Autor Tópico: Revelação/scan para testar: FUJI400 / Olympus OM-10/ Serviços Mini-Lab FozColor  (Lida 1551 vezes)

ebpavan

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 31
  • Sexo: Masculino
Eu não ía dizer o nome do mini-lab, mas depois que o filme voltou com marcas de dedos, e riscos em algumas exposições, merece a publicidade gratuita, né? Pode? Vou fazer o jabá, hein? FozColor! Fica na Av. Brasil, 549, Foz do Iguaçu/PR. É só ir lá conferir!!! ;-D

Respirando fundo, e vamos ao que me interessa, e que pode ser útil a muitos outros.

É meu segundo post aqui (estava apenas espiando), então deixa eu falar: sou um amador que, depois de alguns anos sem mexer com fotografia (não acompanhei a era digital), resolvi voltar a prática do hobby.

Pesquisando pela internet alguns modelos de DigitalSLRs, vi um anúncio no ML de uma Olympus OM-10, a máquina em que fui ensinado a tirar fotos, e a febre voltou com força total. Reforçada mais ainda depois de descobrir neste fórum o quão festejadas e admiradas são as velhas (sempre jovens) japas OM. Resultado do estrago: comprei no ebay duas OM-10 (só pra ter certeza que teria uma em perfeitas condições) e uma OM-1 (linda!), por verdadeiras bagatelas. Sem falar das lentes, ainda em processo de aquisição até possuir um jogo legal (por enquanto comprei uma Zuiko 50 1.8, uma Zuiko 50 1.4, e uma Zuiko 65-200 f4). Detalhe: nada de DSLR ainda.

Cada vez mais difíceis de achar, não aguentei esperar chegar os filmes comprados também no exterior, e comprei um no comércio local pelo dobro do preço (na FozColor!), com o objetivo de testar a máquina, as lentes, e os serviços de digitalização de filmes oferecidos pelos mini-labs.

Fiz o teste, mas ficaram muitas dúvidas sobre os resultados. Não sou de fazer corpo mole para procurar informações, tanto é que já colhi muitas informações para minhas dúvidas neste fórum. Mas as variáveis são tantas sobre os resultados, que decidi solicitar as respostas diretamente neste tópico.
Então envio os procedimentos do teste, e depois, minhas questões.


DADOS:
Filme: Fuji Superia Xtra 400
OM-10 / Zuiko 50mm f1.8 / Zuiko 65-200 f4
Informaçoes de abertura e tempo de exposição: estavam anotados num papelzinho, mas minha mulher jogou fora >:-/

- Mandei revelar o filme, e escaneá-lo (não pedi reproduções em papel). Entegraram-me as imagens em CD, resolução de 3088 x 2048, em JPEG;
- Nas imagens lado a lado, a da esquerda é uma redução da que foi entregue; a da direita é a mesma imagem corrigida no PS com Auto-levels, Auto-color e Color Balance no Photoshop, ao meu gosto;
- Anexei alguns crops, na resolução original entregue, cropados para tamanho 350X300 pixels, onde pode-se ver a granulação das imagens, que tanto me intrigraram.
- Anexei também umas fotos brancas, da parede, uma tirada com a Zuiko 50 f1.8, e outra com a 65-200 f4










Vejam a granulação na pele de um retrato, é consideravelmetne grande:



Parede branca c/ Zuiko 50mm f1.8



Parede branca c/ Zuiko 65-200 f4



DÚVIDAS:

1) A granulação, deve-se ao ASA/ISO 400 do filme? ou
2) É possível que o lab tenha interpolado a digitalização para aumentar artificialmente a resolução da imagem?
3) Essa cor amarelada, deve-se à lente, ao filme, ausência de um filtro adequado, ou à setagem do Mini-lab?
4) Qual a avaliação que vocês fazem do trabalho de scan do mini-lab? E da qualidade do equipamento fotográfico, presumida pelas imagens?
5) Pelas fotos da parede branca, é possível avaliar o estado das lentes? É confiável o que se vê delas, apenas ao apontá-las contra a luz (não tenho experiência em identificar riscos ou fungos)? Sugerem algum outro teste para verificação da integridade da lente?
6) Acham que é possível conseguir resultados MUITO melhores com scanner próprio (pelo menos, no que depender do esmero pessoal)?
7) Para exposições em filmes, alguém sugere um método de registro das informações de tempo de exposição e abertura? (anotação em papel, gravação falada, tabela, etc?)

Agradeço muito os esclarecimentos!

Eduardo.


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
Citar
1) A granulação, deve-se ao ASA/ISO 400 do filme? ou
2) É possível que o lab tenha interpolado a digitalização para aumentar artificialmente a resolução da imagem?
A granulação me pareceu normal, o cara do lab provavelmente nem sabe interpolar. A saído dos labs Noritsu em média resolução é em torno de 6MP, então confere.

Citar
3) Essa cor amarelada, deve-se à lente, ao filme, ausência de um filtro adequado, ou à setagem do Mini-lab?
Filme para luz do dia usado em luz de tungstenio, só corrigindo com filtro ou susando filme para esta luz, difícil de encontrar.

Citar
4) Qual a avaliação que vocês fazem do trabalho de scan do mini-lab? E da qualidade do equipamento fotográfico, presumida pelas imagens?
Quanto custou o scan? Me parece um trabalho padrão destes labs, sharpen e contraste agressivos que podem perder detalhes. Se vc quiser tentar explique para o cara do lab para não usar correção automática, fazer sem correção. Eles demoram um pouco a entender isto. Não dá para falar do equipamento com estas fotos.

Citar
5) Pelas fotos da parede branca, é possível avaliar o estado das lentes? É confiável o que se vê delas, apenas ao apontá-las contra a luz (não tenho experiência em identificar riscos ou fungos)? Sugerem algum outro teste para verificação da integridade da lente?
Pelas fotos dá para ver que pelo menos não tem um champignon na lente  :D
Desencana, a câmera é boa, custou barato, então manda ver nas fotos, se tiver um fungo ou outro, o que é inevitável, não vai fazer muita diferença.

Citar
6) Acham que é possível conseguir resultados MUITO melhores com scanner próprio (pelo menos, no que depender do esmero pessoal)?
Qual scanner, qual o orçamento?
Com certeza dá, mas quanto vc está a fim de gastar, de grana ou de tempo.

Citar
7) Para exposições em filmes, alguém sugere um método de registro das informações de tempo de exposição e abertura? (anotação em papel, gravação falada, tabela, etc?)
O velho caderninho.


When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


ebpavan

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 31
  • Sexo: Masculino
Paulo, obrigado pela pronta análise!

Quanto ao scanner, eu já andei pesquisando noutro tópico que abri. De fato, não estou afim de gastar os R$1.000,00 que costumam sair um scanner (semi?)profissional, mas estou vendo um mais barato que vai me entregar uma resolução de 3.300 dpi e possui ICE. Além disso, creio que instalando o VUEScan nele eu terei um controle melhor na tomada da imagem (o software simula uma espécie de RAW, correto?). O único inconveniente é que ele não faz BatchSCAN pro filme todo, o que vai me tomar tempo, mas como servirá apenas a um hobby, acho que está valendo. Como não me custará muito, vou pagar pra ver. Depois que o scanner chegar, posto um teste aqui, se o resultado for satisfatório.

Por isso perguntei se, a depender do esmero pessoal nas setagens, se eu conseguiria algo muito melhor que este mini-lab. Prevejo que será difícil fazê-los deixar do jeito que eu quiser, já que de início, me fizeram voltar lá duas vezes para escanear as poses da parede branca (na primeira vez deixaram de fora, pois de certo pensaram que não eram necessárias, já que não mostravam nada). Daí você tira... RSRS.

O preço foi R$25,00, para um filme de 36 poses (não achei tão caro assim).

Realmente uma informação que esqueci de postar: a luz. Corrigirei o texto inicial.

pose OM-1: lâmpada incandescente 60W
pose Cerveja e vela: luz da vela, em Bulb (aprox. 4 a 5 seg.)
pele da moça: luz da abóboda celeste, aprox. 17h30.
A granulação me pareceu normal, o cara do lab provavelmente nem sabe interpolar. A saído dos labs Noritsu em média resolução é em torno de 6MP, então confere.
Filme para luz do dia usado em luz de tungstenio, só corrigindo com filtro ou susando filme para esta luz,
Aproveitando: que filtro seria o mais indicado?
« Última modificação: 13 de Julho de 2010, 14:30:57 por ebpavan »


ebpavan

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 31
  • Sexo: Masculino
Aproveitando: que filtro seria o mais indicado?

Bom, pesquisei no tio GooGoo (Google), e achei um artigo do Leo Terra, para esta questão que deve ser básica. Então, pergunta feita, resposta:

80 A/B
Os filtros 80 A/B apresentam um tom azulado e são usados para aumentar a temperatura de cor da luz de tungstênio para a temperatura de cor da luz do dia, corrigindo o avermelhado produzido pela luz quente nos filmes para luz do dia (“Daylight”). Estes filtros apresentam um fator de absorção que exige uma correção da exposição em torno de 1,5 pontos* e também são úteis para reduzir o nível de ruído dos sensores digitais quando operam em ambiente iluminado por luz quente.



Autor: Leo Terra
Fonte: http://www.canalfoto.org/info/ver_info/id/29/


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
O filtro já está respondido, agora quanto ao preço do scan está absurdo, aqui no Rio custa em torno de 5 a 8 e em SP um pouco menos.
Por este preço com 20 filmes vc compra um scanner usado.
Fuja deste lab.
Não acho batch scan tão importante, geralmente em um filme só poucas fotos valem a pena ser trabalhadas, mas isto depende do fotógrafo, claro  :D
Com Vuescan e 3200 dpi dá para fazer muita coisa. Procure os tópicos aqui do fórum sobre o scanner HP G4050. Com 35mm é mais ou menos, mas com médio formato fica muito bom.
« Última modificação: 13 de Julho de 2010, 15:13:51 por Paulo Machado »
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


gfranco

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 93
Onde tem scan em SP por menos de 5 reais???
5 reais geralmente eles cobram só pela revelação sem scan.


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
É verdade, confundi os preços.
Sem revelação já vi alguém por aqui falar em 3 reais.
Com scan é mais caro. Mas 25 é sacanagem.
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


ebpavan

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 31
  • Sexo: Masculino
POis é, Paulo. A primeira vez que fui sondar o preço em alguns laboratórios (e acredite, em Foz agora são muito poucos), este mesmo me disse que faria a R$15,00. Quando voltei lá pra fazer, e falei com outra pessoa, me fizeram a R$25,00. Fui boboca e não quis criar caso, pra já não fazerem mal feito.

Bom, gostaria de dizer que estou feliz porque comprei um scanner de filme (um grito de liberdade  :clap:). Vamos ver se a alegria continuará depois do primeiro scan, ehhe. Estou esperando ele chegar. Postei algumas informações sobre ele num tópico que abri pedindo uma ajuda pros foristas (http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=44982.0)