Autor Tópico: Artigo sobre direitos autorais  (Lida 637 vezes)

Cristian de Sá

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
  • Sexo: Masculino
Online: 07 de Junho de 2009, 11:09:03
Esse artigo expressa uma opinião bem legal sobre diretios autorais e venda de imagens , vale a pena ler.

http://www.picturapixel.com/?p=1486

Nikon D40 lente  18-55mm e 50mm 1.8
http://cristiandesa.wordpress.com/


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 07 de Junho de 2009, 15:04:20
Interessante este material.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Malicky

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.410
  • lembre-se: Só Jesus salva, o homem faz backup! ;)
    • Malicky Photo
Resposta #2 Online: 07 de Junho de 2009, 15:25:48
boa , ninguem sabe o futuro
 :ok:


Guigo_Mr

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.566
  • Sexo: Masculino
    • Rodrigo Augusto - fotografia & arte
Resposta #3 Online: 08 de Junho de 2009, 09:44:19
Muito interessante mesmo.
 :ponder:


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #4 Online: 08 de Junho de 2009, 14:17:01
Clientes fieis, negócios fechados na confiança... e como fica quando não tem contrato nenhum? Que eu saiba quem fica descoberto é o contratante, pois o fotógrafo é dono da imagem até que se prove o contrário (e da propriedade intelectual ele nem pode abrir mão...).

abç
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Ricardo Lou

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 198
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 08 de Junho de 2009, 23:13:40
O contrato faz lei entre as partes, é um ditado latino, neste caso se você aceita os termos do contrato e nele não há existência de cláusulas leoninas, portanto, desprovido de vícios e ilicitudes, não há oo que reclamar.

Marcelo nosso Direito prevê uma modalidade de contrato verbal, aliás o mais celebrado por todos nós, ou seja, toda vez que você pega um taxi, p.ex., e diz ao motorista me leva na rual tal ambos estão celebrando um tipo de contrato verbal ou quando você entrega seu terno na lavanderia e "pede" para que após a lavagem ele seja entregue na sua casa, outro tipo.  No caso que você cita, ambos "Clientes fieis, negócios fechados na confiança... e como fica quando não tem contrato nenhum?" Te respondo, ambos firmaram um contrato verbal, rest saber o que foi conversado e sem há testemunhas que podem dizer se houve ou não o contrato ou situações espedcíficas.

Abraços
Ricardo
Que a arte (me) aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Oswaldo Montenegro (adaptação nossa)