Autor Tópico: Decisão do fotógrafo - consequências, sentimentos....  (Lida 2293 vezes)

pontabranca

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 294
  • Sexo: Feminino
Online: 05 de Fevereiro de 2010, 15:53:32
Este vídeo é bem forte, mexeu muito comigo. Não sei se por causa do calor, estou como uma manteiga derretida.
Mas vale a pena ver, e depois refletir sobre o momento do clic: o que ele trás para o fotógrafo, para as pessoas.. enfim..

http://www.youtube.com/watch?v=q_l8WkMA1uA

Banzai


Fabio Branco

  • Trade Count: (4)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 108
  • Sexo: Masculino
  • Santo André - SP
Resposta #1 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 17:09:21
gostei... super doido. Mas sinceramente, eu não serviria pra isso.

escolher uma boa foto ao invés de uma vida... isso não é comigo.

mas bem legal mesmo o vídeo. abçs.


GustavoSilveira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 431
Resposta #2 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 17:24:35
Gostei do vídeo, bem chocante mesmo.
Fotojornalismo, tem que nascer pra isso. Apesar de eu achar uma area bem interessante, o que me encomoda é aquela velha questão "ajuda ou tira a foto?".


pontabranca

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 294
  • Sexo: Feminino
Resposta #3 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 17:24:38
pois é, Fabio...eu tbm não faria esse tipo de trabalho.... não sobreviveria 1 dia.
Banzai


Pollo

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • click!
Resposta #4 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 17:43:21
chocante o video.
Tem que ter estomago msmo


Hamilton Sousa

  • Trade Count: (10)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 700
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo Social
Resposta #5 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 17:52:08
Respeito o fotojornalismo nesse nivel, mas não conseguiria cobrir uma  guerra nem algo do genero.
Prefiro ficar com os casamentos e eventos. :(
7d   /   sl1 /   18-50 2.8 sigma    / 7mm fisheye  vivitar  /  85mm f1.8 / 430ex ll


pumba

  • Trade Count: (7)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.008
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 18:33:20
Esse curta me lembra muito a foto
“Criança sudanesa vigiada pelo urubu” Kevin Carter - 1994


e uma breve descrição dele

[Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Kevin_Carter]

Kevin Carter
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Kevin Carter (13 de setembro de 1960 – 27 de julho de 1994) foi um premiado fotógrafo jornalístico do Continente Africano e membro do Bang-Bang Club.

Em março de 1993, Carter fez uma viagem para o sul do Sudão. O som de choramingar macio perto da vila de Ayod atraiu Carter a uma criança sudanesa. A menina havia parado para descansar ao esforçar-se para chegar á um centro de alimentação, onde um abutre tinha aterrado próximo. Ele disse que esperou aproximadamente 20 minutos, esperando que o abutre espalha-se suas asas. Não fêz. Carter tirou a fotografia e perseguiu o abutre para afastá-lo. Entretanto foi criticado por somente estar fotografando e não ajudando a pequena menina.

A foto foi vendida ao The New York Times aonde apareceu pela primeira vez em 26 de março de 1993. Praticamente durante a noite toda centenas de pessoas contactaram o jornal para perguntar se a criança tinha sobrevivido, levando o jornal a criar uma nota especial dizendo que a menina tinha força suficiente para fugir do abutre, mas que o seu destino final era desconhecido.

Em 2 de abril de 1994, Nancy Buirski um editor estrangeiro de fotografias do New York Times, telefonou para Carter para informar que ele tinha ganho o mais cobiçado prêmio de fotografia. Carter foi premiado com o Prêmio Pulitzer por Recurso Fotográfico em 23 de maio de 1994 na Universidade de Colúmbia em Nova Iorque.


Suicídio

Em 27 de julho de 1994 levou seu carro até um local da sua infância e suicidou-se utilizando uma mangueira para levar a fumaça do escape para dentro de seu carro. Ele morreu envenenado por monóxido de carbono aos 33 anos de idade. Partes da nota de suicídio de Carter dizia:
Cquote1.png    Estou deprimido… Sem telefone… Sem dinheiro para o aluguel.. Sem dinheiro para ajudar as crianças… Sem dinheiro para as dívidas… Dinheiro!!!... Sou perseguido pela viva lembrança de assassinatos, cadáveres, raiva e dor... Pelas crianças feridas ou famintas... Pelos homens malucos com o dedo no gatilho, muitas vezes policiais, carrascos... Se eu tiver sorte, vou me juntar ao Ken...


valinhos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 69
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 19:45:12
deprimente, mas consiguiu contar a historia, qual a saida enfrentar a arma?


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #8 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 23:13:53
Puxa, mais um post demoninzando os fotojornalistas!!!! Por que esses caras são sempre sacos de pancada? Reparem que eles nunca estão em fóruns se defendendo. Por que será? Será que é por que estão ralando lá fora?

São figuras controversas e existem bons e maus como em qquer atividade profissional. Mas é muito necessário entender que eles são uma ferramenta importante na informação e na mobilização.

Aqui vão dois exemplos bem diferentes, mas que não são uma produção ficcional, são realidade mesmo:

http://www.cnn.com/video/?/video/world/2010/01/18/cooper.boy.injured.cnn

http://br.noticias.yahoo.com/s/afp/100118/mundo/haiti_terremoto_austr__lia_1

Claro, exitem os maus exemplos.

E quanto ao Kevin Carter, é muito necessário entender o contexto real da história dele. Era uma pessoa cheia de problemas, traumas e vícios. Não era nem ambicioso e nem um samaritano. Teve a vida toda muito conturbada. Também nunca contou uma versão coerente para a história daquela foto. Ninguém tem certeza sobre as condições em que ela fora tirada, pois não houve testemunhas.

Abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


pontabranca

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 294
  • Sexo: Feminino
Resposta #9 Online: 05 de Fevereiro de 2010, 23:23:33
oi Marcelo, tudo bom?

hummm eu fiz o post e estou a km de distância de demonizar fotojornalistas. Tenho profundo respeito por eles. Não sou fotojornalista por pura questão de sentimentalismo. eu tenho demais, não daria conta de presenciar muitas coisas, então prefiro ficar no mundinho seguro do estúdio.
Se é uma produção de ficção, a mim não importa nesta questão. Abri este tópico pq fiquei sensibilizada com a situação, me coloquei nela e me senti altamente desconfortável.
Tenho no meu círculo de amizades pessoais e virtuais muitos fotojornalistas sérios, pelos quais eu tiro o chapéu. Portanto, como fui a autora do tópico, me isento das palavras iniciais do seu comentário.

obs. meu respeito pelos paparazzi é proporcionalmente inverso pelo que tenho por alguns fotojornalistas que conheço. Mas isso são oooutros quinhentos.
Um abraço
Martha Dias
Banzai


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #10 Online: 06 de Fevereiro de 2010, 09:52:34
oi Marcelo, tudo bom?

hummm eu fiz o post e estou a km de distância de demonizar fotojornalistas. Tenho profundo respeito por eles. Não sou fotojornalista por pura questão de sentimentalismo. eu tenho demais, não daria conta de presenciar muitas coisas, então prefiro ficar no mundinho seguro do estúdio.
Se é uma produção de ficção, a mim não importa nesta questão. Abri este tópico pq fiquei sensibilizada com a situação, me coloquei nela e me senti altamente desconfortável.
Tenho no meu círculo de amizades pessoais e virtuais muitos fotojornalistas sérios, pelos quais eu tiro o chapéu. Portanto, como fui a autora do tópico, me isento das palavras iniciais do seu comentário.

obs. meu respeito pelos paparazzi é proporcionalmente inverso pelo que tenho por alguns fotojornalistas que conheço. Mas isso são oooutros quinhentos.
Um abraço
Martha Dias

Oi Martha, desculpe, não me leve a mal.

Compreendi, mas minha crítica é mais pelo vídeo em si e o propósito dele, do que pela sua sensibilização por ele (era essa a intenção da produção, né?). Por isso, certamente está isenta da minha observação (rs).

Também não sou fotojornalista, mas repare que é muito comum o público em geral ter uma visão preconceituosa e, graças à mídia ficcional (cinema, novelas e etc) muitas vezes, que sempre os coloca como carniceiros e manipuladores da realidade. E acho mais triste, nós fotógrafos compartilharmos desse ponto de vista.

E isso ocorre mesmo, inclusive nos fóruns, por isso digo, mais um post:

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=39822.0

Este tem o mesmo vídeo:
http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=38338.0

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=25635.0


Bem, quanto aos papparazzi, realmente, concordarei contigo!

Abraços


Marcelo dos Santos

Associado Fototech


Pollo

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 119
  • click!
Resposta #11 Online: 06 de Fevereiro de 2010, 13:15:24
Opa Marcelo.
Eu não achei que é um post falando mal nao,achei o contrário.
Acho que pra ser fotojornalista(eu queria ser,mas não sei se aquento) tem que ter coragem e estômago,coisa que no video mostra ao contrário.
Acho um trabalho muito digno,acho que é mostrar ao mundo coisa que você nao está ali para presenciar.
Gostaria muito de ter dinheiro,por exemplo,para ir ao haiti e registrar a catástrofe.
Sei lá,foi a minha visão.
Abraços


Bruno Fuzatto

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 123
Resposta #12 Online: 08 de Fevereiro de 2010, 11:16:08
Difícil viver assim.

Não sei se me acostumaria a fotografar pessoas na beira da morte...
Você vê as fotos com lupa? Então pq fica dando zoom de 100% em todas as fotos para reclamar?


willian-barretos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 136
Resposta #13 Online: 08 de Fevereiro de 2010, 15:02:28
Bruno, é realmente difícil viver assim..
não conseguiria fotografar pessoas na beira da morte nunca, vc não sabe se ajuda ou se fotografa...
tem que nascer pra isso mesmo!
|Camera Canon 7D
|Lente Canon Ef-S 18-135mm F/3.5-5.6 IS
|Flickr
|Blog


NSantos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 128
Resposta #14 Online: 11 de Fevereiro de 2010, 09:47:40
Sugestão a todos : assistam ao documentario Abaixado a Maquina ! É muito interessante. Fotojornalismo no Rio de Janeiro.