Autor Tópico: Bater fotos de ráios  (Lida 1892 vezes)

gastro

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 585
Online: 20 de Março de 2009, 15:28:18
Galera...
Andei pesquisando aqui, e não achei nada sobre como bater fotos de raios...

É bem complicado clicar um raio bem no momento que cai...claro...

A técnica consiste em deixar o obturador aberto por 30 segundos por exemplo, e torcer para que caia algum raio?

Vlwww


gastro

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 585
Resposta #1 Online: 20 de Março de 2009, 15:31:02
achei isso aqui...
acredito que seja por ai mesmo...
http://rafalopes.com.br/blog/como-fazer-fotos-de-raios-e-fogos/


LuizNdo

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.407
  • Sexo: Masculino
  • Tente, invente.
Resposta #2 Online: 20 de Março de 2009, 20:22:14
Foto de raio é a técnica da "Ratoeira".

Faz longa exposição e espere cair um raio no tempo. Não caiu? Faça mais uma e espere.

Raios são imprevisíveis, então não adianta ficar esperando pra clicar na hora que dá o raio.

E também são muito intensos, sempre vão estourar na sua foto mesmo.
>> Belo Horizonte <<
Fotógrafo Entusiasta.
Sony P100
Canon 7D e XT + 18-55 mm + 75-300 mm USM III + Canon 50mm f1.8 + Sigma 10-20mm + Canon 100-400mm L IS + Adaptador de Telescópio!
Meu Flickr


Byllauck

  • Trade Count: (7)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 388
  • Sexo: Masculino
  • Fotografia de Casamento
    • CA Fotografia
Resposta #3 Online: 21 de Março de 2009, 00:07:30
É.. uma hora quero um tripézinho só pra tentar!!!
www.cafotografia.com

Chrístopher Alisson
Tecnólogo em Fotografia


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #4 Online: 22 de Março de 2009, 11:02:52
Sim,
o mais eficiênte é o tripé e trabalhar com 30s ou até em bulb até o dito cujo cair (isso se não houver iluminação artificial por perto). Bem, como pode ver, assim é ideal que seja a noite.




Mas existem raios que são longos, dando dois ou três repliques. São "capturáveis" com a máquina na mão, pois dá tempo de clicá-los. Como esse abaixo, que embora tenha sido capturado usando tripé (1/4s), isso era totalmente desnecessário, pois também usei f22, e disparei assim que ele deu o primeiro flash.



O que eu acho mais difícil em clicar raios, é tê-los em boa posição numa paisagem interessante, que torne a fotografia bonita ou impactante. Isso eu ainda não consegui.

abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


ramon

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 51
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 22 de Março de 2009, 14:09:50
Marcelo muito loca essa de baixo... :S


lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #6 Online: 22 de Março de 2009, 16:25:06
fotógrafo não "bate fotos".

(e modelos não "pousam" para fotos).

melhor corrigir e cortar o mal pela raiz que continuar vendo espalhado por ai.







lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #7 Online: 22 de Março de 2009, 16:39:17


gastro

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 585
Resposta #8 Online: 23 de Março de 2009, 08:14:39
Legal, vlw as dicas pessoal


Mestaky

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 725
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 28 de Março de 2009, 22:29:22
Seguinte, quando o assunto são raios pra começar todo cuidado com a sua integridade física é pouco, então, tenha sempre em mente que fotografá-los é uma atividade que pode deixar você exposto a uma descarga, ainda mais quando estiver usando Grande Angular.

Tenha em mente que o raio é uma descarga elétrica e nessa condição as núvens funcionam como uma bateria que carregam-se e descarregam-se através do raio, em intervalos de tempo bem previsíveis enquanto ocorre uma tempestade elétrica. Então observe a média de tempo que ocorre entre os raios e abra sempre uns 10 ou 15 segunos antes do tempo médio medido, isso aumenta suas chances de sucesso.

No restante, o site que o Ig indicou já fala praticamente tudo a respeito.

Aproveito para deixar uma minha que já tá na Internet, tenho mais, mas tenho de procurar no HD aqui, essa foi feita há algum tempo de sacanagem na varanda de casa, já com a fuça cheia de Glenfiddich no quengo (nesse dia).


« Última modificação: 28 de Março de 2009, 22:34:21 por Mestaky »
Whatsapp / Telegram: 21 98799 7105
mestaky@gmail.com


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #10 Online: 28 de Março de 2009, 23:16:06
é uma atividade que pode deixar você exposto a uma descarga, ainda mais quando estiver usando Grande Angular.

heim???  :ponder:


Não entendí! Por que?

abraço
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Mestaky

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 725
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 29 de Março de 2009, 20:04:02
heim???  :ponder:


Não entendí! Por que?

abraço

Grande-angular te faz aproximar mais do assunto que fotografa, e na expectativa do "raio perfeito", ou de um raio que ocupe uma posição de destaque em uma cena com ângulo de cobertura muito grande é normal negligenciar a aproximação excessiva da tempestade elétrica.
Whatsapp / Telegram: 21 98799 7105
mestaky@gmail.com


Mestaky

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 725
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 29 de Março de 2009, 20:07:26
Aliás, com GA é normal negligenciar qualquer coisa que se aproxime de você, pois ela te mostra tudo mais longe do que realmente está.

Concorda ?
Whatsapp / Telegram: 21 98799 7105
mestaky@gmail.com


hussin

  • Trade Count: (5)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 99
  • Sexo: Masculino
    • Meu flickr
Resposta #13 Online: 29 de Março de 2009, 21:40:12
De preferência esteja em um lugar protegido, hehe.
Essa eu fiz da janela do meu apartamento:



Depois de uns 15 minutos tentando acertar onde o raio ia cair, caíram três seguidos durante a mesma exposição =D
Luís Felipe Hussin Bento - @lfhussin
Canon 5D + Canon 35mm f/2 + Canon 50mm f/1.8 + Canon 100mm f/2 | Olympus OM10 + Zuiko 28mm f/2 + Zuiko 50mm f/1.4 | Yashica Mat 124B | Hasselblad 500C + Planar 80mm f/2.8


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #14 Online: 30 de Março de 2009, 08:23:01
Aliás, com GA é normal negligenciar qualquer coisa que se aproxime de você, pois ela te mostra tudo mais longe do que realmente está.

Concorda ?

Ah, sem dúvida!
Mas pior ainda é não estudar o terreno em que se encontra. Tipo se expor em área muito aberta como campo, praia, lugares altos. Com relação à objetiva nunca me ocorreu isso, porque acho que nunca me vi num lugar em que eu tivesse oportunidade de me deslocar em direção aos raios, apenas procurar um melhor posicionamento.

abraço
Marcelo dos Santos

Associado Fototech