Autor Tópico: Abertura de maior definição da lente.  (Lida 2040 vezes)

Denis MA

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 79
  • Sexo: Masculino
Online: 27 de Março de 2010, 21:27:43
eu estava achando estranho minhas fotos não terem a mesma definição de outras fotos com mesma camera e lente que a minha. Comecei a procurar e descobri uma coisa que não está em muitos livros.

A novidade pra mim é que fechando a objetiva aos poucos, se chega a um ponto onde a definição da imagem é máxima, e além deste ponto a definição começa a piorar.

Não sei como se chama esse efeito, por isso não encontrei muita literatura sobre isso. Fiz um teste prático, funcionou mas se alguem puder me indicar algum texto sobre isso, fico agradecido, pois não entendi a fisica por trás disso.

Peguei a minha lente Canon EF 28-90, botei a camera num tripé e fiz varias fotos em sequencia, cada uma com um F-stop menor que a outra, mantendo a luz baixando a velocidade.

o resultado foi além do que eu esperava de aumentar a profundidade de campo. Na imagem em tamanho de tela não se enxerga muita diferença, porém colocando a imagem em tamanho 1:1 a mudança na definição é sensivel. Neste caso, com uma abertura F11 terei o melhor resultado.

Abaixo está uma montagem de um crop de 500x500 na mesma região da imagem (ponto de foco) de cada foto com a respectiva abertura. o Iso utilizado foi 200




Elan 7N - Analogica
EOS20D - Digital

http://fotologue.jp/denisazevedo


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #1 Online: 28 de Março de 2010, 23:34:22
Denis isso é mais do que sabido e está nos livros de física. Já foi inclusive discutido amplamente por aqui.
A abertura de máximo desempenho ocorre entre f/8.0 e f/11 (dependendo do projeto da lente) e este máximo desempenho ocorre onde os círculos de confusão se igualam aos círculos de airy (causado pela difração).
O na fotografia os livros e cursos avançados (como o da Teia do Conhecimento) tratam desta questão.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Portela

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 75
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 01 de Abril de 2010, 10:30:04
Denis,
O que você acabou de fazer é uma coisa que todos fazem, mais ainda quando pegam uma lente nova (ou diferente) para trabalhar.
Alguns chamam isso de "teste de nitidez" outros "teste de performance" da lente...  enfim, o nome não importa.
Mas para que serve isso?
Como o próprio Leo falou logo antes de mim, esse teste serve para você descobrir qual é a abertura (ou range de aberturas) da sua lente que vai lhe proporcionar a melhor nitidez.
Algumas lentes estão na faixa de f8 a f11. Outras estão na faixa de f5,6 a f8... enfim, cada caso é um caso pois muitos fatores influenciam isso tais como o projeto da lente, os materiais utilizados na construção dela, a pureza do material das lentes, enfim... nossa, muita coisa.
Parece que o teste você fez legal... máquina sobre tripé... sequencia de fotos em diversos f-stop´s... veja qual (ou quais) delas sairam com mais nitidez. É nesse range que a sua lente está melhor.
Há textos na Web falando disso... precisa procurar com calma e persistência.
Será que ajudamos você?
Sinceros [  ]´s
www.photoportela.com.br
Canon XS com EF-S 18-55 IS | Canon EF 28-135 USM IS
Speedlite 430EX II,
RS-60E3


Denis MA

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 79
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 01 de Abril de 2010, 10:49:12
Pois é Portela, nada melhor que umatarde de chuva para conhecer melhor o equipamento. Para mim este é um fenomeno novo.

Na verdade eu to procurando uma explicação mais sobre a parte de fisica otica, que não é tão detalhado em qualquer livro de fisica não.

Acho que eu não procurei com as palavras chave corretas.
Elan 7N - Analogica
EOS20D - Digital

http://fotologue.jp/denisazevedo


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.764
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #4 Online: 01 de Abril de 2010, 11:41:14
Denis na verdade isso é uma relação entre dois fenômenos, a cáustica dos círculos de confusão (que aumenta quando se aumenta a abertura) e um fenômenos físico denominado difração (que aumenta conforme a abertura reduz). Ambos os fenômenos se constituem na formação de círculos (oriundos de um determinado ponto) cada vez maiores e são destrutivos. Como um aumenta conforme a abertura aumenta e o outro conforme a abertura diminui a melhor qualidade de imagem vai acontecer quanto estes círculos tiverem exatamente o mesmo tamanho.
No passado instituiu-se uma lenda de que as lentes sempre teriam o melhor desempenho 2 pontos acima da máxima abertura. Mas isso não passa de lenda, pois as boas lentes do passado tinham este desempenho máximo por volta de f/5.6. Com a evolução nas técnicas de construção dos diafragmas os fabricantes vêm melhorando de forma significativa o desempenho das objetivas, tanto em grande abertura, como em pequena, e com isso têm conseguido reduzir a abertura na qual o máximo desempenho ocorre, deixando um espaço maior de alto desempenho nas objetivas modernas.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.