Autor Tópico: Dogville - Um filme quase teatro. (+/- off topic)  (Lida 1563 vezes)

rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Online: 31 de Agosto de 2008, 15:42:02
Pessoal,

Ontem vi um filme muito interessante. Chama-se Dogville.

O cenário, que cabe num ginásio pequeno, ilustra uma pequena vila. As paredes são desenhadas no chão, não há portas etc.
Ou seja, algo quase teatral.

A fotografia se resume a efeitos com luz artificial, ângulos de filmagem e composições com os poucos elementos.

São 3 horas no mesmo cenário mas logo se esquece esse "detalhe".

No final, já nos créditos, uma sequência de imagens muito impressionantes encerra a sede dos fotógrafos de plantão e te faz ficar com raiva das letrinhas passando.

Recomendo.  :ok:
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Davi Sato

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.036
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #1 Online: 31 de Agosto de 2008, 16:57:32
Rogério,

Esse lance de filme é interessante...

Eu uma vez peguei esse filme na locadora, mas sinceramente, não tive mto s*co pra ver até o final... sei lá... talvez fosse mesmo um filmaço como vc diz... (se bem que eu acho que era um dia que eu tava mais pra ver uma comédia, ou um filminho de ação...)... rsssss...



Sinopse:

Anos 30, Dogville, um lugarejo nas Montanhas Rochosas. Grace (Nicole Kidman), uma bela desconhecida, aparece no lugar ao tentar fugir de gângsters. Com o apoio de Tom Edison (Paul Bettany), o auto-designado porta-voz da pequena comunidade, Grace é escondida pela pequena cidade e, em troca, trabalhará para eles. Fica acertado que após duas semanas ocorrerá uma votação para decidir se ela fica. Após este "período de testes" Grace é aprovada por unanimidade, mas quando a procura por ela se intensifica os moradores exigem algo mais em troca do risco de escondê-la. É quando ela descobre de modo duro que nesta cidade a bondade é algo bem relativo, pois Dogville começa a mostrar seus dentes. No entanto Grace carrega um segredo, que pode ser muito perigoso para a cidade.

Elenco:

Nicole Kidman (Grace)
Harriet Andersson (Gloria)
Lauren Bacall (Ma Ginger)
Jean-Marc Barr (Homem com grande chapéu)
Paul Bettany (Tom Edison)
Blair Brown (Sra. Henson)
James Caan (Homem grande)
Patricia Clarkson (Vera)
Jeremy Davies (Bill Henson)
Ben Gazzara (Jack McKay)
Philip Baker Hall (Tom Edison Sr.)
Siobhan Fallon (Martha)
John Hurt (Narrador - voz)
Udo Kier (Homem de casaco)
Chloë Sevigny (Liz Henson)
Stellan Skarsgard (Chuck)
Miles Purinton (Jason)







 :D
Pentax K10d / Sigma 28-70 f/2.8 / Pentax 18-55 / Pentax 50-200
São Gotardo – MG


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 31 de Agosto de 2008, 17:54:17
 :hysterical: :hysterical:

Pois é Sato... É bem interessante pois eu tb não sou fã desse tipo de filme.

Quando vi o começo pensei "Não acredito que essa P()$$@ de filme vai ser inteiro nesse cenário..."
Passaram 10 minutos. "Troço chato do C@#$@%&% !!"

Depois acostumei com o ritmo e gostei muito.

Valeu pela sinopse. :D
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Davi Sato

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.036
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #3 Online: 31 de Agosto de 2008, 19:23:44
:hysterical: :hysterical:
Quando vi o começo pensei "Não acredito que essa P()$$@ de filme vai ser inteiro nesse cenário..."
Passaram 10 minutos. "Troço chato do C@#$@%&% !!"

Então... Eu costumo fazer isso aqui. Depois de uns 15 ou 20 minutos, se o rítmo do filme não for legal, eu costumo mudar de filme... rssssssssss...

Engraçado, era um sábado de noite, (lógico que sábado a noite já não tem mais quase nada interessante ou "lançamento" na locadora), então olhamos na capa do DVD, Nicole Kidman... rsssssss...  :D
Pentax K10d / Sigma 28-70 f/2.8 / Pentax 18-55 / Pentax 50-200
São Gotardo – MG


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #4 Online: 31 de Agosto de 2008, 20:00:11
Estou com ele em casa para assistir, já comecei uma vez, mas não lembro porque não continuei. Vou tentar de novo. Ontem assisti ao filme "Má educação", do Almodovár. Gostei bastante, mas tem alguma coisa diferente dos demais filmes que já assisti dele, não sei precisar o que, também nem parei pra pensar nisso e, mais importante, nem é assunto do tópico.

É + off topic se a gente for discutir o filme (enredo, roteiro etc.), mas pode ser + arte fotográfica se a gente for falar, entre outras coisas, da fotografia como começou Rogério. Como "movedora", não sei como proceder nesse caso, normalmente eu colocaria em Papo Furado, mas não sei se faço correto porque lá também o tópico se perde e perde interesse. Vou deixar a tarefa para um moderador mais experiente.

Valeu pela dica Rogério, vou assisti-lo assim que der vontade de assistir a um filme.


wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.183
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Resposta #5 Online: 31 de Agosto de 2008, 22:12:20
Pessoal, eu ví esse filme no cinema e a princípio estranhei o formato mas achei muito interessante pelo fato de não ter nada que fizesse o espectador se distrair das interpretações, a té o fato dos espaços, casas, bar, etc. serem apenas riscados no chão dá um clima meio surrealista. Após uns 15 minutos fiquei amarrado no filme e quando saiu o DVD, comprei.

Esse filme é o primeiro de uma trilogia sobre os aspectos da sociedade norte-americana. O segundo que também é espetacular (pelo menos pra mim) chama-se Manderlay e versa sobre racismo. Tem nas locadoras. O terceiro, acho que não saiu ainda. Mas pra não dizer que esse assunto é off totalmente, reparem na fotografia que é muito boa.

Boa diversão.  :ok:

http://www.cinemacafri.com/movie.jsp?movie=425
« Última modificação: 31 de Agosto de 2008, 22:28:39 por wdantas »


rafaelfrota

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 254
  • Sexo: Masculino
  • "Toda a arte é absolutamente inútil" (O. Wilde)
    • http://www.rafaelfrota.com
Resposta #6 Online: 31 de Agosto de 2008, 22:43:54
Dogville foi uma grande inspiração estética pra mim.
Ele é um filme "ame-o ou deixe-o". Não é um filme que se assista assim...pra se divertir.
O texto é simplesmente fantástico e o final...nossa...
Ele faz parte sim da trilogia chamada "EUA- terra das oportunidades" e seu diretor, Lars Von Trier fez ele baseando-se nos principios do DOGMA 5, que ele mesmo inventou.
A continuação, Manderlay, é igualmnete excelente. Wasington, o último, está em suspenso porque o Lars está com uma p*&%$# depressão.
Acho legal observar neste filme a ligação da iluminação com o fundo preto, que lembra, em muitos, as tradicionais fotos com luz contínua e fundo infinito preto. Dá pra se tirar muita idéa de lá...