Autor Tópico: Questionário sobre a construção e a recepção da crítica na fotografia  (Lida 2861 vezes)

Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Esse questionário nasceu da iniciativa da Fernanda em postar um texto chamado "Os 12 pecados capitais do fotógrafo amador", de autoria de Mario Amaya. Ele foi separado do tópico original para obter maior visibilidade porque o modo como se constrói e se recebe uma crítica permite conhecer a visão particular de cada um e, conseqüentemente, ampliar nossa percepção do que é uma crítica e, sobretudo, entender como o nosso interlocutor pensa tal crítica.

De antemão, agradeço aqueles que aceitarem responder as questões.

Fonte: http://marioav.blogspot.com/2008/08/os-12-pecados-capitais-do-fotgrafo.html

Tópico original: http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=25795.0

Tópico complementar: http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=25527.0



Gostei Fernanda!
Eu gosto desses textos irônicos, mas sei bem que eles causam uma certa antipatia se escrito em um ambiente coletivo como um fórum, por exemplo.

Citar
Assim, o comadrio é a norma natural. Nunca se vê alguém apontando falhas nas fotos dos outros. Mesmo quando pessoas pedem esse tipo de orientação, a crítica bem-intencionada parece inadequada, rude, fora do lugar. Aspirantes a artistas da luz perdem suas ambições e acabam viciados no elogio fácil e nas medalhinhas imaginárias.

Esta parte do texto fez-me fazer algumas perguntas para mim mesma e que agora compartilho com vocês:

1) Até que ponto devemos acreditar nos elogios e até que ponto devemos desconfiar deles?

2) Você já elogiou uma foto por camaradagem?

3) Você costuma abster-se de comentar uma foto que não gostou para não chatear o colega?

4) Você já deixou de comentar uma foto ainda que tenha achado ela bonita e bem executada? Por quê?

5) A empatia com o fotógrafo interfere na sua avaliação da foto?

6) Você posta fotos com que objetivo de receber:
a) críticas (positivas ou negativas, que venha o que vier, recebo de bom grado);
b) dicas técnicas para melhorar o meu desempenho;
c) impressões sensoriais sobre a minha imagem;
d) elogios, pois quando posto sei que a foto está ótima;
e) nenhuma das respostas acima, posto porque ________________________
f) todas as respostas acima.

Gostei da dica dos sites FotoGlobo (blog dos fotógrafos do jornal "O Globo") e também das inovações tecnológicas como o autonivelamento do sensor.

Obrigada Fernanda por mais essa.
« Última modificação: 06 de Setembro de 2008, 13:22:13 por Kika Salem »


Chello

  • Trade Count: (15)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.638
  • Sexo: Masculino
    • CJPress Foto e Jornalismo
Resposta #1 Online: 01 de Setembro de 2008, 13:06:25
Adorei também Srta Fernanda e coloco aqui minhas respostas à esse interesseante questionário da srta Kika:

1) Até que ponto devemos acreditar nos elogios e até que ponto devemos desconfiar deles?
Devemos saber diferenciar um elogio de uma "bajulação". Já me deparei muitas vezes com elogios que em nada refletiam a verdade sobre a foto e que ao invés de me estimular me desanimavam pelo fato de começar a acreditar que era a minha simpatia que atraiam os elogios e não a qualidade de minha arte. Muitos concordam que o Flickr é o maior exemplo disso!

2) Você já elogiou uma foto por camaradagem?
Confesso que já fiz isso sim, há muito tempo. E me arrependo muito pois na época eu não tinha tanto conhecimento como hoje mas fazia vistas grossas para os erros em detrimento da amizade. Ué, que tipo de amigo eu era que não usava de franqueza?

3) Você costuma abster-se de comentar uma foto que não gostou para não chatear o colega?
Também já fiz isso. Hoje me abstenho quando os comentários que desejo tecer já foram colocados e nada mais posso acrescentar. Quer dizer, tento fazer isso pois como gosto de escrever muito acabo me empolgando  :D

4) Você já deixou de comentar uma foto ainda que tenha achado ela bonita e bem executada? Por que?
Não. Sempre que me deparo com uma imagem que me agrada em todos os sentido, ao menos um elogio eu expresso, pois acho que este é um estímulo importante para quem recebe continuar sempre buscando manter a qualidade do seu trabalho.

5) A empatia com o fotógrafo interfere na sua avaliação da foto?
Já interferiu como mencionei na 2a resposta. Hoje é diferente, pode ser o Papa mas eu meto o pau se tiver ruim!!!! :hysterical:

6) Você posta fotos com que objetivo de receber:
a) críticas (positivas ou negativas, que venha o que vier, recebo de bom grado);
b) dicas técnicas para melhorar o meu desempenho;
c) impressões sensoriais sobre a minha imagem;
d) elogios, pois quando posto sei que a foto está ótima;
e) nenhuma das respostas acima, posto porque ________________________
f) todas as respostas acima.

Obrigado Srtas Fernanda e Kika!
« Última modificação: 01 de Setembro de 2008, 13:10:01 por Chello »
Chello
Fotojornalista
Canon Professional

Instagram: @chellofotografo


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #2 Online: 01 de Setembro de 2008, 15:39:17
1) Até que ponto devemos acreditar nos elogios e até que ponto devemos desconfiar deles?

Elogios são sognificativos quando uma determinada foto os recebe em desproporção com o restante das fotos. Ou quando quem elogia demonstra compreender sua intenção.

2) Você já elogiou uma foto por camaradagem?

Não exclusivamente por camaradagem, mas entre duas situações que podem receber eleogios mas isso não é obrigatório, a camaradagem conta.


3) Você costuma abster-se de comentar uma foto que não gostou para não chatear o colega?

Claro. Quase sempre só critico quando minha crítica pode ser útil de fato. Dificilmente faço uma crítica somente negativa, e, por outro lado, se a foto está boa no geral não fico procurando detalhes para criticar.



4) Você já deixou de comentar uma foto ainda que tenha achado ela bonita e bem executada? Por que?

Por preguiça. Já imaginou que saco ficar comentando todas as fotos relativamente boas?

5) A empatia com o fotógrafo interfere na sua avaliação da foto?

Não na avaliação da foto. Pode interferir na compreensão do que a foto significa no cainho do fotógrafo e pode também interferir no tipo de conversa, mas não na avaliação.

6) Você posta fotos com que objetivo de receber:

Não posto fotos para receber e sim para oferecer aos observadores minha visão do mundo. Mostro fotos. Mostro como parte da conversa por imagens que existe hoje. Na grande maioria das vezes sou perfeitamente consciente do que falta na foto e também dos seus méritos. Sinto-me feliz quando a visão de mundo embutida na foto é compreendida, e essa compreensão é para mim o mais importante e conversar sobre ela me faz aprender mais sobre isso, mas quando a foto é apenas criticada sem essa compreensão isso nada me ajuda.
« Última modificação: 01 de Setembro de 2008, 15:40:34 por Ivan de Almeida »


rafaelfrota

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 254
  • Sexo: Masculino
  • "Toda a arte é absolutamente inútil" (O. Wilde)
    • http://www.rafaelfrota.com
Resposta #3 Online: 01 de Setembro de 2008, 18:39:29
Minha resposta talvez seja um pouco Niilista, mas vamos lá:

1) Até que ponto devemos acreditar nos elogios e até que ponto devemos desconfiar deles?

Até o ponto que o cara disser "eu acho", "eu faria", "no meu caso". Quase sempre quando uma dessas sentenças está presente em uma crítica é sinal de que lá vem opinião pessoal.

2) Você já elogiou uma foto por camaradagem?


Acredite, não

3) Você costuma abster-se de comentar uma foto que não gostou para não chatear o colega?

Eu não comento até que seja perguntado. E quando me perguntam "o que achei" eu só digo se gostei ou não gostei. principalmente se o trabalho não tiver nadaa ver comigo. Se tiver algo grosseiramente errado, eu falo e teremos um bom diálogo. Caso contrário, nada além de "gostei" ou "não gostei" vai interferir em alguma coisa. Nao interessa a ninguém o que eu faria a não ser a mim mesmo.

4) Você já deixou de comentar uma foto ainda que tenha achado ela bonita e bem executada? Por que?

Não, eu babo mó ovo de fotos bonitas...

5) A empatia com o fotógrafo interfere na sua avaliação da foto?

Pra ser honesto, quase sempre. Se eu mostrasse uma foto que ng conhece do Bresson e dissesse que era minha, ia chover crítica. Aliás, já fiz mt isso...hehehheh

6) Você posta fotos com que objetivo de receber:
a) críticas (positivas ou negativas, que venha o que vier, recebo de bom grado);
b) dicas técnicas para melhorar o meu desempenho;
c) impressões sensoriais sobre a minha imagem;
d) elogios, pois quando posto sei que a foto está ótima;
e) nenhuma das respostas acima, posto porque ________________________
f) todas as respostas acima.


Pra falar a verdade eu tenho bastante receio de postar trabalhos meus pra analise geral. Não por ego, não por nenhuma questão psicológica, mas uma coisa que aprendi na faculdade de artes é que nem sempre somos capazes de ter um raciocinio impessoal a tudo que julgamos. Quando não há o fator técnico para se discutir (o grosseiro certo ou errado) busca-se qualquer cosa para julgar, entrando aí o fator pessoal. Coisas como "podia ser mais claro", "podia ter cortado menos", "podia ser assim ou assado", são aspectos muito delicados quando quem julga não tem a mesma "linha de trabalho" de quem está sendo julgado. O que busco é a avaliação mais direcionada, especificamente de quem tem linhas de trabalho parecidas comigo. Aí sim pode se chegar a auma avaliação mais intima e menos chutada.
Quando exponho algum trabalho publicamente, o que busco, além de mostrar a minha personalidade estética é traçar um networking com outros profissionais. Só isso. Avaliação por avaliação eu peço a pessoas que eu julgo certas para avaliarem meu trabalho. :D


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #4 Online: 01 de Setembro de 2008, 21:00:10
Sabe que lendo as respostas de vocês eu tive uma apreensão mais ampliada da crítica, além de conhecer a visão particular de cada um. O modo como cada um constrói sua crítica é muito elucidativo. Esqueci de mencionar isso no tópico do Ruy, mas às vezes parece que a crítica diz muito mais sobre o sujeito do que exatamente sobre o que é observado.

Bem, fiz as perguntas e não sei porque não respondi, então vou responder agora.

1) Até que ponto devemos acreditar nos elogios e até que ponto devemos desconfiar deles?
Na minha história no fórum, nem recebi tantos elogios assim, mas quando recebo procuro manter os pés no chão, ainda que fique feliz com os comentários. Sou meio desconfiada mesmo.

2) Você já elogiou uma foto por camaradagem?
Não que eu me lembre, mas procuro dar ênfase às fotos que me despertam a atenção e que eu julgo que posso aprender com a observação, ainda que elas não sejam simplesmente belas na acepção mais superficial da palavra.

3) Você costuma abster-se de comentar uma foto que não gostou para não chatear o colega?
Sempre. Primeiro porque acredito que minha crítica em particular vai mais é chatear o colega do que alterar a sua maneira de ver o mundo ou de tentar explorar novas possibilidades. Além disso uma crítica muito enfática, se já cria uma antipatia por si só, é duplamente mal recebida vindo de quem não tem uma produção tão relevante.

4) Você já deixou de comentar uma foto ainda que tenha achado ela bonita e bem executada? Por quê?
Muitas, quase todas, sobretudo quando o que eu ia dizer, somente que estão lindas, já foi dito dezenas de vezes.

5) A empatia com o fotógrafo interfere na sua avaliação da foto?
Não interfere na minha observação da foto, mas na atenção que dou à postagem.

6) Você posta as fotos com que objetivo?
Não posto muitas fotos porque, na maioria das vezes, não fico satisfeita com elas e sempre acho que poderia ter feito melhor. Mas quando posto busco, além de várias opiniões e dicas, compartilhar a vida que me rodeia, coisa que pretendo fazer mais vezes quando julgar que os resultados obtidos correspondem às minhas intenções.
« Última modificação: 01 de Setembro de 2008, 21:02:08 por Kika Salem »


GutoVilaça

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.321
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 02 de Setembro de 2008, 10:16:18
Fernanda - Bem legal o post sobre os principais erros dos fotógrafos (iniciantes ou não). A abordagem cômica do texto ficou muito bacana. Como o Marcelo frisou, a questão da assinatura (que é uma opção pessoal e o menor dos problemas, diga-se de passagem) é uma das coisas que tenho tentado me controlar (hehehehe). Comecei postando com uma imensa, quase tomando 1/4 da foto (ridícula) e agora já coloco somente na moldura. Somente para identificação já que no quesito "proteção" este artifício deixa muito a desejar. Aliás tem um debate só sobre isso num tópico aqui no fórum. Enfim... é sempre bom a gente tomar uns puxões de orelha para ficar-mos espertos quando formos fazer uns click's. Bacana.

Kika - Minha opinião sobre o questionamento:

1) Até que ponto devemos acreditar nos elogios e até que ponto devemos desconfiar deles?
Sou bastante crítico em relação às minhas fotos. No início das minhas participações aqui no fórum, quando postava fotos na galeria, ficava meio apreensivo pois era a primeira vez que colocava minhas fotos "à prova". Digo isso por que aqui tem muitos fotógrafos experientes (profissionais ou amadores) que tem bagagem suficiente para criticar ou elogiar de forma fundamentada o trabalho de alguém. Recebo muitos elogios e já recebi algumas críticas. Tudo de bom grado. Não sei se os elogios foram por camaradagem até por que não conheço ninguém aqui pessoalmente. É difícil de acreditar mas é verdade. Com essa turma de excelentes fotógrafos aqui em BH e vários passeios programados e eu ainda não conheço ninguém pessoalmente. Vontade não falta. Sou muito reservado (leia-se tímido) quanto a isso mas pretendo resolver esse problema logo.

2) Você já elogiou uma foto por camaradagem?
Só por camaradagem não. Pela união dos dois: boa foto e camaradagem. Tento observar como as pessoas aqui absorvem as críticas. Alguns tomam como aprendizado e outros, tomados pelo ego, já se sentem ofendidos. Os camaradas, para mim, são os menos estressados e tem muitos aqui que são muito bacanas, bem humorados, humildes e mandam muito bem nas fotos. Então eu elogio mesmo. Sem dó !!!

3) Você costuma abster-se de comentar uma foto que não gostou para não chatear o colega?
Como disse acima...se for um estressadinho prefiro não comentar. Não para chatear mas para não criar polêmica sem sentido. Já me fartei disso. Cada um sabe de si.

4) Você já deixou de comentar uma foto ainda que tenha achado ela bonita e bem executada? Por quê?
Sim...várias vezes. Algumas são impossíveis de não comentar mas tem hora que por falta de tempo ou por preguiça também eu não comento e às vezes só vejo rapidamente e depois volto com mais calma no tópico e teço algum comentário. Não consigo acompanhar o andamento do fórum...tá bombando muito!!! são muitos posts e muitas fotos. Bem que queria ter tempo suficiente para apreciar todas e ler sobre tudo aqui.

5) A empatia com o fotógrafo interfere na sua avaliação da foto?
Não deveria mas creio que involuntariamente pode acontecer. Não só a empatia quanto à antipatia. É normal. Temos a tendência de puxar para o nosso lado as pessoas que temos afinidades. Aqui no fórum, quando a pessoa posta no corredor polonês eu procuro ser o mais imparcial possível. Se tiver certeza do que vou comentar eu o faço. Desagradando ou não. Afinal é para ajudar e todos que postam ali sabem disso. Na galeria sou menos exigente. Eu observo as fotos. Se gosto, elogio...se não, aí depende...se tenho competência para dar um toque eu procuro ajudar...se não posso, fico quieto e aprendo também com os outros comentários.

6) Você posta fotos com que objetivo de receber:
Na galeria posto fotos, na grande maioria da vezes, para mostrar a todos meus relatos de viagens através de imagens. Compartilhar o que vi com vocês. Podem notar que sempre foram fotos que fiz em algum lugar que estive, gostei e retratei. Posto sem esperar nada. Lógico que escolho as fotos mais bonitas para mostrar. Normalmente são as fotos que mando ampliar. Normalmente são até bem elogiadas. Será que posso acreditar nisso ??? (hehehehe) Os lugares ajudam muito também. Quando recebo as críticas (que normalmente são de ordem técnicas) eu fico até feliz. Pois as questões de regulagens da máquina são pequenas e fáceis de resolver. Outro dia recebi um elogio do Beto (aqui do fórum) sobre a composição de uma foto minha. Foi uma foto pensada e que me deixou muito feliz porque estou batalhando muito nisso e um reconhecimento de alguém experiente é sempre um estímulo. Espero chegar num ótimo nível.
Abs a todos.
VAMOS ESTUDAR MAIS FOTOGRAFIA ANTES DE CRITICAR UMA FOTO ALHEIA. VAMOS CRITICAR SE O AUTOR PEDIR. SE VAMOS CRITICAR E COMENTAR, VAMOS FAZER COM SABEDORIA, COM EMBASAMENTO E DE MODO QUE SEJA ALGO CONSTRUTIVO. NÃO APELE SE O AUTOR DAS FOTOS REBATER ÀS CRÍTICAS AFINAL ISSO É DIREITO DELE. VAMOS DÁ BONS EXEMPLOS COM NOSSAS FOTOS POIS SÓ FICAR CRITICANDO FOTOS DOS OUTROS NÃO FAZ DA GENTE UM BOM FOTÓGRAFO.  VAMOS FOTOGRAFAR MAIS E CORNETAR MENOS!!!