Autor Tópico: Comprar o último lançamento!  (Lida 3578 vezes)

Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Online: 13 de Janeiro de 2009, 12:01:06
Tem um post em EQUIPAMENTOS falando de uma suposta D 400 da Nikon. Sabe-se lá se é verdade ou se é boato, mas o que me leva a comentar isso é algo que a há algum tempo tem me perturbado: Onde isso vai parar??? Precisamos mesmo de tantos lançamentos?? Ok, tecnologia quanto mais melhor, mas será que precisamos de lançamentos quase que semestrais??

Não, não sou inocente a ponto de não saber que é tudo 90% estratégia para alimentar o vírus do consumo desesperado que contamina nossa sociedade. Mas quando nós, consumidores, vamos cair na real e parar de nos sentir infelizes porque não temos o modelo Xplus, mas apenas o modelo X?

Quando comecei a fotogafar (ainda como amador) tinha um sonho de adquirir uma Nikon F5 (um equipamento espetacular e profissional que não me lembro se custava uns US$ 2.000 - mas era um dinherio estratosférico!!!). Era uma máquina para durar de 10 ou 15 anos na mão de um profissional !!! E hoje esse cara estaria comprando no mínimo um corpo digital a cada 2 ou 3 anos, e por quanto?? (uma D3 custa US$ 4.000,00 !!!!)

Nas rodas de fotógrafos o assunto é sempre o equipamento recentemente adquirido, e quem não está adquirindo nada está "comendo mosca". Não vivo exclusivamente de fotografia (mas gostaria) e sei que para muitos o faturamento mais elevado que o meu faz esse tipo de investimento ser plenamente equacionável, mas vejo cada vez mais a necessidade de estabelecer custos em cima de uma planilha onde o equipamento tem um peso maior do que cursos, livros ou o valor do que sei e aprendo em si. A esse passo um dia Nikon e Canon vão estar ganhando mais pelo nosso trabalho do que nós mesmos! Será que não?

E quem aqui já passou pela situação de trombar com um cliente que tem um equipamento melhor que o seu? Ou que de cara sai perguntando qual modelo você está usando?

E de volta às perguntas inocentes as quais sabemos a resposta: Por que não se fabrica equipamentos nos quais simplesmente poderiamos trocar o sensor por um mais moderno? Ou atualizar um processador? Não parece lógico isso? Bem, sabemos a resposta.

Bom, pra quem perdeu tempo lendo este meu desabafo e ainda assim tem mais um pouquinho de tempo, recomendo assistir este videozinho meio OFF. Nele parece que estão as respostas e uma reflexão para aquilo que poderiamos fazer se fosse possível se unir diante da manipulação a que estamos expostos.

http://www.unichem.com.br/videos.php

Não sou nenhum ativista, idealista ou tão pouco tentando promover uma utópica mobilização contra a indústria, mas acho que poderíamos parar um pouquinho pra pensar nisso.

Desculpa e enorme desabafo!

Abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Guilherme Martins

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
    • dslr.com.br
Resposta #1 Online: 13 de Janeiro de 2009, 12:12:43
Olá Favero,
Acho que o fotografo quando é profissional e vive dessa profissão tem que evoluir junto com o equipamento.Não só para dizer que tem uma camera de ultima geração, mas para ganhar tempo e qualidade no seu trabalho.


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.604
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #2 Online: 13 de Janeiro de 2009, 15:36:01
Eu não ach oque os últimos lançamentos sejam exatamente melhorias com relação ao passado. Existem vários casos de câmeras novas que tinham imagens em determinados aspectos piores que as antigas. O que vai ditar se você deve trocar ou não é o tipo de serviço que presta. Quem usa na pauleira realmente a cada 2 anos tem que trocar porque a câmera já está judiada. Eu nunca comprei o "último lançamento" até porque isso inviabiliza por questão de custo.
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : https://www.gutomarcondes.com.br
E meu site sobre dicas de viagem :
https://www.reviewdeviagem.com.br


marconi

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 20
Resposta #3 Online: 13 de Janeiro de 2009, 16:34:11
Uso a mesma câmera digital faz três anos, e planejo passar outros 3 com ela. Entretanto, gosto de ver os novos lançamentos entrando no mercado, os preços caindo, etc. Quando eu for trocar a minha, será por algo bem melhor.

Sou amador; sei que na área profissional é bem diferente.

Lembro que em 1999 ou 2000 a Canon D30 era vendida por 2800 dólares nos EUA. De lá pra cá, já houve os lançamentos da D60, 10D, 20D, 30D, 40D e 50D, que hoje é vendida por menos de 1200 dólares. Em quê o mundo seria melhor se ainda fosse a D30 que estivesse à venda?

« Última modificação: 13 de Janeiro de 2009, 16:35:17 por marconi »


rogeriom

  • Trade Count: (10)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 415
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 13 de Janeiro de 2009, 17:03:02
Marcelo, acho que neste ponto estaríamos mechendo na galinha de ovos de ouro dos fabricantes de cameras digitais.
Achei bem interessante sua reflexão. A tecnologia de imagem digital ainda é muito recente.
Acredito que num futuro breve chegará a um ponto em que as inovações tecnológicas e os lançamento serão mais esparsos.

E de volta às perguntas inocentes as quais sabemos a resposta: Por que não se fabrica equipamentos nos quais simplesmente poderiamos trocar o sensor por um mais moderno? Ou atualizar um processador? Não parece lógico isso? Bem, sabemos a resposta.
[ SONY NEX-F3 SEL1855OSS SEL1650OSS SEL55210OSS NIKKOR 50/F1.8D ]


Formel

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.186
  • Sexo: Masculino
    • Formel Fotografia
Resposta #5 Online: 13 de Janeiro de 2009, 17:21:48
Ontem fui fazer um trabalho e uma das primeiras coisas que o cliente perguntou foi... adivinhem... - Quantos "mega" tem sua câmera?  :aua:

Eu sei que isso não é tão importante quanto uma boa lente por exemplo, mas meu cliente acha que se a minha máquina tem "20 mega" ela é melhor que outra com "10 mega". Depois conversando com ele até expliquei que isso não era tão importante e tal, mas isso foi pq o cara não era bitolado, tem gente que nunca ia entender.

Infelizmente o equipamento do fotógrafo faz parte do seu próprio markenting. No meu caso sempre tento comprar o melhor equipamento possível e depois ficar com ele o maior tempo possível.

[ ]s

Formel
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2009, 17:22:41 por Formel »


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 13 de Janeiro de 2009, 17:33:47
Ontem fui fazer um trabalho e uma das primeiras coisas que o cliente perguntou foi... adivinhem... - Quantos "mega" tem sua câmera?  :aua:

Eu sei que isso não é tão importante quanto uma boa lente por exemplo, mas meu cliente acha que se a minha máquina tem "20 mega" ela é melhor que outra com "10 mega". Depois conversando com ele até expliquei que isso não era tão importante e tal, mas isso foi pq o cara não era bitolado, tem gente que nunca ia entender.

Infelizmente o equipamento do fotógrafo faz parte do seu próprio markenting. No meu caso sempre tento comprar o melhor equipamento possível e depois ficar com ele o maior tempo possível.

[ ]s

Formel

Que tal fazermos adesivos para DSLR com valores altos de megapixels tipo 21MP.
Serviria para os profissionais não ter que ficarem se explicando a cada festa... rsrs
Que acham? 21Mp tá bom ou fazemos logo com 50Mp?  :assobi:

Outra coisa agora é o zoom. Outro dia um amigo me perguntou.

- Qual o zoom dessa câmera?
- 3x (sem maiores explicações)
- Mas porque só isso se a lente dela é tão grande?
- Porque meu pinto é pequeno.
- Sacanagem sua... Como uma camêra tão grande só tem 3X de zoom?
- Tô falando rapaz. É uma câmera pra quem tem pinto pequeno, quer ver?
- Não, obrigado. (e o assunto se encerrou)
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Formel

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.186
  • Sexo: Masculino
    • Formel Fotografia
Resposta #7 Online: 13 de Janeiro de 2009, 17:42:46
Essa é boa!  :hysterical:

O problema é que tem cliente que ia acabar querendo vêr mesmo! E ai já viu!  :shock:

Sabe que vc tem razão, nenhuma das DSLRs que eu conheço (e posso estar enganado) tem a resolução visível no corpo. Da próxima, vou dizer que tem "20 mega", "50 mega" vou deixar pra 2010.

[ ]s

Formel


GutoVilaça

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.321
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 13 de Janeiro de 2009, 17:45:06
A esse passo um dia Nikon e Canon vão estar ganhando mais pelo nosso trabalho do que nós mesmos! Será que não?
Isso é um caso a se pensar.
Não sou fotógrafo profissional e às vezes tenho que me controlar para não fazer besteira com meu dinheiro. Fotografia é uma atividade prazeirosa, sedutora mas muito cara principalmente para nosso poder aquisitivo. O preço médio das DSLR's hoje em dia está por volta de mil dólares (chutando) que é muito maior que o salário mensal da maioria dos brasileiros. Se for contar lentes e acessórios então nem se fala. É bem verdade que hoje há muitas opções de preços e equipamentos para todos os gostos e bolsos mas essa variedade também acaba por confundir o consumidor. Os lançamentos constantes também contribuem para isso.
Fico imaginando quem trabalha com fotografia e que precisa se manter atualizado devido às exigências de mercado. Será que um profissional não consegue sobreviver no meio sem ficar preocupado constantemente com atualizações (atualizações de equipamentos)?
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2009, 17:49:56 por GutoVilaça »
VAMOS ESTUDAR MAIS FOTOGRAFIA ANTES DE CRITICAR UMA FOTO ALHEIA. VAMOS CRITICAR SE O AUTOR PEDIR. SE VAMOS CRITICAR E COMENTAR, VAMOS FAZER COM SABEDORIA, COM EMBASAMENTO E DE MODO QUE SEJA ALGO CONSTRUTIVO. NÃO APELE SE O AUTOR DAS FOTOS REBATER ÀS CRÍTICAS AFINAL ISSO É DIREITO DELE. VAMOS DÁ BONS EXEMPLOS COM NOSSAS FOTOS POIS SÓ FICAR CRITICANDO FOTOS DOS OUTROS NÃO FAZ DA GENTE UM BOM FOTÓGRAFO.  VAMOS FOTOGRAFAR MAIS E CORNETAR MENOS!!!


Fredo

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 5
Resposta #9 Online: 13 de Janeiro de 2009, 23:41:22
No caso dos profissionais, há esse problema de "o mercado" exigir um equipamento de ponta. Nunca havia atentado pra isso, mas, realmente, só tendo algum nome ou um portfolio muito convincente pra dar de ombros às novidades. O equipamento se torna um argumento de venda.

No caso dos amadores, provavelmente não há necessidade dessa "azáfama de compras", como diria o poeta, mas como vivemos numa sociedade de consumo, acabamos convencidos do contrário.

Eu acredito que essa troca desesperada de equipamentos tende a diminuir com o tempo. Os problemas que as primeiras DSLR tinham vão aos poucos sendo minimizados com os novos lançamentos. Vai chegar um tempo em que não vai fazer muita diferença (ou diferença alguma) ter uma D1500 ou uma D2000, por mais que os fabricantes se esforcem.


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #10 Online: 14 de Janeiro de 2009, 08:40:12
Em quê o mundo seria melhor se ainda fosse a D30 que estivesse à venda?

Marconi,
A D30 era um equipamento de 3 megapixels, ou seja, incompatível com o mercado profissional de 35 mm ainda. É evidente que carecia de uma evolução significativa, muito diferentemente de uma 30D, que para uma 40D não mostra diferença significativa no resultado final do trabalho. O preço exorbitante da D30 estava mais relacionado à tecnologia que era totalmente nova, afinal, ainda estava-se migrando de um sistema para outro.

Mas se sua pergunta é "o que estariamos ganhando se não estivessemos lançando equipamentos "novos" com tamanha velocidade?", te digo: estariamos gastando mais tempo e dinheiro com aprendizado, com projetos pessoais, com aperfeiçoamente, com família, viagens, qualidade de vida... Cito o exemplo das câmeras e da exigência do mercado profissional, que é mais marketing do que necessidade mesmo. Mas isso acontece no nosso dia-a-dia e com muitas pessoas: Por que muitos trocam de celular todo ano? Por que há uma tecnologia nova por dia? Por que a indústria lança tudo a conta-gotas? Será que quando lança o modelo X, já não está com o modelo Xplus pronto para decepcionar quem comprou o X? Por que as pessoas estão sempre insatisfeitas quando suas coisas perdem o cheirinho de coisa nova? Por que a indústria automobilística já está lançando a linha 2010?????? (sim, existe um Palio 2010 http://carroonline.terra.com.br/index.asp?codc=2396 !!!!!!). Para que estejamos sempre querendo comprar, comprar, comprar... Se puder, Marconi, veja aquele filminho daquele link que postei.  :ok:

Achei bem interessante sua reflexão. A tecnologia de imagem digital ainda é muito recente.
Acredito que num futuro breve chegará a um ponto em que as inovações tecnológicas e os lançamento serão mais esparsos.

Eu acredito que essa troca desesperada de equipamentos tende a diminuir com o tempo. Os problemas que as primeiras DSLR tinham vão aos poucos sendo minimizados com os novos lançamentos. Vai chegar um tempo em que não vai fazer muita diferença (ou diferença alguma) ter uma D1500 ou uma D2000, por mais que os fabricantes se esforcem.

Não sei, não... o que vemos é essa prática piorar. Pois não é a necessidade de tecnologia quem puxa esse consumo, mas a necessidade da indústria vender. A necessidade "cria-se"!

Ontem fui fazer um trabalho e uma das primeiras coisas que o cliente perguntou foi... adivinhem... - Quantos "mega" tem sua câmera?  :aua:

Eu sei que isso não é tão importante quanto uma boa lente por exemplo, mas meu cliente acha que se a minha máquina tem "20 mega" ela é melhor que outra com "10 mega". Depois conversando com ele até expliquei que isso não era tão importante e tal, mas isso foi pq o cara não era bitolado, tem gente que nunca ia entender.

Infelizmente o equipamento do fotógrafo faz parte do seu próprio markenting. No meu caso sempre tento comprar o melhor equipamento possível e depois ficar com ele o maior tempo possível.

[ ]s

Formel


Que tal fazermos adesivos para DSLR com valores altos de megapixels tipo 21MP.
Serviria para os profissionais não ter que ficarem se explicando a cada festa... rsrs
Que acham? 21Mp tá bom ou fazemos logo com 50Mp?  :assobi:

Outra coisa agora é o zoom. Outro dia um amigo me perguntou.

- Qual o zoom dessa câmera?
- 3x (sem maiores explicações)
- Mas porque só isso se a lente dela é tão grande?
- Porque meu pinto é pequeno.
- Sacanagem sua... Como uma camêra tão grande só tem 3X de zoom?
- Tô falando rapaz. É uma câmera pra quem tem pinto pequeno, quer ver?
- Não, obrigado. (e o assunto se encerrou)


Pois sabem que há algum tempo atrás eu estava pensando em adquirir um grip para o corpo da minha Nikon apenasmente para impressionar o cliente? Vejam que absurdo isso! Eu não preciso de um grip, tenho três baterias, tenho firmeza nas mãos e acredito que nem 10% das fotos que eu faço sejam verticais!! Era só marketing!

Abraços a todos
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


LaercioQ

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 116
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 14 de Janeiro de 2009, 09:55:53
Novos modelos sempre surgiram. Peguemos o exemplo do mercado automobilístico... um modelo mal acabou de ser lançado e já vem outro em substituição. O que acho realmente é que o vírus do consumismo pode nos contagiar ai sim é que esta o grande problema. Temos que ser bastante conscientes do que fazemos e do que precisamos para desempenhar um trabalho com qualidade. Ainda tem um questão que sempre me vem ao pensamento, eu consigo utilizar 100% do meu equipamento? Eu que o domino, ou ele me domina? Quando notarmos que aquele equipamento não satisfaz nossas necessidades partimos para novos horizontes...
Até porque a maioria dos clientes quando nos interrogam são leigos que só repetem o que ouvem falar ou são pessoas que tem um pouco de conhecimento de fotografia mas nada tão relevante, acredito eu que se ele fosse realmente um fotógrafo mesmo que amador, ele conheceria um fotógrafo, ai neste caso não estariamos trabalhando para ele.
Muitos fotógrafos tem condições de estarem sempre atualizados com equipamentos de ponta, significa dizer que eles tem recursos financeiros disponíveis para isso, o que na verdade é muito bom para nós, eles testam e apontam as vantagens e desvantagens.

A tecnologia é fascinante, porém de custa caro!
 


Ricardo Lou

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 198
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 14 de Janeiro de 2009, 10:09:05
Amigos, esta discussão sadia tem apenas um lado e é válida para todo e qualquer produto que se compra, as fábricas tem que ganhar r gerar lucros, nisto reside a razão os novos lançamentos.

Claro que em questão ao nossso hobby ou ferramenta profissional que são as cameras, por ser uma tecnologia ainda recente, muito tem a ser melhorado no tocante a qualidade do resultado de nossas fotos, mas o dia quando esta qualidade atingir seu ponto máximo, outra tecnologia será lançada e tudo que temos em nossas mãos será obsoleto.

É verdade que as fábricas de cameras pesquisam e projetos seus lançamentos alguns anos antes de pô-las no mercado e seus preços são altos no início para retornar o dinheiro investido nos projetos, a partir de uma certa quantidade vendida, este preço vai caindo e quando ultrapassar a marca dos 50% do preço inicial outro modelo já estará sendo anunciado.

É o mundo capitalista, não tem como fugir destas regras, como se deu um exemplo do celular, temos hoje aparelhos que fazem tantas coisas que nunca iremos usar, seja por não saber, seja por falta de tecnologia de infraestrutrua, mas vá a algum lugar com um celular antigo, faça uma ligação e veja depois os comentários que você receberá sobre sua peça de museu, logo você irá comprar um modelo ultrarecente para não mais passar pela vergonha.

Assim, nunca iremos estar satisfeitos, nunca iremos parar de consumir novidades, é sempre faremos com que as fábricas ganhem mais e mais $$$

Abraços

Ricardo
Que a arte (me) aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Oswaldo Montenegro (adaptação nossa)


Norberto

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 19
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #13 Online: 14 de Janeiro de 2009, 10:31:23
A tecnologia é fascinante, porém de custa caro!

Concordo plenamente, e nem todos pagam caro para ter a mais alta tecnologia... Como Guilherme Augusto disse,.

Acho que o fotografo quando é profissional e vive dessa profissão tem que evoluir junto com o equipamento.

mas vai de cada um comprar ou não. Se tiver grana, vá em frente, ótimo.
Acho que a gente tem que se sentir satisfeito com o que temos. :)


Mario A.

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 81
  • Sexo: Masculino
  • "O mundo por relexos"
Resposta #14 Online: 14 de Janeiro de 2009, 12:12:28
Boa discucao..

Acho sim que tem muito de consumo.. e muito de grana..

Para levantar outra bola.. a discucao esta se concentrando no corpo da camera..

Fiz essa pergunta hoje em equipamentos:
http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=28990.0

Mas e as lentes.. as lentes as vezes sao mais caras que a propria camera e essas nao mudam absurdamente de tecnologia.

Pq a Sigma por exemplo nao cria um linha de cameras com "encaixes" intercambiaveis para Nikon/Canon/Pentax??

Especialmente nas lentes mais caras!!!

Peace

www.flickr.com/photos/marioandreazza<br />Samsung GX10<br />Sigma 70-300mm + Macro APO + Samsung 18-55mm.