Autor Tópico: Entrevista do aprendizado  (Lida 1429 vezes)

Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Online: 05 de Setembro de 2005, 10:40:44
Caros amigos:

por certo todos irão pensar: Poxa, o Ivan dar uma entrevista sobre fotografia é algo muito fora do razoável! Falta-lhe... tudo para isso. Enlouqueceu de vez!

Mas não é uma entrevista com E maíusculo, mas sim um entrevistar-se mútuo entre pessoas que se conheceram em listas de discussão, cada entrevista abordando aquilo que na outra pareceu ser seu interesse maior. No fundo é uma entrevista com um anônimo.

Apesar disso, ou por isso mesmo, o assunto rola solto, e termina havendo alguma coisa interessante na conversa.

Digo de antemão não me considerar Fotoógrafo, mas um aventureiro andadndo pelo mundo da fotografia, desejoso de quem sabe nele encontrar a Pedra Filosofal. A entrevista fala disso.

Quem tiver curiosidade de ler, por favor dando os devidos descontos, eu a transcrevi na minha página Multiply, por nela haver um grande resumo de certas idéias que tenho sobre fotografia e que vivo expondo aqui em em outros fóruns.

Como vêem, não tenho medo do rídículo -risos.

A entrevista está em:
entrevista

Se alguém tiver algum comentário, ou opinião sobre algum dos assuntos abordados, gostaria de ouvir. Não está completa ainda, foi gtranscrita no estado em que se encontra hoje, e certamente ainda haverá duas ou três perguntas antes do final, as quais acrescentarei quando acontecer.  


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #1 Online: 05 de Setembro de 2005, 11:09:03
E ae Ivan?
Tudo jóia?
Muito interessante a sua entrevista.
Deu para a gente te "conhecer" um pouco mais... heheh
Eu por ex. não sabia que vc fotografava desde os 15 anos.
Ah, e percebi que você tenta ou é "tecnico" em tudo que faz heheh ((inclusive sobre a fotografia que é sua paixão))
E puxa a vida! Vc sabe muito bem "colocar" as palavras.... descrever as coisas, escrever! Muito bom!
A sua "locutória" é excelente!
"Queria te ver filosofando mais aqui no fórum" heheh

Citar
Como vêem, não tenho medo do rídículo -risos.
Opa!
Não devemos ter medo disso! Aliás, o ridículo é ter medo... heheh

Abraços,

Renato
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #2 Online: 05 de Setembro de 2005, 11:33:28
Obrigado, Renato.

Quando o John me convidou tive muito medo de lambuzar-me em vaidade, e tentei dar à entrevista todo o tempo o estilo analítico, não valando exatamente de mim, mas das coisas e das idéias.

Há uma imagem que diz devermos montar nos calvalos que passam encilhados na nossa frente -risos. Por isso aceitei.

Ivan


Marcelo.S.

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.279
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/msafioti/sets/72157618134645270/detail/
Resposta #3 Online: 05 de Setembro de 2005, 11:55:13
Bem "profunda" a sua entrevista Ivan...parabéns!

Você cita em uma parte que tem uma foto que te impressionou muito há 30 anos e te impressiona até hoje, uma foto do Henry-Cartier Bresson.

Seria essa?

Bresson

Vc poderia explicar um pouco mais sobre essa fascinacao? O que te fascina: o ângulo, o momento, método, ou oque?

Pode-se concluir que a pessoa desceu "correndo" a escada, pegou a bicicleta e saiu meio que com pressa?
Qual a sua interpretacao durante todos esses anos?

Um abraco,
marcelo
Deutschland

Flickr


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #4 Online: 05 de Setembro de 2005, 12:04:23
Show a entrevista Ivan, gostei principalmente da parte da busca do clique perfeito, renderia uma bela discução uma pergunta como aquela heheh!
Parabéns. :)
 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #5 Online: 05 de Setembro de 2005, 12:10:29
Olá Ivan!

Bom encontrá-lo de volta.

Gostei da entrevista... A experiencia é interessante.... E acho que uma entrevista revela muito o estilo da pessoa que está respondendo às questões... Voce foi (como vc mesmo disse) bem analitico e não senti muito a coisa da emoção. Mas eu gostei da forma como vc expressou seu envolvimento com a fotografia e o que espera dela.

Bom te-lo de volta!

Abraço,
Fernando
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #6 Online: 05 de Setembro de 2005, 12:24:48
Marcelo:

Muito obrigado.

A foto do Bresson é exatamente esta. Está pequenininha no seu link, de modo que só quem já a viu maior terá dela uma noção mais ampla, mas não tem importância. Pode ser vista maior no site da Magnum - www,magnumphotos.com - somente que agora é preciso se cadastrar para vê-las.

Você me pede uma iterpretação desta foto e que eu explique o porqueê dela ter me impressionado.

Pois bem, há trinta anos a vi e fiquei chapado. Não sabia diser porque fiquei tão impressionado, somente olhava e dizia para mim mesmo: "Caramba, que coisa incrível! Que foto linda!, que formas lindas!". Não conseguia atinar com o método de execução nem com a razão para achá-la linda.

Posteriormente, devido ao estudo da percepção humana, das estruturas perceptivas, comecei a fazer uma leitura estética da foto, isto é, observar como havia uma temática de curvas quase concêntricas (a da escada, a da curva da rua no im, etc). Comecei a observar as posições das linhas fortes, o fato das verticasis da grade da escada estarem no áureo ou no terço, o fato de haver ângulos que definem o fim do espaço à esquerda e à direita de modo que a curva da rua parece centrada no lugar onde estava o fotógrafo, etc. Obtive aí uma compreensão formal da foto, e ela me maravilhava mais ainda. Mas não compreendi como fôra feita, isto é, como ligar aquele rigor incrível ao "momento decisivo" bressoniano.

Quando o bressom morreu, ano passado, passei alguns dias vendo suas fotos no site da Magnum. Sempre me maravilhava a composição, que já então compreedia tecnicamente, e me espantava o momento decisivo, isto é, pensava assim "Caramba, como pôede ele fazer essa composição tão boa num instante?". Aí me caiu a ficha de não ser necessário o instate para a composição, somente para a cena humana, e finalmente compreendi a feitura desta foto.

Ela consiste numa magistral composição feita por quem sabia tudo das regras da percepção e composição (o Bressom estudou pintura antes de ser fotógrafo), feita pacientemente e cuidadosamente, somada a uma espera para que alguém ou algo ao passar na rua desse a essa composição linda seu significado único. Aí passou a bicicleta... Veja, mMarcelo, que nada impede ele ter feito outras quatro ou cinco fotos com outras pessoas passando, pois o cenário estava perfeitamente dominado. Assim entendido, ao invés de uma fotografia rápida compreendi ser uma fotografia estudada

Quando falo de micro-dramaturgia não inclui imaginar o que o personagem da cena estava fazendo. É algo menor e ao mesmo tempo maior que isso, que é imaginar que tipo de viver está ali representado, e por um momento compartilhar isso.

Espero ter lhe respondodo.

Abraços,
Ivan

 


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #7 Online: 05 de Setembro de 2005, 12:31:54
Obrigado, Leo e Fernando.

A entrevista ainda não terminou, acho. Depende do John. Ele é que declarará encerrada em algum momento -risos.

Fernando: a emoção está contida na poética. O que talvez você tenha estranhado é que em parte eu lido com a poética como algo palpável, examinável, inteligível, e não algo da esfera da espontaneidade. Isso não nega a emoção, apenas é uma emoção examinada e compreendida.

Por exemplo, muitas vezes escrever um poema é algo completamente técnico, embora pareça quem o lê muito emocional. Há um caso famoso que é O Corvo, do Edgar Alan Poe. O Poe deliberu escrever este poema, um dos mais famosos do mundo, e o construiu sabendo exatamente quais cordas emocionais estava tocando a cada momento. Não foi uma inspiração, mas cálculo e método.

Obrigado pelas boas vindas. Voltei antes do período que eu mesmo havia estipulado, e o fiz porque o importante era descansar a cabeça -risos. A verdade é que gosto muito disso aqui, de modo que os afastamentos ainda quando episódios necessários não são coisa que deseje.


Xiru

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.402
    • Flickr
Resposta #8 Online: 05 de Setembro de 2005, 15:11:19
To lendo, to lendo! Tá uma delícia!
Gentileza gera gentileza.

Xirú Sander Scherer - Ivoti / RS

Flickr
.. Blog: Andarilho Freak


Marcelo.S.

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.279
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/msafioti/sets/72157618134645270/detail/
Resposta #9 Online: 05 de Setembro de 2005, 15:54:03
Respondeu sim Ivan. E muito mais.

Bem interessante a sua visao e mais ainda a maneira que vc transmite isso.

Gol para os leitores :)
Deutschland

Flickr


Xiru

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.402
    • Flickr
Resposta #10 Online: 05 de Setembro de 2005, 16:06:50
"A fotografia não se faz sem a técnica, mas se faz para além da técnica, pelo menos vejo assim."

Muito ótimo. A entrevista (que espero falte muitopra acabar) fez-me lembrar dum textinho que fiz uma vez intitulado "O guri que pescava olhares", e nele, lá pelas tantas, eu recordava de quando era pequeno, do prazer que me dava ouvir o barulho da minha tarrafinha caindo na água, aquele som prolongado das chubadas mergulhando. E esse som parecia que coloria mais ainda o ambiente, mudava o sabor do ar que ali se respirava...

E hoje em dia, um POUCO mais consciente da "tríade fotográfica", me dou conta de como tirar a câmera da bolsa e olhar ao redor tem um efeito parecido do som da tarrafa. O olho já está um pouco educado, e mesmo sem a camera já se observa o ambiente um pouco mais. Mas pegando a "querida" na mão, tudo muda de figura. Pessoas, objetos... tudo vira "assunto em potencial", recebendo uma carga extra de significado e/ou simbolismo.

Boas palavras, Ivan, encorajam a seguir experimentando!

e assim que puder, darei uma lida em "Percepção e Composição Fotográfica".
Gentileza gera gentileza.

Xirú Sander Scherer - Ivoti / RS

Flickr
.. Blog: Andarilho Freak


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #11 Online: 05 de Setembro de 2005, 16:14:57
Obrigado, Xiru.

Tem de acabar! Afinal, não tenho tanta coisa assim para dizer -risos. Deixando de brincadeira, o Percepção e Composição Fotográfica é um texto mais instrumental, mais analítico das técnicas de composição. Em alguns aspectos, até mais útil.

Um grande abraço,
Ivan
PS: boa sacação da tarrafa. Quase pude ouvi-la.


Zyk

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 341
Resposta #12 Online: 05 de Setembro de 2005, 16:31:30
Ivan,

Conheço-o há pouco tempo, mas ao ler seus inúmeros posts - aliás sempre de forma clara, simples e coerente, em bom português, por mais complexo que seja a questão abordada - sinto uma grande admiração pela sua pessoa. Após ler esta entrevista, então... Parabéns pela entrevista... estou lendo e relendo, pois algumas coisas lá requerem uma reflexão mais profunda para serem digeridas e absorvidas.
« Última modificação: 05 de Setembro de 2005, 16:31:52 por Zyk »


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #13 Online: 05 de Setembro de 2005, 16:39:20
Obrigado, Zyk.

Aqui no fórum e nas listas escrevo meio direto, e o texto vai cheio de erros de digitação etc. Na resposta à entrevista caprichei um pouquinho -risos- para não fazer má figura.

Tentei nessa entrevista falar de problemas pouco abordados nas conversas em listas e fóruns, coisas mais da ordem da teoria mesmo.

Abraços,
Ivan


Surtão

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://surtao.fotopic.net
Resposta #14 Online: 06 de Setembro de 2005, 09:15:09
Obrigado pelo seu retorno Ivan, e por compartilhar sua alma conosco !
Como disse o Zyk, é preciso digerir com calma suas valiosas idéias...
Muito bom mesmo, parabéns !
Maurício Mourad
Pirassununga-SP - Brasil

Canon S-45 + CF 512 + lentes close-up + difusor p/ flash + mini tripé

http://surtao.fotopic.net
http://olhares.com/surtao