Autor Tópico: Fotografia de natureza morta (não entendi a explicação da NG)  (Lida 1537 vezes)

cirinho

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 991
  • Sexo: Masculino
  • Luz , é Quase tudo.
    • IG cirinho1969
Online: 20 de Dezembro de 2008, 08:41:02
Ola !  BOM  DIA  A  TODOS.
vejam um pequeno  texto do livro da NATIONALgeographic.
..... se a leitura do fotômetro do objeto for 1/30 segundos em f/8, então a leitura de luz do lençol deve ser pelo menos  1/30 segundos em f/16.assim , você garante que o fundo vai ficar ESTOuRADO e que a distancia do objeto até o fundo será grande o bastante para garantir que sairá totalmente fora de foco , sem nenhuma testura visível.
Pois bem.  Nesse  caso por que o fundo fica estourado e fora de foco, ja que estou trabalhando com uma abertura pequena e a mesma valoriza a profundidade de campo.
« Última modificação: 20 de Dezembro de 2008, 12:12:03 por Kika Salem »
Ciro Barbosa
Nikon D750 + Sgma 70 -200 APO EX DG HSM ll   ++SB800 + SB900 + 2 GRIPP MB 10 + radios Flashs.


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #1 Online: 20 de Dezembro de 2008, 12:28:05
Nesse  caso por que o fundo fica estourado e fora de foco, ja que estou trabalhando com uma abertura pequena e a mesma valoriza a profundidade de campo?

Bom dia Cirinho!

Boa pergunta.

Se puder, coloque a página para o pessoal que tem o livro, já sei que são vários, possa consultá-lo e tentar desvendar esse trecho do texto com você e também ver as ilustrações.
http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=26978.0

Deve ser por estas e outras que saiu uma pequena nota em jornal a respeito texto que não é de fácil entendimento para aquele que ainda não dispõe de familiaridade com o jargão fotográfico.

***

P.S.: Uma questão que eu queria discutir com vocês. Vocês acham que as dúvidas sobre esse livro poderiam ser endereçadas ao tópico acima? Por um lado, concentra todas as dúvidas de leitura num único local, por outro, reduz o número de pessoas que consultam o tópico do livro sem imaginar que ali tem uma dúvida real.
Enfim, é só uma pergunta mesmo, não faço nada sem conhecer a opinião de vocês.

Bom final de semana para todos.
« Última modificação: 20 de Dezembro de 2008, 15:55:18 por Kika Salem »


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #2 Online: 20 de Dezembro de 2008, 15:15:07
Eu não consegui entender as afirmações. Eles dizem só isso? De maiores detalhes.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


GutoVilaça

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.321
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 20 de Dezembro de 2008, 15:58:11
Ola !  BOM  DIA  A  TODOS.
vejam um pequeno  texto do livro da NATIONALgeographic.
..... se a leitura do fotômetro do objeto for 1/30 segundos em f/8, então a leitura de luz do lençol deve ser pelo menos  1/30 segundos em f/16.assim , você garante que o fundo vai ficar ESTOuRADO e que a distancia do objeto até o fundo será grande o bastante para garantir que sairá totalmente fora de foco , sem nenhuma testura visível.
Pois bem.  Nesse  caso por que o fundo fica estourado e fora de foco, ja que estou trabalhando com uma abertura pequena e a mesma valoriza a profundidade de campo.
Olá Cirinho.

Está gostando do livro?

Bom...é o seguinte, o trecho que você colocou realmente fica sem sentido quando está fora do contexto. Este texto se refere a uma técnica para fotografar objetos com fundo branco e eliminar as sombras indesejáveis.
Vou transcrevê-lo na íntegra para ficar mais claro.
Vamos ao texto:

"Fundo Branco - Um fundo branco pode ser usado mais ou menos da mesma  maneira que o preto, com a diferença de que haverá sombras na imagem.
Há também uma técnica a ser utilizada com o fundo branco para dar a impressão de que os objetos estão flutuando no ar. A iluminação do fundo tem que ser separada da do objeto e deve ser cerca de dois pontos mais forte do que a do objeto a ser fotografado.
Veja como funciona: peque um pedaço de vidro limpo e apóie entre duas cadeiras. Ajeite seu objeto em cima desse vidro e ajuste suas luzes de modo que o objeto esteja iluminado da maneira desejada. Fotografe de cima com sua câmera sobre o tripé. No chão, embaixo do vidro, estenda um lençol branco e o ilumine separadamente, de modo a ficar dois pontos mais claro que o objeto.
Se a leitura do fotômetro do objeto for 1/30 segundo em f/8, então a leitura de luz do lençol deve ser de pelo menos 1/30 segundo em f/16. Assim, você garante que o fundo vai ficar "estourado" e que a distância do objeto até o fundo será grande o bastante para garantir que sairá totalmente fora de foco, sem nenhuma textura visível. (Guia Completo de Fotografia/NG)"

Bom...essa é uma solução caseira para fazer fotos de produtos (Still). Neste caso a técnica nada mais é do que iluminar o fundo separadamente para que não haja sombras do objeto a ser fotografado. Isso é muito comum em fotos de estúdio. No exemplo que ele deu, o objeto apoiado sobre o vidro estaria com uma iluminação diferente (menor) que a do fundo (lençol). Por isso ele cita a leitura de 1/30 s e f/8 ao fotometrar o objeto e necessitaria fechar um pouco o diafragma (1/30s e f/16) para fotometrar o lençol, pois este estaria mais iluminado. No entanto, a fotometria será feita no objeto por isso ele diz que o fundo ficará "estourado" (excesso de luz). O "estouro" do fundo é justamente para não haver sombras do objeto. A luz irá "invadir" o fundo não deixando sombras. Faça um teste fácil e rápido. coloque um objeto perto de uma parede até aparecer a sombra deste objeto. Agora, com uma lanterna ilumine a parede. Pronto...cadê a sombra??? Hehehehe. Parece bobo mas o princípio é o mesmo.
Quanto à distância, ele se refere a distancia do objeto apoiado no vidro até o lençol. Essa distância mais o fundo bem iluminado é que "garante" que o objeto não fique com sombras no fundo branco e que não apareçam as texturas desse mesmo fundo na foto. No caso, o lençol.

Bom...não fotografo em estúdio. Estou explicando o que o livro diz. É uma solução para fazer fotos de produtos em casa. Se ficará bom ???...só testando.

Espero tê-lo ajudado.


abs. :ok:
« Última modificação: 20 de Dezembro de 2008, 16:15:44 por GutoVilaça »
VAMOS ESTUDAR MAIS FOTOGRAFIA ANTES DE CRITICAR UMA FOTO ALHEIA. VAMOS CRITICAR SE O AUTOR PEDIR. SE VAMOS CRITICAR E COMENTAR, VAMOS FAZER COM SABEDORIA, COM EMBASAMENTO E DE MODO QUE SEJA ALGO CONSTRUTIVO. NÃO APELE SE O AUTOR DAS FOTOS REBATER ÀS CRÍTICAS AFINAL ISSO É DIREITO DELE. VAMOS DÁ BONS EXEMPLOS COM NOSSAS FOTOS POIS SÓ FICAR CRITICANDO FOTOS DOS OUTROS NÃO FAZ DA GENTE UM BOM FOTÓGRAFO.  VAMOS FOTOGRAFAR MAIS E CORNETAR MENOS!!!


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #4 Online: 20 de Dezembro de 2008, 16:50:36
Obrigadão Guto, solucionou não só a dúvida do Cirinho como a minha curiosidade também.  :ok:


cirinho

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 991
  • Sexo: Masculino
  • Luz , é Quase tudo.
    • IG cirinho1969
Resposta #5 Online: 20 de Dezembro de 2008, 17:25:28
Agora  sim.   valeu  caro.
Ciro Barbosa
Nikon D750 + Sgma 70 -200 APO EX DG HSM ll   ++SB800 + SB900 + 2 GRIPP MB 10 + radios Flashs.


Braga.SP

  • Trade Count: (14)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.858
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 23 de Dezembro de 2008, 07:39:56
Não sei se cabe nessa discussão, mas uma vez que se pretende fazer fotos "limpas", o uso de um filtro polarizador, para evitar os reflexos do vidro, seria muito interessante.

Como não tenho experiência nisso, gostaria que vocês comentassem a respeito.
-22.352971,-48.775582


Marcos Lima

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 405
  • Sexo: Masculino
  • Batatinha quando nasce espalha a rama pelo chão...
Resposta #7 Online: 23 de Dezembro de 2008, 11:41:56
Interessante essa explicação. Mas se você fizer a leitura do objeto e coloca-lo como tom médio (EV 0)  e iluminar o fundo com + 2 pontos de luz (EV +2) pelo menos na minha câmera o fundo não estoura,  fica branco mas ainda retem detalhes. Para conseguir um fundo estourado eu preciso abrir o diafragma 3 f-stops ou seja f5.6. Outro exemplo seria com um objeto preto (fotometria correta seria EV -2) nesse caso um fundo com + 2 pontos de iluminação teria um tom acizentado certo?




[]'s
Marcos Lima
Marcos Lima - Fotografia.

Nikon FE10, F100 e D200
Mamiya RB67, Baldax


GutoVilaça

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.321
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 23 de Dezembro de 2008, 15:52:50
zeus_25jp;

Os dados apresentados no livro servem apenas com exemplo. A fotometria vai depender de muitos fatores e a iluminação feita no fundo e a chave de tudo, no meu entendimento. Eu não tenho paciência para ficar bolando essas soluções de estúdio dentro de casa pois não é minha praia mas acho que pode dar resultado. Teria que fazer alguns testes. Acredito que se for usado um material para o fundo mais adequado (com textura mais suave, por exemplo) nem precisaria usar uma luz excessiva, só o bastante para eliminar as sombras do objeto. A própria distância do objeto já se encarregaria do restante. A lógica do esquema é fotometrar o objeto deixando o fundo superexposto obviamente por uma iluminação diferenciada.

Braga;

Uma coisa que me encucou também foi o fato do objeto ficar em cima de um vidro. Tudo bem que o fato dele ficar um pouco afastado do fundo é uma solução prática mas o vidro deixa reflexos. Aí seria outro problema a ser solucionado. Não sei se o filtro polarizador entraria aí com solução. Realmente não tenho prática nesse assunto.

Quem poderia dar um help nessa questão é o pessoal que faz fotografia em estúdio e/ou fotografa produtos.

abs

« Última modificação: 23 de Dezembro de 2008, 15:55:18 por GutoVilaça »
VAMOS ESTUDAR MAIS FOTOGRAFIA ANTES DE CRITICAR UMA FOTO ALHEIA. VAMOS CRITICAR SE O AUTOR PEDIR. SE VAMOS CRITICAR E COMENTAR, VAMOS FAZER COM SABEDORIA, COM EMBASAMENTO E DE MODO QUE SEJA ALGO CONSTRUTIVO. NÃO APELE SE O AUTOR DAS FOTOS REBATER ÀS CRÍTICAS AFINAL ISSO É DIREITO DELE. VAMOS DÁ BONS EXEMPLOS COM NOSSAS FOTOS POIS SÓ FICAR CRITICANDO FOTOS DOS OUTROS NÃO FAZ DA GENTE UM BOM FOTÓGRAFO.  VAMOS FOTOGRAFAR MAIS E CORNETAR MENOS!!!