Eu acho que 160 é  pouco, dependendo da aplicação e uso, mas aí vai a sua necessidade.   Aqui entra minha falta de experiencia (tenho que fotografar mais e ficar menos nos foruns geeks da vida, ha ha ha), mas 160 me soa meio limitado demais, tenho uma tocha 160 para ajudar a fazer fundo em cia. de uma 140, e sofro no photoshop para corrigir depois, em se tratando de foto de grupo.  Pode ser falta de tecnica minha.  Mas beleza seria se aqui tvessemos algo do estilo alien bee para comprar a prazo.

Vou aprender com esses tópico também.

 

 


Pictus

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 9.113
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/10986424@N02/sets/
Resposta #2 Online: 29 de Agosto de 2008, 16:29:44
Portátil seria na base de alguns “SB's”...   :ponder:
http://strobist.blogspot.com/


lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #3 Online: 30 de Agosto de 2008, 22:50:54
Alci,

a minha sugestão é que você não compre mais nada ainda, exceto um rebatedor/difusor.

Aprenda a usar o seu SB-800 off-camera disparado pelo modo commander da D80.  Aprenda a usa-lo através de um painel difusor, rebatido, e com snoot (que você mesmo pode fazer).

Aprenda a misturar o flash com luz ambiente, a mudar as relações flash/ambiente, a usar slow sync, rear curtain, e modo manual do SB-800 off camera.  Aprenda a usar o sol em contraluz e iluminar com o SB-800, aprenda a usar luz de janela e preencher com o SB-800, observe os efeitos diferentes obtidos com o SB-800 com o zoom em 24mm, 50mm, 85mm, 105mm. Aprenda a usar os gels coloridos e aprenda a mudar a temperatura de cor e seus efeitos sob o white balance com eles.

Isso simplificará o seu aprendizado.

Comprar mais fontes de luz agora não irá facilitar a sua vida.  Ao invés de uma luz + uma sombra você terá mais coisas para se preocupar.

Quando você se sentir confortavel com 1 fonte de luz e entender a diferença entre luz difusa e dura, direta e rebatida, saber o que é key/fill/etc. ai será a hora de comprar mais fontes de luz.

Até lá, estude um pouco mais e fotografe MUITO, usando *uma* fonte de luz.

Na foto abaixo, Autoramas para revista Rolling Stone, com 4 SB-800 e 2 SB-600.

http://www.lost.art.br/autoramas.htm



Eli D. com 2 SBR-200



Jaqueline Mourão para Go Outside, com 2 SB-800s + pocket wizards:

http://gooutside.terra.com.br/Edicoes/39/artigo97581-1.asp



Flashes compactos ou SBs? Depende. Com os compactos você ainda precisa de tomada a/c, não? Com os SBs você pode usar baterias externas e/ou recarregáveis e ficar mais independente. Esse é o case que eu uso:



Mas nem sempre preciso levar tudo. No caso da capa da Go Outside acima, levei apenas 2 SBs.

na foto abaixo, os SBs com blackboxes, justin clamps, etc.:



Mesmo assim, quando tenho jobs que demandam maior potência uso um gerador Profoto 7b.

Cada caso é um caso.

Se a questão é gastar menos e ainda ter autonomia em locação, eu não descartaria os flashes FRATA nacionais. As baterias são baratas, dá pra usar com modificadores de luz, e apesar de ter apenas 1/2 e full no controle de carga, sabendo usar dá pra trabalhar muito bem.  Ou, os tradicionais e super confiáveis Vivitar 283, bons e baratos. Já usei pencas deles. O mesmo vale para SB-24 antigos.

Mas... voltando a minha sugestão inicial. Comece com 1. Aprenda a usar. Pelas perguntas me parece que falta mais conhecimento e experiência do que equipamento, então melhor investir em vc que em mais material por enquanto. Assim a medida em que você evolui a sua própria necessidade irá ditar o que adquirir.

abrazos, sorte,

ig


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #4 Online: 30 de Agosto de 2008, 22:58:03
Ignácio,

Gostei mto da forma como vc usa os SBs.... Realmente o que me falta é experiência de como usá-lo para uma iluminação de qualidade.... Onde conseguiste conhecimento para o uso dessas preciosidades? Algum manual? Cursos? Autodidata?

ABraço,
Fernando
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Heber_Dm

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 660
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 30 de Agosto de 2008, 23:38:58
O início do texto do nosso amigo "Ig" foi alviçareiro, rolou até uma sensação de poder quando me lembrei que tenho uma câmera e um flash. O problema depois é ver as fotos dele e conferir o arsenal, aí o que rola é uma deprê...

Porém, o conselho é excelente: esgotar as possibilidades do que se tem à disposição e, a partir daí, EVOLUIR.

Palavra chave, essa. Devemos gravá-la em nossas mentes, para lembrarmos dela o tempo todo.
°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°
Heber DM - Lavras-MG
Pentax System - Canon PowerShot G6
°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

"Jovem é todo aquele que tem compromisso com o futuro" - Tristão de Ataíde


wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.187
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Resposta #6 Online: 31 de Agosto de 2008, 19:29:48
Pra enriquecer este post valeria que os amigos postassem uns esquemas de iluminação usando dois flashs fora da cam ou 1 fora comandado pelo da cam


lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #7 Online: 01 de Setembro de 2008, 04:32:46
O problema depois é ver as fotos dele e conferir o arsenal, aí o que rola é uma deprê...

Deprê? Não deveria ser o caso. A idéia de usar SBs múltiplos é ter recycle mais rápido e poder usar modificadores como sombrinhas e hazy. Ao invés de ter 1 SB disparando em carga total (demorando 2 seg. ou mais para reciclar), posso ter 4 SBs disparando em 1/4 e reciclando quase instantaneamente. O resultado é o mesmo, apenas otimizo o tempo de captação, muitas vezes limitado (como no caso da capa da outside).

A aplicação é a mesma com 1, 2,  ou mais flashes.

Não se trata de  "esquemas" de luz, e sim entende-la e aprender a usa-la. Entender a diferença entre luz direta, rebatida, temperatura de cor, etc.

Strobist é um bom começo.  Livros, cursos, e muita experiência própria ajudam.

A geração atual acha que isso começou com o David Hobby, mas muuuuitos anos antes Chip Simons usava flashes compactos em locação com resultados fantásticos.

Luz é luz, seja com compactos, continua, luz natural, etc.

Citar
Onde conseguiste conhecimento para o uso dessas preciosidades? Algum manual? Cursos? Autodidata?

Nunca fiz um curso de fotografia. Leio muito, e tento aprender dos meus erros (e eventuais acertos).


[   ]s

ig


lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #8 Online: 01 de Setembro de 2008, 07:58:56
Pra enriquecer este post valeria que os amigos postassem uns esquemas de iluminação usando dois flashs fora da cam ou 1 fora comandado pelo da cam

http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=25708.0