Autor Tópico: Entrando no Mercado da fotografia.  (Lida 8012 vezes)

Pollo

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • click!
Online: 15 de Dezembro de 2009, 19:38:54
Olá a todos.
Meu nome é Igor e comecei na fotografia quando era adolescente e agora fiz uns cursos de fotografia, pratiquei um pouco e acho que estou pronto para entrar no mercado de trabalho como fotografo de eventos,festas,casamentos,etc.

Bom,mas nao tenho experiência nenhuma na área.

Gostaria de saber de vocês como funciona esse mercado, é por foto? é por evento? quanto cobrar? e esses detalhes.
Quem puder me ajudar,ficaria grato.

Obrigado  :ok:


Pollo

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • click!
Resposta #1 Online: 15 de Dezembro de 2009, 21:02:20
Outra pergunta:
Uma Canon SX20 IS seria apropriada para este tipo de trabalho ???
obrigado!


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #2 Online: 15 de Dezembro de 2009, 21:47:48
Pollo,

Para entrar nesse mercado o mais fácil, comum e apropriado seria como assistente ou segundo/terceiro fotógrafo em eventos maiores. Assim você vai adquirindo experiência, fazendo portfólio e praticando. Quanto cobrar eu não sei, é uma questão complexa que você vai percebendo...

Quanto ao equipamento, não, uma SX20 IS não é adequada para trabalho em eventos. Apesar de ser uma ótima compacta, ela não te trará resultados razoáveis em situações complicadas de luz, não terá a agilitade necessária para eventos, etc... O ideal é começar com uma DSLR de entrada (Canons XTi, XSi, por exemplo), um flash externo bacaninha e ir melhorando o equipamento conforme o ganho.

Não sei se ajudei muito, mas...

Abraços.


Pollo

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • click!
Resposta #3 Online: 15 de Dezembro de 2009, 22:54:00
ajudou demais !!!
obrigado pelas respostas.
vou seguir suas dicas.  :ok:


Beto Alves

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 9
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 18 de Dezembro de 2009, 13:05:24
Olá Igor.
Faço minhas as palavras do Dondon... o melhor maneira é começar como assistente, para ir pegando a mão. O que percebo entretanto é o seguinte.... a maioria quer começar com fotos de eventos e posso te garantir.... casamento e evento é difícil se não tiver experiência. Tem que conhecer bem o equipamento, principalmente saber utilizar o flash, pq as fotos são "o momento"... não dá pra perder detalhes. Outra coisa, falando em mercado... é a responsabilidade com os clientes. Qdo faz um casamento imagine que os noivos esperaram muito por aquele momento... nada pode dar errado, é o sonho de uma vida para quem está contratando o serviço. Portanto, qundo partir para isso, tem que estar seguro do que pode produzir. Agora menos preocupante é iniciar como fotógrafo de formaturas, etc... normalmente com uma agência de formaturas. Pagam muito pouco, mas vc não fica com a responsabilidade do evento todo, já que em cada evento enviam vários fotógrafos. Em resumo... meu conselho é... coloque-se sempre no lugar do cliente e imagine que as fotos são para você. Boa sorte e.. não desista. Vá em frente. Abs
Iniciante - Sony Alpha 100 - SAL18-70 // SAL75-300 - São Paulo


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.542
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #5 Online: 18 de Dezembro de 2009, 14:52:26
Olá Igor.
Faço minhas as palavras do Dondon... o melhor maneira é começar como assistente, para ir pegando a mão. O que percebo entretanto é o seguinte.... a maioria quer começar com fotos de eventos e posso te garantir.... casamento e evento é difícil se não tiver experiência. Tem que conhecer bem o equipamento, principalmente saber utilizar o flash, pq as fotos são "o momento"... não dá pra perder detalhes. Outra coisa, falando em mercado... é a responsabilidade com os clientes. Qdo faz um casamento imagine que os noivos esperaram muito por aquele momento... nada pode dar errado, é o sonho de uma vida para quem está contratando o serviço. Portanto, qundo partir para isso, tem que estar seguro do que pode produzir. Agora menos preocupante é iniciar como fotógrafo de formaturas, etc... normalmente com uma agência de formaturas. Pagam muito pouco, mas vc não fica com a responsabilidade do evento todo, já que em cada evento enviam vários fotógrafos. Em resumo... meu conselho é... coloque-se sempre no lugar do cliente e imagine que as fotos são para você. Boa sorte e.. não desista. Vá em frente. Abs
Beto, parabéns ! Excelente resposta !  :clap:
concordo plenamente.
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : http://www.gutomarcondes.com.br/blog e conheçam mais sobre a profissão no dia a dia. Conheçam também http://www.fotografosocial.com.br e http://www.gutomarcondes.com.br
Não respondo MP com dúvida de equipamentos/fotografia. Abra um tópico pois isso é importante para o fórum !


leogush

  • Trade Count: (1)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
Resposta #6 Online: 21 de Dezembro de 2009, 15:51:53
Aproveitando a deixa, e quem NÃO quer profissional, mas quer adquirir experiência neste tipo de cobertura por  hobby (para depois tirar fotos de eventos da própria família)?   Sei que usamos os próprios eventos para isto mas como eles nem sempre são tão frequentes, não dá pra praticar tanto.    Será que nestes casos o pessoal aceita um segundo/terceiro fotógrafo tipo "café-com-leite" que está ali só pra praticar e que depois disponibiliza suas fotos em troca da oportunidade da experiência?
Canon EOS 7D
EF 28-135mm IS USM | EF-S 18-135mm IS | EF-S 18-55mm IS | EF-S 55-250mm IS | EF 50mm f/1.8 II
Tamron 17-50 f/2.8 VC
Canon Speedlite 430EX II


Foto_Du

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 136
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 21 de Dezembro de 2009, 18:54:59
Quanto a questão levantada pelo leogush, não sei se os fotógrafos aceitam um "café-com-leite" que apenas deseja adquirir experiência. Vai depender mesmo da pessoa com que se estiver trabalhando. Tive a felicidade de trabalhar em casamentos e festas de aniversário como cableman e realmente não é tão fácil quanto parece. Além de prestar atenção no que aocntece a sua volta, é necessário sempre acompanhar o fotógrafo e lhe fornecer o material necessário assim que for solicitado. Sem falar em deixar o ambiente pronto (por exemplo, deixar os fundos montados para bater aquelas fotos na entrada do salão) para apenas entrar em ação, o que permite concentrar-se apenas no momento da foto.
Foto_Du

Nikon D70s
AF-S Nikkor 18-200mm 1:3.5-5.6 G


dkfuji

  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.703
  • Sexo: Masculino
    • DIY BR - especial Fotos
Resposta #8 Online: 21 de Dezembro de 2009, 19:15:07
Sendo mais direto: Não. EU não aceitaria um café com leite.
Estou prestes a precisar de um segundo, terceiro e quarto fotógrafos para um casamento comunitário, e NÃO contrataria quem não tem um portfólio razoável.

Desculpe se frustrei, mas em casamento NÃO. Em festas ou outros eventos menores quem sabe, como segundo/terceiro fotógrafo mas sem remuneração. No máximo, quando a pessoa tem alguma experiência eu ofereceria uma ajuda de custo (metade do valor que pagaria para um freelance).

O mercado não é bonzinho. Seus amigos podem ser.

Procure neste caso pessoas que já trabalham com foto e vídeo para ver se consegue um bico.


leogush

  • Trade Count: (1)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 34
Resposta #9 Online: 21 de Dezembro de 2009, 21:23:44
Olá Daniel!  Não frustrou não, entendi perfeitamente sua colocação, até porque se aplica em diversas outras áreas, não apenas na fotografia.   E você foi de encontro ao que eu tinha imaginado:  A idéia de eventos seria coisa menor mesmo, aniversário de criança, por exemplo, onde você pode ficar 3, 4 horas fotografando.  Também em momento nenhum pensei em remuneração.   O pagamento é a oportunidade da experiência.    Neste contexto, não estou dizendo que estaria atuando como um fotógrafo efetivamente, daí a razão de eu usar o termo "café-com-leite".   A pessoa participa e depois o seu material pode ser visto e se algo estiver realmente bom, aí ser aproveitado.     Talvez caiba mais o termo aprendiz neste caso.

E também quanto ao nível desta pessoa, alguém que tenha pelo menos estudado para ter uma base suficiente para isto, contando inclusive com equipamento aceitável.

Minha carreira de TI começou mais ou menos assim...  instalava  "DOS + Windows 3.1" voluntariamente para a firma de um amigo que vendia computadores, sem remuneração...   lógico que isso não durou muito, mas o cara acabou ficando bem satisfeito, pois o trabalho foi saindo com qualidade, depois instalava equipamentos, redes, etc.   No final acabei ganhando até "uns trocados" de gratificação, sem estar esperando por isso e acabou sendo o empurrãozinho que faltava.    :ok:
« Última modificação: 21 de Dezembro de 2009, 21:54:16 por leogush »
Canon EOS 7D
EF 28-135mm IS USM | EF-S 18-135mm IS | EF-S 18-55mm IS | EF-S 55-250mm IS | EF 50mm f/1.8 II
Tamron 17-50 f/2.8 VC
Canon Speedlite 430EX II


felipearodrigues

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 22
Resposta #10 Online: 22 de Dezembro de 2009, 17:25:46
Acho que essa discussão vai longe!  :ponder:
Eu aceitaria um "café com Leite", e até o pagaria por fotos produzidas de qualidade. Logico, desde que não compremetesse meu trabalho. Ou seja, desde que não me atrapalhe.  :ok:
Mas não abriria mão do 2º e 3º fotografos se necessário.
Já vi varios amigos que foram "Cafés com Leite" ou apenas levaram suas maquinas no evento, e acabaram produzindo melhores resultados do que os Fotografos Contratados.


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #11 Online: 22 de Dezembro de 2009, 17:42:14
De fato, não me parece um problema ter um "Café com Leite" num evento, desde que os outros profissionais tenham segurança de registrar tudo com qualidade. Seria um 2 + 1, dois fotógrafos e um aprendiz, e não um 1 + 1, um fotógrafo e um aprendiz, por exemplo.

O fogo é se o cara não souber como se comportar, pode acabar sendo um estorvo e "queimar" a equipe.

Bem, nunca fotografei eventos (só alguns corporativos onde trabalhava, sozinho no esquema "faça o que der"), por isso posso estar falando bobagem... rs

Abraço.


dondon

  • Trade Count: (5)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.287
  • Sexo: Masculino
    • Plínio Dondon
Resposta #12 Online: 22 de Dezembro de 2009, 17:44:46
Essa coisa do comportamento eu falo pq já vi muito "fotógrafo" sem noção em eventos, esbarrando nas pessoas, fazendo caras feias, impacientes e antipáticos. Acho isso bem desagradável, ou o cara faz por gosto ou não faz.  :no:


dkfuji

  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.703
  • Sexo: Masculino
    • DIY BR - especial Fotos
Resposta #13 Online: 22 de Dezembro de 2009, 19:17:38
Coloquei um anúncio com a possibilidade do quarto fotógrafo (3+1) ser café-com-leite (CCL) em casamentos.
Evento no entorno do DF.
MAS este CCL tem que ter um portfólio de outros tipos de eventos.
« Última modificação: 22 de Dezembro de 2009, 19:18:20 por dkfuji »


Pollo

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • click!
Resposta #14 Online: 22 de Dezembro de 2009, 20:52:14
Opa legal.
Em breve vou procurar algum aki no RJ pra ganhar experiencia.
se tiver ai do RJ disposto a me ajudar. Tô dentro.
As fotos que eu tirar que a pessoa gostar pode usar.
=D