Autor Tópico: Aliança definitiva da Pentax com uma companhia mais forte?  (Lida 11729 vezes)

Leandro Federsoni

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.974
  • Sexo: Masculino
Online: 18 de Agosto de 2009, 15:24:55
Recentemente em entrevista o CEO da Hoya (Hiroshi Suzuki) comentou sobre uma necessidade da união da Pentax com uma grande empresa.

“I’m afraid it will need some sort of alliance with another company in the long term.”

Quando os CEO's começam fazer esse tipo de declaração, podem acreditar que já deve estar ocorrendo muitas coisas nos bastidores.

No que vocês apostam? Kodak, Fuji, Samsung....

Fonte...
http://www.reuters.com/article/technology-media-telco-SP/idUST15448620090818
http://www.pentaxforums.com/forums/pentax-news-rumors/70307-hoya-interview-make-pentax-turn-profit-2010-a.html


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 18 de Agosto de 2009, 15:37:56
O mais lógico seria a Samsung, mas essas coisas são imprevisíveis.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Leandro Federsoni

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.974
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 18 de Agosto de 2009, 15:49:00
O mais lógico seria a Samsung, mas essas coisas são imprevisíveis.

Seria o lógico pelo histórico dos últimos anos, mas não acho que seria o mais saudável para Pentax e pros seus usuários, eu acho que uma aliança com a Fuji, usando todo seu poder de penetração, lojas, laboratórios, e ainda uma nova geração de CCD ou CMOS da própria Fuji seria a melhor opção.

Uma câmera tipo a Pentax K-7 com um sensor de qualidade acima dos oferecidos pela N,C&S seria um corpo bem interessante.


Leandro Federsoni

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.974
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 19 de Agosto de 2009, 08:15:54
Mais sites anunciando a entrevista....
http://www.imaging-resource.com/NEWS/1250626935.html


oliver.vs

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 513
Resposta #4 Online: 19 de Agosto de 2009, 11:50:16
Seria o lógico pelo histórico dos últimos anos, mas não acho que seria o mais saudável para Pentax e pros seus usuários, eu acho que uma aliança com a Fuji, usando todo seu poder de penetração, lojas, laboratórios, e ainda uma nova geração de CCD ou CMOS da própria Fuji seria a melhor opção.

Uma câmera tipo a Pentax K-7 com um sensor de qualidade acima dos oferecidos pela N,C&S seria um corpo bem interessante.

uma pentas K7 vedada com ela é, com uma sensor exr da fuji ia fazer um baite estrago, nao ia?
eu vi os testes da compacta que usa esse sensor e achei muuuito bom pra ser uma compacta. queri ver um aps


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #5 Online: 19 de Agosto de 2009, 11:55:45
Provavelmente é com a Samsung, pois evidentemente é com um grupo que deseja a MARCA Pentax, e não somente a tecnologia.

A Fuji não precisa da marca pentax. Ela sozinha pode fazer o que quiser. Seria fantástico, mas não parece ser o caminho. A Sony não precisa também da Pentax, pois está caminhando muito bem sozinha com base na tecnologia de fotografia Minolta.


dkfuji

  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.703
  • Sexo: Masculino
    • DIY BR - especial Fotos
Resposta #6 Online: 19 de Agosto de 2009, 12:04:32
Samsung já tem produtos Pentax. Ou seria o contrário? Tanto faz, afinal acredito que serão a mesma empresa em pouco tempo.


Leandro Federsoni

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.974
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 19 de Agosto de 2009, 12:17:52
Eu nao consigo entender como uma empresa que vende mais de 02 milhoes de cameras nao consegue ser rentável? Não seria apenas reenquadrar seus custos operacionais? Quem sabe agregar mais valor aos seus produtos, tentando tirar o foco em câmeras de baixo custo e vincular o nome a produtos premium, mercado e consumidores Pentax eu acho que ela tem.

Inclusive a Pentax K-7 veio um pouco com essas características, ela é muito competitiva em matéria de corpo...podem notar o visor, corpo selado e de magnésio, IS, Video com AF, AF melhorado, 15Mp, etc.....quem sabe agora uma diferenciação na IQ seja o suficiente pra ela aplicar um preço um pouco mais alto e aumentar suas margens....com isso não precisaria nem vender mais.
« Última modificação: 19 de Agosto de 2009, 12:19:05 por Leandro Federsoni »


oliver.vs

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 513
Resposta #8 Online: 19 de Agosto de 2009, 12:18:39
pra mim a Sony promete muito, e pra mim com esses rumores de futuros lançamentos vai ser dificil de segurar, ate mesmo pelos preços que eles cobram...ou seja sony nem pensar.
eu acho que fica mesmo com a Samsung, seria o obvio...


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #9 Online: 19 de Agosto de 2009, 12:34:00
Leandro o maior problema da Pentax não é o Sensor, o sensor é o pior detre os concorrentes, mas já está em um patamar que não é mais o ponto crítico, o problema da Pentax são sistemas. Nisso a Fuji não ajudaria e nada. Já sairam alguns resultados sobre o AF e as melhoras nem parecem ter sido tão boas, eles também possuem o pior obturador entre os concorentes, o pior sistema e exposição e coisas do tipo. O probema da Pentax é esse, você le as features e se apaixona, mas quando vai ver a parte fundamental da câmera ela é muito fraca, é um grave problema estratégico, se enfeita o produto para tentar agregar valor, mas a empresa é incapaz de produzir um produto diferenciado. O problema quando se pensa desta forma é que nem mesmo um sensor Fuji salvaria ela, muito pelo contrário, elevaria muito o preço (estima-se que um sensor Fuji eleve em pelo menos U$ 300,00 o preço de uma SLR) e não ajudaria exatamente no ponto fraco dela.

Neste sentido quem traria maiores benefícios seria mesmo a Samsung, porque provavelmente tornaria a Pentax ainda mais competitiva em custos (que é onde ela tem que voltar a se concentrar). A Pentax sempre teve um carater de posição de custo e não de diferenciação (isso vem desde os tempos dos filmes), ela nunca desenvolveu produtos para serem tops, ela tem que assumir de fato este papel e buscar ser a líder em custos, porque em diferenciação é mais do que óbvio que ela não consegue, mesmo porque está fora da própria cultura organizacional dela..
O problema atual da Pentax é puramente estratégio, exatamente porque ela está tentando fazer o que você está sugerindo. Ela está querendo bancar líder em diferenciação, mas durante toda a história da marca ela lutou para ser líder em custos, o Know-how dela é para isso. Ela simplesmente não tem a menor condição de disputar com Nikon, Oly e Sony em termos de diferenciação (estas 3 marcas sempre foram sustentadoras e se mantiveram com posições de diferenciação, possuem know-how e capacidade para diferenciar produtos e agregar valor em características que ninguém nem imagina). Ela precisa voltar a assumir sua vocação assumir, se diferenciar por custos e partir para a briga, porque em termos de custos a Canon (que também sempr se diferenciou por custos) está dando um banho nela e é em decorrência disso que ela está tendo tantas dificuldades.
Agora para assumir esta posição a aliança dela tem que ser com alguém que trabalhe com o mesmo tipo de estratégia de posição, neste sentido a Samsung é um ótimo parceiro, porque também sempre foi uma tradicional competidora em termos de custos.
« Última modificação: 19 de Agosto de 2009, 12:41:05 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Leandro Federsoni

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.974
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 19 de Agosto de 2009, 12:54:33
Leo, eu já acho que brigar com as grandes por menores custos é ainda mais complicado, pois as vendas da Pentax não deve chegar a duas casas decimais de Nikon e Canon e aí por volume de produção a Pentax está lascada....Pode notar que a Pentax K-7 já está mais cara que Sony A700 e Canon 50D, mesmo não sendo tão melhor ou nada melhor que elas em features, ou seja, a Pentax já assumiu um papél de marca de preço mais alto, resta agora fazer um produto realmente melhor em tudo....A K-7 foi uma das maiores atualizações que tivemos nos últimos tempos, ela é realmente superior a antecessora (K20), quem sabe uma atualização da K-7 com uma imagem superior ao dos concorrentes e alguma melhoria no sistema não comece a ficar interessante a linha Pentax ao menos pros mais ricos.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #11 Online: 19 de Agosto de 2009, 13:06:19
Leandro não é bem assim, a briga ai é por se diferenciar agregando valor ou por custos dos produtos. Em inovação e estratégia você só consegue ir contra uma característica organizacional se fizer uma reengenharia para mudar completamente a cara da organização e isso tem custos, causa sérios problemas e assim por diante.
Nikon, Sony e Oly agregam valor, são claramente empresas que não disputam mercado pelo preço e sim pelo diferencial dos produtos que oferecem.
O problema da Pentax é que ela não tem o Know-how para diferenciar e quer disputar como se fosse um produto diferenciado. Não vou colocar a A700 na comparação, pois ela é uma câmera que está em declínio no ciclo de vida do produto, enquanto a K7 está em introdução, vou me atentar para competições mais diretas. Discordo de você que a K7 trouxe algum grande salto, as linhas de entrada da Sony tiveram um salto conceitual muito maior. A K7 é a K20D maquiada, mesmo sensor, mesmos problemas de sistemas, mas tentando passar um valor adicional que ela de fato não tem. A linha de entrada da Sony inovou conceitualmente e diferenciou os produtos praticamente mantando-se a essência do hardware, os menus das novas Sony e o design estão fazendo estas novas Sonys venderem como água. Em uma comparação com a Nikon, a K7 é bem inferior ao modelo anterior da Nikon, ou seja, o produto da Nikon continua se diferenciando por qualidade em relação ao da Pentax, mesmo se comparando os mais antigos e vai continuar sendo assim, porque com a estrutura e o know-how da Pentax ela nunca vai conseguir ter um produto diferenciado, mesmo que queime toda sua reserva tecnológica.
Agora o problema da Pentax é claramente estratégico, ela quer mudar o perfil de posicionamento dela, porém não possui know-how para isso, é como se a Tata resolvesse hoje que iria querer produzir um carro para competir com a BMW nas categorias esportivas. Não é uma discussão sobre o que é melhor ou qualquer outra coisa, é uma discussão sobre a essência da marca, eles não sabem fazer produtos com alto valor agregado, eles sabem simplificar e vender barato (coisa que a BMW já não faz tão bem), é exatamente o caso da Pentax. Em vez de carregar de firulas, para tentar ofuscar a falta de know-how deles em elementos essenciais, eles deviam enxugar o produto e vender barato, como sempre fizeram com muita competência nos tempos dos filmes (a MZ-50 era um produto muito acessível e que fazia tudo o que se precisava dele).
Quanto mais a Pentax enfeitar os produtos e aumentar o preço, menores serão as chances dela sobreviver (curioso é que venho falando isso desde a K20D e o mercado dela caiu a cerca de 1/3 do que era antes desde aquela época). Tanto que você pode ver que a situação dela está piorando proporcionalmente ao que ela tenta agregar de valor ao produto, sem sucesso, porque Nikon, Sony e Oly o fazem com muito mais primor, mais rapidamente e de forma mais competitiva. O negócio para eles é enxugar, deixar o produto enxuto e acessível, pois isso eles sabem fazer bem. Pense na Pentax como a Tata da fotografia (sei que você gosta da indústria de automóveis) sendo a Tata eles tem que agir como a Tata. ;)
« Última modificação: 19 de Agosto de 2009, 13:13:49 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #12 Online: 19 de Agosto de 2009, 13:08:01
Vocês só estão vendo um lado da moeda, que é o lado da Pentax. Vamos ver o lado da Samsung... A Samsung anunciou um modelo -ainda não a venda- de slr-like com sensor APS-C...

Ela tem o sensor, tem a tecnologia para o corpo.

E a ótica? Quem tem a ótica, e, aliás, sempre teve excelentes lentes?


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #13 Online: 19 de Agosto de 2009, 13:16:58
Ivan a Samsung ganha em vários aspéctos, porque mesmo o corpo quem faz os projetos da Samsung é a Pentax. A ótica da Pentax hoje já não é mais Pentax, hoje o projeto e tudo mais é da Hoya, toda a divisão ótica da Pentax foi desmembrada com a aquisição.
Para a Samsung (que também é uma empresa que se posiciona por custos) ter uma Pentax como parceira seria uma ótima idéia, principalmente se a Pentax se mantivesse alinhada com a posição de custos, pois cada uma poderia entrar com seu know-how para produzir produtos acessíveis e populares.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Leandro Federsoni

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.974
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 19 de Agosto de 2009, 13:39:29
Pode ser Leo, mas o problema é que já existe marca de baixo custo com volume de produção 1000% maior, de alguma forma eles precisam se diferenciar assim como a Olympus fez. Eu até acho que o volume atual de vendas deles é sustentável, precisaria apenas manter uma estratégia de não perder share e reduzir os seus custos, mas para isso eles precisam se posicionar ou como empresas de baixo custo ou como produtos premium.

Por que vender 02 milhões de câmeras é ruim?

A Samsung anunciou a alguns meses atrás a fornecedora das lentes pro sistema NX, porém estão dizendo que a linha NX foi postergada pra 2010, quem sabe não seja algo relacionado com a Pentax.

Valeu