Autor Tópico: Dúvidas sobre o tamanho do fotograma em 35mm  (Lida 1642 vezes)

Barboza

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
Online: 26 de Outubro de 2009, 01:10:27
Pessoal

Gostaria de saber se há limitação no tamanho do quadro (fotograma) na hora do escaneamento pelo Laboratório, pois estou aqui com uma Pinhole prontinha (de latinha, dessa vez!), que planejei para tirar fotos "panorâmicas". Só não havia planejado essa questão, já que o fotograma em câmeras 35mm, normalmente, é 24x36mm.

No caso da minha Pinhole, o quadro é de 65mm na horizontal (e caso fosse maior???). Outra dúvida é em relação à "altura": Os 24mm padrão ou 35mm, sensibilizando inclusive os furinhos?

O Laboratório faz normalmente revelação/escaneamento com essa "fuga dos padrões" ou nem todo Lab faz?

Abraços

Barboza

  
« Última modificação: 26 de Outubro de 2009, 01:32:35 por Barboza »


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.036
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #1 Online: 26 de Outubro de 2009, 03:13:45
A máscara dos minilabs é de 24x36 mesmo. Pelo menos os da Fuji.
Nem todo minilab faz isso. A turma que usa as panoramicas XPAN e similares que o diga.
« Última modificação: 26 de Outubro de 2009, 03:16:03 por afshalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #2 Online: 26 de Outubro de 2009, 12:10:25
No caso dos scaners nikon coolscan, daria para fazer vários escaneamentos e depois juntar na edição. Nos laboratórios, o software deve detectar o espaço entre as poses automaticamente, então não ia dar certo. Recomendo que você use um scanner de mesa que escaneie película ou um scanner dedicado como os da nikon. Minilab não deve dar certo.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Barboza

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
Resposta #3 Online: 26 de Outubro de 2009, 14:18:00
Shalders e Francisco, valeu pela ajuda! :ok:

O último filme de Pinhole que levei para revelar/escanear (justamente num Lab Fuji) ficou um espaço bem maior entre as poses. Pensei que pudesse dar problema, mas ficou tudo certinho.

Enquanto não posso ter meu próprio $canner, vou colocar uma máscara 24x36mm nessa minha Pinhole que já está pronta. E quando levar para revelar, peço mais detalhes no Lab.

Como o filme vai ficar encurvado, quem sabe não saia algo interessante...

Abraços

 
« Última modificação: 26 de Outubro de 2009, 14:21:25 por Barboza »


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #4 Online: 26 de Outubro de 2009, 17:15:27
Eu não estou encontrando tempo nem para revelar os meus filmes P&B, senão eu poderia escanear escanear para você. O bom de você usar um scanner de mesa é que você poderia digitalizar até a parte do filme onde tem os furos.

O minilab não se importa com o espaço entre as poses, pois as máquinas de avanço manual normalmente deixavam mais espaço do que as que possuem avanço automático. O problema é não ter espaço algum, aí a máquina deve fazer um corte arbitrário na foto (capturando uma parte do frame anterior, por exemplo).

Já que você falou em curvatura do filme, outra experiência maluca seria fazer uma pinhole panorâmica tilt-and-shift, mexendo na curvatura do filme e na posição do furo. Mas para um controle fino do efeito, você precisaria de uma pinhole reflex :P
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Barboza

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 335
Resposta #5 Online: 26 de Outubro de 2009, 19:06:10
Então Francisco, estou aproveitando mesmo suas dicas!

Pra fazer esta Pinhole eu usei uma latinha cilíndrica onde o filme forma uma curvatura (convexa) de aprox. 140°.
E fiz 3 furos para ter as opções de usar só o furo central, só os dois laterais ou os três, apenas trocando a tira de papel que faz as vezes de obturador e que possui, cada tira, a configuração para tal.

E com mais um detalhe:
As “costas” da película é que fica voltada para o furo, pra tentar conseguir um efeito que vi no Flickr do Marcos Campos, um cara que faz umas fotos Pinhole absurdas de bacanas. Segundo ele a técnica se chama Redscale, se não me engano. As fotos saem avermelhadas... Conhece algo do tipo?  

Abraços

Barboza
« Última modificação: 26 de Outubro de 2009, 19:09:59 por Barboza »


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #6 Online: 26 de Outubro de 2009, 19:40:32
Sim, já vi fotos em redscale, mas não me empolguei muito. Deve ser legal colocar um celofane colorido na frente do furo e depois tirar e usar um flash externo para fazer "cutouts" muito malucos. Experimente usar celofane colorido para capturar o fundo.

Depois, tire o celofane e dispare o flash contra uma pessoa sentada em uma poltrona (provavelmente você terá que disparar o flash mais de uma vez se o tempo de exposição for muito longo). Nunca fiz isso, mas deve dar um efeito interessante... :p
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3