Autor Tópico: Fotometria, exposição e correlação com o fotômetro  (Lida 1168 vezes)

Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Online: 28 de Março de 2009, 19:28:53
Duplicata de uma postagem que está nos Artigos (Automatismos, etc). Achei que merecia tópico exclusivo.

Bem, esta foto foi feita em JPEG com a LX1, de modo que a latitude da cena cabia na latitude do sensor.

Fiz este demonstrativo porque em outro fórum se conversava sobre como interpretar uma cena em termos de fotometria, e quis mostrar como ela pode ser interpretada se soubermos mais ou menos onde estão os tons. No caso, o médio que aqui aparece como 127 (cinza 18%), o mais claro com tom que aparece como 233, o mais escuro.

Não é uma demonstração rigorosa, mas serve para dar uma idéia. No meio tem algo como uma barra de exposição que se vê no modo manual numa câmera ao se olhar no visor, geralmente dom dois EVs para cada lado a partir do centro, divididos em terços.

Neste caso, acho que a imagem fala como mil palavras.



Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #1 Online: 28 de Março de 2009, 21:03:13


Ricardo Lou

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 198
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 29 de Março de 2009, 00:16:51
Legal esta demonstração, Ivan, parabéns.
Que a arte (me) aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Oswaldo Montenegro (adaptação nossa)


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.747
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 29 de Março de 2009, 13:50:45
Ivan essa sua postagem praticamente ilustra o ajuste do sistema de Zonas que eu já propuz a alguns anos lá no Brfoto e que depois carreguei para meus cursos. :)
Na primeira foto ficou estranha a relação, parece que os extremos estão invertidos, o 255 deveria estar ligado no da direita e o 0 no da esquerda, mas parece que estão ao contrário. :)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Chello

  • Trade Count: (15)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.638
  • Sexo: Masculino
    • CJPress Foto e Jornalismo
Resposta #4 Online: 29 de Março de 2009, 14:59:56
Ivan essa sua postagem praticamente ilustra o ajuste do sistema de Zonas que eu já propuz a alguns anos lá no Brfoto e que depois carreguei para meus cursos. :)
Na primeira foto ficou estranha a relação, parece que os extremos estão invertidos, o 255 deveria estar ligado no da direita e o 0 no da esquerda, mas parece que estão ao contrário. :)

Também fiquei confuso, e achei que houve uma inversão nessas relações.

Mas, muitíssimo bom o exemplo que ilustra claramente o Sistema de Zonas!

Parabéns, mais uma vez!

Abs
Chello
Fotojornalista
Canon Professional

Instagram: @chellofotografo


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #5 Online: 29 de Março de 2009, 17:21:25
Ivan essa sua postagem praticamente ilustra o ajuste do sistema de Zonas que eu já propuz a alguns anos lá no Brfoto e que depois carreguei para meus cursos. :)
Na primeira foto ficou estranha a relação, parece que os extremos estão invertidos, o 255 deveria estar ligado no da direita e o 0 no da esquerda, mas parece que estão ao contrário. :)

Caramba! É engraçado como comentermos erros quando lidamos com questões de indicação. O caso foi o seguinte... Eu estava precisando incicar cada zona, e não tinha boas ferramentas para isso, aí importe a imagem para o Paint e essa inversão saiu na distração.

Entendam ao contrário, entre 0 e 233.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #6 Online: 29 de Março de 2009, 17:24:43
Correção... Agora lembrei-me. Se observarem, o +2 parte da nuvem, e o -2 parte da sombra da pedra... A confusão é porque tem áreas assinaladas com números que são antagônicas bem perto, e fica parecendo que assinalei os números.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.747
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #7 Online: 29 de Março de 2009, 17:44:23
Correção... Agora lembrei-me. Se observarem, o +2 parte da nuvem, e o -2 parte da sombra da pedra... A confusão é porque tem áreas assinaladas com números que são antagônicas bem perto, e fica parecendo que assinalei os números.

Ivan era exatamente isso que eu achava que tinha acontecido rs... Por isso falei que estava parecendo e não que estava errado rs. :)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #8 Online: 29 de Março de 2009, 18:24:25
Ivan era exatamente isso que eu achava que tinha acontecido rs... Por isso falei que estava parecendo e não que estava errado rs. :)

Mas ficou bacaninha, né Leo...

Porque é um conceito muito simples, principlamente no uso prático, e para a maioria das pessoas fica abstrato, mitificado quando não precisa sê-lo.

De fato, na maioria dos casos só é preciso medir a luz mais clara, ou a luz média. Umas tantas vezes é bom consultar uma região de sombras que queremos interessante, etc. Mas os exemplos mostram principalmente o que deve ser consultado. No caso da foto do meu filho, seu rosto, é ele que guiará a fotometria.


Chello

  • Trade Count: (15)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.638
  • Sexo: Masculino
    • CJPress Foto e Jornalismo
Resposta #9 Online: 29 de Março de 2009, 20:30:34
Ivan,

Foi tão somente inversão dos números... mas deu para entender perfeitamente... rs

Eu tenho utilizado 90% das vezes a fotometria pelas altas luzes, do modo que você já explicou tão bem várias vezes e tenho obtido os resultados que esperava sem muito sacrifício.

Como você mesmo disse é um conceito muito simples, porém que o "receio" das pessoas, acredito eu, acaba tornando-o um bicho de 7 cabeças. E, em alguns casos graves culminam no giro do Dial da cam para o famoso modo P!  :D

Abs
Chello
Fotojornalista
Canon Professional

Instagram: @chellofotografo


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #10 Online: 29 de Março de 2009, 20:46:33
Pois é, Chello;

Faz-se um bicho de sete cabeças com algo que é simples.

Esse demonstrativo foi para complementar um assunto que estava rolando no tópico sobre automatismo (Artigos). Minha tese é simples... "Automatismo dá trabalho" -risos.