Autor Tópico: A que ponto nós vamos chegar...  (Lida 2531 vezes)

Le_Marins

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 125
  • Sexo: Masculino
Online: 09 de Dezembro de 2008, 10:49:54
Sei que é um assunto pra lá de batido...mas tive que comentar aqui a minha insatisfação;;;

Fui perguntado sobre valores sobre um aniversário de 1 ano, em uma casa de festas, período de 4hrs, e a cliente queria fotos somente em um DVD e tratadas. Não chegamos em um acordo entre valores e ela vai e me fala:

-Poxa, um fotógrafo me cobrou R$100! por este trabalho...queria fazer com vc...mas...


Fernanda Maia

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.960
  • Sexo: Feminino
Resposta #1 Online: 09 de Dezembro de 2008, 11:02:04
A resposta ideal... Faz com ele, meu preço é outro. :assobi: :assobi: :assobi:
Fernanda Maia
Sony H2
Nikon D90, Sigma 50mm macro



Anderson Fonseca

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 691
  • Tião Carreiro e Pardinho Salva!!!!!!
Resposta #2 Online: 09 de Dezembro de 2008, 11:02:50
eu só diria uma coisa a ele antes de virar as costas e sair:  boa sorte.


 :no: :no: :no: :no:


Fransergio Paiva

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.522
  • Sexo: Masculino
    • http://www.fransergiopaiva.com.br/
Resposta #3 Online: 09 de Dezembro de 2008, 11:27:58
"é um pena, pois eu também gostaria de fotografar o aniversário do seu filho(a).  Bem, quando necessitar (de qualidade) sabe me encontrar."

 :ok:
Fransergio Paiva
Analista de Sistemas
Belo Horizonte - MG  - 
Nikon D7200
Nikon D300s
Nikon D50
Nikon 50mm 1.8 / Nikon 80-200mm 2.8 / Tamron 28-75mm 2.8
SB-600 / SB-900
Sekonic L-358 Flash Master Light

http://www.fransergiopaiva.com.br/


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #4 Online: 09 de Dezembro de 2008, 11:38:49
Aconteceu exatamente o mesmo comigo.
O cara queria um retrato para a contra-capa do livro dele, e uma fulaninha numa festa de criança ofereceu por um troco. Ele se desculpou comigo e fez com ela, e a foto ficou uma M.... , o prazo dele acabou e ele acabou pedindo prá mulher dele fazer uma no jardim e ficou com essa. Depois me ligou pra dizer que deveria ter feito comigo. Esse, pelo menos, aprendeu um lição. E olha que ele é publicitário, deveria saber que qualidade tem preço. :ponder:


Anderson Fonseca

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 691
  • Tião Carreiro e Pardinho Salva!!!!!!
Resposta #5 Online: 09 de Dezembro de 2008, 12:13:35
eu fui dar um orçamento para um casamento...aí a noiva me veio com o preço que ela tinha conseguido com outro fotógrafo, e oque estaria incluído no pacote...

o meu preço de custo, só custo ( álbum, edição, fotógrafo extra e assistente, filmagem, etc...) sem jogar a margem de lucro,  ficou 500 reais mais caro doque o preço cobrado pelo cara pelo pacote fechado... :eek: :eek: :eek: :eek: :eek:

eu disse a ela que não sabia oque o cara tava fazendo, mas eu não chegaria naquele preço dele nem fudendo ( não falei o palavrão )...e ainda depois de conversar, tive que ouvir a pérola da boca da noiva:

-"Po, se ele consegue viver com uma margem de lucro dessa porque vc não consegue??"

na hora só peguei minha agenda, abri, e epdi desculpas a ela, pois havia me equivocado e já tinha outro evento na data dela, portanto não me interesava mais em fazer o serviço...

4 meses depois, ouvi da mesma boca: "porra, se arrpendimento matasse..."

calei-me.
« Última modificação: 09 de Dezembro de 2008, 12:14:48 por Anderson Fonseca »


GutoVilaça

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.321
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 09 de Dezembro de 2008, 13:10:24
A "função" do cliente é "pechinchar" sobre qualquer produto ou serviço e exigir ainda qualidade...normal. Quem nunca chorou por um desconto??? A função da pessoa que está vendendo um produto ou serviço é cobrar um preço justo pelo trabalho que irá desenvolver e tratar o cliente com respeito pois mesmo não fazendo o trabalho é melhor deixar as portas abertas para o futuro.
Acho que numa situação dessas não iria dar uma má resposta ou virar as costas e ir embora. Tentaria argumentar mostrando o diferencial do meu trabalho para tentar chegar num acordo que seja bom para ambas às partes. Se esgotasse todas as possibilidades aí sim...."Infelizmente não há possibilidade de reduzir mais o preço pois meu serviço é de qualidade, foi um prazer, fique com meu cartão e passe bem."
VAMOS ESTUDAR MAIS FOTOGRAFIA ANTES DE CRITICAR UMA FOTO ALHEIA. VAMOS CRITICAR SE O AUTOR PEDIR. SE VAMOS CRITICAR E COMENTAR, VAMOS FAZER COM SABEDORIA, COM EMBASAMENTO E DE MODO QUE SEJA ALGO CONSTRUTIVO. NÃO APELE SE O AUTOR DAS FOTOS REBATER ÀS CRÍTICAS AFINAL ISSO É DIREITO DELE. VAMOS DÁ BONS EXEMPLOS COM NOSSAS FOTOS POIS SÓ FICAR CRITICANDO FOTOS DOS OUTROS NÃO FAZ DA GENTE UM BOM FOTÓGRAFO.  VAMOS FOTOGRAFAR MAIS E CORNETAR MENOS!!!


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 09 de Dezembro de 2008, 14:09:53
Eu também como cliente sempre tento pagar o mínimo pelo máximo possível mas tendo qualidade.

Eu não trabalho com isso mas se trabalhasse tentaria também não sei grosseiro pois o cliente sempre tem razão. Digo tentaria pois sei o quanto é difícil.
Passaria o cartão com o meu site (eu teria um se fosse profissional), explicaria meus custos e pediria pra olhar meu portfólio.
Se ainda assim o cliente não quisesse eu não poderia fazer nada.

Mas acabei de ter uma idéia aqui  :ponder:
Se colocassem em seus sites de portifólio uma página que explicasse de forma bem simples a diferença que as técnicas e os equipamentos usados por profissionais de verdade com exemplos? Será que não ajudaria a mostrar a diferença?

Outra opção seria ter um assistente de confiança que também fotografasse, porém menos experiente e que nesses casos poderia indicá-lo pra ir sozinho fazer as fotos a um custo menor porém mantendo "tudo em casa".

São apenas viagens minhas. Deculpem se falei bobagem...  :D
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Renato B.

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 102
Resposta #8 Online: 09 de Dezembro de 2008, 14:19:37
Não sou fotógrafo profissional (já tenho a minha profissão). Vejo que falta uma organização da classe.
Por exemplo: a OAB tem um valor padrão para uma petição (por exemplo... e todos advogados seguem esta tabela) lógico que haverá negociações, onde este preço seja modificado.
O CREA tem uma tabela de custos por M² de uma obra, seja para projeto, fiscalização, etc... um oscar niemeyer com certeza cobra um pouco a mais que essa tabela... mas digamos que ela seja o mínimo e não o máximo.

na fotografia... não vejo nada disso. E por isso tanta discrepância nos preços.

eu acho que uma diferênça de 500 reais num orçamentio de 2.500 ainda é possível no mundo dos negócios (quem tem qualidade pode) mas uma diferença de 500 num orçamento de 850...aí é jogo duro.

Talvés se fosse criada uma associação de fotógrafos (com suas divisões...eventos, artístico, jornalístico)talvés seria mais fácil de se estipular um piso de preços.


Renato B.

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 102
Resposta #9 Online: 09 de Dezembro de 2008, 14:24:36
completando....

quando entramos na esfera artística, fica difícil mensurar valores.... um quadro na feirinha de artesanatos tem um valor diferente de um quadro numa galeria.... qual vale mais?????
1° o tempo define qual vale mais
2° depende do comprador...conheço pessoas que jamais teriam um Portinari em casa.

por isso valores de referência são sempre bem vindos.

abraços


Anderson Fonseca

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 691
  • Tião Carreiro e Pardinho Salva!!!!!!
Resposta #10 Online: 09 de Dezembro de 2008, 14:29:11
Renato, vc está certo.

mas o mecado da fotografia é em grande maioria informal...não é regularizado...então não tem como...

não tem como o cara que é profissional sério, firmado no mercado,contribuinte, e com responsabilidade conseguir competir em preço com um Zé mané qualuqer que comprou um cãmera de entrada com lente do kit e flash barato, e vai fotografar por ninharia só pra recuperar o ( pouco ) investimento feito.

é assim, infelizmente. E se vc for falar que o cara tá errado, ainda aparece um monte de gente falando que vc é que é o babaca.

paciência...eu pelo menos tento ter.

 :ok: :ok:


Guigo_Mr

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.566
  • Sexo: Masculino
    • Rodrigo Augusto - fotografia & arte
Resposta #11 Online: 09 de Dezembro de 2008, 14:37:23
Pois é... não existe mágica.

Todos como consumidores adoramos preços melhores e a satisfação de comprar por menos.

Quando se trata de produto é mais fácil obter uma estimativa da equação custo x benefício. E a regra é clara : a partir de um certo ponto diminuir preço é diminuir qualidade.

Serviços são muito mais complicados. Muitas vezes o nome do profissional e/ou uma indicação é que acaba determinando a compra. Nos orçamentos sem estes fatores corremos mesmo este risco.

Eu vendo produtos (em minha farmácia de manipulação) e vendo serviços (como desenvolvedor pra web e consultor) e isso acontece mesmo. Devemos estar preparados.

Agora são 14:30h, ao meio dia e meia me ligou uma pessoa que fez um orçamento e disse : "Já pesquisei e estou te ligando novamente pra fecharmos ! Mas só fecho se você baixar R$200,00."

Estou plenamente consciente de que : o serviço orçado vale o que eu pedi; eu tenho condições de entregar muita qualidade e satisfazer ao meu cliente; com este preço eu me envolverei a fundo no projeto pela compensação financeira; como ele mesmo disse, já pesquisou e voltou.

Resumindo minha resposta foi : "Agradeço imensamente por novamente lembrar de mim. O preço você já tem e está muito justo pelas suas necessidades. Terei enorme prazer em trabalhar contigo. Se sua necessidade e espectativa diminuirem, o projeto diminuirá e diminuiremos este valor sem dúvida nenhuma."

Tenho certeza que voltará... e depois posto aqui.

No tangente ao serviço prestado, o importante é : TENHA CONSCIÊNCIA DO SEU NÍVEL COMO PRESTADOR DO SERVIÇO E DA SUA COLOCAÇÃO NO MERCADO.

Honestidade primeiramente conosco para saber nossa posição e nossa capacidade junto ao mercado é imprescindível. Se você não é o melhor, saiba quanto vale o serviço no seu nível atual, faça o melhor que puder; a satisfação dos seus clientes e a honestidade consigo serão bons parâmetros para te posicionar.

Claro... estude, pratique, melhore, aprenda, evolua... e ganhe mais.

Não é à toa que o ganhe mais fica no final da frase...rs.

 :ok:
« Última modificação: 09 de Dezembro de 2008, 14:39:42 por Guigo_Mr »


Renato B.

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 102
Resposta #12 Online: 09 de Dezembro de 2008, 14:38:30
Sei bem como é.... Tem site que vendo logotipos por 100 reais... aí o cara não entende como o logo da "pastelaria" pode ser igual ao dele que é uma loja de surf.... :ponder: :ponder:

eu rezo pedindo paciência... porque se Deus me der forças qualquer dia eu mato um... :hysterical:

Imitando o meu avô, eu já disse para um cliente não confundir "Banda de Fuzileiros com Bunda de funileiro"..rsrs


YES

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 56
Resposta #13 Online: 09 de Dezembro de 2008, 15:42:33
Poderia dizer:  Por 100 raeu eu faço o serviço, mas usarei uma compacta, em modo automático e ainda comerei e beberei na festa. 
Acho que é uma pechincha, além de vc arranjar um programinha (de jeca, é verdade), vc ainda come e bebe de graça e descola 100zinho.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #14 Online: 09 de Dezembro de 2008, 15:53:05
Renato existem sim tabelas de associação de classe, tanto para fotojornalismo, como para fotografia publicitária.
A questão ai é que fotografia não é profissão regulamentada por lei e mesmo que fosse continuaria tendo um enorme carater artístico por trás. Cada pessoa percebe este carater de uma forma diferente, não tem como tabelar uma bela imagem ou uma imagem ruim, é tudo uma questão de educar o povo. Fotografia é uma mistura de técnica e sensibilidade, por não haver regulamentação não temos obrigação de domínio técnico e a sensibilidade é ainda mais imensurável.
Digo que o problema é sério, pois está do lado do consumidor e não da classe, a classe na verdade não tem como se autoregular, uma vez que qualquer um pode fotografar quando e como quiser. Não existe uma lei que restrinja que para fotografar é necessário certa qualificação, mesmo porque fotografia é um ato por definição amador. Uma pessoa não pode atuar como engenheira mesmo que seja para construir um quartinho no fundo de casa, já para fotografia até crianças podem e devem fazê-lo. Mas o problema ocorre quando o consumidor não se preocupa se quem vai fotografar algo importante é qualificado ou não. Eu não vejo problema em existirem pessoas pouco qualificadas cobrando barato. Existem pessoas que querem isso. Eu tenho meu preço e se alguém quiser que pague por ele e pronto. A questão ai é cada fotógrafo fazer valer o que pede por seus serviços. Nada além disso. Se o cara é bom ele pode pedir o que for. Ao mesmo tempo que temos gente cobrando R$ 10,00 por uma foto de produto temos outros cobrando R$ 80.000,00. Ambos estão certos, ambos atendem seus mercados específicos. O problema está em você querer cobrar como um de 80.000,00 tendo o nome e a qualidade de um de R$ 10,00. Ai meus amigos só tenho a dizer que simplesmente não venderão nada.
Digo uma coisa, se seus custos são elevados e o público não reconhece este valor no seu trabalho então reduza seus custos, a estratégia para fotografia é a mesma adotada por qualquer empresa, se o consumidor não reconhece seu diferencial abandone-o e embarque em outra estratégia (que pode ser de custo). Costumo dizer que no começo você deve engatinhar, para depois aprender a correr, se tentar correr enquanto mal sabe engatinhar o tombo pode ser feio. ;)
« Última modificação: 09 de Dezembro de 2008, 15:56:37 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.