Autor Tópico: Custo de uma fotografia  (Lida 675 vezes)

Resabra

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Online: 25 de Maio de 2009, 12:44:28
Olá pessoal!

Sou nova no mercado de fotografia, meu ramo é fotografar paisagens.
Acontece que uma empresa se interessou por uma fotografia minha e quer comprá-la, a empresa vai colocar na entrada proncipal em um quadro muito grande, o problema é o seguinte, não sei como calcular o valor que vou cobrar a empresa, pois a empresa é muito conceituada no mercado e pelo que eu sei ela vai poder utilizar a foto em outras situações que ela quiser não é?

Me ajudem!!! (se puderem) :)


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.732
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 25 de Maio de 2009, 16:04:19
Esse é sempre um assunto muito complicado, pois o preço que se cobra de uma imagem depende de vários fatores, que vão desde a qualidade da imagem, passando pelo uso e a produção e chegando até o peso do nome do fotógrafo.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Resabra

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #2 Online: 25 de Maio de 2009, 16:22:12
Obrigada Leo!
Eu sei que é comlicado mesmo... mas estou com medo de perder esse trabalho por colocar um preço caro e como estou entrando no mercado agora não queria perder essa!!
Bom estou pensando em fazer um contrato de direitos autorais e vender num faixa de R$400 a R$500...


kiran

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
    • PROFISSIONAL
Resposta #3 Online: 29 de Maio de 2009, 11:26:13
prezada resabra

acredito que não vai achar ajuda na questão preço, vou te dar um par de dicas que me foram úteis.
vai numa loja de molduras conceituada, ou venda de posters,
ou ainda num arquiteto-decorador de interiores e pergunta
como se vc fosse o cliente. Vc vai poder pegar uma ideia
das opções que o teu cliente tem no mercado para comparar.
E não te desvaloriza, se eles escolheram a imagem é porque ela
tem um valor. Acrescenta sempre a condição de crédito obrigatório se vc vai permitir o uso da imagem para outros fins assim como a proibição de reprodução comercial ou re-venda dela.
 :ok:
kiran


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 767
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #4 Online: 29 de Maio de 2009, 12:21:22
Resabra,

É um assunto complicado, mas dá para descomplicar. Vai ver gente te dizer que 500,00 é um absurdo de barato, que o trabalho tem muito mais valor e etc. Mas não é bem assim. Para empresa, provavelmente não vale a pena pagar mais do que isso.

Como o Leo já disse, tudo depende de uma quantidade imensa de variáveis, incluindo o peso do seu nome e, principalmente o valor subjetivo que VOCÊ dá a esta foto em específico. Veja, supondo que não é conhecida, que a empresa tem porte, que o material tem qualidade técnica e de ampliação, 500,00 acho um preço razoável. É o que eu cobraria. Mas... Unicamente para o uso no tal painel. Nunca dou licença de uso (ah, a foto vc não vende, você aluga, licencia, reserva direitos... mas ela sempre será sua) para uso indeterminado ou livre. Existem quem faça isso, principalmente em bancos de imagem, mas acho complicado porque uma imagem pode se tornar um ícone institucional de uma empresa, conferir a ela muito lucro ou associar uma obra sua a um produto. Isso acho, pessoalmente, complicado. Se for para ceder a imagem por royalty free, avise o cliente que a foto não será exclusiva dele.

E depois poderá fornecê-la para outros trabalhos deles e combrar novamente, um pouco menos claro.

Quando falo em valor subjetivo, quero falar sobre o potencial que você vê na imagem, os usos futuros que acha que poderia fazer dela. Por exemplo: Não deve ceder uma imagem que acredita poder ser capa de um futuro livro seu, uma imagem que acredita estar entre as melhores de sua vida, para uma empresa fazer um painel por 500,00. Mas sim, uma daquelas imagens bonitas que fazemos mas que não damos a ela uma conotação artística e grandes significados além da beleza plástica. É o valor que o artísta que está iniciando dá, e será subjetivo até que este artísta tenha de fato um mercado, e então, este sim determinará valores. Confuso?  :ponder:


Cobro preços mais altos por imagens que estão feitas, porque faço 100 para comercializar 1, então incorporo parte do custo das outras 99. E cobro mais barato por serviços encomendados, dado a sua objetividade. É aquilo e vou na certeza.

abraço
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Mestaky

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 725
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 31 de Maio de 2009, 15:13:35
Depende:

1- Do valor investido em seu aprendizado;
2- Do valor investido em seu equipamento, sua depreciação e reposição;
3- Do valor investido em deslocamento até o local;
4- Dos riscos que envolveram a produção da imagem (trilha, helicóptero, barco, rapel, gasolina);
5- Do lapso temporal empregue na obtenção da imagem (uma foto que pode ser feita na esquina de casa é muito menos onerosa que uma imagem que demande uma expedição pela floresta amazônica).
6- Do uso que será dado a imagem;
7- Do tempo durante o qual a imagem será utilizada;
8- Da tiragem.

Em geral esses são os principais fatores a considerar na hora de vender uma imagem.

Abs.,
Marcelo.
Whatsapp / Telegram: 21 98799 7105
mestaky@gmail.com