Autor Tópico: Fungo em negativos  (Lida 7534 vezes)

PREDADOR46

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Online: 18 de Fevereiro de 2009, 10:00:47
Olá, amigos:
Comprei um scanner para digitalizar meus negativos antigos, mas me deparei com fungos diversos neles.
Alguém pode me indicar um caminho para retirá-los fisicamente?
[ ]s
Predador46


Arnaldo Tomazetti

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 138
    • http://www.fotto.com.br
Resposta #1 Online: 18 de Fevereiro de 2009, 13:28:28
Olha amigo, posso estar errado pois nunca deparei com um problema desses, mas acho que água resolve, ou seja, lave-os debaixo da torneira.
Se falei besteira, por favor me corrijam.


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #2 Online: 18 de Fevereiro de 2009, 15:43:40
Tenho a mesma opinião do Arnaldo, com uns acréscimos:

Se for negativo colorido, mergulhar em água durante uns cinco minutos, e depois disso, passar levemente um cotonete molhado com estabilizador. Deixar secar.

Se for p&b também deixar cinco minutos na água. usar Agepon (em 5 ml para 300 ml de água) e enrolar e desenrolar o rolo mergulhando na mistura. Se for negativo cortado, depois de um mergulho usar a mistura no algodão e passar nas costas no negativo. Deixar secar.Se ficar algum pelinho do algodão depois do negativo seco ele sairá com facilidade.

Mas se não tiver estabilizador nem Agepon, vai a água corrente mesmo e deixa secar.


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #3 Online: 18 de Fevereiro de 2009, 19:52:56
Elmo, esse Agepon é tipo um Photoflo ou Aspergol, para proporcionar uma secagem uniforme? Recentemente, revelei uns negativos que estavam há um mês enrolados no tanque (ok, sei que fui displicente) e estavam cheios de fungo. Não teve como removê-los da foto (dá-lhe clone tool), afinal os fungos foram revelados junto com o filme.

Segue uma das fotos mais afetadas:



Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #4 Online: 19 de Fevereiro de 2009, 08:00:11
É isso mesmo, Francisco.

Não sei se o Agepon está sendo fácil de encontrar por aqui não.

Mas que funguinho charmoso esse, hein?

Achei esse documento da Kodak muito bem construído, dê uma olhada:



Armazenamento e Manuseio de Materiais Fotográficos Processados

De todos os produtos fotográficos sensibilizados, os negativos processados são geralmente os que recebem menos atenção quando se trata da armazenamento /arquivo. Normalmente, você não exibe ou olha para os negativos freqüentemente; você os imprime e guarda. Mesmo quando armazenados no escuro, entretanto, as imagens do negativo realmente se alteram. Os negativos que você pretende reimprimir exigem os mesmos cuidados e atenção que outras imagens fotográficas.

Mantenha limpos os negativos. Evite acúmulo de impressões digitais, sujeira, e pó; estes contaminantes geralmente contêm substâncias químicas ou esporos de fungos que podem prejudicar a imagem. Se você suspeitar que seus negativos estão sujos, limpe-os cuidadosamente antes de armazená-los.

Se você utilizar envelopes, ou porta negativos para proteger os negativos, certifique-se de que sua composição não tenha materiais que os danifique. (Veja: "Materiais de Embalagem e locais para Conservação por Longos Períodos"). A superfície brilhante de alguns porta-negativos de plástico podem causar "ferrotipia" (envidraçamento) de um negativo, o que resultará em variações de densidade numa cópia feita a partir dele. Os envelopes de papel que atendem as normas de materiais fotográficos são melhores para armazenagem de negativos por longos períodos.

Controle a temperatura e a umidade. Os negativos armazenados por longos períodos exigem cuidados especiais, mas você pode guardá-los sob condições normais do ambiente por um período curto de tempo. Em climas onde a umidade relativa gira em torno de 60%, utilize um desumidificador ou outros meios para reduzir a umidade na área de armazenamento (veja: "Utilize sílica gel para desumidificar"). Mantenha as embalagens afastadas de radiadores, registros de ar quente e janelas onde a luz do sol direta possa atingi-las. Se estiverem encostados em uma parede, certifique-se de que esta não tenha uma chaminé ou duto de ar quente do outro lado.

Mantenha a temperatura baixa para armazenamento de negativos por longos períodos. A alta temperatura e a alta umidade relativa podem afetar os negativos processados. Uma temperatura de -18ºC e uma umidade relativa entre 30% e 35% são condições excelentes para o armazenamento de negativos por longos períodos, exceto para os negativos do filme KODAK PROFESSIONAL PORTRA. Não armazene os negativos do filme PORTRA em temperaturas abaixo de 13ºC.

Reduções, ainda que mínimas, na temperatura ambiente, têm um efeito benéfico importante sobre a estabilidade de uma imagem. O armazenamento de negativos em cores em um freezer doméstico é uma maneira relativamente barata e confiável de conservá-los por longos períodos; entretanto, você deverá vedá-los dentro de envelopes impermeáveis para protegê-los contra a umidade. Mesmo se você remover ocasionalmente os negativos do armazenamento frio, como parte do uso normal, nenhuma alteração ocorrerá no corante.

A temperatura de armazenamento de negativos em preto-e-branco não é tão crítica quanto a dos negativos em cores, mas você deverá controlar a umidade relativa. Uma umidade relativa abaixo de 25% poderá causar fragilidade, e acima de 60%, produzirá colônias de bactérias e fungos.

Utilize envelopes de armazenamento. Baixa temperatura combinada com baixa umidade não é fácil obter; o ar dentro dos refrigeradores e freezers geralmente tem umidade relativa alta. Entretanto, você poderá condicionar os negativos e colocá-los em envelopes à prova de umidade antes de armazená-los num refrigerador ou freezer. Deixe os negativos durante 24 horas, sem capas protetoras, em um ambiente com umidade relativa entre 25% e 30% e temperaturas de no mínimo 21ºC. Você poderá utilizar uma sala ou armário desumidificado, se estiverem isentos de pó e gases. Antes de tirar os negativos do ar desumidificado, guarde-os dentro de envelopes especiais para filmes processados, removendo o excesso de ar de cada envelope antes de vedá-lo. A barreira à prova de umidade mantém constante a quantidade total de água no filme durante o armazenamento. Não armazene negativos em preto-e-branco e em cores dentro do mesmo envelope. Para evitar pressão sobre os negativos, não acondicione muito apertados nem empilhe os envelopes.

Os envelopes para armazenar filmes processados são feitos de um laminado de papel, folha metálica, e polietileno e podem ser comprados em lojas especializadas.

Proteja da luz os negativos. A luz afeta os corantes fotográficos; para armazenamento de negativos por curtos períodos, coloque-os em um local escuro - como por exemplo, gavetas de metal ou caixas de arquivos. O metal é melhor do que a madeira ou o plástico, porque estes podem conter conservantes ou substâncias voláteis que afetam os negativos.

Pode-se imprimir negativos em cores muitas vezes, sem que suas cores desbotem de maneira perceptível. Utilize sempre um vidro anti-calórico entre a lâmpada e o negativo nos ampliadores para proteger o negativo contra o calor. Se você sabe que irá produzir um grande número de cópias de um assunto específico, faça mais de uma exposição da cena. Assim, você poderá manter um dos negativos sob as melhores condições de armazenamento possíveis, enquanto imprime os outros.

Mantenha condições atmosféricas adequadas. Não guarde os negativos em áreas onde existirem máquinas que gerem ozônio, como por exemplo, fotocopiadoras. Sistemas de ar condicionado e controle climático podem reduzir de maneira significativa o nível de poluentes carregados pelo ar, mas assegure-se de que os filtros sejam trocados regularmente. Os gases químicos podem prejudicar os negativos (veja nota de rodapé em: "Armazene embalagens abertas com cuidado"). Verifique sua área de armazenagem para localizar gases nocivos. Se necessário, você poderá utilizar dispositivos de monitoramento ou detetores para gases e vapor.

Os slides e filmes cinematográficos em cores são feitos para ser vistos. Contudo, você utiliza normalmente um projetor com uma luz brilhante para vê-los somente por um breve período e, em seguida, recoloca-os num depósito escuro.

Isto torna suas necessidades de armazenamento muito semelhantes à dos negativos em cores. As transparências utilizadas para reprodução ou duplicação fotomecânicas têm necessidades de armazenagem similares. Entretanto, muitas transparências grandes são vistas sobre um iluminador por períodos mais longos. Quando as transparências são parte de um display de janela, a luz do sol direta também poderá danificá-las. Abaixo você encontrará sugestões para preservação de slides, filmes cinematográficos e transparências coloridas.

Selecione o melhor filme para sua finalidade. Todos os filmes reversíveis em cores da Kodak são muito estáveis. Para os slides que você planeja armazenar por longos períodos no escuro, sua melhor escolha é um dos filmes KODACHROME. Os filmes KODAK PROFESSIONAL EKTACHROME também oferecem excelente estabilidade de corante, e suportam os efeitos da projeção um pouco melhor do que os filmes KODACHROME.

Fazer e utilizar cópias descartáveis de transparências para projeção ou exibição economizará a imagem original. Faça cópias dos slides e transparências originais imprimindo diretamente nos filmes para duplicatas KODAK EKTACHROME DUPLICATING.

Use molduras ou porta-negativos. Molduras de papelão ou plástico são adequadas para guardar slides, se forem apropriados para armazenamento por longos períodos. Molduras de vidro não afetam a vida útil dos slides, e ajudam a protegê-los contra poeira e riscos. (Antes de montar os slides em molduras de vidro, assegure-se de que as superfícies do vidro estejam limpas.) A umidade pode condensar-se sobre a parte interna das molduras de vidro quando projetar os slides com lâmpadas de alta potência. Você pode eliminar este problema guardando os slides com sílica gel. Proteja as transparências grandes com porta-negativos se o material plástico não causar "ferrotipia".

Utilize embalagens metálicas. Pelos motivos descritos na seção "Proteja da luz os negativos", utilize caixas ou gavetas metálicas para guardar os slides e transparências, caso não os armazene em um refrigerador ou freezer. Se achar que bandejas de plástico para slides são mais convenientes, teste-as para verificar os possíveis efeitos sobre os slides. Mantenha as bandejas em um local frio, seco, e escuro, distante dos contaminantes atmosféricos. As bandejas para slide KODAK CAROUSEL®. EKTAPRO, e EKTAGRAPHIC, e KODAK Slide Clip Sets são adequadas para guardar slides por longos períodos.

Evite luz, calor, e alta umidade. Quando você não estiver vendo ou exibindo seus slides, transparências, ou filmes cinematográficos, armazene-os de maneira idêntica à que você armazena os negativos coloridos. Para conservação por longos períodos, armazene estes materiais em um freezer a uma temperatura de -18ºC, ou mais baixa. Você poderá manter a umidade relativa baixa armazenando as transparências e slides em envelopes especiais à prova de umidade, conforme descrito para os negativos em cores. Utilize envelopes vedados a vapor ou latas metálicas para armazenar filmes cinematográficos por longos períodos. Vede as latas com várias camadas de fita resistente à umidade tal como fita isolante de vinil. Periodicamente, retire a fita, deixe o filme atingir a temperatura ambiente e vede novamente a lata. Utilize este procedimento somente para armazenar slides, transparências, ou filmes cinematográficos por longo tempo.


Condições de Umidade Relativa e Temperatura Recomendadas para o Armazenamento de Filmes Cinematográficos Processados:

 
Se condições adversas de armazenamento causarem alterações no equilíbrio das cores de seus slides, você poderá restaurá-los utilizando os procedimentos de duplicação.

Utilize condições adequadas de visualização e exposição. A exposição prolongada à luz e ao calor afeta de maneira adversa a maioria dos corantes fotográficos. Não submeta seus slides originais à projeção prolongada e repetida como, por exemplo, numa exibição comercial, nem os exponha prolongadamente em caixas de luz. Embora nestas o nível de iluminação seja, em geral, menor, a exposição prolongada é prejudicial, especialmente se a luz do sol direta (que contém uma grande quantidade de radiação ultravioleta) atingir os slides. Utilize um filtro de raios ultravioleta para mostruários de luz fluorescente. Nas exposições, use cópias e guarde os originais sob as melhores condições possíveis, conforme descrito na seção anterior.

Controle os danos causados por insetos aos filmes em cores. Os insetos, tais como traças, ácaros, etc., às vezes atacam os slides e negativos em cores, bem como filmes não processados. Não guarde slides, câmaras, ou filmes em gavetas, armários, ou guarda-roupas, onde você guarda suas roupas ou tecidos, ou onde fiapos se acumularam, pois estes atraem insetos adultos que depositam seus ovos nestes locais.

Devido aos danos aos slides causados por insetos ocorrerem, invariavelmente, perto da moldura dos slides, você poderá muitas vezes recuperar slides danificados mascarando a borda e cobrindo a área danificada. Antes de reparar o slide, espane-o com uma escova macia ou jato de ar comprimido para remover quaisquer ovos ou larvas.

Onde os danos causados por insetos estiverem aparentes, remova todos os slides e espalhe nas caixas ou gavetas com cristais de paradiclorobenzeno de naftalina para traças. Deixe os cristais por vários dias, de modo que qualquer larva que apareça morrerá. Como os vapores da naftalina podem danificar ou enfraquecer seriamente os suportes de papelão, sacuda todos os cristais para fora do recipiente e areje-o totalmente antes de recolocar os slides.

As cópias fotográficas estão em toda a parte: em carteiras, nas paredes, em álbuns, sobre as mesas, etc. Elas são populares porque você pode observá-las a qualquer momento que desejar, sem equipamento especial, e porque, na maioria dos casos, podem ser substituídas se ficarem desbotadas ou danificadas. Mas, se você não tiver o negativo original para reimprimir, cuidados com as cópias se tornam muito importantes. A maioria das orientações para o armazenamento de outros produtos fotográficos também se aplicam às cópias. Os corantes e as camadas de emulsão de papéis em cores tornam o armazenamento destas cópias mais crítico do que as em preto-e-branco.

Selecione o material de impressão que melhor se ajuste às suas necessidades. Muitos fatores, tais como luz, calor, umidade, contaminantes e a poluição atmosférica, podem afetar a vida útil de uma cópia fotográfica. Mesmo sob as melhores condições de armazenamento, se submetida a exibição constante, provavelmente será alterada com o tempo. Quando as cópias são destinadas para a exposição, armazene os negativos ou slides originais adequadamente, de modo que você possa fazer novas cópias, se aquelas expostas começarem a desbotar.

Como os negativos KODAK PROFESSIONAL e os papeis KODAK SUPRA III / ULTRA III / DIGITAL III possuem excelente estabilidade de corantes, você poderá esperar que as cópias feitas com estes papéis se conservem por muito tempo, muitas décadas, expostas à iluminação caseira, por exemplo. Para as aplicações que exigirem durabilidade física, utilize o KODAK PROFESSIONAL DURAFLEX; este material possui as mesmas características de estabilidade de imagem que os papéis em cores Kodak. Você pode esperar que as cópias feitas com papéis e químicos KODAK tenham uma longa vida, se você manuseá-las e armazená-las conforme descrito nas seções seguintes.

Mantenha a área de armazenagem fria, seca, e descontaminada. Se você tiver cópias que não planeja expor, ou que deseja armazenar por um longo período antes de exibir, pode deixá-las sem suporte, pois assim ocupam menos espaço e envolvem menos materiais que possam prejudicar as imagens.

Evite armazenar as cópias na caixa ou embalagem de papelão originais. O material de embalagem adequado para os materiais sensibilizados não expostos pode não ser inócuo para os materiais processados. Utilize caixas ou envelopes seguros para arquivos.

As melhores condições de armazenamento para as cópias em cores são as mesmas utilizadas para a maioria dos produtos fotográficos. Armazene-as no escuro, numa temperatura de 24ºC, ou menos, e com umidade relativa entre 30% e 50%. Para armazenamento por longos períodos, mantenha as cópias em temperaturas mais baixas.

Se você deseja armazenar pequenas cópias num freezer a temperatura de -18ºC, condicione-as à temperatura ambiente e numa umidade relativa entre 25% e 30%, antes de vedá-las em envelopes à prova de umidade. Proteja as cópias maiores do que 20 x 25 cm contra a umidade utilizando 3 camadas de folha de alumínio e vedando as dobras e costuras com fita à prova de umidade, tais como fitas para freezer ou fita isolante de vinil; não utilize fitas isolantes comuns. Assegure-se de que a área de armazenamento e a sala de condicionamento estejam livres de gases prejudiciais às cópias (veja: "Armazene embalagens abertas com muito cuidado"). Se você armazenar várias cópias em uma embalagem, intercale-as com papel livre de ácido.

Guarde as cópias em álbuns para ter visualização e manuseio adequados. Uma maneira menos elaborada de guardar as cópias, e que combina acesso imediato com condições de armazenamento por longos períodos, é em um álbum de fotografias. Para obter os melhores resultados de armazenamento em um álbum, guarde-o em um local onde a temperatura e a umidade não sejam excessivas.
« Última modificação: 19 de Fevereiro de 2009, 08:12:54 por Elmo »


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #5 Online: 19 de Fevereiro de 2009, 08:10:12
Continuando:

Materiais de Embalagem e Locais para Armazenamento por Longos Períodos

Utilize materiais adequados para embalagem. Não armazene material processado na embalagem original. Com o tempo, alguns adesivos, colas, e subprodutos da fabricação do papel e plásticos se tornam nocivos para os produtos fotográficos.

Todas as placas de suporte, papéis de proteção, capas e páginas de álbuns, e porta negativos deverão estar isentos de ácidos, peróxidos, plastificadores, partículas metálicas, fibras de madeira, sulfitos, nitratos, e cloretos. A placa de suporte isenta de ácido, de alta qualidade, é essencial para o armazenamento de cópias montadas por longos períodos. Qualquer material utilizado para montar cópias em cores deverá estar isento de lascas de madeira, pedra-ume ou breu, e deverá ter pH de 7 a 7,5 (Um pH de 7 a 9,5 é considerado aceitável para a montagem de cópias em preto-e-branco).

Os materiais aceitáveis, muitas vezes descritos como de grau de conservação, de museu, ou para arquivamento, estão disponíveis em algumas lojas de fotografia e de suprimentos para arquivos.

Teste os materiais em caso de dúvidas. Se você não sabe se um material é satisfatório, teste-o para verificar a atividade fotográfica (chamada nos meios técnicos de foto-atividade). Um teste simples e direto está descrito na Norma American National Standard IT9.2-1988, Imaging Media - Photographic Processed Films, Plates, and Papers - Filing Enclosures and Storage Containers (Meios de Impressão de Imagens - Filmes, Chapas, e Papéis Fotográficos Processados - Invólucros de Arquivamento e Recipientes de Armazenamento). Esta Norma também inclui as especificações para papéis, plásticos, adesivos, tintas e para a confecção de envelopes de armazenamento.

Use sílica gel para desumidificar.

NOTA: A utilização de sílica gel e outros desumidificadores não é recomendável para proteger negativos, slides, ou cópias guardadas por longos períodos. O pó fino dos desumidificadores pode ser abrasivo ou reagir com os materiais fotográficos armazenados. Os desumidificadores também exigem reativação periódica, e devem ser usados somente para armazenamento por curtos períodos.

Se você vedar os materiais fotográficos em envelopes ou outros recipientes à prova de ar, quando a umidade relativa for alta, você estará vedando em um alto nível de vapor de água. Quando não houver nenhum outro meio de reduzir a umidade relativa, sob condições de umidade excepcionais, você poderá utilizar um desumidificador tal como sílica gel como um agente de secagem provisório. Colocando a sílica gel junto do material fotográfico, ela absorverá o vapor de água e reduzirá a umidade dentro do recipiente. (A secagem satisfatória de filmes cinematográficos com sílica gel não é possível porque a umidade se move muito lentamente através de um rolo de filme grande).

A sílica gel é como uma esponja; ela absorve grandes quantidades de vapor de água e não reage com os materiais mais comuns. Freqüentemente, a sílica gel contém um indicador de umidade que altera a cor quando o desumidificador necessita reativação. Você pode reativar e reutilizar a sílica gel secando-a em uma estufa a uma temperatura de aproximadamente 175ºC, durante 1 a 3 horas. Para impedir a reabsorção do vapor de água, deixe a sílica gel resfriar em um recipiente metálico fechado. Vede o recipiente, a não ser que você utilize a sílica gel imediatamente. Você necessitará somente 40 g de sílica gel para controlar a umidade relativa em 0,03 m3 de espaço vedado.

Escolha cuidadosamente a área de armazenamento. Você poderá evitar condições de armazenamento prejudiciais guardando seus arquivos fotográficos num andar principal ou superior, não em porões úmidos ou num sótão quente. Evite as áreas com alto teor de umidade relativa, ou grande variação de temperaturas. (A umidade relativa poderá ser alta em sótãos e porões, especialmente sem aquecimento ou sem isolamento. A umidade da condensação poderá entrar em contato com os materiais fotográficos armazenados nestas áreas). Evite dutos e registros de aquecimento (fontes de calor), e canos de água (que podem ter vazamentos). Idealmente, a sala de armazenamento deverá ter sistema de ar condicionado filtrado para manter a sala livre de pó, poeira, e gases poluentes e contaminação. Se uma sala foi pintada com uma tinta a base de óleo, deixe arejar por no mínimo 4 semanas antes de utilizá-la para armazenar as cópias e negativos. Use arquivos e recipientes de metal, ou caixas (ou bandejas) de papelão ou plástico projetadas para armazenamento de materiais fotográficos por longos períodos.

A água de enchentes, combate a incêndios, sistemas de "sprinklers", ralos, canos rompidos, e tetos com goteiras podem causar sérios danos aos filmes e cópias. Armazene os recipientes de fotografias no mínimo 15 cm acima do piso; evite porões, sótãos, e locais onde possam ocorrer vazamentos.

Proteja o material fotográfico contra o fogo. Naturalmente, o fogo pode ser devastador para os filmes e cópias. Uma caixa-forte à prova de fogo, localizada e construída de acordo com os códigos de construção locais e as regulamentações de companhias seguradoras, oferece proteção adicional para grandes coleções. A caixa-forte deverá ter isolamento suficiente para oferecer controle satisfatório de temperatura durante o ano inteiro, evitar a condensação de umidade nas paredes, e proporcionar uma boa resistência contra aumentos de temperatura interna em caso de incêndio.

Para coleções de menor porte, um armário ou cofre à prova de fogo oferecerá proteção adequada. Examine qualquer cofre cuidadosamente antes de usar. Muitos cofres e armários resistentes ao fogo possuem um tipo de isolamento que libera umidade quando aquecidos, e seu interior pode ficar cheio de vapor durante um incêndio, danificando as emulsões fotográficas. Antes de armazenar qualquer filme ou cópias neste tipo de cofre, vede-os em envelopes fotograficamente inócuos e à prova de umidade.

As especificações para caixas-fortes, arquivos, ou cofres à prova de fogo estão, em geral, baseadas no ponto de carbonização superficial ou combustão do papel. As emulsões gelatinosas de filmes e cópias estão sujeitas a danos bem abaixo deste ponto. Portanto, tais dispositivos de armazenamento talvez não forneçam proteção para materiais fotográficos nas especificações mencionadas. O calor pode causar secura extrema, resultando em fragilidade ou outros danos físicos. De modo similar, o calor poderá causar o amolecimento da superfície gelatinosa dos materiais fotográficos de modo que fique sujeita a danos através de fusão, enrugamento da superfície, depressões, absorções, e adesão a outras superfícies. Em geral, se o dispositivo de armazenamento impede que a temperatura aumente acima de 38ºC, a maioria dos materiais não serão afetados. Quando as temperaturas excedem a 66ºC, a maioria dos materiais fotográficos serão suscetíveis a danos. Para temperaturas entre 38ºC e 66ºC, os resultados variam por produto e condição. Quando estiver escolhendo ou projetando locais de armazenamento resistentes ao fogo, lembre-se de manter as condições para o material fotográfico de menor tolerância.


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #6 Online: 19 de Fevereiro de 2009, 08:12:24
E por fim:

Armazenagem e Manuseio de Materiais Fotográficos não Processados

Os materiais fotográficos que você utiliza para registrar imagens merecem o mesmo tipo de cuidado e atenção dedicados a outros objetos valiosos. Antes de expor o filme ou papel, você deverá armazená-los e manuseá-los adequadamente de modo que possam fornecer os melhores resultados possíveis. Após a exposição, o cuidado adequado no processamento e armazenamento ou apresentação do negativo, slide, transparência, cópia fotográfica, ou filme cinematográfico, ajudará a preservar a vida útil da imagem por longo tempo.

O tempo que as pessoas pretendem manter e utilizar uma fotografia varia de horas ou dias até muitas décadas, dependendo do valor da imagem. Esta publicação fornece orientações para se obter o melhor desempenho e vida mais longa de seus materiais fotográficos em preto & branco e em cores. Descreve o armazenamento e manuseio de materiais processados ou não, fornecendo recomendações para conservação por longo tempo.


PREDADOR46

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #7 Online: 22 de Fevereiro de 2009, 10:43:06
Olá, amigos:
Agradeço pelas dicas, e vou tentar usá-las.
Este mofo a que me referí inicialmente apareceu pelo fato destes slides terem ficado guardados no carroussel por mais de 10 anos, em uma cidade localizada à beira mar, com uma umidade relativa sempre alta.
[ ]s
Predador46