Autor Tópico: Falando um pouco sobre ética.  (Lida 1355 vezes)

Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:05:20
Navegando em outro fórum trombei com esse link absurdo.
Um pseudo fotógrafo, fazedor de montagens, que usa o trabalho alheio para como se fosse seu, chegando ao absurdo de se apropriar de imagens que sequer são suas.
O indivíduo extrapola o conceito do plágio, ultrapassando para o limite da apropriação descarada da propriedade intelectual.
Um indivíduo como esse devia estar na CADEIA, vejam o nível de apropriação feita pelo Infeliz:
INFANTIL
Suas fotos são montagens descaradas das fotos da consagrada fotógrafa neozelandesa ANNE GEDDES.

Em suas fotos de moda ele descaradamente cola fotos da campanha internacional da Dior como se fossem suas:
MODA

O Infeliz chega a usar imagens dos exemplos do photoshop CS em suas motnagens como se fossem obras e produções de sua autoria.
A parte mais interessante é que mesmo com essas claras montagens de quinta categoria, o calhorda, anti-ético e imoral ainda se defende das acusações de plágio com a seguinte entrevista:
Citar
Fotos de Umberto Alves, no site dele e na exposição no Aspen Park são muito semelhantes com os famosos trabalhos de Anne Guedes
fábio massalli/Equipe O DIÁRIO

Algumas das fotos da exposição "Sonhos", do londrinense Umberto Alves, causaram polêmica em Maringá. Os trabalhos ficarão até domingo no Shopping Aspen. O motivo da discórdia não são imagens como a de um bebê em cima de uma abóbora ou uma criança com asas de borboleta dormindo em cima de um cogumelo vermelho.
A polêmica envolvendo as fotos, que também fazem parte do site do fotógrafo, é uma denúncia de plágio que chegou anteontem à redação de O DIÁRIO. Muitas das fotos seriam praticamente idênticas ao trabalho da fotógrafa neo-zelandesa Anne Geddes. Realmente, a semelhança entre o trabalho dos dois fotógrafos é muito grande.

Ontem, Umberto Alves esteve em Maringá realizando um trabalho fotográfico e aceitou conversar com a reportagem de O DIÁRIO sobre a polêmica. Alves afirmou que começou a trabalhar na área há doze anos com uma linha sempre voltada para pessoas. Seu trabalho infantil sempre recriou situações, com a utilização de cenários e uma proposta similar à que apresenta atualmente.

O londrinense admitiu que existe ?inspiração? de Anne Geddes em seu trabalho, mas afirmou que possuía muitas produções similares antes de conhecer o trabalho da neo-zelandesa. "Existe muita inspiração com base no trabalho dela. Eu tento me aproximar por serem obras conhecidas, mas não é plágio. Remete ao trabalho da artista (Geddes), mas se comparar ,você verá que há muitas diferenças. São apenas quatro ou seis em mais de 90 modelos diferentes que tenho", garantiu.

Para Alves, suas fotos envolvem um processo de criação muito grande e o importante da foto é a criança que é completamente diferente dos modelos de Geddes. Em sua opinião, esse seria o grande diferencial. "Meu interesse é como a criança vai ficar. Daí escolho coisas corriqueiras, como pedras, tocos e folhas como base de imagens futuras. Sou um pesquisador, sempre atento à novas imagens. Faço isso desde quando a fotografia era analógica", defende-se.
Ou seja, um indivíduo completamente IMORAL, pois ele realmente não plagiou o trabalho da ANNE GEDDES, ele se apropriou de suas obras com montagens totalmente toscas, abusando da boa fé do público.
É o sucesso desse tipo de mal carater que me faz desanimar por completo da fotografia.
Ética é um dos princípios básicos de qualquer profissão e quem contrata também deve buscar por profissionais éticos para evitar não só fomentar esse tipo de indivíduo como também evitar problemas de processos por ferir a propriedade intelectual de terceiros.
« Última modificação: 07 de Dezembro de 2005, 00:41:27 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Danilo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 858
  • Sexo: Masculino
    • Portfólio
Resposta #1 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:06:53
Eu vi isso lá no Br... um absurdo! Sem comentários...

E se alguém fechar um trabalho com ele, será que ele faz?  :denken:  


B.Gomes

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.558
Resposta #2 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:09:30
Também acompanhei o debate lá. Lamentável. Essa atitude não se restringe ao debate sobre ética na fotografia, mas entra nas esferas jurídicas propriamente ditas. O cara está cometendo um crime e, como você disse, deveria estar na cadeia.
« Última modificação: 07 de Dezembro de 2005, 00:11:32 por Bruno Gomes »


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #3 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:12:38
Esse cara é um perfeito "chinelão". Não tem como evoluir na profissão com uma atitude tão charlatã. Um cara assim se enterra por si próprio.

 
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Zeiss

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 698
    • Melhor pra Deus
Resposta #4 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:15:14
João Bosco
Sony Alpha A100+18-70+F56AM
Sony NEX F3 Black+18-55
Panasonic Lumix TZ10
boscovieira@hotmail.com-Fortaleza-CE


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #5 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:17:56
Achei pertinente trazer a discução para cá também, acho que um cara desse devia ser banido do Universo.
Quando falam em plágio eu até fico um pouco quieto, porque plágio é uma cópia, mas que o cara pelo menos teve o trabalho de reproduzir a obra, em alguns casos até com muita semelhança, mas no caso dele é CÓPIA mesmo, o infeliz não teve nem o trabalho de refazer a produção, pegou a foto da anne, fez uma montagem, assinou e divulgou como dele, o cara teve a capacidade de expor isso como trabalho dele.
Por jurisprudência para uma fotomontagem ser cosiderada foto dele, ele teria que ser reponsável por pelo menos 2/3 da obra montada, o que também não é o caso em nenhuma delas.
O cara usar imagens prontas para fazer montagens de album de bebê é uma coisa, fazer exposição como se a foto fosse dele e colocar as fotos no site para divulgação é outra totalmente diferente.
« Última modificação: 07 de Dezembro de 2005, 00:19:20 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


talesp

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.659
  • Sexo: Masculino
    • http://www.talesp.inf.br
Resposta #6 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:31:49
Citar
e o importante da foto é a criança que é completamente diferente dos modelos de Geddes.


Caramba, ele so considera que a foto seria plagio se usasse as mesmas crianças? Ridiculo!

Sa que a Anne ja foi avisada?
Tales Pinheiro de Andrade
São Bernardo do Campo/SP/Brasil
I think computer viruses should count as life. I think it says something about human nature that the only form of life we have created so far is purely destructive. We've created life in our own image.
Stephen Hawking


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #7 Online: 07 de Dezembro de 2005, 00:40:28
Citar
Citar
e o importante da foto é a criança que é completamente diferente dos modelos de Geddes.

Caramba, ele so considera que a foto seria plagio se usasse as mesmas crianças? Ridiculo!

Sa que a Anne ja foi avisada?
Tales o pior é que nem plágio é. Seria plágio se ele tivesse refeito toda a produção.
ele se apropriou da obra dela.
Não sei se ela foi avisada, mas acho que deveria.
 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


charles247

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 755
Resposta #8 Online: 07 de Dezembro de 2005, 18:41:46
Cara.

Isso é o cumulo de cara de pau. Ainda mais porque estas fotos sao mundialmente conhecidas, estando am vários cartazes, posters, lojas, enfim, uma infinidade de lugares, e o cara faz isso......

Leo. Concordo com a cadeia. O pior, é na cadeia, quem sustenta um destes ainda somos nós......

Absurdo
Charles Ceccagno
charles@ceccagno.com.br
------------------------------------------------------------------


FabioB

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 36
Resposta #9 Online: 07 de Dezembro de 2005, 18:43:55
ih...
eu acho que ele vai ter alguns probleminhas...
Fábio Borges
Tubarão (SC)

Panasonic Lumix FZ15
www.olhares.com/fabioborges


Osni

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 07 de Dezembro de 2005, 19:43:10
É triste, e o pior é que isto acontece em tudo quanto é área.

O que extrapola neste caso é realmente a cara-de-pau, como o Charles lembrou as fotos são mundialmente conhecidas...

Imaginem quantos outros picaretas como este não utilizam obras alheias como se fossem suas.
E quando o verdadeiro autor é menos expressivo isso acaba passando despercebido, não só do grande público como também dos clientes.

E o que deixa mais puto ainda é que o  :boos2:  ainda vai a público se defender.... chamando todo mundo de otário !!!!   :rude:

 
Osni S. Cavalcanti
Brasília - DF
"A verdadeira viagem da descoberta não consiste em procurar novas paisagens, mas em ter novos olhos" - Provérbio Chinês
Nikon D40x 18-70mm


charlesdias

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 121
Resposta #11 Online: 07 de Dezembro de 2005, 23:58:39
Uma coisa é um fotógrafo se inspirar no trabalho de outro, em sua linha de trabalho e por aí vai, mas desenvolvendo um trabalho próprio.
 Agora, plágio descarado assim é ridículo, porém sempre houve e sempre vai haver.

 
T+

  Charles Dias

***************************************************
Veja a NOVA EDIÇÃO do www.loucoporfotografia.net, revista online de fotografia.


ot4vio

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 81
Resposta #12 Online: 10 de Dezembro de 2005, 22:19:16
não é possível que isso seja verdade......




AEUaheuhauea


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #13 Online: 11 de Dezembro de 2005, 17:09:34
Puxa.. realmente é lamentável...
Mas esta pessoa não irá muito longe... quando alguém pedir para fazer "o que ele fez em outras obras, ou coisa parecida" ele vai "se ferrar" heheh


Bom, aproveitando o tópico, e misturando um pouco como tópico da exclusividade fotográfica que levantei a um certo tempo, como que fica esta parte da ÉTICA, no tocante a isto?

Por ex: vc é "contratado", na verdade é chamado para fotografar uma pessoa ou várias pessoas de um evento te contratam para tirar umas fotos (digamos que seria um desfile fechado).
Aí, lá no local, vc descobre que tem uma pessoa que a empresa do desfile contratou outro profissional.
O que fazer nesta situação?
E se for num batizado?
(eg: vamos dizer que existe um certo fotógrafo que sempre fotografa aquela igreja. Aí uma mãe te pede para fotografar a filha dela. Ir ou não ir?)

Eu já me deparei com situações desse tipo, estando dos 2 lados heheh
Comigo graças que até hoje não tive problemas, mas as vezes fica meio chato a situação - eu realmente não tenho problemas quanto a isto, mas as vezes fica um ar de "disputa" ou coisa do tipo.
Eu tento conversar com o outro fotógrafo e a gente entra num acordo.
Mas não sei se são todos assim também... hehehe

Abraços,

Renato
« Última modificação: 11 de Dezembro de 2005, 17:12:36 por neocosmo »
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br